Supremo decidirá prisão imediata de condenados do mensalão

“Julgamento do século”, o mensalão entra em fase decisiva e em sua hora mais crítica, assim que os últimos embargos de declaração forem rejeitados, os ministros analisarão os infringentes, que dariam aos réus com 4 votos a favor a possibilidade de um novo julgamento; é o caso, por exemplo, de José Dirceu, José Genoíno e João Paulo Cunha na condenação por formação de quadrilha. O ministro Celso de Mello já disse que os embargos existem, mas dá toda a pinta de que vai mudar de posição. Em posição contrária, Joaquim Barbosa é contra qualquer direito da defesa, mas enfrentará a costumas oposição de Ricardo Lewandowski. Sem os infringentes, Barbosa espera decretar a prisão dos réus antes do 7 de setembro, no que seria seu grande ato.
You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply