Arquivos de Tag: cães

Polícia Civil resgata 116 cães em situação de maus tratos

A Polícia Civil resgatou 116 cães de um canil clandestino, na manhã da quarta-feira (27)

Uma equipe do 13º Distrito Policial realizava diligências na Cidade Ademar, zona sul da Capital, quando foi acionada por um morador. Ele informou sobre os constantes latidos em uma casa localizada na Rua Pastor Rubens Lopes e da suspeita de que o local poderia ser utilizado como canil clandestino.

Os policiais foram ao local-alvo, onde encontraram o proprietário, de 56 anos, que confessou ter mais de 100 animais  para serem vendidos pela internet e para procriação.

Os cães das raças Yorkshire e Maltês estavam em situação precária de higiene,  maltratados e sem comida.

O homem foi detido e encaminhado ao Distrito Policial. Os animais foram colocados aos cuidados do Projeto Anjo de Quatro Patas.

Ribeirão Pires promove Campanha de Vacinação Antirrábica de cães e gatos.

De 7 a 26 de agosto, Secretaria de Saúde e Higiene imunizará animais em mais de 60 pontos espalhados pela cidade

A Secretaria de Saúde e Higiene de Ribeirão Pires promoverá de 7 a 26 de agosto a Campanha de Vacinação Antirrábica para cães e gatos. As equipes da Vigilância à Saúde aplicarão as doses da vacina em mais de 60 pontos que irão circular pela cidade em datas e horários pré-estabelecidos, inclusive aos sábados e domingos (cronograma abaixo). A imunização também será feita durante todo o período, de segunda a sexta, das 8h às 17h, no Centro de Controle de Zoonoses (Rua Catharina Rios Giachelo, 185 – Centro).

A raiva é uma zoonose viral, que se caracteriza como uma encefalite progressiva aguda e letal. Todos os mamíferos são suscetíveis ao vírus da raiva e, portanto, podem transmiti-la. A doença apresenta dois principais ciclos de transmissão: urbano e silvestre, sendo o urbano passível de eliminação, por se dispor de medidas eficientes de prevenção, tanto em relação ao ser humano, quanto à fonte de infecção (Ministério da Saúde).

Em Ribeirão Pires, de acordo com estimativa do Governo do Estado, há cerca de 20 mil cães e cerca de 6 mil gatos.

Confira abaixo cronograma da vacinação:

07 de agosto – Segunda-feira

9h às 12h e 14h às 16h – Praça José Bonifácio – Rua Hishiro Hidaka S/N – Pq. Aliança

9h às 12h – Quadra de areia Jd. Serrana – Esquina da Av. Cel. Oliveira Lima C/ Rua Olímpio de Lima – Jd. Serrano

14h às 16h – Em. Manoel Batista Da Silva – Rua Adélia Renzeti – Jd. Esperança

08 de agosto – Terça-feira

9h às 12h – Casas Próprias – Rua Agnaldo Bandone Filho – Jd. Valentina

9h às 12h – EE. Marli Raia Reis – Av. Santa Clara nº 140 – Jd. Santa Rosa

14h às 16h – Em. Mabel Cunha – Av. Indianápolis C/ Rua João Carpinelli – Jd. Valentina

14h às 16h – Em. Maria Siqueira de Paula – Av. Santa Clara nº 1885 – Pilar Velho

09 de agosto – Quarta-feira

9h às 12h – Casa de Ração do Carlinhos – Rua Dos Eucaliptos nº 514 – Jd dos Eucaliptos – Ouro Fino

9h às 12h – Bar do Mauro – Av. Florida. Jd. Santista – Ouro Fino

12h às 16h – EE. Prof. Leico Akaish – Rua Paulo Cândido nº 200 – B. Santana

12h às 16h – Bar do Mauro ll – Rua Itatiaia – Jd. Bandeirantes – Ouro Fino

10 de agosto – Quinta-feira 

9h às 12h – Sítio do Francês – Rua Lorena/Portaria – Sítio do Francês

09h às 12h – Jd. Caçula – Próximo ao Campinho – Rua Casemiro de Abreu nº 150 – Jd. Caçula

