Atlas da Violência 2018 aponta escalada da violência

Atlas da Violência 2018 aponta escalada da violência

O Brasil atingiu, pela primeira vez em sua história, o patamar de 30 homicídios por 100 mil habitantes. A taxa de 30,3, registrada em 2016, corresponde a 62.517 homicídios naquele ano, 30 Mais »

Prefeitura de Rio Grande da Serra debate violência contra idosos na quinta-feira (14)

Prefeitura de Rio Grande da Serra debate violência contra idosos na quinta-feira (14)

A atividade refere-se ao ‘Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa’ O dia 15 de junho marca o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, que Mais »

Combustível chega em Ribeirão e motoristas correm para postos. Situação pode se agravar com anúncio de greve dos petroleiros.

Combustível chega em Ribeirão e motoristas correm para postos. Situação pode se agravar com anúncio de greve dos petroleiros.

Alguns postos de Ribeirão Pires voltaram a receber combustível nesta terça-feira (29). Receosos com o desabastecimento, diversos motoristas correram aos estabelecimentos, formando filas gigantescas. Em um posto na avenida Capitão José Galo, Mais »

GCM’s de Ribeirão denunciam viaturas quebradas, falta de combustível e sinalizam por possível greve.

GCM’s de Ribeirão denunciam viaturas quebradas, falta de combustível e sinalizam por possível greve.

Viaturas da Guarda Civil Municipal estão quebradas, com pneus carecas e sem combustível para atender ocorrências e fazer patrulhamento em Ribeirão Pires Segundo denúncias feitas por GCMs, cinco veículos que deveriam fazer Mais »

Governo Maranhão lança pedra fundamental da sede do Corpo de Bombeiros.

Governo Maranhão lança pedra fundamental da sede do Corpo de Bombeiros.

Em mais uma ação positiva, o prefeito Gabriel Maranhão (sem partido), lançou na manhã deste sábado (19), a pedra fundamental que marca oficialmente o início da obra da futura sede do Corpo Mais »

Ribeirão Pires conquista Universidade Estadual Univesp, matrículas começam na segunda-feira (21), vereador Amaury comemora.

Ribeirão Pires conquista Universidade Estadual Univesp, matrículas começam na segunda-feira (21), vereador Amaury comemora.

Ricardo Bocalon, diretor da Univesp, João Mancuso, vereador Amaury Dias e o deputado estadual André do Prado Conforme noticiou o Caso de Política em matéria de 15 de abril (ver aqui), o Mais »

Ciclistas organizam protesto contra Porto Seco em Paranapiacaba. A concentração será no trevo de Rio Grande da Serra.

Ciclistas organizam protesto contra Porto Seco em Paranapiacaba. A concentração será no trevo de Rio Grande da Serra.

Grupos de ciclistas do ABC e da capital paulista estão se articulando para promover um grande protesto contra a construção de um centro logístico (“Porto Seco”) na região de Campo Grande, em Mais »

 

Jesus está bem demais de amigos!

Bolsonaro: incitação ao estupro, misoginia, xenofobia, apologia à tortura e ao racismo.

Flávio Rocha: condenado por trabalho escravo.

Magno Malta: indiciado na Máfia dos Sanguessugas.

“Bispa” Sonia Hernandes: estelionato, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

A sogra é um parente que não pede demissão!

O humorista José Simão, na Folha e nas mídias, sobre a demissão de Pedro Parente:

“Parente pede demissão! Se quiserem outro parente, bota o meu cunhado que tá desempregado! O único parente que não pede demissão nunca é a sogra.”

Simão é um gênio da pós-modernidade.

De 163 países, o Brasil é o 106º no ranking da paz mundial

O novo relatório Global Peace Index 2018 (Índice Global de Paz 2018, em tradução livre), publicado hoje (6), avalia a paz em 163 países abrangendo 99,7% da população mundial. O Brasil, ocupa a 106ª posição e sofre com altos índices de criminalidade e corrupção. O mundo hoje tem o pior índice de paz da última década.

O Brasil, entre os 23 indicadores analisados no documento, obteve os piores resultados em homicídios, percepção da criminalidade, acesso às armas, crimes violentos e terror político.

O Brasil obteve os piores resultados em homicídios, percepção da criminalidade e acesso às armas (Marcelo Camargo – Agência Brasil)

A América do Sul registrou a segunda maior taxa de homicídios entre as regiões do globo, ficando atrás apenas da América Central e do Caribe. No mundo todo, as mortes em conflito aumentaram 264% nos últimos dez anos.

Países latino-americanos como o Chile e o Uruguai, apresentaram boas colocações no ranking, ocupando a 28ª e a 37ª posições, respectivamente.

O Brasil ficou à frente apenas da Venezuela (143º) e da Colômbia (145º), entre os latino-americanos.

Menos paz

De maneira geral, o índice global de paz piorou 0,27% no último ano. Foi o quarto ano consecutivo de pioras, com 92 países apresentando deterioração dos níveis de paz e 71 apresentando melhoras.

Os países menos pacíficos do mundo, atualmente, são a Síria (posição que ocupou nos últimos cinco anos), o Afeganistão, Sudão do Sul, Iraque e a Somália. Os mais pacíficos são a Islândia (país mais pacífico do mundo desde 2008), Nova Zelândia, Áustria, Portugal e Dinamarca.

A Europa, região mais pacífica do mundo, registrou piora pelo terceiro ano consecutivo, principalmente nos indicadores sobre intensidade do conflito interno e relações com os países vizinhos. Pela primeira vez na história do índice, que está em sua 12ª edição, um país da Europa Ocidental experimentou uma das cinco maiores quedas, com a Espanha caindo sete posições no ranking e alcançando a 30ª posição, devido a tensões políticas internas e um aumento do impacto do terrorismo.

De acordo com o relatório, as tensões, crises e conflitos que surgiram na última década seguem sem resoluções, principalmente no Oriente Médio, causando um declínio gradual nos níveis de paz.

Produzido pelo Instituto para Economia e Paz (IEP – Institute for Economics and Peace), o documento é o principal “medidor” mundial da paz. Baseado em uma análise abrangente de dados, traz atualizações sobre tendências da paz global, valores econômicos e definições de critérios para qualificar sociedades pacíficas.

Os 23 indicadores, qualitativos e quantitativos, medem os níveis de paz utilizando três domínios temáticos: o grau de militarização, segurança e conflitos domésticos e internacionais.

O estudo estabelece ainda oito pilares de Paz Positiva (Positive Peace, em inglês), que constituem as atitudes, instituições e estruturas que criam e sustentam sociedades pacíficas. Os pilares são o bom funcionamento do governo, a distribuição equitativa dos recursos, o livre fluxo de informações, as boas relações com os países vizinhos, os altos índices de capital humano, a aceitação dos direitos dos outros cidadãos, os baixos níveis de corrupção e o ambiente de negócios sólido.

Menos aceitação

Quanto ao pilar “aceitação dos direitos dos outros cidadãos”, que avalia o respeito aos direitos humanos, igualdade de gênero, tolerâncias entre diferentes grupos e etnias e respeito aos direitos dos trabalhadores, todas as regiões do mundo apresentaram piora entre os anos de 2013 e 2016. A América do Sul, acompanhando a tendência global, também apresentou deterioração nesse quesito.

Seis das nove regiões do mundo apresentaram pioras em seus indicadores no último ano. As quatro regiões mais pacíficas (Europa, América do Norte, Ásia-Pacífico e América do Sul) sofreram deteriorações, sendo que a maior queda foi observada na América do Sul, devido à diminuição na segurança, ao aumento das taxas de encarceramento e ao impacto do terrorismo.

A Europa e a América do Norte também ficaram menos pacíficas, com 23 dos 36 países europeus apresentando piora em relação ao ano passado. A França passou da 51ª para a 61ª posição. O Reino Unido passou de 41ª para 57ª, e a Alemanha foi da 16ª para a 17ª posição.

Impacto financeiro

O impacto econômico da violência no mundo em 2017 foi de US$ 14,76 trilhões em paridade de poder de compra (PPP – purchasing power parity, em inglês). Esse valor é equivalente a 12,4% da atividade econômica mundial (produto mundial bruto) ou US$ 1.988 para cada pessoa.

O impacto econômico da violência aumentou 2% durante 2017 devido a conflitos e gastos com segurança interna, com os maiores aumentos sendo registrados na China, Rússia e África do Sul. Desde 2012, o impacto econômico da violência aumentou 16%.

Quatro anos de indefinições. Por Thiago Auricchio

Em 2014, após a desilusão da Copa do Mundo, durante a campanha eleitoral, surgiram as primeiras denúncias de corrupção que desencadearam uma série de operações da PF e revelações de ilegalidades que perduram até hoje. Neste período de quase 4 anos, o termo política foi massacrado, os poderes executivo,
legislativo e judiciário postos em xeque e todos os políticos foram rebaixados à vala comum devido às práticas condenáveis de alguns representantes do povo.
Com a economia em recessão e as finanças públicas desequilibradas e deficitárias, programas sociais foram suspensos ou reduzidos em oferta, aumentou o índice de desemprego, as transferências de recursos federais para estados e municípios foram comprometidos, a população foi penalizada e a desigualdade social mostrou seu lado mais contundente.
Enfim, são 4 anos de caos e de recuperação lenta com grande dívida social. Vejo esse déficit da presença ativa do governo federal em todos os municípios que visito, na falta de investimentos que supram a fila de moradia popular, que construam novas unidades de saúde e escolares, que possibilitem a abertura de equipamentos culturais, esportivos e de lazer, que ampliem programas de assistência social, de segurança pública e de preparação e capacitação dos jovens para o mercado de trabalho, entre outras demandas a serem atendidas.
Porisso sou otimista e acredito que depois desta tempestade virá um período fértil de renovação e de consciência política, de tolerância, de gestos republicanos que vão retomar políticas públicas de inclusão e de respeito aos cidadãos.

Gabriel Maranhão busca agenda com o governador Márcio França

O prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (sem partido), participou na manhã desta terça-feira (05) de atividade em comemoração dia Internacional do Meio Ambiente junto com o governador Márcio França.

O encontro aconteceu no Parque Villa Lobos, zona sul da capital paulista. Segundo o prefeito Maranhão, “a conversa foi muito proveitosa e pode gerar bons frutos para Rio Grande da Serra”.

“Hoje é um dia muito especial! Comemora-se nesta data, o Dia Internacional do Meio Ambiente. Na conversa com o governador Márcio França, solicitei uma agenda para apresentar conquistas realizadas em Rio Grande da Serra. Márcio França tem sido um grande parceiro de nossa cidade e em breve estaremos colhendo bons frutos para Rio Grande da Serra”, disse o prefeito Gabriel Maranhão.

Pesquisa mostra crescimento de Márcio França e queda de Doria, mas brancos e nulos ainda são elevados

Levantamento feito pelo Instituto Vertude entre quinta e sexta-feira trouxe resultados positivos ao governador Márcio França (PSB), pré-candidato à reeleição ao governo paulista.

Segundo o Instituto que ouviu 3.255 eleitores, França foi citado por 11,1% do eleitores entrevistados, enquanto Doria atingiu 18,2% da preferência.

Nas últimas sondagens eleitorais sobre a corrida ao governo do Estado, França aparecia atrás dos principais adversários, entre eles também Luiz Marinho (PT), ex-prefeito de São Bernardo, e Paulo Skaf (MDB), presidente licenciado da Fiesp. Nesse levantamento, Marinho foi lembrado por 8,5% dos eleitores. Skaf, por 8,4%.

