Sessão do Supremo é suspensa após bate-boca entre Barbosa e Lewandowski

da Agência Brasil, editado por Blog Oeste Global

O plenário do Supremo Tribunal Federal foi palco de mais uma tensa discussão na sessão desta quinta-feira (15/ago), novamente protagonizada pelo presidente da corte, Joaquim Barbosa. Desta vez, o ministro escolheu seu colega favorito para esse tipo de ocasião, o revisor da Ação Penal 470, Ricardo Lewandowski, a quem acusou de fazer “chicana”.
O embate começou enquanto os ministros discutiam os embargos do réu Bispo Rodrigues, que alegou contradição na definição de sua pena. Lewandowski acatou as argumentações, no que irritou Joaquim Barbosa, que lembrou que a pena do réu foi definida por unanimidade na primeira fase do julgamento.
Lewandowski sugeriu retomar a discussão na próxima semana, mas Barbosa foi contra. “Nós estamos com pressa de quê?”, questionou o revisor. “De fazer o nosso trabalho e não chicana”, respondeu Barbosa. “Você está acusando um ministro de estar fazendo chicana? Peço a vossa excelência que se retrate imediatamente”, disse Lewandowski. O relator do julgamento do chamado “mensalão” disse que não se retrataria e em seguida encerrou a sessão.

Deixe uma resposta