14h às 16h – Balneário Palmira – Rua Osvaldo Bartolo Caio/Praça da Capelinha – Balneário Palmira

14h às 16h – Jd. Caçula – Esquina da Rua Graça Aranha c/ Rua Guimarães Rosa – Jd. Caçula

11 de agosto – Sexta-feira 

9h às 12h – EE. Afonso Arinos – Final da Rua Pedro Ripoli S/N – Barro Branco

9h às 12h – EE. João Roncon – Rua Guilhermino Roncon nº 26 – Jd. Luzo

14h às 16h – Barro Branco – Em frente a Adecon – Rua Pedro Ripoli nº 900 – Barro Branco

14h às 16h – EE. Nayme Cardim – Rua Manoel Simões n° 264 – Vila Nova/ Jd. Francisco

12 de agosto – Sábado

9h às 12h e 14h às 16h – EE. Casemiro da Rocha – Rua Camilo Ledo Vasques – Ao lado da UBS Ouro Fino

9h às 12h e 14h às 16h – EE. João Gaudêncio Mainine – Av. Ver. Aroldo A. Neves C/ Rua Antônio Peixoto Augusto – Ouro Fino

13 de agosto – Domingo 

9h às 12h e 14h às 16h – EE. Farid Eid – Rua Fagundes Varela nº 25 – Jd. Caçula

9h às 12h e 14h às 16h – EE. Di Cavalcante – Estrada do Caçula nº 100 – Jd Caçula

14 de agosto – Segunda-feira 

9h às 12h e 14h às 16h – EE. Francisco Arnoni/Praça da Capela – Rua Brigadeiro José Vicente de Faria Lima – Vila Sueli

9h às 12h – Próximo da Padaria Monte Verde/Amaral – Rua Dos Aliados – Planalto Bela Vista

14h às 16h – Bar do Basílio – Rua Goiânia n° 160 – Jd. Santa Inês

15 de agosto – Terça-feira 

9h às 12h e 14h às 16h – Em.de Música Alfredo Della Ricca – Praça Ramos de Azevedo – Vila Aurora

09h às 12h – Campo da Vila Suissa – Rua Caetano Luppi nº 270 – Vila Suissa

14h às 16h – Praça da Matriz – Rua Dr. Jorge Tibiriçá – Centro Alto

16 de agosto – Quarta-feira 

9h às 12h – Praça do Jd. Petrópolis – Rua José Rabelo da Cunha – Jd. Petrópolis

9h às 12h – Bar do Oto – Estrada do Taquaral S/N – Ouro Fino

14h às 16h – Castelo do Robson Miguel – Rua do Castelo – Quarta Divisão

14h às 16h – Bar do Valdir – Estrada do Pouso Alegre S/N – Ouro Fino

17 de agosto – Quinta-feira 

9h às 12h – Pracinha – Vila Conceição – Rua Raposo Tavares C/ Rua Otávio David – Vila Conceição

9h às 12h – Bar dos Amigos – Rua Pedro José do Nascimento – Vila Rica – Quarta Divisão

14h às 16h – Praça Adolfo Almeida/Padaria Vila Conceição – Rua dos Imigrantes C/ Rua Bastos – Vila Conceição

14h às 16h – Bar da Turca – Rua Manoel Augusto de Barros – Vila Bonita – Quarta Divisão

18 de agosto – Sexta-feira

9h às 12h e 14h às 16h – EE. Álvaro de Souza – Rua Aladim C/ Av. Princesa Isabel nº 484 – Vila Gomes

9h às 12h – Bar do Brito – Rua das Aleluias nº 126 – Jd. Serrano

14h às 16h – Campo próximo ao Lar Frederico Ozanan – Rua Salvador Mano S/N – Vila Belmiro

19 de agosto – Sábado 

9h às 12h e 14h às 16h – EE. Judith Ferreira Piva – Esquina da Av. Miro Atílio Peduzzi C/ Rua Santarém – Quarta Divisão

9h às 12h e 14h às 16h – EE. Marisa Afonso Salero – Rua Gralia nº 90 – Quarta Divisão

20 de agosto – Domingo 

9h às 12h e 14h às 16h – Praça Alan Moreira da Silva – Rua Salvador Ripoli C/ Rua Copacabana – Vale do Sol – Santa Luzia

9h às 12h e 14h às 16h – EE. Prof. Maria Pastana Menato – Rua Prof Antonio Nunes nº 249 – Santa Luzia

21 de agosto – Segunda-feira 

9h às 12h – Praça – Jd. São Francisco – Rua Antonieta Colalilo Cordeiro C/ Rua São João – Jd. Francisco

9h às 12h – EE. Vila Marquesa de Santos – Rua Elias Eid nº 600 – Vila Marquesa

14h às 16h – Em. Fiorindo Roncon – Rua Eugênio Roncon nº 2253 – Jd. Ribeirão Pires

14h às 16h – Próximo da Padaria – Rua Alfredo Mendes C/ Rua Major Cardim – Estância Noblesse

22 de agosto – Terça-feira 

9h às 12h – EE. Dom José Gaspar – Rua Isidoro Fontes S/N – Vila Aurora

9h às 12h – Etec Ribeirão Pires – Rua Bélgica nº 88 – Jd Alvorada

14h às 16h – Em. Neusa Luiz Sanches – Rua Papa João XXIII – Vila Suissa

14h às 16h – Daniel da Geladeira – Rua Luis Betega S/N – Vila Aparecida

23 de agosto – Quarta-feira 

9h às 12h – Bar do Santos – Rua Pedro Barbosa de Lima nº 03 – Jd Vista Linda

9h às 12h – Campo da Rua Augusta – Rua Augusta em frente ao nº 142 – Vila Suissa

14h às 16h – Bar da Leda – Rua Primo Bertoldo – Jd. Vista Linda

24 de agosto – Quinta-feira 

9h às 12h e 14h às 16h – EE. Francisco Prisco – Rua Diadema nº 135 – Pq. Das Fontes

9h às 12h – Antiga Padaria do Bosque – Rua Nazareno Romaldini nº 270 – Bosque Santana

14h às 16h – Portal do Iramaia – Rua Dalva de Oliveira – Jd. Iramaia

25 de agosto – Sexta-feira 

9h às 12h – Praça da Antiga Associação – Rua Jerônimo Veiga Garcia S/N – Rancho Alegre – Ouro Fino

9h às 12h – Jd. Aprazivel – Rua Javaré – Jd. Aprazivel – Ouro Fino

14h ás 16h – Bar do Japonês – Estrada da Varginha – Ouro Fino

14h às 16h – Cruzeiro – Estrada do Caracu C/ Estrada do Simeão – Ouro Fino

26 de agosto – Sábado 

9h às 14h – Palco Vila do Doce – Vila do Doce – Centro

Lei estadual proíbe ‘eutanásia’ em animais saudáveis.

O governo de São Paulo, sancionou a lei nº 12.916, de 16 de abril de 2008 que proíbe a eutanásia em animais saudáveis nos 645 municípios do Estado. A medida já está em vigor e cabe aos municípios realizar ações de castração e de adoção para bichos em boas condições de saúde. Segundo a lei, nem animais ferozes, como pit bulls, poderão ser sacrificados. Antes, eles deverão ser socializados e colocados para adoção. Antes da Lei, os animais eram levados para o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e sacrificados em até três dias.

Saiba mais clicando aqui. Abaixo a íntegra da legislação estadual

Dispõe sobre o controle da reprodução de cães e gatos e dá providências correlatas

O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO:

Faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu promulgo a seguinte lei:

Artigo 1º – O Poder Executivo incentivará a viabilização e o desenvolvimento de programas que visem ao controle reprodutivo de cães e de gatos e à promoção de medidas protetivas, por meio de identificação, registro, esterilização cirúrgica, adoção, e de campanhas educacionais para a conscientização pública da relevância de tais atividades, cujas regras básicas seguem descritas nesta lei.

Artigo 2º – Fica vedada a eliminação da vida de cães e de gatos pelos órgãos de controle de zoonoses, canis públicos e estabelecimentos oficiais congêneres, exceção feita à eutanásia, permitida nos casos de males, doenças graves ou enfermidades infecto-contagiosas incuráveis que coloquem em risco a saúde de pessoas ou de outros animais.