Outro dado relevante para França é o volume de eleitores que disseram conhecê-lo – até agora esse tem sido seu principal ponto fraco, pois acabou de herdar o governo de Geraldo Alckmin (PSDB), que renunciou para concorrer à Presidência da República. Ao todo, 44,7% dos entrevistados afirmaram saber quem é Márcio França.

O número de brancos e nulos ainda é bem alto (53,7%) e a margem de erro foi de 1,72 ponto percentual. A pesquisa foi registrada sob protocolo SP-03218/2018 no TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

No primeiro estudo encomendado após atuação de Márcio França, na greve dos caminhoneiros, ele aparece na segunda colocação, atrás apenas do ex-prefeito João Doria (PSDB).

Alaíde Damo nomeia aliados e pede paz em Mauá

Alaíde Damo, prefeita em exercício de Mauá, nomeou nesta segunda-feira (04), a nomeação de três novos secretários. Para a Secretaria de Governo, foi nomeado o seu sobrinho, Antônio Carlos de Lima, na Educação, assume Denise Debartolo. No lugar da ex-secretaria de Relações Institucionais, foi nomeada Cássia Cogueto.

Alaíde fez a primeira reunião de secretariado ontem desde que assumiu a gestão de forma interina por causa da prisão de Atila. Ela apresentou os novos nomes e garantiu que será um governo de união, sem rupturas políticas com aliados diretos de Atila.

O clima de apreensão se acentuou na semana passada, quando Alaíde demitiu comissionados ligados a Atila na Secretaria de Educação. Até então, as exonerações estavam restritas aos indicados de José Carlos Orosco Júnior (PDT), ex-marido de Vanessa. Aliado do pedetista, Fernando Coppola, o Xuxa (MDB), foi retirado do comando da secretário de Educação. Gilberto João de Oliveira, outra nomeação bancada por Júnior Orosco, foi retirado da Pasta de Obras – esse setor segue sem comandante definitivo -, assim como a Secretaria de Saúde.

No Supremo Tribunal Federal (STF), um pedido de Habeas Corpus movido pela defesa do prefeito Atila Jacomussi está concluso para a decisão do Ministro relator Gilmar Mendes que pode ou não o alcaide em liberdade.

Gilmar manda soltar 04 presos em operação da PF. Em 20 dias já libertou 19 suspeitos

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), voltou a libertar nesta segunda-feira (4) investigados presos pela Polícia Federal. Desta vez os beneficiados com habeas corpus foram alvos da Operação Câmbio, Desligo, que investiga esquema de corrupção operado por doleiros no Rio de Janeiro. Desde 15 de maio, o magistrado já mandou soltar 19 presos em desdobramentos da Operação Lava Jato (leia mais abaixo).

Presos no mês passado por determinação do juiz federal Marcelo Bretas, responsável pela Lava Jato no Rio, foram libertados hoje Athos Roberto Albernaz Cordeiro, Rony Hamoui, Paulo Sérgio Vaz de Arruda e Oswaldo Prado Sanches. Segundo o ministro, os quatro podem se defender das acusações em liberdade, uma vez que não há violência ou grave ameaça nas condutas criminosas que lhe são atribuídas.

As investigações desmontaram esquema de fraudes e movimentação de dinheiro do crime no Brasil e no exterior. Segundo a PF, as operações se davam por meio de uma modalidade de movimentação paralela conhecida como “dólar-cabo”. O mecanismo consiste em driblar o sistema bancário nacional, repasses de dinheiro em espécie, pagamento de boletos e compra e venda de cheques comerciais.

Segundo acusação do Ministério Público Federal (MPF), os doleiros tinham papel central no sentido de manejar e distribuir recursos desviados durante a gestão do emedebista Sérgio Cabral, ex-governador do Rio preso desde novembro de 2016. Cabral é réu em mais de 20 ações penais e, acusado de cometer vários tipos de crime, já foi sentenciado a mais de cem anos de prisão.

“Libertador-geral da República”

O ministro Gilmar Mendes tem se notabilizado no STF não só pelo conhecido conhecimento jurídico, reconhecido até por seus desafetos. De uns tempos para cá, Gilmar tem emitido diversas ordens de soltura de figuras conhecidas do noticiário político-policial, como o ex-governador do Rio Anthony Garotinho e o empresário dos transportes Jacob Barata Filho – aqui, um raro caso em que o preso foi contemplado por três habeas corpus, em sequência, de um ministro do Supremo. E com o detalhe de que havia relações de proximidade entre o réu e o julgador, em uma espécie de queda-de-braço com Bretas.

Na última sexta-feira (1º/jun), Gilmar Mendes atingiu um novo recorde: mandou soltar, desde 15 de maio, 15 investigados presos por determinação de Marcelo Bretas. O décimo quinto libertado foi Orlando Diniz, ex-presidente da Fecomércio-RJ que havia sido preso em 23 de fevereiro sob suspeita de desviar recursos públicos em esquema de corrupção que também envolvia o ex-governador Sérgio Cabral. Naquele 15 de maio, Gilmar manteve a liberdade de Paulo Preto, operador de propinas do PSDB, segundo o MPF.

A libertação em série provoca a revolta nos mais diversos setores da sociedade, nas redes sociais e fora dela. São constantes os episódios em que o ministro é hostilizado por cidadãos brasileiros, como mostram diversos vídeos registrados em plataformas como o YouTube, canal de vídeos mais acessado da redes. Até o ministro Luís Roberto Barroso, colega de Gilmar no STF, já perdeu a paciência com o ministro durante julgamentos transmitidos ao vivo pela TV Justiça.

Reveja um desses episódios, que eternizou a frase “Você é uma pessoa horrível, mistura do mal com atraso e pitadas de psicopatia”:

Justiça Eleitoral começa a chamar mesários em junho

Comunicação não é feita por e-mail com links e anexos

Em junho, terá início a convocação de mesários para as Eleições 2018. O eleitor que receber a comunicação deverá comparecer ao cartório eleitoral no qual é inscrito para assinar a nomeação e receber instruções sobre o trabalho.

A convocação é feita por carta enviada pelos correios, mas os cartórios eleitorais podem avisar sobre a necessidade de comparecimento também por telefone ou por outro canal.

Alerta

A Justiça Eleitoral alerta, porém, que os e-mails enviados não contêm links e nem anexos, e jamais solicitam a digitação de senhas ou a realização de cadastro. Caso o eleitor receba mensagem desse tipo, deve desconsiderá-la, por ser falsa.

Quem tiver interesse em trabalhar como mesário pode se inscrever no site do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) ou ir diretamente ao seu cartório eleitoral.

“Atila Jacomussi deve continuar preso”, opina PGR.

Após 18 dias de um pedido de Habeas Corpus protocolado junto ao Supremo Tribunal Federal pela defesa do prefeito de Mauá, Atila Jacomussi, a Procuradoria Geral da República (PGR), se manifestou nesta segunda-feira (04), contrariamente à sua concessão de liberdade.

No documento de duas páginas, o Subprocurador-Geral da República, Edson Oliveira de Almeida, após analisar a decisão em Primeira Instância que prendeu o prefeito Atila em flagrante e decisão do TRF-3 que converteu em prisão preventiva, opinou por ratificar a posição do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que negou Habeas Corpus ao mandatário de Mauá.

No STF, o HC 157094 está sob a relatoria do Ministro Gilmar Mendes a quem compete a decisão de revogar ou não a prisão preventiva.

Atila foi preso em flagrante em 09 de maio, onde no relatório parcial da “Operação Prato Feito”, da Delegacia de Repressão à Corrupção e Crimes Financeiros da Polícia Federal, informa que o referido inquérito foi instaurado “em razão de notícia de crimes apresentada pelo Tribunal de Contas da União (TCU), relatando possível continuidade delitiva em fraudes em processos licitatórios de fornecimento de merenda escolar em diversos municípios paulistas.

Na noite do dia 29 de maio, o prefeito licenciado do cargo, junto com o seu ex-secretário de Governo e Transportes, João Gaspar (PCdoB) foram transferidos da carceragem da Polícia Federal, em São Paulo, para a Penitenciária Doutor José Augusto César Salgado, na cidade de Tremembé, no Interior de São Paulo. Na parte da manhã, ambos haviam sido transferidos para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pinheiros. De acordo com informações da assessoria de imprensa da PF, o procedimento é padrão, já que a carceragem da Polícia Federal não se destina a detenções mais longas. Os dois estão presos provisoriamente.

Segundo informações da assessoria de imprensa da Secretaria da Administração Penitenciária, todo o preso que dá entrada em qualquer unidade prisional permanece em regime de observação em cela de inclusão por um período de até 20 dias, separado dos demais presos da unidade. Atila, que possui ensino superior, tem direito à cela especial até o julgamento. Gaspar possui apenas o ensino médio completo e passado o prazo de 20 dias, vai para uma cela comum.

Acompanhe abaixo a Manifestação da PGR

Câmara de Rio Grande autoriza município a se desfiliar do Consórcio do ABC.

Foi aprovado nesta quarta-feira (30), pelo placar de 11 à 02, o projeto de lei n° 018/2018 de autoria do Poder Executivo que autoriza o município de Rio Grande da Serra a se desfiliar do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC.
Com a aprovação, o executivo pode a qualquer momento deixar o órgão regional. Atualmente gerido pelo prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando (PSDB), caso o prefeito Gabriel Maranhão (Sem Partido) efetive a saída do município, a entidade regional pode ter a sua segunda baixa, desde que o prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV), solicitou a desfiliação da cidade.
Em Rio Grande da Serra, vereadores questionam a atuação do Consórcio. Na argumentação, alegam falta de políticas públicas que atendam isonomicamente ao conjunto de municípios do ABCDMRR.
Árduo defensor da manutenção de Rio Grande da Serra na entidade, o vereador Akira Ono (PSB), é contrário a saída.


“Ressalto aqui que serei sempre oposição a qualquer ideia de retirada do município do Consórcio. O próprio prefeito quando presidente do Consórcio Intermunicipal, conseguiu R$ 41 milhões para infraestrutura. Foram desenvolvidas diversas ações com diversos grupos de trabalho que possibilitaram estratégias nas cidades. O projeto que pode tornar a cidade em Município de Interesse Turístico (MIT), também passou por lá”, disse o edil.
Rebatendo a tese de seu antecessor, o vereador Clauricio Bento (DEM), disse que o órgão caiu na irrelevância.
“O Consórcio não fez uma única reunião conosco. Questões importantes para a região estão sendo deixadas de lado”, disse.
O vereador Benedito Araújo (PT), se posicionou contrário a saída.
“Quero parabenizar a fala do vereador Akira, o Consórcio tem grandes serviços para Rio Grande. Está Casa de Leis, não pode agir pela emoção, é preciso por os pés no chão e com muita cautela pensar o futuro da cidade. Não podemos esquecer que foi na gestão do Luiz Marinho que Rio Grande conseguiu importantes conquistas,” ressaltou o petista.
Já o líder do Governo, Claudinho Monteiro (PSB), enfatizou a necessidade da retirada do município do organismo regional.


