Saulo pretende fechar creche no jardim Aprazível e pais de alunos protestam.

_DSC0340

Pais de alunos da escola municipal Mercedes D’orto no jardim Aprazível em Ouro Fino Paulista.

Com 62 alunos matriculados no estabelecimento educacional, a creche do Jardim Aprazível em Ouro Fino está as vésperas de ser fechada em função da inauguração de uma nova unidade escolar. A confirmação foi dada em reunião do prefeito Saulo Benevides com pais de alunos e representantes da comunidade nesta terça-feira (28) na sede administrativa do município.

Da Tribuna, durante a sessão ordinária da Câmara de vereadores, a presidente da Associação dos Moradores do Jardim Aprazível (AMJA), Dulceli Batista da Silva Rodrigues afirmou que a população não está disposta a baixar a cabeça para o prefeito.

_DSC0550

“Lá estão crianças de 6 meses a 4 anos de idade. O único bem que temos é a creche e não há condições para o transporte escolar adequado uma vez que a única pessoa que dispõe de veículo adequado já afirmou que não transportará para a nova escola. Estivemos conversando com ele que se encontra irredutível e diz que vai fechar. Isso é um verdadeiro absurdo pois não se fecha uma unidade escolar. Se não tivermos resposta até está quinta-feira os prejudicados do Aprazível vão ocupar o prédio Mercedes D’orto”, afirmou.

_DSC0336

Mãe com filho de 10 meses terá que andar cerca de 10 quilômetros até a nova escola

Vários atos de protestos foram realizados contra o fechamento da unidade, o último deles na quinta-feira (23) quando esta reportagem ouviu de pais e mães as dificuldades que serão enfrentadas caso se concretize a vontade de fechamento da unidade escolar.

_DSC0344

Imagem da futura unidade escolar inacabada capturada em 23/06/2016

O Blog Caso de Política em 06 de maio fez matéria no local que pode ser acessada clicando aqui.

Deixe uma resposta