Arquivos de Tag: creche

Prefeitura de Ribeirão divulga lista de cadastrados em creches municipais.

A prefeitura de Ribeirão Pires, divulgou nesta quarta-feira (08), a relação das crianças que aguardam vagas em creches – cadastro feito pelos pais ou responsáveis até 30 de outubro. Para consultar a lista de espera, basta clicar aqui ou aqui.

Segundo informa a prefeitura em comunicado oficial “a divulgação está sendo implantada em atendimento à Lei Municipal Nº 6.188/2017, para que o sistema possa ser igualitário e transparente para todos”.

Segundo ainda o comunicado “Os pais e responsáveis por crianças de zero a três anos interessados em vagas nas creches devem realizar inscrição de acordo com as seguintes datas: Novembro – de 21/11 a 24/11; Dezembro – 11/12 a 15/12. Horários: das 9h às 12h e das 13h às 16h, no Ceforpe (Complexo Ayrton Senna – Avenida Prefeito Valdirio Prisco, 193, Centro).

Os documentos para realizar as inscrições são: Certidão de Nascimento, RG e CPF dos pais e responsáveis, Comprovante de endereço no nome do pai, mãe ou do responsável legal da criança com validade de até três meses anteriores (água, luz, telefone fixo ou IPTU), declaração de trabalho e Declaração de Renda Familiar. Clique aqui e acesse a relação.

Ribeirão Pires abre inscrições para cadastro em creches.

A prefeitura de Ribeirão Pires abriu no último dia 16 as inscrições para cadastro de vagas nas Escolas de Educação Infantil da cidade.

Os pais ou responsáveis por crianças de zero a três anos de idade interessados em vagas nestas unidades escolares devem realizar inscrição no Ceforpe – Centro de Formação dos Profissionais da Educação (Avenida Prefeito Valdirio Prisco, 193, Centro), das 9h às 12h e das 13h às 16h.

Para efetuar a inscrição são necessários os seguintes documentos: certidão de nascimento; RG e CPF dos pais ou responsáveis; comprovante de endereço no nome do pai, mãe ou do responsável legal da criança – com validade de até três meses anteriores (água, luz, telefone fixo ou IPTU); declaração de trabalho e declaração de renda familiar.

A prefeitura adotou alguns critérios de triagem para a efetivação de matrículas dos alunos de Educação Infantil (0 a 3 anos e 11 meses): comprovação de residência na cidade; crianças em situação de risco social (vulnerabilidade); menor renda per capita do núcleo familiar; pais que trabalham fora do lar. A documentação apresentada pelos pais ou responsáveis pela criança são analisadas e, se necessário, haverá visitas nas residências das famílias.

Confira abaixo o calendário e local de atendimento para o cadastro:

Outubro – 16/10 a 20/10

Novembro – 21/11 a 24/11

Dezembro – 11/12 a 15/12

Horários: das 9h às 12h e das 13h às 16h,

Local: Ceforpe – Complexo Ayrton Senna (Avenida Prefeito Valdirio Prisco, 193 – Centro).

Ribeirão Pires estabelece calendário para cadastro de vagas em creches.

Inscrições na Central de Vagas terão datas definidas com objetivo de otimizar o acesso às vagas

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires está implantando um novo formato para a Central de Vagas do município. Com objetivo de otimizar o acesso às vagas nas Escolas Municipais de Educação Infantil (creches), a Secretaria de Educação, Inclusão, Cultura e Tecnologia da cidade criou o Departamento de Avaliação e Acompanhamento Social Educacional.

A partir desta mudança, foi estabelecido calendário para a realização das inscrições. Os pais e responsáveis por crianças de zero a três anos interessados em vagas nas creches devem realizar inscrição de acordo com as o seguinte cronograma:

Agosto – 14/08 a 18/08; Setembro – 18/09 a 22/09; Outubro – 16/10 a 20/10; Novembro – 20/11 a 24/11; Dezembro – 11/12 a 15/12. Horários: das 9h às 12h e das 13h às 16h, no Ceforpe, localizado no Complexo Ayrton Senna (Avenida Prefeito Valdirio Prisco, 193, Centro).

Os documentos para efetuar as inscrições são: Certidão de Nascimento, RG e CPF dos pais e responsáveis, Comprovante de endereço no nome do pai, mãe ou do responsável legal da criança com validade de até três meses anteriores (água, luz, telefone fixo ou IPTU), declaração de trabalho e Declaração de Renda Familiar.