“Se analisarmos friamente, veremos que o Consórcio não mais atende os interesses regionais. A atual gestão paralisou o andamento dos debates. Quem sabe, no futuro voltemos, mas é insustentável Rio Grande continuar a repassar recursos financeiros para a manutenção da entidade uma vez que não temos retorno”.

Grave acidente entre moto e veículo nessa manhã (30) na Francisco Monteiro.

Aconteceu na manhã desta quarta-feira (30), por volta das 8:00 horas, um grave acidente envolvendo uma motocicleta e um Fiat Pálio.

Segundo informações apuradas pela equipe do Caso de Política, o Fiat Pálio havia estacionado na via no sentido centro em frente a um posto de combustíveis, quando fez manobra proibida no sentido de atravessar a avenida, quando foi atingido em sua lateral por uma motocicleta Yamaha ZTZ 150 cilindradas de cor preta.

Em função do forte impacto da colisão, o condutor da motocicleta teve fratura de seu fêmur direito e a carona fratura em seu tornozelo direito.

As vítimas foram atendidas pelo SAMU 192 e uma equipe de resgates do Corpo de Bombeiros. Conscientes, mas com várias escoriações e hematomas, receberam os primeiros socorros e em seguida foram encaminhados para o Hospital Nardini na cidade de Mauá.

Quem disse ao Parente que um aumento por dia na gasolina era bacana?

Ribeirão Pires terá procissão e missa no feriado de Corpus Christi.

Programação faz parte do calendário oficial de eventos do município

Na próxima quinta-feira, dia 31, será realizada a programação do feriado de Corpus Christi, realizada pelas Paróquias da cidade, com apoio da Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico do município.

A partir das 19h, da próxima quarta-feira, dia 30, membros das comunidades católicas iniciam a confecção do tapete de Corpus Christi para a procissão, em toda a extensão da Rua Padre Marcos Simoni – Centro. A atividade é aberta a toda população e serão utilizados materiais como casca de ovo, pó de café e serragem.

Também será montado tapete no Complexo Ayrton Senna, com cobertores doados pelas comunidades das paróquias da cidade. Os itens arrecadados serão destinados ao Fundo Social de Solidariedade da Estância.

No feriado, quinta-feira, dia 31, será realizada missa na Tenda Multicultural (Complexo Ayrton Senna – Av. Prefeito Valdírio Prisco, 193 – Jardim Itacolomy), a partir das 9h. Após a missa, acontece a procissão eucarística, com saída do Complexo Ayrton Senna, seguindo pela Av. Prefeito Valdírio Prisco (altura do supermercado Dia), passando pela Rua Padre Marcos Simoni, com chegada ao palco central da Vila do Doce, local em que acontecerá a benção do Santíssimo.

Após a benção, bandas da renovação carismática se apresentam no palco da Vila do Doce – Rua Boa Vista s/nº – Centro, a partir das 12h. A programação encerra, a partir das 16h, com a apresentação da banda Lo Ramma.

O feriado de Corpus Christi teve sua programação incorporada ao calendário oficial de eventos do município, conforme a Lei Municipal nº 6.212, de 29 de novembro de 2017.

Vem aí mais aumento na conta de luz.

A bandeira tarifária para a conta de luz no mês de junho será vermelha (patamar 2) com custo de R$ 5 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos. A informação foi divulgada na tarde da última sexta-feira (25) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). De acordo com a agência, com o fim do período úmido, os reservatórios do Sul apresentaram redução de volume provocando o aumento do risco hidrológico e o preço da energia no mercado de curto prazo.

Além disso, segundo a Aneel, a previsão de chuvas é baixa quando comparada à média histórica. O GSF e o PLD são as duas variáveis que determinam a cor da bandeira a ser acionada.

Será a primeira vez neste ano que a bandeira vermelha 2, a mais cara desse sistema, é aplicada. Neste mês de maio está vigorando a bandeira tarifária amarela na conta de energia.

Reinauguração do Teixeirão em Rio Grande teve vitória sob o time do Corinthians sub-17.

A reinauguração do Estádio do Teixeirão em Rio Grande da Serra neste domingo (27), foi um misto de orgulho para com a cidade e oportunidade para que atletas mostrassem o seu potencial. Durante todo o último domingo, o estádio recebeu jogos e apresentações culturais, o ponto alto da festa, ocorreu no início da noite quando foram acesos os refletores em Led que proporcionaram a realização do jogo principal entre os times do Rio Grande e Corinthians Sub 17.
 A partida emocionante e disputadíssima acabou com vitória do time da casa, pelo placar de 3×1, com gols de Rafael, Jhonatan e Fabrício.

Cunha, Capitão da equipe Sub 17 do Corinthians, ficou emocionado ao relembrar do tempo em que residiu em Rio Grande da Serra

No time do Corinthians também tinha representante da cidade. Rafael Cunha, capitão do Timão, não conseguiu segurar a emoção ao relembrar dos tempos que morou em Rio Grande da Serra.

“É um orgulho estar aqui, presenciar esse momento e reviver os tempos em que morei na cidade. Quero parabenizar a Prefeitura pelo investimento e pelo belo trabalho que vem realizando pelo esporte”, disse Cunha.
Em seu perfil no Facebook, o jogador completou: “Fomos muito bem recebidos, obrigado Rio Grande da Serra pela atenciosa recepção que tivemos!! Um prazer voltar às origens”.
O Estádio Teixeirão estava lotado 
O prefeito Gabriel Maranhão destacou a importância de se ter um espaço revitalizado que servirá para os atletas da região mostrarem o talento.
“Estamos entregando o Teixeirão revitalizado, com iluminação, gramado sintético, dando melhores condições para os esportistas de Rio Grande e da região do Grande ABC.
Prefeito Gabriel Maranhão “batendo uma bolinha” antes do início da partida principal e demonstrando domínio com a “redonda”
Equipe sub-17 de Rio Grande da Serra
Equipe sub-17 do Corinthians

