Roberto Gurgel se despede da chefia do Ministério Público

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, se despediu da chefia do Ministério Público em sua última sessão no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele deixa o cargo oficialmente amanhã (15/ago), após quatro anos de mandato. Assumirá interinamente a vice-presidenta do Conselho Superior do Ministério Público Federal, Helenita Acioli. A saída de Gurgel foi lembrada no final da sessão de hoje pelo presidente da Corte, ministro Joaquim Barbosa. Ele disse que Gurgel exerceu o cargo com “sobriedade, retidão e espírito público”, e lembrou que o procurador teve participação ativa na elaboração da Constituição de 1988 e na lei orgânica da categoria. Assim como Barbosa, o decano da Corte, Celso de Mello, destacou a importância do Ministério Público na proteção dos interesses da sociedade. O ministro defendeu a autonomia e independência dos profissionais para combater a “ação predatória daqueles que desprezam e desrespeitam as leis, a consciência moral, a responsabilidade social e a Constituição”. Leia mais na Agência Brasil.
You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply