Posts tagged with "Claudinho Monteiro"

Em última sessão em atual endereço, Câmara de Rio Grande é vítima de arruaceiro

Durante a sessão realizada nesta quarta-feira (03), na Câmara Municipal de Rio Grande da Serra, o vereador Claudinho Monteiro que já havia anunciado anteriormente a mudança de endereço da Casa de Leis (conforme noticia do pelo Repórter ABC, ver aqui) anunciou a mudança daquele parlamento para outro local.

“A Câmara de Rio Grande está instalada neste endereço desde a emancipação da cidade. Passaram-se 44 anos e a partir da próxima sessão estaremos realizando provisoriamente a sessões legislativas no Complexo Educacional Primeira Dama Zulmira Jardim Teixeira. A medida trará ao legislativo uma economia anual de mais de R$ 100 mil com o não pagamento de aluguel além de propiciar acessibilidade e maior conforto aos munícipes. Outro ponto importante é que no dia 02 de maio estaremos definitivamente instalados na nova sede que será onde funcionou a Biblioteca Municipal”, destacou o presidente.

Um projeto de Lei apresentado durante a sessão foi aprovado dando a autorização para mudança para as novas instalações. Ainda durante a sessão, foi aprovado Projeto de Lei nº 03/2019 que propôs reestruturação administrativa na Câmara e regulamenta a contratação de 1 assessor parlamentar por gabinete.

Imagem histórica com vereadores e servidores da Câmara Municipal de Ribeirão Pires

Ricardo Darci, arruaceiro e mal educado faz o “V” da vitória

Ao final da sessão, o presidente Claudinho Monteiro convocou todos os vereadores, servidores da Casa e o atual Secretário de Administração de Rio Grande da Serra, Clauricio Bento (DEM) que é vereador licenciado para foto histórica da última sessão realizada naquele plenário.

Arruaceiro desrespeita vereadores, servidores e tenta impor a Lei do cala boca à jornalistas

Digno da comparação com as típicas histórias de Cordel de comumente retratam o cotidiano do nordeste brasileiro onde impera a Lei dos mais forte tendo como personagens o temido “Coroné” que ordena a seus jagunços o uso da força para calar os seus desafetos, após o término da última sessão da Câmara de Rio Grande da Serra naquele endereço teve um final vergonhoso. Conforme os relatos, o acontecido já era previsto! Disputa por espaço, visibilidade política, insatisfação e prepotência foram o combustível. A centelha do pavil (curto) foi o empresário Ricardo Darci, aliado de Clauricio Bento, figura conhecida nas redes sociais e reuniões e defensor apaixonado do Secretário de Administração da cidade. Segundo os relatos colhidos, Clauricio Bento já havia sido alertado sobre o comportamento agressivo de seu assessor informal e que lhe foi pedido para que não levasse Ricardo a Câmara porque o mesmo andava fazendo ataques ofensivos e ameaças de agressão física.

O que se viu ao final da sessão foi destempero e desequilíbrio! Ricardo Darci, constrangendo a todos os presentes foi acompanhados em plena baixaria aos gritos com um munícipe e com o vereador Akira. Tudo poderia ter sido evitado caso o assessor informal do secretário não tivesse recebido o apoio moral e a sensação de acolhida política.

Outra razão pelo chilique que Ricardo Darci era sobre supostas matérias jornalisticas que supostamente são desfavoráveis ao seu aliado político, Clauricio Bento. Marcelo Darci, segundo o relato de um jornalista havia o ameaçado de agressão nessa sessão e a esta reportagem disse que a impressa é bosta e que este jornalista com 20 anos de experiência comprovada não é nada!

Abaixo uma charge que sintetiza a cumplicidade irresponsável entre os aliados “Clauricio Darci x Ricardo Bento”

Claudinho Monteiro cobra reconhecimento de MIT para Rio Grande da Serra

O presidente da Câmara de Rio Grande da Serra, vereador Claudinho Monteiro (PSB), durante sessão realizada nesta quarta-feira (27), da Tribuna fez cobrança aos deputado estaduais e ao governador. O vereador solicitou a reconhecimento de Rio Grande da Serra como Município de Interesse Turístico (MIT).