Vila do Doce lota em dia de luta contra a Homofobia

Evento reuniu militantes e apoiadores da causa em Ribeirão Pires
A Vila do Doce, em Ribeirão Pires, ficou lotada para as atividades de visibilidade contra crimes praticados por Homofobia. No sábado, a comunidade LGBT se reuniu para expor os avanços do segmento, em especial a padronização do uso do nome social em órgãos públicos da região, e pedir por mais respeito e inclusão.
Ao centro, Wagner Lima, Coordenador do GAD ladeado pelos vereadores Amigão D’orto e Amaury Dias que organizaram na Câmara de vereadores Sessão Solene que debateu os direitos civis da comunidade GLBT
“Foi um evento importante, o grande número de pessoas e autoridades presentes ao evento, mostra que a sociedade vem mudando, buscando conhecer sobre o tema e dizer não a qualquer tipo de preconceito. Mas é preciso continuar lutando por direitos, infelizmente, o Brasil é o país que mais mata LGBT”, disse o presidente do GAD, Wagner Lima. A entidade mantém trabalho na região desde 2009.
O Festival de Combate à Homofobia é uma ação social de auxílio à população LGBT na luta pela igualdade e contra o preconceito, promovendo o respeito e o amor. O evento é realizado em parceria pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Participação, Acessibilidade e Inclusão Social, o Comads – Conselho Municipal de Atenção a Diversidade Sexual, a Arpa-LGBT – Associação Ribeirãopirense de Apoio LGBT e o GAD – Grupo de Apoio a Diversidade.
A programação contou com Anitta Cover, os Dj’s Click, Felipe Rosa, Mel Ravasio, Samantha Banks e Ivan Inácio e a apresentação especial da cantora Glória Groove.

Rio Grande da Serra realizou o seu 10º Passeio Inclusivo neste domingo (27).

Aconteceu neste domingo (27), o 10º Passeio Inclusivo, que tem como intuito promover a inclusão de Pessoa com as mais diversas Deficiências  da cidade.
Organizado pela Prefeitura de Rio Grande da Serra, o evento contou com o apoio do Jeep Clube de Ribeirão Pires, que desde a sua primeira edição é parceiro primordial para o sucesso do passeio.
Em 2018, os participantes iniciaram a atividade passando por bairros do município, conhecendo um pouco da história de Rio Grande da Serra. O Passeio Inclusivo contou ainda com café da manhã e brincadeiras.
“O Passeio Inclusivo é um evento tradicional que proporciona novas experiências e sociabilidade das pessoas com deficiência”, disse o prefeito Gabriel Maranhão.

Combustível chega em Ribeirão e motoristas correm para postos. Situação pode se agravar com anúncio de greve dos petroleiros.

Alguns postos de Ribeirão Pires voltaram a receber combustível nesta terça-feira (29). Receosos com o desabastecimento, diversos motoristas correram aos estabelecimentos, formando filas gigantescas.

Em um posto na avenida Capitão José Galo, no centro da cidade, um carregamento de gasolina chegou pela manhã. Em outra unidade concorrente ao lado, a gasolina também voltou a estar disponível.

Nos locais foram formadas filas enormes de carros, motocicletas e populares a pé com os seus conhecidos galões de cinco litros.

Perguntamos a um senhor que acabava de abastecer o seu veículo com 20 litros (limite máximo fornecido), o mesmo informou que chegou ao local por volta da 10:20 da manhã e que as 07 horas valeram muito a pena mesmo tendo pago R$ 5,699 por cada litro.

Na avenida Francisco Monteiro, em um posto próximo a Pista de Skate, a fila de carros dobrava quarteirões.

Situação semelhante, foi verificada em um Posto de combustíveis na avenida Francisco Monteiro, esquina com a Eugênio Roncon. No estabelecimento, fervilhava de motorista ansiosos por abastecer seu veículos e motos com o líquido precioso. Não faltaram os populares galões, onde os seus possuidores aguardavam por horas para enche-los.

Seguindo pela mesma via, um pouco a frente do cemitério municipal, um grande congestionamento se formou com condutores aguardando para chegar ao próximo posto onde a movimentação era intensa.

Petroleiros anunciam greve a partir de quarta-feira, 30 de maio

Devido à rapidez dos acontecimentos, acelerados e lançados nacionalmente com a greve dos caminhoneiros, a direção da FUP se reuniu no sábado, 26, e definiu pela realização de uma paralisação de 72 horas a partir desta quarta-feira, dia 30.

Segundo o coordenador da FUP, José Maria Rangel, “esta greve se faz necessária para denunciar a política irresponsável de Pedro Parente, que está sucateando as nossas refinarias”.

A greve, que acontece a partir da zero hora da quarta-feira, pretende pressionar o governo para baixar os preços do gás de cozinha e dos combustíveis, contra a privatização da empresa e pela saída imediata de Pedro Parente, que, com o aval do governo Michel Temer, mergulhou o país numa crise sem precedentes.

Nesta segunda-feira, os petroleiros da Replan de Paulínea e da Recap em Mauá realizam paralisação nas duas refinarias.

A causa dos caminhoneiros é amplamente apoiada pela sociedade, basta ver o tanto de postagens nas mídias sociais ou sair entrevistando populares pela rua. E não era para ser diferente, a classe dos caminhoneiros, entre outras reivindicações, exige a redução no preço do diesel, com corte total do imposto Pis/Confins. Esse sentimento de pagar um absurdo em postos de gasolina é compartilhado por todos, ou seja, a greve dos caminhoneiros se torna uma luta em comum de todos os brasileiros.