Com o intuito de atender a necessidades dos cadastrados em creches do município, o Departamento irá adotar alguns critérios de triagem: comprovação de residência na cidade; crianças em situação de risco social (vulnerabilidade); menor renda per capita do núcleo familiar; pais que trabalham fora do lar. A documentação será analisada e, se necessário, haverá visitas nas residências das famílias.

“O objetivo é organizar a demanda de vagas nas creches do município e também criar mecanismos para identificar e acompanhar cada caso, priorizando acessos”, explicou a secretária de Educação, Flávia Banwart, que afirmou, ainda, que a pasta está empenhada em atender a demanda de espera. “Para 2018, está em estudo um projeto para atendimento em creches em período parcial, que dissolveria a fila de espera e poderá contribuir para o fortalecimento do convívio familiar”.

Serviço – Inscrições para Escolas Municipais de Educação Infantil – Creches (Crianças de 0 a 3 anos 11 meses) – Agosto de 2017:

Datas: 14 a 18 de agosto, das 9h às 12h e das 13h às 16h;

Setembro – 18/09 a 22/09; Outubro – 16/10 a 20/10; Novembro – 20/11 a 24/11; Dezembro – 11/12 a 15/12. Horários: das 9h às 12h e das 13h às 16h,

Local: Ceforpe – Complexo Ayrton Senna (Avenida Prefeito Valdirio Prisco, 193, Centro).

Saulo pretende fechar creche no jardim Aprazível e pais de alunos protestam.

_DSC0340

Pais de alunos da escola municipal Mercedes D’orto no jardim Aprazível em Ouro Fino Paulista.

Com 62 alunos matriculados no estabelecimento educacional, a creche do Jardim Aprazível em Ouro Fino está as vésperas de ser fechada em função da inauguração de uma nova unidade escolar. A confirmação foi dada em reunião do prefeito Saulo Benevides com pais de alunos e representantes da comunidade nesta terça-feira (28) na sede administrativa do município.

Da Tribuna, durante a sessão ordinária da Câmara de vereadores, a presidente da Associação dos Moradores do Jardim Aprazível (AMJA), Dulceli Batista da Silva Rodrigues afirmou que a população não está disposta a baixar a cabeça para o prefeito.

_DSC0550

“Lá estão crianças de 6 meses a 4 anos de idade. O único bem que temos é a creche e não há condições para o transporte escolar adequado uma vez que a única pessoa que dispõe de veículo adequado já afirmou que não transportará para a nova escola. Estivemos conversando com ele que se encontra irredutível e diz que vai fechar. Isso é um verdadeiro absurdo pois não se fecha uma unidade escolar. Se não tivermos resposta até está quinta-feira os prejudicados do Aprazível vão ocupar o prédio Mercedes D’orto”, afirmou.

_DSC0336

Mãe com filho de 10 meses terá que andar cerca de 10 quilômetros até a nova escola

Vários atos de protestos foram realizados contra o fechamento da unidade, o último deles na quinta-feira (23) quando esta reportagem ouviu de pais e mães as dificuldades que serão enfrentadas caso se concretize a vontade de fechamento da unidade escolar.

_DSC0344

Imagem da futura unidade escolar inacabada capturada em 23/06/2016

O Blog Caso de Política em 06 de maio fez matéria no local que pode ser acessada clicando aqui.

Pais de alunos temem por fechamento de escola no Jardim Aprazível.

Pais de alunos da escola municipal Mercedes D’orto no jardim Aprazível em Ouro Fino Paulista.

Com 62 alunos matriculados no estabelecimento educacional, o receio se dá em função da abertura de nova unidade escolar no Bairro Ouro Fino Paulista.

“Nossa preocupação diz respeito a locomoção até a nova escola. Muitos dos pais não terão como levar seus filhos e a prefeitura até o momento não falou nada sobre se vai ter transporte”, justificaram os pais.

_DSC8367

Unidade do Taquaral em estágio avançado das obras. No detalhe, placa irregular omite origem de recursos, responsável técnico e valores da edificação

Em contato com a secretaria de Educação do município, obtivemos a informado de que a nova escola tem previsão de inauguração no prazo máximo de 40 dias e terá capacidade para 120 vagas.

Outra queixa dos pais é sobre o número de reserva que segundo afirmam que a fila de espera por vagas na cidade é muito grande havendo inclusive processos na justiça que procura garantir matricula em creches e pré-escolas.

“O ideal seria que a Escola Mercedes D’orto não fosse fechada. Com a abertura dessa nova escola haveria ampliação da oferta de vagas e nossas crianças não precisariam se deslocar para o novo endereço. Isso pode trazer transtornos uma vez que muitos alunos com a mudanças ficaram a mais de três quilômetros da nova escola”, disseram os pais.