Projeto que torna crimes relacionados à pedofilia hediondos é aprovado

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (5) o projeto de lei que altera o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e classifica os crimes relacionados à pedofilia como hediondos. O projeto também amplia a tipificação dos crimes de exploração sexual de criança e adolescente. A matéria tem como objetivo aprimorar o combate à prostituição e à exploração sexual de menores. Agora a matéria retorna ao Senado para nova apreciação, já que foi modificado pelos deputados. Pelo texto aprovado, quem aliciar, agenciar, atrair ou induzir criança ou adolescente à exploração sexual ou prostituição estará sujeito a pena de reclusão de cinco a 12 anos e multa. Também está sujeito as mesmas pena quem, de qualquer forma, facilitar a exploração sexual ou prostituição de menores. O mesmo ocorrerá com o proprietário, gerente, ou responsável pelo local onde o crime seja cometido. A pena será aumentada se o crime for com emprego de violência ou grave ameaça. O projeto também estabelece a pena de três a oito anos de prisão e multa para quem cometer conjunção carnal ou ato libidinoso com adolescente, em situação de exploração sexual, prostituição ou abandono.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.