  • – A eutanásia será justificada por laudo do responsável técnico pelos órgãos e estabelecimentos referidos no caput deste artigo, precedido, quando for o caso, de exame laboratorial, facultado o acesso aos documentos por entidades de proteção dos animais.
  • – Ressalvada a hipótese de doença infectocontagiosa incurável, que ofereça risco à saúde pública, o animal que se encontre na situação prevista no “caput” poderá ser disponibilizado para resgate por entidade de proteção dos animais, mediante assinatura de termo de integral responsabilidade.

Artigo 3º – O animal com histórico de mordedura, injustificada e comprovada por laudo médico, será inserido em programa especial de adoção, de critérios diferenciados, prevendo assinatura de termo de compromisso pelo qual o adotante se obrigará a cumprir o estabelecido em legislação específica para cães bravios, a manter o animal em local seguro e em condições favoráveis ao seu processo de ressocialização.

Parágrafo único – Caso não seja adotado em 90 dias, o animal poderá ser eutanasiado.

Artigo 4° – O recolhimento de animais observará procedimentos protetivos de manejo, de transporte e de averiguação da existência de proprietário, de responsável ou de cuidador em sua comunidade.

  • – O animal reconhecido como comunitário será recolhido para fins de esterilização, registro e devolução à comunidade de origem, após identificação e assinatura de termo de compromisso de seu cuidador principal.
  • – Para efeitos desta lei considera-se “cão comunitário” aquele que estabelece com a comunidade em que vive laços de dependência e de manutenção, embora não possua responsável único e definido.

Artigo 5º – Não se encontrando nas hipóteses de eutanásia, autorizadas pelo artigo 2°, os animais permanecerão por 72 (setenta e duas) horas à disposição de seus responsáveis, oportunidade em que serão esterilizados.

Parágrafo único – Vencido o prazo previsto no caput deste artigo, os animais não resgatados, serão disponibilizados para adoção e registro, após identificação.

Artigo 6° – Para efetivação deste programa o Poder Público poderá viabilizar as seguintes medidas:

I – a destinação, por órgão público, de local para a manutenção e exposição dos animais disponibilizados para adoção, que será aberto à visitação pública, onde os animais serão separados conforme critério de compleição física, de idade e de temperamento;

II – campanhas que conscientizem o público da necessidade de esterilização, de vacinação periódica e de que o abandono, pelo padecimento infligido ao animal, configura, em tese, prática de crime ambiental;

III – orientação técnica aos adotantes e ao público em geral para os princípios da tutela responsável de animais, visando atender às suas necessidades físicas, psicológicas e ambientais.

Artigo 7° – Fica o Poder Público autorizado a celebrar convênio e parcerias com municípios, entidades de proteção animal e outras organizações não-governamentais, universidades, estabelecimentos veterinários, empresas públicas ou privadas e entidades de classe, para a consecução dos objetivos desta Lei.

Artigo 8º – A infração aos dispositivos desta lei acarretará a aplicação de multa pecuniária no valor correspondente a 500 (quinhentas) Unidades Fiscais do Estado de São Paulo – UFESP, aplicadas em dobro na hipótese de reincidência.

Parágrafo único – Vetado.

Artigo 9° – Vetado.

Artigo 10º – As despesas decorrentes da execução desta lei correrão à conta de dotações orçamentárias próprias.

Artigo 11º – Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.

Ribeirão Pires terá o I FestCão neste sábado (18).

13412930_1006255589427570_5189509272672762504_n

Acontece nesse fim fim de semana nos dias 18 e 19, sábado e domingo respectivamente, o I FestCão na Vila do Doce.

O evento contará Artesanatos variados, roupas e acessórios Pets e suculenta gastronomia.

O I FestCão contará também com duas atrações musicais sendo no sábado as 15 horas Márcio Araújo e no domingo às 14 horas, a animação fica por conta dos Irmãos Ventura.

Serão instalados no evento o “Cabide Solidário” para a arrecadação de roupas para moradores de ruas e necessitados.

Você poderá ainda doar jornais velhos, comedouros, cobertores e toalhas velhas. Participem!