“São Bernardo do Campo é uma cidade milionária e ganhou o título de MIT e Rio Grande da Serra está esperando. Desejo que o governador  João Doria reconheça nossa cidade e  apoie Rio Grande da Serra olhando o ABC como um todo”, disse Claudinho Monteiro.

O Projeto de Lei que reconheceu São Bernardo do Campo como MIT é o de nº 635/2018, de 31/10/2018 (ler aqui). Já o Projeto apresentado pelo deputado Estadual Sebastião Santos que pretende tornar Rio Grande da Serra como MIT é o de nº 71/2017 e tramita, já passando por etapas junto a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, pelo Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (DADE) e atualmente encontra-se no gabinete do Governador do Estado, conforme documento ao final da matéria.

Para cumprir os requisitos exigidos para a condição de MIT, Rio Grande da Serra cumpriu diversas exigências, conforme já noticiou o Repórter ABC. Ver aqui, aqui e aqui. Procurado, o prefeito de Rio Grande da Serra informou que está cobrando dos deputados a aprovação do Projeto.

Wagner Rubinelli será o novo Diretor Jurídico da Câmara de Rio Grande da Serra

O novo presidente presidente da Câmara de Rio Grande da Serra, Claudinho Monteiro contratou o gabaritado advogado Wagner Rubinelli para ser Diretor da Câmara de Vereadores de Rio Grande da Serra.

Wagner Rubinelli tem 54 anos e detém vultosa experiencia política, tendo exercido na cidade de Mauá os cargos de Secretário de Trabalho e Renda e Secretário de Assuntos Jurídicos de Mauá, foi Assessor Jurídico da Câmara Municipal de São Bernardo do Campo. Foi eleito vereador por quatro mandatos, foi Deputado Federal entre os anos de 2003 e 2007, onde foi membro titular da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal.

Graduação em Direito pela Universidade Brás Cubas, é professor universitário com pós graduação em Direito Constitucional pela Universidade São Francisco e Pós Graduado em Direito Eleitoral pela Escola Paulista da Magistratura, e extensão em Direito Penal Empresarial PUC/SP. Wagner Rubinelli tem ampla atuação na área do Direito Administrativo, especificamente atuando na apresentação de defesas em ações de improbidade, ações civil pública, defesas junto ao Tribunal de Contas, defesas no âmbito eleitoral, defesas e acompanhamentos em licitações além de orientação e acompanhamento, sobre os cuidados que as empresas privadas devem ter ao atuar junto ao setor público.

Segundo informa Claudinho Monteiro “o novo Diretor Jurídico será apresentado aos vereadores de Rio Grande da Serra nesta terça-feira (5)”, um dia antes da primeira sessão legislativa de 2019.

Claudinho Monteiro conquista espaço para nova sede da Câmara Municipal

 

Em breve a Câmara Municipal de Rio Grande da Serra estará de casa nova, é o que afirma o recém empossado presidente da Casa de Leis, Claudinho Monteiro (PSB).

“Um novo espaço para a Câmara Municipal é um antigo sonho. A atual sede não oferece acessibilidade e a sua estrutura é ultrapassada. Com a futura sede teremos melhores condições para o atendimento da população em um local de fácil acesso”, disse Monteiro.

“A previsão é que em meados deste ano as reuniões e os gabinetes sejam transferidos para lá”, reforçou.

A confirmação ocorreu na sexta-feira (11), durante encontro entre o chefe do legislativo com o prefeito Gabriel Maranhão e os deputados federal Alex Manente e estadual Thiago Auricchio.

A boa nova foi dita na última sexta-feira, durante visita do prefeito Gabriel Maranhão (sem partido) ao parlamento.

“Estou feliz e confiante que a nova sede irá democratizar o trabalho dos vereadores e propiciar melhor acesso aos moradores de Rio Grande da Serra. Hoje estamos em um prédio alugado, sem acessibilidade, dificultando a participação plena de todos os munícipes, isso irá acabar”, disse Claudinho Monteiro.

A mudança é imprescindível pois a atual sede é alugada, e a nova sede irá proporcionar maior economia aos cofres públicos o que possibilitará um maior investimento no serviço oferecido aos munícipes”, concluiu.

Segundo informou a Prefeitura de Rio Grande da Serra, a nova sede da Câmara será erguida no prédio da Biblioteca Municipal que será transferida para outro local.

Rio Grande da Serra conquista uma nova ambulância através de pedido do vereador Claudinho Monteiro

Vereador Claudinho com o prefeito Gabriel na reinauguração do estádio Teixeirão

A Prefeitura de Rio Grande da Serra conquistou uma nova ambulância que irá integrar a frota municipal. A conquista foi possível após solicitação do vereador Claudinho Monteiro (PSB) ao deputado federal Andrés Sanchez (PT).

Quero fazer um agradecimento especial ao meu Líder de Governo na Câmara, o vereador Claudinho Monteiro que trabalhou muito por esta conquista e aproximou Rio Grande da Serra do Corinthians. Não posso me esquecer do deputado Federal Andrés Sanches e do ex-deputado Estadual Luiz Moura que entenderam a necessidade de nossa cidade”, disse o prefeito Gabriel Maranhão.

Segundo ainda o prefeito, a aquisição desta ambulância vai permitir que o município ofereça serviços na área de saúde com mais qualidade e eficiência, principalmente no transporte de pacientes.

“Atender as necessidades da população de Rio Grande da Serra é nosso dever como prefeito. Com assinatura do convênio de está previsto para acontecer no dia 06 de julho, o município garantirá a população mais rapidez no transporte, principalmente nos casos de emergência em que se exige agilidade nos primeiros socorros”, afirmou Maranhão.

“O Andrés é um político comprometido com a nossa cidade, sempre atendendo positivamente as nossas demandas e pronto para ajudar. Recentemente esteve na inauguração do Teixeirão quando intermediou a vinda do Corinthians e se comprometeu com a verba para compra da ambulância que agora se concretiza”, comemorou Claudinho Monteiro.

Recentemente foi anunciada a liberação de verba para aquisição de três novos veículos (duas ambulâncias e um veículo para transporte de pacientes), para Rio Grande da Serra. A verba de R$ 312 mil é oriunda de emendas da bancada petista na Assembleia Legislativa. Os novos veículos que atenderão os setores da Saúde estão em processo de compra.

“Buscar benefícios para a população é o um dos nossos grandes objetivos, ainda há muito a ser feito na Saúde Pública de Rio Grande da Serra. Nossa meta é de um governo mais eficiente e principalmente, mais humano”, concluiu o prefeito Gabriel Maranhão.

A articulação política do vereador Claudinho Monteiro com o deputado Andres Sanches resultou na escolha de dois jovens da cidade que foram selecionados através de uma peneira e a expectativa é de que em breve outra seleção seja realizada na cidade.

Governo Maranhão conquista R$ 113 milhões para diversas áreas de Rio Grande da Serra

Além dos R$ 113 milhões, o prefeito cobrou 200 moradias da CDHU e apoio para que o município seja enquadrado como MIT

Na tarde desta terça-feira (12), o prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (sem partido), acompanhado da vice-prefeita, Professora Marilza (PSD), secretários municipais e de vereadores, se reuniu com o governador do Estado, Márcio França (PSB), para a assinatura de convênios, aporte de recursos e de abertura de processos de licitação que juntos, somam R$ 113 milhões.

Ficou autorizada licitação para a implantação de saneamento básico nos bairros Oásis Paulista e Parque América com aplicação inicial de 40 milhões e mais 68 milhões no decorrer da execução dos serviços.

Prefeito Maranhão cobra inclusão de Rio Grande como MIT e reforça pedido da construção de 200 unidades habitacionais na cidade

Ainda no ato, foi autorizado repasse para as obras de pavimentação asfáltica das ruas Guaratinguetá, no Parque América, Juscelino Kubitschek no Jardim Guiomar, Fernando Costa no Parque do Governador e trecho da Arujá na Vila Conde, totalizando de R$ 3 milhões.

Outra autorização assinada pelo governador Márcio França (PSB), é a que libera R$ 2 milhões em recursos junto ao Fundo Metropolitano de Financiamento e Investimento (FUMEFI) para a conclusão da 3ª etapa do Parque Linear.

Na oportunidade, o prefeito Gabriel Maranhão reforçou o pedido junto ao governador a aprovação de projetos já protocolados, a exemplo das 200 moradias a serem construídas pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) e o projeto que transforma Rio Grande da Serra em Município de Interesse Turístico (MIT).

Vereador Claudinho Monteiro, junto com demais vereadores entrega o título de cidadão Riograndense da Serra ao governador Márcio França

Durante o evento o vereador líder de governo, Claudinho Monteiro (PSB), fez a entrega do título de cidadão Riograndense da Serra ao Governador Márcio França, aprovado pela Câmara municipal.

Participaram das assinaturas, além do governador Márcio França e o prefeito Gabriel Maranhão, o Secretário de Saneamento e Recursos Hídricos, Ricardo Borsari, a Presidente da Sabesp, Karla Bertocco, o superintendente da Sabesp, Roberval Tavares, e o Secretário Executivo do FUMEFI, Widerson Anzelotti.

Vereadores de Rio Grande divergem sobre saída do Consórcio.

Durante a sessão ordinária ocorrida nesta quarta-feira (09), o tema Consórcio Intermunicipal tomou grande parte dos debates entre os parlamentares de Rio Grande da Serra.

A celeuma teve início após o vereador Clauricio Bento (DEM), no uso da palavra, defender publicamente a retirada da cidade do Consórcio Intermunicipal.

“Espero que o prefeito Gabriel não ceda ao apelo do prefeito de Mauá, Atila Jacomussi para que você fique no Consórcio. O que o Consórcio fez para Rio Grande da Serra?”, disse Bento em discurso.

Contrapondo-se ao argumento de saída, o presidente da Casa de Leis, João Mineiro (PSDB), ponderou sobre a possibilidade.

“Porque o Consórcio foi constituído? O que ele nos trás e o que deveria nos trazer? Ali temos prefeito unidos e mobilizados para ver tudo aquilo que pode ser feito para as cidades. Eu penso que se a coisa não está boa, troca o presidente! Faz outra eleição ou assume o vice. Acredito que toda uma composição não pode perder! Eu vejo que o Consórcio é importante para todos nós!”, disse João Mineiro.

A mesma tese de permanência junto ao Consórcio foi defendida pelo líder do Governo, Claudinho Monteiro (PSB).

“O Orlando Morando está parando o Consórcio Intermunicipal com a sua ditadura e a sua forma de conduzir o Consórcio. Para administrar o Consórcio é preciso estar preparada e ser democrática para ouvir as opiniões. Os recursos que forma destinados para a nossa cidade aconteceram porque tinha na época um bom gestor. Se pegarmos Rio Grande, a menor cidade conseguiu recursos por competências. Infelizmente existem alguns filhos do Dória no ABC, que falam que não são políticos, mas vivem da política”, falou o líder.

Para o vereador Akira Auriani (PSB), “É preciso que se avalie o que realmente está sendo feito dentro aquela entidade em favor da cidade e da região. Recentemente foi firmado um convênio de R$ 3 milhões com Ribeirão e RGS para drenagem. É grande o histórico do Consórcio em realização de políticas públicas. O trabalho não é atender cidades, e sim o coletivo de cidades do ABC. Quem aqui não se utilizou dos serviços do Hospital Serraria e do Hospital Mário Covas? Quantos trabalhos hoje a Universidade do ABC gera na região, em termos de renda e emprego? Quantas vagas são ocupadas por alunos nessa universidade? O Consórcio tem a sua história e o que temos que lembrar é que nenhuma ação é feita do dia para a noite. Concordo que é preciso que deva ser feita uma reavaliação dos processos da gestão, até mesmo para uma redução de custo em função da crise porque passa o país. O Consórcio é importante e trás transformação na vida das pessoas todos os dias”, defendeu Akira.

O vereador Bibinho (PSDB) disse que “o Consórcio é uma ferramenta que está sendo mal utilizada. O gestor do consorcio hoje, está usando o Consórcio como uma ferramenta política. Ele está pegando o Consórcio e colocando os direitos dele acima de tudo e querendo forçar a maioria dos prefeitos a apoiar o candidato dele. Eu vejo por este lado! E vejo que ele é um gestor tão ruim, e hoje eu sou do PSDB, não tenho vergonha alguma de falar isso e o que nós conseguimos pelo Consórcio, que trouxe, foi através do Luiz Marinho do PT, que foi os R$ 41 milhões. Temos um monte de problemas e o Consórcio não ajuda em nada”.

O vereador Benedito (PT), de maneira ponderada, disse: “Eu vejo esse debate com muita cautela, porque existe uma grande divergência entre o prefeito da cidade e o Orlando Morando, e baseado nessa divergência começou um grande debate. Quero até sugerir que nós chamássemos os prefeitos para fazer um debate. Esse é um debate de grande urgência e vejo isso com grande cautela. Acho que antes de decidirmos algo temos que debater a questão”, falou.

A ideia do vereador Benedito foi endossada pelo presidente, João Mineiro. “Eu entendo a posição do Benedito, até porque a saída do município deve passar por aqui”.

“Orlando Morando deixa a desejar e Consórcio do ABC pode se fragmentar” diz Claudinho Monteiro.

O líder do Governo Maranhão, Claudinho Monteiro (PSB), fez duras críticas a gestão do prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando à frente do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC.

Segundo a fala de Monteiro durante sessão da Câmara de Rio Grande da Serra nesta quarta-feira (18), “o coordenador do Consórcio está deixando muito, mas muito a desejar”.

“A minha fala é preocupante, mas temos que cada vez mais estar discutindo a questão regional, precisamos estar discutindo a microrregião. É o que estamos fazendo aqui no dia a dia. Porque não pode chegar em Santo André e parar quando tem Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra”.

Um parlamentar fez ainda um questionamento, “o que foi feito na questão regional? Existe a contribuição de todos os municípios o que não é surpresa para ninguém”.

Em outro momento Monteiro disse compreender os motivos da retida do prefeito de Diadema do consórcio e que também é preciso abrir o olho do prefeito Gabriel Maranhão para a gravidade do problema.

Uma fala interessante feita pelo líder do Governo, ainda de que forma indireta, é que São Caetano do Sul poderia sair do Consórcio. Fato que praticamente se concretizou na manhã desta quinta-feira (19), quando uma emenda de autoria do vereador sãocaetanense, Parra que suprime o trecho do texto legal que corresponde ao repasse de 1,2 milhão para o Consórcio Intermunicipal. O projeto retornou à Comissão de Justiça e Redação da Casa para que se faça a supressão do inciso, e, posteriormente, retorne ao plenário para apreciação da redação final.

Se a leitura política de Claudinho Monteiro estiver correta, Mauá e Rio Grande da Serra sairão do da entidade regional o que inviabilizará a manutenção política do Consórcio Intermunicipal com a perca de sua representatividade e a sustentação financeira do órgão.

Acompanhe abaixo o discurso do vereador Claudinho Monteiro

Vereador Claudinho Monteiro conquista emenda para a saúde de Rio Grande da Serra.

Vereador Claudinho Monteiro e a deputada Keiko Ota, autora da emenda

O vereador de Rio Grande da Serra, Claudinho Monteiro (PSB), anunciou a liberação de emenda parlamentar da deputada federal Keiko Ota (PSB) no valor de R$ 99.970,00 para serem utilizados na Saúde básica do município.

“Fomos até a deputada, conversamos e mostramos a necessidade de investimentos federais para Saúde, a deputada Keiko Ota nos atendeu prontamente e indicou a liberação da verba, um dinheiro importante para melhoria no atendimento”, comemorou o vereador.

Para Claudinho, se cada vereador for até os seus deputados, a cidade poderá receber ainda mais emendas, amenizando a crise financeira que hoje limita os investimentos nas cidades de todo o Brasil.

“Recebi ofício do gabinete da deputada Keiko Ota nesta terça-feira, 13 de março e o dinheiro será utilizado na estruturação da Rede de Atenção Básica de Saúde nas UBS’s da Vila Lopes, Parque América e Sítio Maria Joana”, concluiu o parlamentar.

A deputada declarou estar consciente dos problemas enfrentados pelas cidades brasileiras no tocante a Saúde e não poderia deixar de contribuir com a emenda para Rio Grande da Serra.

Abaixo o ofício de confirmação de liberação e o de solicitação da emenda

Rio Grande da Serra: Claudinho Monteiro dispara entre fogo amigo e chiadeiras.

