Redator do Oeste Global é vítima de agressão física e moral

 “…inclusive tem vereadores que quando falam aqui tremem, o prefeito anterior até pagava prestação dos seus veículos, De repente se fizer um bom acordo com o prefeito atual pode ser sim que mude o seu comportamento aqui”. Vereador Alcides Junior
O vereador de Formosa do Rio Preto, Alcides Jr. (Ver vídeo abaixo)agrediu o redator e fotógrafo do blog Oeste Global após a sessão plenária na Câmara Municipal na manhã desta quarta-feira, 26 de junho.
O blogueiro Luís Carlos Nunes foi até a câmara municipal fazer a cobertura da sessão ordinária que tratava do projeto de lei nº 121/2013 de iniciativa do poder executivo e que dispunha sobre reestruturação e criação de cargos em comissão no âmbito da secretaria municipal de educação. Ao final da sessão foi até o edil que encontrava-se sentado, pediu licença e solicitou confirmação de certa fala proferida no plenário. “Vereador, o senhor confirma sua fala de que o prefeito anterior pagava prestação de veículo de um vereador”, questionou o blogueiro.
Na negativa de resposta por parte do parlamentar, Luís Carlos, perguntou: “o senhor tem conhecimento ou suspeita de que algum vereador da atual legislatura recebe propina para votar em leis de interesse do atual executivo?”.
Resultado, com o desequilíbrio contumaz, o vereador desferiu tapa na cara do trabalhador, constrangendo todos os presentes na casa reconhecida como democrática e do povo.
O blogueiro sem reação foi retirado do plenário por um vereador e conduzido para sua segurança a um gabinete.
A truculência continuou lá no plenário com Alcides Jr. descontrolado, ofendeu moralmente a funcionária da casa, Marilene Martins (como a mesma nos informou) dirigindo por 04 vezes seguidas palavras de baixo calão: “Vai se Fuder!”. Outro vereador governista, Tonho do Bode, muito irritado e aos berros, dizia que se na próxima sessão se o blogueiro não fosse linchado ele próprio faria isso, chamando por diversas vezes o comunicador de “vagabundo”.
Boletim de ocorrência foi registrado na delegacia da cidade, sob protestos do delegado, contato foi feito com o Delegado Geral do Estado da Bahia relatando fatos, Termo de Declarações (denuncia) foi feito ao Ministério Público, além de envio de relatório a autoridades regionais, estaduais e federais como, por exemplo, o Ministério da Justiça, a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e a diversos parlamentares.
Que se faça justiça e os saudosos dos porões da ditadura e do cala boca sejam punidos!
Vejam a seguir, 2 vídeos oficiais, feitos pela Câmara Municipal de Formosa do Rio Preto, o 1º registrou a fala e o segundo mostra o termino da sessão, a conversa e agressão física e moral.

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply