Operação Pão Nosso: PF cumpre 24 mandados de prisão contra suspeitos de fraude em presídios do Rio.

Operação da Polícia Federal deflagrada na manhã desta terça-feira (13), prendeu o delegado Marcelo Martins, atual Diretor Geral de Polícia Especializada, e o ex-secretário da Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária) na gestão do ex-governador Sérgio Cabral (MDB-RJ), o coronel César Rubens Monteiro de Carvalho.

Foram expedidos 14 mandados de prisão, sendo 9 temporárias e 5 preventivas. Segundo as investigações, os suspeitos integravam 1 esquema de superfaturamento e fraude no fornecimento de pão para os presos. De acordo com o MPF (Ministério Público Federal), foram desviados dos cofres públicos R$ 73 milhões durante pelo menos 6 anos (2009-2014).

Os suspeitos estão sendo investigados pelos crimes de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, fraude em licitação e peculato.

O nome da operação faz alusão aos pães feitos pelos detentos sob custódia da Seap, cujo contrato para fabricação também teria sido utilizado para desviar recursos públicos.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.