Promotor recua e desiste de coercitir ex-presidente Lula sob caso de triplex.

lula e promotor

O promotor Cássio Conserino, do Ministério Público de São Paulo, disse que o ex-presidente Lula não será alvo de condução coercitiva (quando o investigado é levado para depor) no procedimento que apura a suposta ocultação de patrimônio no caso do tríplex em Guarujá e também afirmou que não haverá novas intimações do ex-presidente e da ex-primeira dama Marisa Letícia. Um depoimento dos dois estava marcado para esta quinta-feira (3). Os advogados do ex-presidente enviaram defesa por escrito e comunicaram que ele não compareceria.

“O Promotor de Justiça Cássio Conserino informou que o ex-Presidente Luís Inácio Lula da Silva e a ex-Primeira-Dama Marisa Letícia Lula da Silva, assim como qualquer investigado, não serão conduzidos coercitivamente, uma vez que eles podem não querer exercer a autodefesa. Informou também que não haverá novas intimações dessas pessoas”, informou o MP-SP, em nota.

A defesa de Lula também entrou com um habeas corpus preventivo no Tribunal de Justiça de São Paulo para evitar que ele fosse conduzido coercivamente para depor na Promotoria. Anteriormente, os advogados acusaram o promotor de ter interesse midiático no caso. Ele apura a transferência do condomínio Solaris, em Guarujá, da cooperativa Bancoop para a empreiteira OAS. A defesa do ex-presidente também foi ao Supremo Tribunal Federal para suspender as investigações do promotor e da força-tarefa da Operação Lava Jato que apuram se houve favorecimento de empreiteiras.

Lula se defende de ataque da Rede Globo

A guerra atômica entre o ex-presidente Lula e o grupo Globo, que tenta destruí-lo, ganha um novo capítulo. Nesta terça-feira 1º, o jornal O Globo, dos irmãos Marinho, perguntou ao ex-presidente se ele poderia comentar por que dois pedalinhos num sítio de amigos que ele visita nos fins de semana têm os nomes de seus netos.

Pelo Facebook, ex-presidente publicou a resposta que deu ao Globo, cobrando uma reportagem sobre a casa dos irmãos Marinho, em Paraty, registrada por meio de uma offshore panamenha. “Aguardamos que a brava reportagem de O Globo, que persegue pedalinhos de crianças, investigue quem seria o real proprietário da mansão construída em área de proteção ambiental na praia Santa Rita, em Paraty. Haverá alguma nota ou reportagem do Globo sobre essa polêmica propriedade?”, questionou a assessoria de imprensa do ex-presidente.

No último sábado, durante a festa de aniversário de 36 anos do PT, Lula partiu para o ataque contra a Globo em diversos momentos de seu discurso (leia mais). “A gente não tem hoje um grande partido de oposição. Nós temos um partido chamado Globo”, disparou o ex-presidente, que lembrou também em sua fala que uma empresa offshore era dona do triplex dos irmãos Marinho e do helicóptero da Globo.

Confira abaixo o texto do blog Tijolaço sobre o assunto:

Globo pergunta a Lula sobre pedalinhos e ele se junta ao Tijolaço: estou esperando matéria sobre Paraty

pedalinhos

Do Facebook do ex-presidente Lula, agora há pouco, sobre um pedido de “posicionamento” feito pela Globo para o fato de os nomes dos seus netos Pedro e Arthur estarem pintados nos dois pedalinhos do sítio em Atibaia:

“Aguardamos que a brava reportagem de O Globo, que persegue pedalinhos de crianças, investigue quem seria o real proprietário da mansão construída em área de proteção ambiental na praia Santa Rita, em Paraty. Haverá alguma nota ou reportagem do Globo sobre essa polêmica propriedade?”

Veja a troca de mensagens entre O Globo e o Instituto Lula:

“A reportagem do jornal O Globo procurou a assessoria de imprensa do Instituto Lula a respeito de “reportagem” da Veja sobre pedalinhos no sítio que o ex-presidente frequenta em Atibaia. Conforme já foi informado à imprensa pelo instituto e pelo próprio ex-presidente, Lula e seus parentes frequentam de fato o sítio, que pertence a amigos da família.

Reproduzimos abaixo a troca de e-mails com a reportagem do jornal.

***

De: sp.oglobo.com.br
Data: 1 de março de 2016 11:46
Assunto: pedalinhos – sítio
Para: institutolula.org

Bom dia

Conforme nos falamos por telefone, gostaria de saber se o ex-presidente Lula se posicionará sobre a informação divulgada pelo site da Veja, de que há dois pedalinhos no sítio de Atibaia, com os nomes dos netos Pedro e Arthur pintados nos mesmos.

Vocês vão soltar alguma nota?

***

De: institutolula.org
Data: 1 de março de 2016 12:18
Assunto: Re: pedalinhos – sítio
Para: @sp.oglobo.com.br

Não, não vamos soltar nota sobre pedalinhos com os nomes dos netos do ex-presidente. Já explicamos várias vezes que o ex-presidente e dona Marisa frequentam o sítio, que é de propriedade de amigos da família. Os proprietários do sítio constam na escritura e não são empresas offshore no Panamá.

Aguardamos que a brava reportagem de O Globo que persegue pedalinhos de crianças investigue quem seria o real proprietário da mansão construída em área de proteção ambiental na praia Santa Rita, em Paraty. Haverá alguma nota ou reportagem do Globo sobre essa polêmica propriedade?

Relembrando que consideramos a nossa troca de mensagens com repórteres material de interesse público e histórico, que podemos divulgar de acordo com nossos critérios.

Atenciosamente,

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply