Arquivos de Tag: caminhada

Ribeirão Pires: Corrida e Caminhada tem prazo de inscrições estendidas.

Ainda dá tempo para se inscrever para a Corrida e Caminhada Ribeirão Pires 63 anos – Troféu Antonio Carlos Guarinon, em comemoração ao aniversário da Estância, que acontece neste domingo, dia 26, nas distâncias de 10 km, 5 km e caminhada de 5 km para atletas de ambos os sexos.

Os interessados devem comparecer à Tenda Multiculturas do Centro Educacional Ayrton Senna (localizado à Avenida Prefeito Valdírio Prisco, 193 – Jardim Itacolomy), neste sábado, dia 25 de março, das 10h às 19h, mesmo horário em que estará sendo feita a entrega dos kits para os participantes da atividade.

Lembrando que para efetuar a retirada dos kits, o atleta deverá apresentar, obrigatoriamente, documento de identificação original com foto e comprovante de inscrição/pagamento. Os corredores com idade inferior a 18 anos completos até a data do evento deverão apresentar termo de responsabilidade de menor de idade assinado pelo pai ou responsável.

Dedé da Folha fala sobre legalidade das contas que o liberou para ser candidato.

dede

O Repórter ABC acompanhou o candidato a prefeito de Ribeirão Pires, Dedé da Folha (PPS), durante uma caminhada pelo Jardim Caçula. Entre um abraço e outro nos moradores, o candidato falou sobre a revisão das contas de quando era presidente da Câmara. Antes rejeitadas, foram aprovadas pelo Tribunal.

Com a decisão do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, Dedé da Folha ficou liberado para concorrer a prefeito de Ribeirão Pires.

“Foram anos de angústia, tentando mostrar ao Tribunal que não tínhamos feito nada de errado. Mas para tudo tem a sua hora e no dia 20 de Julho, a injustiça foi corrigida e me tornei Ficha Limpa”.

A análise do pedido de revisão foi feita pelo conselheiro Antonio Roque Citadini que sentenciou a favor de Dedé da Folha, seguido por unanimidade dos conselheiros daquela Corte.

“O reconhecimento do recolhimento em momento anterior ao trânsito em julgado impõe admitir a inexistência de débito ao erário. Assim, tenho que a documentação apresentada possui eficácia para autorizar o recebimento diante da ausência de lesividade ao patrimônio, é o caso de sua procedência para declarar a regularidade das contas aqui em exame”, concluiu o relator.

Para Dedé da Folha o assunto ficou no passado. É hora levar suas propostas para os cidadãos de Ribeirão Pires.

“Já foi, provamos que somos bons administradores, sem pendências judiciais ou acusações de desvio de dinheiro público. Agora, vou levar as minhas propostas para população de Ribeirão Pires e fazer o que poderíamos ter feito antes”.

O candidato optou por caminhadas pelos bairros. Com equipamento de som fala para população. Durante as conversas, explica aos moradores suas propostas de governo e ouve as demandas.

“É a melhor forma de dialogar com a população. Candidato que não percorre as ruas dos bairros, não descobre as verdadeiras demandas”, disse Dedé da Folha.

Professora Rosí percorre bairros e ouve anseios da população.

13654149_1073366899419479_6785044061234354500_n

A pré-candidata a prefeita de Ribeirão Pires, Professora Rosí Ribeiro de Marco (PSDB), está realizando uma série de caminhadas pela cidade para ouvir os munícipes. A ação tem como objetivo estreitar o diálogo direto com a população ribeirãopirense e debater sugestões para o plano de governo da pré-candidata.

Nesses encontros são abordados temas municipais como saúde, segurança e educação. “O que você gostaria de resgatar em nossa cidade? É muito importante ouvir a opinião dos outros munícipes e esses encontros são a oportunidade de escutar o que a população pensa e quais são as necessidades básicas da cidade”, afirmou Professora Rosí.

“Ribeirão Pires é de todos nós e nesse momento ela precisa de cuidado e zelo. Pertenço a essa cidade, amo essa cidade e por isso quero resgata – lá. A confiabilidade da população com o seu gestor é de extrema importância”, destacou a pré candidata a prefeita.

Para a moradora da Santa Luzia, Lígia Pena, o bate papo com a população, “é muito importante. Só assim, é possível constatar a real necessidade do munícipe e da cidade, porque ela sozinha talvez não consiga, mas nós juntos, podemos fazer mais”.