R$ 10,7 milhões desviado pelo ex-juiz Lalau são repatriados

Foram repatriados pelo governo brasileiro US$ 4,7 milhões, parte dos recursos públicos desviados pelo juiz aposentado Nicolau dos Santos Neto e depositados em bancos suíços. O valor equivale a R$ 10,7 milhões, vindos de corrupção e desvio de R$ 169 milhões da construção do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região de São Paulo nos anos 90. Segundo o Ministério da Justiça, a quantia será transferida para a conta única do Tesouro Nacional. Esse é o valor recorde já repatriado. Foram 13 anos de negociações entre o ministério e a Advocacia-Geral da União (AGU) junto ao governo suíço. A ação foi considerada “um marco na atuação conjunta de órgãos do governo brasileiro no combate à corrupção e ao crime transnacional”, segundo o MJ.
You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply