Solução imediata para o Lixão de Luís Eduardo Magalhães

Nesta tarde de segunda-feira, 25 de fevereiro às 15h em coletiva de imprensa o prefeito Humberto Santa Cruz e a secretária de Meio Ambiente Fernanda Aguiar divulgaram que o Lixão municipal será transferido para uma área distante 12 km do centro da cidade. O terreno de trinta mil metros quadrados foi dado pelo empresário Wanderley Ferreira em uma parceria com o município.
A novo Lixão da cidade será em uma área degrada, com alto índice de compactação e desmatamento. O local já está cercado e a previsão é que nos próximos 60 dias, a partir do dia 1º de março, se concluam as obras para receber o lixo da área urbana. De acordo com o prefeito Humberto Santa Cruz  “aumentará o custo para a população, porém foi um pedido da própria comunidade e os benefícios serão maiores em relação à qualidade de vida aos arredores do atual Lixão”.
O atual Lixão será recuperado assim que todos resíduos forem transferidos para o novo local. De acordo com o empresário Wanderley Ferreira será um bosque com pista para caminhadas. A secretária de Meio Ambiente Fernanda Aguiar comentou sobre essa transição “A partir dessa nova etapa teremos que cuidar com terrenos baldios e áreas desocupadas nas periferias da cidade, pois a população tende a colocar lixo nesses locais”, para isso o prefeito destacou que será maior a equipe de fiscalização e serão cobradas multas pesadas para quem colocar lixo em locais inapropriados.
Fernanda salientou que será um processo de educação, “temos que diminuir a quantidade de resíduos que irão para o lixão. Por isso a importância de realizar a coleta seletiva. Vamos trabalhar com uma intensa sensibilização para separar o lixo dentro das casas” diz a secretaria ao esclarecer o método de recolhimento de lixo.
Usina de reciclagem – No Bairro Santa Cruz já iniciaram as obras para a construção da Usina de Reciclagem. Um local onde serão levados os materiais para serem reciclados. A intenção é essa, começar dentro de casa e colocar o lixo já separado nas lixeiras. Levar para o lixão somente o que não puder ser reaproveitado.
Uma maneira de gerar renda, preservar o meio ambiente e aumentar a qualidade de vida no município de Luís Eduardo Magalhães.  Muitas pessoas dependem do lixo dos outros. O novo depósito será afastado, porém trinta hectares são limitados, a população aumenta e a quantidade de lixo proporcionalmente.
Consórcios entre municípios – Humberto Santa Cruz destaca a importância de unir forças entre os municípios. Uma possível solução conjunta entre os municípios de Barreiras, São Desidério e Luís Eduardo Magalhães, que pode facilitar a administração e manejo de um Lixão. Os custos administrativos são elevados para manutenção, porém a União dos Municípios do Oeste da Bahia-UMOB, tem esse papel de facilitar e articular maneiras para uma provável parceria entre esses municípios e um local comum de depósito e tratamento do lixo urbano em um local geograficamente estratégico.
Coletiva de imprensa – Junto com o tema do Lixão o prefeito Humberto Santa Cruz tratou de diferentes assuntos tirando dúvidas e respondendo perguntas de jornalistas de diversos meios de comunicação da região. Aproveitando a oportunidade o prefeito nomeou alguns secretários sendo eles: de Indústria e Comércio Ondumar Marabá, secretário de Governo Carlos Alberto Koch e secretário de Infraestrutura Valdemar Leite Lobo.
Falou sobre uma área que está sendo desmembrada no bairro Conquista para construção de um posto de saúde e do convênio entre a secretaria de Justiça da Bahia e município para instalação do Procon na cidade. O prefeito ressaltou que são apenas ações de continuação do plano de governo, mostrando que existe muita coisa ser feita na cidade. (ASCOM – Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães)
You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply