Ribeirão Pires: vereadores fazem duras críticas ao governo Kiko.

A sessão da Câmara de Vereadores de quinta-feira (09), foi marcada por muito debate e severas críticas ao governo municipal.

O vereador Danilo da Sopa (PSB), aliado umbilical do prefeito Kiko (PSB), não poupou críticas ao governo municipal. Segundo o edil, as secretarias não estão funcionando a contento. “A coisa tá muito difícil, nós vereadores enviamos diversos requerimentos e indicações e quando ligamos para o secretário para acompanhar o andamento das demandas, eles nem se quer atendem o telefone”, disse o parlamentar.

Outro queixoso, foi o vereador Paulo Cesar (PMDB), que mirou foco no tomógrafo. De forma tônica e incisiva, bradou: “Cadê o Tomógrafo? Cadê o Tomógrafo? Nós que estamos nas ruas, na UPA e nos bairros, estamos sendo cobrado absurdamente. A secretária fez uma promessa. Espero que ela tenha um pouquinho de consciência e saia de sua zona de conforto e vá lá no São Lucas e resolva”.

O vereador Amigão D’orto (PTC) reforçando a fala de seu antecessor, disse: “Para esclarecimento geral, temos que analisar os custos de transporte da UPA para o Hospital São Lucas, o qual foi assinado convênio com a filantropia São Cristóvão que até hoje não está funcionando 100%, o que nos entristece. Só com o transporte da UPA para o São Lucas e a reforma de uma nova sala foram pagos mais de R$ 180.000,00. Não acredito que o aparelho de tomógrafo não será instalado em curto espaço de tempo”, disse o vereador em trecho. Abaixo a integra em vídeo.

Já o presidente da Casa, vereador Rubão Fernandes (PSD) disparou: “Pelo amor de Deus, tirem essa mulher daqui. A atual empresa administradora da UPA recebe R$ 700.000,00 e paga uma folha de pagamento de R$ 98.000,00. Onde estão os outros R$ 600.000,00?”

O vereador dirigiu ao executivo, requerimento para informação de diversas questões ligadas a saúde no município.

Confira abaixo:

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply