Arquivos de Tag: Bombeiros

Governo Maranhão lança pedra fundamental da sede do Corpo de Bombeiros.

Em mais uma ação positiva, o prefeito Gabriel Maranhão (sem partido), lançou na manhã deste sábado (19), a pedra fundamental que marca oficialmente o início da obra da futura sede do Corpo de Bombeiros em Rio Grande da Serra.

Por volta das 11:00 horas, o prefeito Gabriel Maranhão, acompanhado do deputado federal Alex Manente (PPS), de sua vice, Professora Marilza, do Presidente Executivo da Associação Brasileira da Indústria Química (ABIQUIM), Fernando Figueiredo, da Diretora de Relações Institucionais e Sustentabilidade, Marina Rocchi Martins Mattar, representantes do deputado Estevam Galvão (DEM), vereadores e secretários municipais se dirigiram até a avenida Jean Lieutaud, bairro Santa Tereza (ao lado do Teixeirão) para oficializar o início das obras da futura sede do Corpo de Bombeiros na cidade.

As tratativas com as indústrias tiveram a iniciativa do deputado federal Alex Manente (PPS), a pedido do prefeito Gabriel Maranhão. O deputado Federal Alex Manente é membro da Frente Parlamentar da Cadeia Produtiva do Setor Químico.

“hoje estamos dando o primeiro passo para a construção da base dos bombeiros na cidade que ajudará em diversos aspectos. Desde o acidente do dia a dia da cidade e termos aqui os resgates com maior rapidez, uma vez que a unidade mais próxima dos bombeiros fica a pelo menos 15 minutos. Outro ponto importante é o barateamento do seguro das empresas o que possibilitará a vinda de novas empresas com a consequente geração de novos empregos. Temos na região do ABC, um déficit muito grande de postos de trabalho”, disse o deputado.

O prefeito Gabriel Maranhão, visivelmente emocionado, fez um agradecimento especial ao presidente da ABIQUIM, Fernando Figueiredo, a Diretora Marina Rocchi Martins Mattar e ao deputado Alex Manente.

“Nossa cidade é a única da região do ABC que não possuía um posto do Corpo de Bombeiros, e é uma reivindicação antiga da população. Após a sua implantação, irá contribuir de forma decisiva na segurança da nossa cidade. Quero agradecer a todas as empresas envolvidas no projeto e principalmente ao deputado federal Alex Manente que foi quem intermediou a construção da sede dos Bombeiros para Rio Grande da Serra”, concluiu o prefeito.

Estiveram também presentes no ato, o prefeito de São Caetano do Sul, José Auricchio Júnior, o ex-prefeito de Ribeirão Pires, Clóvis Volpi, o ex-vice-prefeito Edinaldo de Menezes (Dedé da Folha), presidente do PPS de Ribeirão Pires e Wagner Lima, presidente do PPS de Rio Grande da Serra, dentre outras autoridades e lideranças políticas.

Rio Grande da Serra: Motoqueiro sofre grave acidente e bombeiros fazem o socorro.

Um motociclista ainda não identificado que circulava pela avenida São João no bairro Santa Tereza no início da tarde deste domingo (21), sofreu uma súbita queda sofrendo um grave acidente que ocasionou com uma fratura exposta em sua perna direita.

Segundo a nossa fonte, o socorro foi realizado por uma viatura do corpo de bombeiros, mas antes o serviço de remoção da prefeitura foi acionado.

“A população está sofrendo com o precário serviço de saúde do município. A pelo menos 15 dias não temos ambulância na cidade pois desde julho do ano passado mecânicos que prestam serviços de manutenção estão sem receber pelos trabalhos realizados. Nossas ambulâncias estão paradas. Muitas pessoas que necessitam de transporte para atendimento estão perdendo as consultas por falta das ambulâncias”, relatou.

Conforme ainda nos informou a fonte “o acidentado foi removido possivelmente para a cidade de Mauá para que possa receber os cuidados médicos em função da gravidade da fratura”.

Kiko nomeia ex-presidente expulsa do SINDSERV para gerir recursos do Fundo Especial do Bombeiro.

Foi publicado nesta quarta-feira (11), o decreto nº 6.766 de 03 de outubro de 2017 que dispõe sobre substituição de membros do Conselho Diretor do Fundo Especial do Bombeiro – FEBOM.

Consta na lista de substitutos (ver aqui) o nome da ex-presidente do SINDSERV, Simone Beatriz Miranda da Silva afastada da entidade sob a acusação de ter cometido irregularidades nas contas da entidade sindical. A decisão foi tomada no mês de setembro em reunião geral de diretoria, após problemas nos repasses dos convênios com as farmácias e odontológicos. Segundo consta, a Prefeitura de Ribeirão Pires repassava os valores para o sindicato e o mesmo não depositava às empresas conveniadas.

Segundo a atual presidente do SINDSERV, Dalva Aparecida Rodrigues ainda não é possível traçar números e desvios.

“O caso está sendo analisado pelo Jurídico do sindicato, mas ocorreram irregularidades. A situação do sindicato é delicada, precisamos reduzir custos, e a mudança de sede veio por isso, aqui pagamos bem menos de aluguel”, declarou a sindicalista a um jornal local.

O Fundo Especial do Bombeiro – FEBOM, foi criado pela Lei nº 5364, de 30/11/2009 e tem como finalidade de arrecadar recursos para a aquisição de bens, viaturas, equipamentos, materiais e para cobrir despesas com construções, serviços e pessoal, necessários ao desempenho das atividades do Corpo de Bombeiros do Município de Ribeirão Pires. Suas receitas são constituídas por receitas integralmente arrecadadas pelas taxas especiais de prevenção e extinção de incêndio, previstas em lei, auxílios, subvenções ou doações de instituições públicas e privadas destinadas ao Corpo de Bombeiros de Ribeirão Pires, recursos decorrentes da alienação de bens, viaturas, equipamentos e materiais considerados inservíveis ou obsoletos, quaisquer outras rendas relacionadas com as atividades do Corpo de Bombeiros, juros bancários e rendas de capital proveniente de imobilização ou aplicação de recursos do FEBOM. Os recursos serão geridos pelo Conselho Diretor do Fundo Especial do Bombeiro que tem poderes de decisão sobre a aplicação dos recursos. Clique aqui e leia a íntegra da legislação que criou o FEBOM.

Simone Beatriz e sua reincidência

Simone Beatriz Miranda da Silva foi expulsa do SINDSERV por suspeita de corrupção, o caso está sendo apurado pelo departamento jurídico da entidade sindical

Em 20 de junho de 2017, a 3ª vara do Foro de Ribeirão Pires expediu condenação a Simone Beatriz Miranda da Silva e decretou penhora e avaliação de um veículo para o pagamento de uma dívida no valor de R$ 18.617,18 em favor da Comercial João Afonso Ltda, empresa esta que fornecia cestas básicas para a Associação dos Servidores Públicos Aposentados e Pensionistas da Estância de Ribeirão Pires – ASERP. Ver aqui.

STF proíbe municípios de cobrarem taxa de combate a incêndios. Contribuintes podem requerer restituição dos últimos 5 anos pagos.

Valores pagos nos últimos 5 anos podem ser devolvidos aos contribuintes

O STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu nesta quarta-feira (24), proibir os municípios de cobrarem taxa de incêndio. A decisão tem repercussão geral, ou seja, deverá ser seguida por todas as prefeituras.

De acordo com o ministro Marco Aurélio Mello, relator do caso, os contribuintes poderão inclusive pedir à Justiça ressarcimento por valores pagos nos últimos cinco anos.

A decisão foi tomada a partir de um recurso da cidade de São Paulo contra a decisão de um tribunal estadual, que havia decidido pelo fim da cobrança da taxa.

A avaliação dos ministros que votaram contra a taxa –o placar foi 6 a 4– é de que as cidades não podem cobrar por um serviço de segurança pública, que é de responsabilidade dos Estados.

Além de Mello, votaram contra a taxa os ministros Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia e Edson Fachin.

A favor da cobrança, se posicionaram os ministros Alexandre de Moraes, Gilmar Mendes, Luis Fux e Dias Toffoli.

Exclusivo: Bombeiros combatem incêndio na Francisco Monteiro.

Uma oficina mecânica localizada na avenida Francisco Monteiro, Bosque Santana – Ribeirão Pires, pegou fogo nesta sexta-feira (31). A reportagem do Repórter ABC/Caso de Política passava em frente do local quando percebeu que do local saia uma fumaça preta por entre as portas de aço da oficina.

De imediato foi acionado o 193, que em aproximadamente 10 minutos, viaturas da corporação já chegava onde homens do Corpo de Bombeiros munidos de cilindros de oxigênio rapidamente acoplaram mangueiras ao tanque da viatura, conseguindo êxito no controle das chamas no interior da edificação. Um dos bombeiros que participou da operação destacou que ao menos um dos veículos teve perda total.

No cenário interior, restou automóveis e paredes tingidas de preto como consequência das chamas e da intensa fumaça. Informações colhidas junto a vizinhança dão conta de que o expediente no local foi encerrado por volta das 18 horas.

Lamentavelmente nosso celular que continha as imagens apresentou defeito e não ligou mais, restando somente esta imagem. De qualquer forma o registro jornalístico foi feito. Luís Carlos Nunes

Acidente grave faz 6 vítimas na rodovia Índio Tibiriçá.

d4f1e71a-a213-4aa9-9566-0f896afea3bf

Uma forte colisão entre uma moto e uma Van próximo ao KM 30 da rodovia Índio Tibiriçá deixou 6 feridos na noite desta terça-feira.

O motociclista após bater na lateral da Van escolar foi socorrido pelo SAMU em estado e a garupa foi removida pelo Corpo de Bombeiros removeram com aparente trauma nos membros inferiores e a Defesa Civil atuou socorrendo um passageiro da Van com um caco de vidro empalado na cabeça.

6628d656-f161-479b-88ad-d64ab498e9f4

Outra vítima do acidente, foi levado por populares e mais outras duas 2 vítimas com menor gravidade permaneceram no local até o retorno das equipes para um pronto atendimento e remoção.

O acidente pela sua proporção causou lentidão no trânsito das imediações, ficando sob o encargo da Polícia Militar Rodoviária e do Departamento de Estradas e Rodagens para orientação do fluxo.

Carro capota na rodovia Índio Tibiriçá.

13692722_840766399401080_3508085376810694820_n

Por volta das 00:10 horas desta terça-feira (12), um motorista que trafegava pela Rodovia Índio Tibiriçá, altura do km 47,5, perdeu o controle de seu veículo quee colidiu em um barranco e capotou.

A vítima foi socorrida de dentro do automóvel por equipe do Corpo de Bombeiros Militar com o apoio da Defesa Civil em estado de consciência e sem aparente trauma ao Pronto Atendimento de Ribeirão Pires.