O problema é que, ao invés da população ou grande parte dela, aderir à greve, se posicionando dentro de seu setor e entidades, criando uma ideia, enquanto consciência coletiva, o que se nota é que, apesar desse apoio idealístico, o comportamento social age totalmente antagônico à causa dos caminhoneiros. Haja vista o corre-corre aos postos de gasolina, aos supermercados e em tudo que se possa pensar.

O certo é que todo esse rebuliço social para comprar produtos elevou os preços dos combustíveis, das frutas, legumes e verduras, até acabarem. Baseado na oferta e procura (lei de mercado), e no que podemos denominar de “egoísmo” de grande parte da população que saiu desesperadamente às compras e no oportunismo de alguns empresários, os preços subiram consideravelmente no município e, provavelmente, em todo o país. Luís Carlos Nunes

Projeto Guri é lançado em Rio Grande da Serra.

O lançamento oficial do polo do Projeto Guri em Rio Grande da serra foi realizado na noite desta quinta-feira (24) no Teatro Municipal da Cidade. O Guri é um projeto socioeducativo que oferece continuamente, nos períodos de contra-turno escolar, cursos de iniciação e teoria musical, coral e instrumentos de cordas, madeiras, sopro e percussão (concedidos pelo próprio projeto).

Na abertura do evento, 27 alunos do Pólo Inácio Monteiro, regidos pelo professor Eduardo Alves, fizeram uma apresentação musical, com composições próprias estudantes iniciantes.

A segunda apresentação ficou a cargo talentoso grupo de choro “Boa Praça,” que executou clássicos da Música Popular Brasileira (MPB). O sexteto afinadíssimo, munidos de Flauta transversal, Bandolim, Pandeiro, Cavaquinho e Violões de seis e sete cordas tocaram Altamiro Carrilho, Pixinguinha e Jacob do Bandolim.

Na terceira e última apresentação da noite, a vez foi do Coral  com 37 vozes que cantou Samba de Verão de composição de Marcos Vale, o mantra “Devakinandana Gopala”, “Ave Verum” de Mozart e uma música tradicional do “Zambia Bonse Aba”.

Para o prefeito Gabriel Maranhão, o projeto é uma forma de investir nos jovens de Rio Grande da Serra.

“É um projeto que completa a vida dos nossos jovens e forma cidadãos. Temos consciência de que apenas a educação da escola não satisfaz. Por isso é nosso dever estimular, cada vez mais, atividades extracurriculares, seja na cultura, esporte ou lazer. Estou com muita expectativa para ver daqui há um ano essa garotada podendo fazer uma apresentação aqui mesmo neste teatro”.

“Estamos felizes com mais esse ganho educacional e cultural para nossas crianças e adolescentes, trazendo cursos que contribuem para o aprendizado musical da nossa população”, frisou a vice-prefeita, Professora Marilza (PSD).

Para participar do Projeto Guri não é preciso ter conhecimento prévio de música nem realizar testes seletivos. A matrícula deve ser realizada no Polo de Rio Grande da Serra onde também acontecerão as aulas, que fica localizado na Rua José Maria de Figueiredo, 491 – Centro (antiga EMEI Central).

Os documentos necessários  para participar do projeto são: comprovante de endereço com CEP, RG ou certidão de nascimento e 1 foto 3×4.

O poder da renovação. por Thiago Auricchio.

Vejo que muita coisa mudou no modo de pensar e agir da juventude em relação à política e às decisões de governos. O jovem de hoje, como eu, não fica mais distanciado, nem alheio aos efeitos e impactos dos atos políticos nas vidas das pessoas, principalmente no seu convívio social.

A juventude está participativa na realidade nacional, promove debates nas redes sociais e em suas comunidades, questiona imposições, compartilha insatisfações e acompanha de perto cada temporada da série que expõe um país afundado em indícios e denúncias de corrupção, e de impunidade que ainda prevalece.

Os escândalos noticiados diariamente em horário nobre, as prisões de ícones representativos da política nacional, o desmantelamento de organizações criminosas e o debate sobre a extinção do foro privilegiado para representantes do povo são bons exemplos que vão renovar a participação política e vão dar oportunidade aos jovens em lutar, cobrar e defender suas ideias e expectativas.

Acredito que após este caos, uma renovação virá para honrar o lado bom da política, aquela que enxerga o coletivo, que não é velha nem nova, e sim verdadeira e transparente.

Ônibus em Ribeirão terá redução de frota nesta segunda (28).

A Rigras, empresa concessionária de ônibus em Ribeirão Pires, através de comunicado oficial, que nesta segunda-feira (28), a sua frota será reduzida em razão da greve dos caminhoneiros o que poderá acarretar atrasos nas viagens.

Rio Grande da Serra elege a sua Miss e Princesas 2018.

O Recinto do Teatro Municipal de Rio Grande da Serra, ficou ainda mais bonito na noite deste sábado (26), com as 11 candidatas à Miss Rio Grande da Serra.  Lígia Fagundes foi eleita como Miss 2018 da cidade, além de Isadora Lichteberger – Primeira Princesa, Tauane Santiago – Segunda Princesa, Victória Gabrielly – Miss Simpatia e Ana Caroline Lopes – Miss Elegância. Festa e torcidas organizadas marcaram a disputa.

Os seis experientes jurados avaliaram quesitos como beleza, simpatia e desenvoltura. As meninas tiveram aulas de postura, passarela e etiqueta com uma profissional da área.

Durante o evento, houve uma bela apresentação de dança do ventre, onde o público presente pode ampliar os seus conhecimentos sobre o ritmo de origem oriental e apreciar a técnica desenvolvida pela talentosa bailarina.

Veja abaixo as fotos das vencedoras e para ver mais clique aqui e acesse a página do Caso de Política no Facebook

Lígia Fagundes Miss 2018 ladeada pelo prefeito Gabriel Maranhão e pela vice-prefeita Professora Marilza

Isadora Lichteberger – Primeira Princesa

Tauane Santiago – Segunda Princesa

Victória Gabrielly – Miss Simpatia 2018

Ana Caroline Lopes – Miss Elegância

Miss e Princesas 2017 junto com a Rainha e Princesa do Cambuci 2018

Lideranças se reúnem em apoio às pré-candidaturas de Alex Manente e Thiago Auricchio.

Na noite desta sexta-feira (25), Ribeirão Pires sediou evento de apoiadores a pré-candidatura de Thiago Auricchio (PR) a deputado estadual, e a reeleição do deputado federal, Alex Manente (PPS).

O encontro ocorreu no Clube Nipo Brasileiro e contou com a presença de cerca de 200 pessoas, entre líderes populares, vereadores, ex-prefeitos, ex-vereadores e presidentes de diferentes partidos.

Idealizador do evento, o ex-prefeito de Ribeirão Pires, Clóvis Volpi, destacou a importância de fortalecer um projeto de desenvolvimento para Ribeirão Pires e o Grande ABC.

“Acredito no entusiasmo e na ação dos companheiros para que Ribeirão Pires tenha dias melhores do que os atuais. Creio que a ética e o compromisso serão determinantes neste processo próximo eleitoral. E, ao se falar em um Estado sério, honesto, comprometido, pensamos na juventude de Thiago Auricchio e na experiência e determinação do deputado Alex Manente”.

Na ocasião, além do ex-prefeito Clóvis Volpi, estiveram presentes o prefeito de São Caetano do Sul, José Auricchio Júnior; o ex-vice-prefeito de Ribeirão Pires, Dedé da Folha (PPS), os vereadores do PPS, Paixão (PPS), Anselmo Martins (PR) e Carlinhos Trindade (PPS).

Entre os presidentes de Partido estiveram, Humberto D’orto do PTC, Nonô Nardelli (PR), Laercio Lemos (DEM) e Cesar de Carvalho (PSDB) além de militantes de outros partidos representados na cidade.

Aparando as arestas

Presença muito festejada no evento, foi a do vereador Amigão D’orto (PTC). Em clima cordial Amigão elogiou a organização e o organizador do evento.

“Quero parabenizar este evento com grande representatividade aqui em Ribeirão Pires. Sei das dificuldades que é juntar lideranças. Eu não tenho candidato Federal e nem estadual, mas não poderia deixar de vir aqui com o meu pai para cumprimentar o deputado Alex Manete e o meu amigo Thiago Auricchio”.

Clóvis Volpi por sua vez, agradeceu a presença do vereador Amigão. “É uma grande satisfação receber esse jovem vereador, que na Câmara de Ribeirão Pires vem desempenhando o seu trabalho com independência e seriedade”.

Pedido de Habeas Corpus de Atila tem decisiva movimentação.

O Supremo Tribunal Federal (STF), fez nesta quarta-feira (23), despacho em pedido de Habeas Corpus solicitado pela defesa do prefeito Atila Jacomussi preso pela Polícia Federal no último dia 07 na Operaçao Prato Feito.
Na movimentação, o Ministro Gilmar Mendes relator do HC  requisita informações, com urgência ao Tribunal Regional Federal da 3ª Região, bem como ao Juízo Federal da 1ª Vara Criminal de São Paulo, acerca do alegado pelo paciente quanto ao Auto de Prisão em Flagrante nº 0000258.58.2018.4.03.0000. Em seguida, abram-se vistas dos autos à Procuradoria-Geral da República.
Segundo um advogado que assessora o Caso de Política em assuntos juridicos, não é comum o teor da solicitação.
“Bem possível que a solitação de vistas aos autos por parte da Procuradoria Geral da República seja uma forma de dividir responsabilidades. Geralmente quando isso acontece, é em função de uma defesa inconsistente”, disse o jurista.

A decisão pode ser proferida a qualquer momento.

Polícia Militar prende ladrões de residência em Rio Grande da Serra.

Policiais militares, após serem comunicados nesta terça-feira (22), de que elementos estariam praticando roubo a uma residência e de que estariam a bordo de um veículo Corsa de cor preta, iniciaram diligência com o objetivo de prenderem os ladrões.

Nas buscas, os policiais se depararam com um veículo ocupado com três pessoas e com características semelhantes as recebidas. Os meliantes, na expectativa de evitar a prisão, tentaram se evadir e começou uma perseguição, onde já em Ribeirão Pires o veículo Corsa foi alcançado e dois meliantes foram apreendidos e um terceiro comparsa conseguiu êxito na fuga.

Nos questionamentos feitos pelos policiais, a dupla presa confessou o roubo na rua Arujá em Rio Grande da Serra.

No interior do automóvel foram encontrados eletrodomésticos, aparelho de som, três celulares, peças de roupas pessoais, um aparelho de micro-ondas, calçados e uma televisão de tela plana.

Na Delegacia de Ribeirão Pires, os acusados foram identificados como Leonardo Silva Avelino, 21 anos e Jaime Alejandro Quasada Vasques de 30, este último de nacionalidade chilena.

Boletim de Ocorrência foi lavrado, o veículo Celta com placas de São Paulo apreendido e os gatunos recolhidos a carceragem.

Ribeirão terá debate sobre a situação política do ABC nesta sexta-feira (25).

Ribeirão Pires recebe na próxima sexta-feira (25), às 19:00 horas, na sede da Associação Nipo Brasileira, um encontro para “Discussão sobre a situação política da região ABCDMRR diante da crise atual”.

No evento, estarão presentes o Deputado Federal Alex Manente (PPS) e o pré-candidato a Deputado Estadual Thiago Auricchio (PR). A sede da Associação Nipo Brasileira fica localizada na Rua 1º de Maio, 56, Jardim Itacolomy, Ribeirão Pires.