Rio Grande da Serra: Moradores estão insatisfeitos com novas regras de ônibus.

Moradores da Vila Niwa, Parque América, Tsuzuki, Recanti das Flores e Vila Conde, em Rio Grande da Serra estão insatisfeitos com as mudanças anunciadas pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo S.A. (EMTU). Os usuários que antes utilizavam do itinerário com destino ao Terminal de Ribeirão Pires, agora terão que se utilizar do ônibus da empresa Talismã com destino ao centro de Rio Grande da Serra, onde deverá ser feito integração com coletivo da Rigras que dará prosseguimento ao itinerário até o terminal Rodoviário de Ribeirão Pires.

Com a mudança os usuários que não possuírem o Cartão Bom, deverão pagar uma passagem a cada embarque, o que segundo informam os moradores, lhes causará prejuízos. O mesmo procedimento acontecerá no sentido contrário.

“Vamos atrás de nossos direitos ninguém pode tirar o direito de ir e vim de um cidadão, ou tirar o direito de escolha ou até mesmo obrigar alguém pegar um transporte indesejável, somos livres para escolher o melhor e ninguém pode obrigar as pessoas a entrar em uma empresa de ônibus por não ter opção”, disse uma moradora de Rio Grande da Serra.

Desde o dia 18, os usuários do Cartão BOM, desembolsam a tarifa integrada ao valor de R$ 4,20. Passageiros que não possuem o cartão deverão pagar passagem de R$ 3,40 em cada ônibus.

Informações da empresa Viação Talismã afirma que a alteração aconteceu pela EMTU, após detecção de irregularidades nos itinerários citados.

  1. Digo que mesmo aqueles que tem cartão bom devem esperar 1 hora na rua para garantir a integração entre as duas empresas

  2. Regina disse:

    Se a EMTU alega que a Rigras circulava irregular porque então só agora foi ver isso sendo que as linhas já circulavam há anos ..isso é conversa e tem a mãozinha de neguinho nesse meio..não é justo pagarmos quase 17,00 por 2 duas conduções,a Talismã não dá conta das necessidades dos munícipes.

    • Sara disse:

      Isso é mesmo um descaso com a população, não tem nem um terminal para nos abrigar da chuva e do sol,temos que ficar no tempo esperando os ônibus, isso ai nada mais é que jogo de interesse, não estão nem ai com os munícipes, se fosse época de eleições já teriam feito alguma coisa AFF,isso só acontece aqui nessa cidade sem lei.

Deixe uma resposta