Ribeirão Pires vai receber mais de R$ 2,6 milhões dos capitais repatriados. Rio Grande fica com R$ 1,5 milhões.

20151218165636_9776948

O estado de São Paulo deve receber mais de R$ 40 milhões dos recursos arrecadados com o processo de regularização de ativos mantidos por brasileiros no exterior, chamado de “repatriação”, segundo projeção do Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Na última terça-feira (1º), o governo federal disse ter arrecadado R$ 50,9 bilhões com a repatriação. A União terá que dividir parte do valor arrecadado com os estados e com os municípios. Por lei, os estados ficam com 21,5% da arrecadação do imposto e, os municípios, com 23,5%.

Veja os valores que serão recebidos pelos municípios do ABC:

Ribeirão Pires – R$2.682.326,29

Rio Grande da Serra – R$ 1.577.838,99

Santo André – R$ 3.912.173,40

São Bernardo do Campo – R$ 3.912.173,40

Diadema – R$ 3.912.173,40

Mauá – R$ 3.912.173,40

São Caetano do Sul – R$ 3.912.173,40

Deixe uma resposta