Arquivos de Tag: cultura

Amaury Dias solicita inclusão de Ribeirão em projetos culturais do estado

O vereador Amaury Dias (PV), solicitou através de requerimento, que a prefeitura de Ribeirão Pires realize convênio com governo do Estado de São Paulo para participar do Programa de Ação Cultural (PROAC).

“São vários municípios do Estado de São Paulo procederam o credenciamento objetivando receber recursos do PROAC – Programa de Ação Cultural, da Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São Paulo para o desenvolvimento de Programas Municipais de Financiamento à Produção Cultural, na modalidade concursos”, disse o parlamentar através de seu requerimento.

Para o ano de 2018, o governo do Estado disponibilizou a abertura de 38 editais para o fomento de diversas atividades culturais e expressões artísticas, e de acordo com o tamanho da cidade, o PROAC pode comtemplar os selecionados com repasses que variam de R$ 100 mil a R$ 300 mil.

“Quesito imprescindível é que os projetos deverão estar previstos em legislação municipal, ter a forma de concursos/editais, oferecer contrapartidas mínimas e selecionar iniciativas de artistas ou agentes culturais locais que receberão premiações”, concluiu o vereador Amaury Dias.

Festival Internacional de Fotografia está com inscrições abertas.

Quem disse que uma boa fotografia é aquela registrada apenas por câmeras profissionais? A novas tecnologias democratizaram o acesso, potencializaram o alcance e facilitaram o clique. Hoje, somos todos fotógrafos potenciais e imagens capturadas no dia a dia podem encantar e até se transformar em obra de arte. Para dar vasão aos milhares de talentos Brasil afora, até o dia 16 de julho estão abertas as inscrições de um dos mais importantes concursos de fotografia do país – o Festival Internacional de Fotografia Brasília Photo Show 2018/2019 (BPS).

Em sua quarta edição, a novidade deste ano é a possibilidade de escolher entre 16 categorias. Algumas alternativas que prometem chamar a atenção, tanto de amadores quanto de profissionais, são as fotos landscape/adventure, publicitárias, de arquitetura, esportes, portrait, entre outras. Os vencedores, além de ganharem equipamentos fotográficos, celulares e viagens, também terão a imagem premiada no livro oficial do evento e protagonizarão uma séria de exposições nas principais capitais do Brasil.

“Não importa se a foto foi feita por um amador ou fotógrafo profissional, o que realmente vale é o que ela desperta nas pessoas”, explica Edu Vergara, curador e idealizador do evento. Segundo Vergara, as emoções transmitidas pelas imagens são inúmeras, tanto em quem aprecia quanto em quem produz ou clica o exato momento. Quando os participantes vencedores veem suas produções estampadas na capa do nosso livro, percebem o poder da fotografia. Isso é uma grande motivação”, contou.

A vencedora da edição 2016/2017 e, agora fotógrafa profissional, Patrícia Patriota, sentiu essa emoção e mudou o rumo de sua história. Na época do concurso, ela era apenas uma amante da fotografia, mas ter a sua imagem na capa de um livro foi o marco que impulsionou sua carreira.

“Comecei a fotografar por hobby, mas ganhar o BPS 2016/2017 e ter a minha foto na capa do livro me trouxe um reconhecimento que eu não esperava. A partir daí, comecei a investir mais na fotografia e, há um ano, iniciei o projeto “Sertão vai virar mar”. A exposição desse trabalho e um curta metragem dele estão em cartaz no Estado de Pernambuco. O Festival também me abriu os olhos para as tantas possibilidades que a fotografia do século XXI pode trazer. Ganhei a capa com uma foto feita de um aparelho celular e isso me motivou a fazer todas as imagens do meu projeto com um smartphone”, explica.

Da capital para o mundo

A ideia do festival veio a partir de um livro que retratava a história visual de Brasília, editado por Vergara em 2013, e das andanças do fotógrafo pelo mundo. Ele passou por Hollywood e, no templo do cinema, pensou em um grande festival de fotografia. “Estava na terra do Oscar, não tinha como pensar diferente”, brinca. No ano seguinte, o BPS se transformou em um evento inédito. Mesmo levando o nome da capital – Brasília Photo Show – o festival alcançou voos mais altos, conquistou todo o Brasil e fotógrafos estrangeiros também. A última edição contou com mais de 9 mil fotos inscritas.

Democratizar é o lema

Vergara enfatiza que um dos objetivos do festival é justamente democratizar a fotografia. “Com os avanços tecnológicos dos celulares e com a chegada dos drones – que também terão as imagens aceitas no concurso – qualquer pessoa pode participar e votar na edição concorrente do Festival”, explica.

Outra ideia trazida pelo idealizador é fazer neste ano um evento de encerramento com duração de quatro dias, em Brasília. “Queremos trazer um número maior de workshops, tours fotográficos, leitura de portfólio, feira de equipamento de tecnologia de imagem e até festas temáticas. A fotografia é para todos, assim como todos são para a fotografia”, finaliza.

Para saber mais informações sobre o regulamento, categorias e se inscrever no concurso é só clicar aqui.

Biblioteca Monteiro Lobato de Rio Grande da Serra recebe novos projetos.

