PP de Ribeirão Pires pode ser dissolvido.

cadeira-politica

A “dança das cadeiras” está em pleno vapor em Ribeirão Pires. Integrantes da comissão provisória do Partido Progressista (PP) no município estão as turras com a executiva estadual que após seguidas reuniões com o grupo parece estar rifando a legenda no município.

Um dos filiados a agremiação, nas redes sociais e em tom de indignação disparou: “Nós, o povo não aguentamos mais tanta corrupção e a submissão a estes políticos, que não tem compromisso com a seriedade e compromisso. Usam os Diretórios Municipais para barganhar, vender o que eles não conhecem. Mas como disse, o que já estava escrito. Tolo é o homem que confia no homem”.

Na cidade, o clima é de apreensão com muita articulação para segurar partidos políticos que na maioria dos casos são nanicos, de pouca representatividade e expressão. Entre barganhas e ofertas, nos bastidores, há comentários de que o jogo da “Dança das Cadeiras” ainda está por começar e que fatalmente até as convenções previstas para agosto vitimará grupos e pré-candidatos traçando a cada movimentação uma nova conjuntura política. Luís Carlos Nunes

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply