Arquivos de Tag: CPTM

Rio Grande: Dia 07 tem vacinação contra Febre Amarela na Estação a partir das 04 da manhã.

A Prefeitura de Rio Grande da Serra tem investido na ampliação da cobertura vacinal como forma de proteger a população da Febre Amarela. E, com essa proposta, mais uma ação será realizada nesta próxima quarta-feira, 07 de fevereiro, quando munícipes poderão se vacinar na estação de trem da cidade no horário da 04:00 às 10:00 hora da manhã.

Segundo o prefeito Gabriel Maranhão “esse horário de atendimento especial tem como objetivo imunizar todas as pessoas que saem de sua casa muito cedo e retornam para a cidade no horário em que os postos de saúde já estão fechados”.

A vacina contra a febre amarela é disponibilizada também de segunda a sexta-feira, em todas as unidades de saúde de Rio Grande da Serra.

Contraindicações

A aplicação da vacina não é indicada às gestantes. Também não é aconselhado às pessoas com alergia grave a ovo; imunodeprimidos; em tratamento à base de corticoides ou contra o câncer e até mesmo aquelas portadoras do vírus do HIV e que fizeram transplante. Idosos com mais de 60 anos e mulheres que estão amamentando devem ser avaliados nas unidades de saúde em relação à necessidade da administração da dose.

Luta contra o Aedes aegypti

A limpeza de lotes e quintais é fundamental para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti. A recomendação é não deixar água limpa parada em recipientes como latas, garrafas, bebedouro de animais, pneus e vasos de planta.

A população também pode fazer uso de repelentes de insetos para se proteger do Aedes aegypti e outros mosquitos transmissores da Febre Amarela.

Clauricio Bento atende solicitações de munícipes de Rio Grande da Serra.

O vereador Clauricio Bento (DEM), ainda que em período de recesso parlamentar, através de ofícios atendeu a pleitos de munícipes de Rio Grande da Serra.

Através de ofício direcionado a Secretaria de Serviços Urbanos do município, o edil solicitou a limpeza da Rua Mogi das Cruzes localizada no Bairro Vila Conde, que prontamente atendeu à solicitação e executou o serviço.

Em outra solicitação encaminhada para a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), o vereador Clauricio Bento indicou a limpeza de toda extensão da linha férrea do município, trabalho este, rapidamente foi atendido.

Rua Mogi das Cruzes localizada no Bairro Vila Conde

Limpeza de valetas e canais na extensão da linha férrea

Segundo o vereador, é através da participação da população participando e orientando que se constrói uma cidade cada vez melhor.

“Quero agradecer aos amigos Guilherme Negrão e Luís Carlos Skallop por procurarem e confiarem neste mandato. Ações como estas são verdadeiros atos de cidadania uma vez que contribuem com a qualidade de vida de muitos moradores de Rio Grande da Serra”, disse o parlamentar.

Habib’s de Ribeirão Pires abre as portas para a visita de crianças da rede municipal.

A unidade do Habib’s em Ribeirão Pires abriu as portas nesta quinta-feira (14), para uma visita mais que especial. Crianças na faixa de 2 ano e meio de idade, matriculas na escola municipal Olívia Marques Petrilli puderam conhecer todo o processo de produção da rede de alimentação.

Na recepção, as crianças foram encaminhadas ao salão de festas e eventos da unidade onde foi oferecido saborosa refeição, onde acompanhados por seus professores, seguiram para a cozinha do estabelecimento onde puderam conhecer cada etapa do preparo de cada iguaria.

Pode-se notar em cada olhar, a curiosidade e contentamento, especialmente quando a nutricionista lhes apresentou o processo de preparo das famosas esfihas Habib’s.

Puderam acompanhas o preparo e manuseio da massa, recheio e transporte até o forno automatizado onde através de uma esteira, as esfihas são colocadas e aos poucos são lavadas ao interior do equipamento, e num curto espaço de tempo aparecem do outro lado, prontas para o consumo.

Segundo Humberto D’orto, “um dos objetivos é propiciar momentos de descontração ao mesmo tempo apresentar as crianças as técnicas de higiene e tecnológicas existentes na produção de alimentos na atualidade”.

Habib’s contribui para restauro da praça em frente à estação da CPTM

Com o objetivo de colaborar com o aspecto visual, a unidade do Habib’s de Ribeirão Pires, deu importante contribuição à prefeitura da cidade e deu significativo apoio para a revitalização da praça em frente à estação da CPTM (próximo ao desembarque sentido rio Grande da Serra).

A praça, um dos mais visíveis e importantes cartões postais da cidade, recebeu através da parceria, poda na grama, plantas ornamentais, 6 postes com luminárias, além de nova iluminação no entorno atende fácil deixando o local com um aspecto de limpeza e proporcionando ao local maior segurança a todos os que forem trafegar pelo local, especialmente no período da noite e durante a madrugada.

Ribeirão Pires: CPTM fará distribuição de livros na estação nesta sexta-feira (27).

Ação em Ribeirão Pires faz parte da 12ª Edição do Projeto Livro Livre que já doou milhares de exemplares aos usuários

​A 12ª edição do Livro Livre, projeto que distribui gratuitamente exemplares com o objetivo de incentivar os usuários a aderirem a uma corrente de leitura em estações e trens, será realizada em 10 estações da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). Ação em Ribeirão Pires acontece na próxima sexta-feira (27) das 12h às 14h com estantes para troca e doações de livros.

Inspirado na música “Deixa a vida me levar”, sucesso do cantor Zeca Pagodinho, o slogan deste ano “Deixa o livro te levar” procura atrair os usuários para levarem seus livros para trocá-los por outros títulos nas estantes itinerantes.

Além de promover a leitura, o Livro Livre também incentiva a prática do bookcrossing, movimento que inspirou o projeto e que ocorre em várias partes do mundo com um convite inspirador: deixar livros em locais públicos, como as estações ou bancos de trens, para que outros leitores os encontrem e, após a leitura, faça-os circular, ampliando o acesso ao conhecimento.

Para quem quiser contribuir com a iniciativa, as doações podem ser feitas durante todo o ano nas estações da CPTM.

O BookCrossing baseia-se na prática de três pilares: “Ler, Registar e Libertar”. A iniciativa foi concebida nos Estados Unidos em 2001, pelo programador Ron Hornbaker, que lançou o site www.bookcrossing.com. Desde então, o movimento tem crescido exponencialmente, tornando-se global. Atualmente, 132 países estão engajados na ação, com quase 11,6 milhões de livros registrados e 1,6 milhões membros.

Desde 2006, o projeto Livro Livre da CPTM já distribuiu mais de 200 mil exemplares. O evento acontece sempre no mês de outubro, em comemoração ao “Dia Nacional do Livro”, celebrado em 29 de outubro.

Confira a programação completa clicando aqui.

Ferroviários ameaçam entrar em greve dia 01 de agosto.

Em assembleia realizada na terça-feira (18/07), os Ferroviários da CPTM decidiram pelo “estado de greve” até o dia 31 de julho, o motivo é um desconto de 3,51% nos salários dos funcionários, por causa de dissídio realizado em 2011 pela CPTM.

No dia 31 de julho, será realizada uma nova assembleia as 18h, nos seus respectivos sindicatos, porém; os Ferroviários já informaram que no dia 01 de agosto, haverá a paralisação dos trens por tempo indeterminado.

CPTM abre 80 vagas para Aluno Aprendiz. Inscrições terminam nesta sexta-feira (31).

Terminam nesta sexta-feira (31/03), as inscrições para o Concurso Público para Aluno Aprendiz, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). No total, são 80 vagas: 32 para o curso de Aprendizagem Industrial – Assistente Administrativo e 48 para o curso de Técnico de Manutenção de Sistemas Metroferroviários.

As aulas serão ministradas no Centro de Formação Profissional Eng° James C. Stewart, mantido pela CPTM, em convênio com o Senai. A CPTM paga ao Aluno Aprendiz do curso CAI – Assistente Administrativo, um salário mínimo. Para os alunos do curso Técnico de Manutenção de Sistemas Metroferroviários, no primeiro ano um salário mínimo e no segundo um salário mínimo e meio. A contratação é feita sob o regime CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) e Legislação Trabalhista Federal Complementar e Legislação Estadual pertinente.

INSCRIÇÕES

As inscrições poderão ser efetuadas pelo site (VEJA AQUI). Após preencher o formulário de inscrição, o candidato deverá imprimir o boleto bancário e efetuar o pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 15,70, em qualquer agência bancária.

Os interessados no curso de Técnico de Manutenção de Sistemas Metroferroviários terão como pré-requisito data de nascimento no período entre 17/07/1995 e 17/07/2000 e os candidatos ao curso de Assistente Administrativo, data de nascimento de 17/07/1995 a 17/07/1999. Todos devem ter o Ensino Médio concluído.

A formação para os Alunos Aprendizes do curso Técnico de Manutenção de Sistemas Metroferroviários tem duração de 24 meses, contemplando a fase de formação técnica e de prática Profissional. O curso visa habilitar profissionais para manter os sistemas eletroeletrônicos e mecânicos do transporte metroferroviário e desenvolver soluções de acordo com normas e procedimentos técnicos, de segurança e ambientais.

Os alunos do curso de Aprendizagem Industrial Assistente Administrativo receberão formação no período de 12 meses, compreendendo a fase teórica e prática administrativa. O curso visa qualificar os alunos-aprendizes para atuarem no apoio aos setores administrativos, contábeis, financeiros e de recursos humanos da empresa.

Ambos os cursos são ministrados de segunda a sexta-feira. As aulas de formação técnica serão ministradas das 7h às 11h e das 12h às 16h. No período das aulas práticas o horário será das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Seleção

A prova classificatória será de Conhecimentos Teóricos realizada no dia 23 de abril, com duração de três horas. O teste vale 100 pontos e será composto por 50 questões de múltipla escolha: 20 de Língua Portuguesa; 20 de Matemática e 10 de Atualidades. Cada questão vale dois pontos e terá cinco alternativas, sendo apenas uma correta.

Segundo a CPTM, a gabarito preliminar da prova será divulgado pela Internet no site www.rboconcursos.com.br a partir do dia seguinte à aplicação da prova. Já o gabarito Oficial da Prova de Conhecimentos Teóricos será divulgado a partir do dia 6 de maio.

Posteriormente, os classificados na Prova de Conhecimentos Teóricos realizarão a Avaliação de Perfil Profissional, que é eliminatória. Os candidatos aprovados serão convocados para Avaliação Médica, conforme número de vagas. A admissão está prevista para o dia 17 de julho de 2017.

Rio Grande da Serra: Estação terá exames gratuitos de pressão e diabetes nesta terça-feira (31).

Os usuários que passarem pela Estação Rio Grande da Serra, que atende a Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra), poderão fazer, gratuitamente, testes de glicemia e aferição da pressão arterial nesta terça-feira (31/01), entre 16h e 18h.

A ação, segundo a CPTM, será realizada na plataforma de desembarque, onde os testes serão aplicados. O objetivo é conscientizar o público sobre a importância da prevenção do diabetes e da hipertensão. Os usuários também receberão informações sobre os pontos de retirada de medicamentos gratuitos, distribuídos pelo Ministério da Saúde, na região do ABCD.

ÍNDICES ELEVADOS

O teste de glicemia é importante para identificar o diabetes, doença que afeta milhares de pessoas. Um estudo da Sociedade Brasileira de Diabetes apontou que aproximadamente 7 milhões de adultos possuem a doença e cerca de 60% não estão diagnosticados. Através de uma gota de sangue retirada da ponta dos dedos das mãos, de forma indolor, é possível determinar com precisão o nível de glicemia.

A aferição da pressão arterial também é um procedimento simples e eficaz para detectar a hipertensão, mal que acomete uma em cada quatro pessoas. A pressão alta é responsável por 40% dos infartos, 80% dos derrames e 25% dos casos de insuficiência renal terminal. Enfermidades que podem ser evitadas desde que os hipertensos conheçam sua condição, mantenham-se em tratamento e com a pressão controlada.

Ribeirão Pires: Condephaat concede tombamento da Fábrica de Sal.de

O Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo) decidiu pelo tombamento da Fábrica de Sal, localizada no município de Ribeirão Pires, Grande São Paulo. A decisão foi tomada em reunião realizada pelo conselho nesta segunda-feira, 12 de dezembro. O tombamento incide sobre o perímetro que inicia na esquina leste da Avenida Humberto de Campos com a Rua Major Cardim, entre a via férrea da antiga São Paulo Railway – hoje linha 10 da CPTM – atingindo também a Avenida Santo André, onde se destacam o corpo central do edifício e sua chaminé.

Nascida como Molino di Semole Fratelli Maciotta (Moinho de Trigo Irmãos Maciotta), a edificação foi construída em 1898, durante o período da industrialização paulista, em conjunto com a estação Ribeirão Pires da São Paulo Railway, também tombada.  Sua localização estratégica, junto à ferrovia, e a proximidade do Porto de Santos, na Baixada Santista, facilitavam o transporte dos grãos importados e do produto acabado. Os vários usos do local ao longo do tempo exemplificam a dinâmica de possibilidades de ocupação do edifício, que possui planta ampla e livre. O uso mais prolongado e que caracteriza o edifício – a Fábrica de Sal – teve início por volta de 1950, com a instalação da Indústria e Comércio Carmine Cotellessa S.A., ativa até 1994.

Segundo Deborah Neves, historiadora da UPPH (Unidade de Preservação do Patrimônio Histórico da Secretaria da Cultura do Estado), o edifício é um importante exemplar da arquitetura industrial voltada à produção de alimentos. O local também se configura como representante de pequenas indústrias constituídas com baixo capital privado estrangeiro. “O tombamento pode estimular a produção de conhecimento acerca dos municípios que compõem a Região Metropolitana de São Paulo, sempre ligados à história da Capital. Há dinâmicas muito particulares destes municípios que podem trazer ainda mais conhecimento e compreensão para a história do Estado, especialmente no tema do patrimônio industrial”, completa a pesquisadora.

Distrito de Palmeiras em Suzano pode ganhar estação da CPTM e receber trens em breve .

cptm-1

Foto de Diego Silva

Gustavo Ferreira, membro do Conseg local disse que nova estação teria trecho interligado a linha 10 da CPTM. Trecho de linha férrea já existe segundo ele. Atualmente a linha 10 da CPTM parte do Brás até Rio Grande da Serra.

Além de um sonho antigo dos moradores do Distrito de Palmeiras, em Suzano, a necessidade da chegada dos Trens da CPTM (Companhia de Trens Metropolitanos) à localidade é enorme, pois, além de facilitar o acesso da população aos municípios do ABC e a capital São Paulo, vai também movimentar a economia local.

Segundo o líder comunitário e membro do Conseg, Gustavo Ferreira, informou que em 2014 já havia uma solicitação a CPTM (Companhia de Trens Metropolitanos) para que o estudo fosse feito, pois a região já conta com cerca de 90 mil moradores. À época, um abaixo assinado com 20 mil assinaturas solicitando a vinda dos trens de passageiros para a região também foi entregue.

Segundo Gustavo, em contrato, há uma previsão que a MRS (empresa que usa o trecho ferroviário para transporte de carga) tem que conceder a linha para o transporte de passageiros. A medida é prevista em contrato desde a década de 1990 pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Segundo ele também, a MRS nunca teria sido procurada pelo Governo do Estado de São Paulo para tratar do assunto e que a CPTM só teria de eletrificar o trecho para que os trens pudessem passar por ele.

Em 2014, a CPTM informou a um jornal da região que existe uma incompatibilidade dos sistemas do trens de carga e passageiros, uma vez que os trens da companhia são elétricos. “A MRS teria de eletrificar os trilhos dela para que o trem da CPTM possa funcionar. Os sistemas são incompatíveis. Não há estudo para isso. Se fizéssemos isso iríamos retroceder”. O órgão estadual informou ainda que esse tipo de serviço não é disponibilizado em nenhuma cidade do Estado.

A ideia do conselho de moradores é que somente o trecho até Ribeirão Pires dessa linha seja utilizado ligando o Distrito de Palmeiras até aquela cidade, o que reduziria muito os custos de implantação do sistema.

Em Ribeirão Pires, os passageiros do trem vindo do Distrito de Palmeiras fariam baldeação com os trens da linha 10 da CPTM. Gustavo disse que nos próximos dias o Conseg e associações de moradores de bairro de Palmeiras irão pedir novamente reuniões com a CPTM para tratar do assunto. Segundo ele há uma grande possibilidade do grupo ter êxito na vinda dos trens para o distrito de Palmeiras.