Renan Calheiros assume presidência da República


Com a viagem de Dilma para Etiópia e Michel Temmer para o Equador, e Henrique Alves para os Estados Unidos, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), assumirá o posto de presidente da República interinamente, por um dia, nesta sexta-feira (24).

Renan é o Terceiro na linha sucessória da presidente Dilma Rousseff, ele ficará no cargo durante a ausência de Dilma, do vice-presidente, Michel Temer (PMDB-SP), e do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).
A presidenta vai até a Etiópia, onde participará do Jubileu de Ouro da União Africana, no próximo sábado. Ela retornará apenas no domingo. Temer, por sua vez, irá a Quito, no Equador, para a posse do presidente Rafael Correa, e retornará só no sábado, quando assumirá o cargo de presidente. Alves está fora do Brasil desde o início da semana, em viagem aos Estados Unidos.

Renan deve despachar do gabinete de Dilma, no Palácio do Planalto. Não é a primeira vez que ele assume a cadeira presidencial: em 2006, quando presidente do Senado, ele ocupou o cargo na ausência do então vice-presidente José Alencar e do então presidente Lula.

Deixe uma resposta