Claudinho Monteiro, líder do Governo Maranhão tratou de apagar um incêndio ateado por seus colegas de base durante sessão ordinária realizada nesta quarta-feira (07) na Câmara Municipal de Rio Grande da Serra.

O edil que em sessão anterior rebateu críticas do oposicionista Benedito Araújo (PT), cravando-lhe como “radinho que só chia”, na sessão de hoje, defendeu o governo municipal, após Benedito apontar problemas no velório Municipal.

“Essa oposição só ataca! O vereador Benedito fala do velório com alegria! Conheço os gestos dele! Ele (Benedito) morre de rir!”, disse o líder.

Ainda quando disse que o oposicionista só chiava, Claudinho, – no afã de defender e cumprir a sua missão pétrea e primária – causou certo constrangimento em alguns de seus pares.

O parlamento de Rio Grande com 13 membros, tem em seus quadros, 5 possíveis pré-candidatos ao Paço Municipal. Dado que se não tratado com a sutileza devida pode descambar em fagulha em palha seca (leia-se incêndio!)

Ao menos 7 parlamentares, que além de seus ofícios que solicitam serviços, ocuparam a Tribuna da Casa e no melhor estilo do “Fogo Amigo” apontaram deficiências do executivo.

Não faltou cemitério, carros abandonados em vias, mato, educação, corrimão … Benedito ecoou? Deu ressonância? Ou será apenas o DITO Fogo Amigo?

Hábil e sagaz, Claudinho, – puxado pelo discurso forte de Clauricio Bento (DEM) que fez duros ataques ao tucano Geraldo Alckmin referindo-se a questões da educação estadual na comuna – mirou sua rotatória cuspidora de balas, “não se pode esquecer do ladrão de merenda, o deputado Fernando Capez, que também é responsável por problemas na educação estadual”.

Dedicado à sua tarefa de líder do governo, há que se reconhecer: Claudinho é certeiro!

Único parlamentar a rejeitar a convocação do secretário de Cidadania e Inclusão Social, Israel Mendonça (titular de sua cadeira) para prestar esclarecimentos, obteve importante vitória! Israel foi “desconvocado”.

Receioso com uma tal “imprensa marrom”, o edil Claudinho – ainda com bala na agulha – disparou: “se tiver alguém gravando, por favor, me disponibilize depois, porque eu acho que vou ter problemas com distorção de falas, pois existe uma “imprensa marrom” que só sabe atacar os vereadores por aqui”, disse

Ser líder de governo é atribuição das mais inglória! Na seca, é preciso muitas vezes saber tirar leite de pedra. No final, o que importa, é o dever cumprido! Luís Carlos Nunes

Gabriel Maranhão e vereadores se reúnem com secretário estadual de Educação.

Na última sexta-feira (15), o prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão acompanhados pelo Presidente da Câmara João Mineiro e dos vereadores Agnaldo de Almeida, Bibinho, Claurício Bento, Claudinho Monteiro, Maciel da Padaria, Marcelo Cabeleireiro e Toninho Correa, estiveram na Secretaria de Educação do Estado de São Paulo para reunião com o Secretário José Renato Nalini, onde foi pleiteado o restabelecimento do transporte das crianças e jovens das Escolas Estaduais de nosso município.

“Esse restabelecimento se faz necessário tendo em vista diversos fatores que acabam dificultando a frequência dos alunos nas aulas, entre eles que o município possui uma área de 31 km², que grande parte desta área é de intensa vegetação e que há uma grande distância dos bairros até as escolas. É importante ressaltar que o trajeto com o transporte garante que os alunos não estejam exaustos durante o período de aulas, o que proporciona melhores resultados nos estudos”, argumentou o prefeito Gabriel Maranhão.

Conforme publicou este blog, na quarta-feira (13), “os vereadores, Bibinho (PSDB), Maciel da Padaria (PMDB) e Clauricio Bento (DEM), se reunião com o presidente da Fundação do Desenvolvimento da Educação (FDE), João Curi, onde na pauta, os edis relataram as condições inadequadas das escolas estaduais instaladas no município e também na oportunidade cobraram solução breve no tocante ao transporte escolar onde há possibilidade de alunos ficarem sem o serviço. Para ler a íntegra da matéria clique aqui.