Em 2017, mais de 3.000 pessoas passaram pelo local e realizados mais de 2.200 empréstimos de livros

A Biblioteca Municipal Monteiro Lobato, fundada em 1987, ocupou diversos prédios, mas, atualmente, após sua reformulação, está localizada na região Central, junto ao CREB (Centro de Referência de Educação Básica). Em um espaço amplo, com mais de 200m² de área, ambientado para atender diversos públicos, a Biblioteca Municipal de Rio Grande da Serra possui um acervo diversificado, contando com, aproximadamente, 7.500 títulos, entre eles, clássicos da literatura brasileira e estrangeira, livros recém-lançados, literatura infantojuvenil, livros em braile, entre outros.

Possibilitando o acesso ao conhecimento, o espaço também disponibiliza grande número de enciclopédias, mapas, atlas, dicionários e muitos livros didáticos, além de oferecer o acesso à internet em seus computadores de forma gratuita.

Já aos usuários que buscam se manter informados, o local também recebe diariamente jornais da região, revistas semanais e gibis diversos. E caso queiram saber um pouco mais sobre Rio Grande da Serra e a região é possível ter acesso a livros que se dedicam a história e memória do lugar.

Estrutura

Além disso, o equipamento público possui um grande acervo de DVDs, contendo entrevistas, filmes, documentários, programas de TV, videoaulas que podem ser assistidos em uma cabine equipada e disponibilizada na própria biblioteca.

Com exceção dos periódicos que possuem assinatura regular, todo o acervo é composto basicamente por doações. No ano de 2017 mais de 3.000 pessoas passaram pela biblioteca e foram realizados mais de 2.200 empréstimos.

Novos projetos

Já para o ano de 2018 estão sendo planejadas ações de leitura mediada, contação de história, oficinas, entre outros projetos culturais e educacionais.

Além da possibilidade de fazer consulta local ao acervo é possível obter empréstimos dos exemplares. Para isso, os usuários necessitam fazer uma carteirinha que é confeccionada de forma gratuita. Caso você possua interesse, dirija-se a biblioteca levando cópia do RG, comprovante de residência e uma foto 3×4, basta somente isso para poder acessar tudo que a Biblioteca Municipal Monteiro Lobato pode lhe oferecer.

Serviço

A Biblioteca Municipal Monteiro Lobato está localizada a na Rua do Progresso, 251, de segunda a sexta das 8h15 às 16h30. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4820-3214.

Mostra de Teatro de Ribeirão Pires segue com programação gratuita até amanhã (29).

A 20ª edição da Mostra de Teatro de Ribeirão Pires segue até esta quarta-feira, dia 29 de novembro. Durante o mês, espetáculos teatrais foram apresentados gratuitamente para moradores e visitantes, no Anfiteatro Arquimedes Ribeiro (Rua Diamantino de Oliveira, s/n, Jardim Pastoril). O evento é promovido pela Prefeitura de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Educação, Inclusão, Cultura e Tecnologia, e conta com a participação dos alunos e monitores da Escola Municipal de Teatro Arquimedes Ribeiro.

As apresentações ainda acontecem nestas terça e quarta-feira, dias 28 e 29 de novembro, às 20h, com espetáculo teatral “Útil Homem Inútil”, inspirado em “O Artista da fome”, de F.Kafka.

Serviço: 20ª Mostra de Teatro de Ribeirão Pires

Espetáculo: “ÚTIL HOMEM INÚTIL”

Inspirado em ” O Artista da fome” de F.Kafka. O artista, ser desnecessariamente necessário em sua constante indagação: Ser ou Ter?

Direção:  Emerson Ribeiro

Ass. Direção: Thiago Bueno

Faixa Etária: 16 anos

Dias 28 e 29 de novembro, às 20h

Local: Anfiteatro Arquimedes Ribeiro (Rua Diamantino de Oliveira, s/n, Jardim Pastoril)

Oficina de Escrita Criativa acontece até o dia 28 de novembro em Ribeirão Pires.

Ministrada pelo conceituado escritor, cantor e compositor Reynaldo Bessa, vencedor do Prêmio Jabuti de Poesia – 2009, a oficina gratuita de Escrita Criativa “Como escrever seu livro – da ideia à edição (ou autoedição)”, acontece até a próxima terça-feira, dia 28, no Centro de Exposições e História “Ricardo Nardelli”.

A oficina tem por objetivo mostrar como desenvolver uma ideia para se iniciar um texto (seja um poema, um conto ou mesmo um romance), como enriquecer essa ideia através de leituras e análises de texto, apontar as diversas possibilidades de saídas ou caminhos partindo de um texto já existente, entre outros temas. Além disso, aborda também o mundo digital passando por blogs, livro digital ou o formato tradicional, mídias sociais e suas possibilidades profissionais, e outros.

Para Reynaldo Bessa, a boa escrita é difícil, mas não impossível e é melhorada com o hábito da leitura. “Todos os grandes escritores, incluindo, Machado de Assis, tiveram momentos de incertezas, tiveram também, mesmo que não assumam, vontade de desistir”, explica Reynaldo Bessa. “Leitura e escrita são atividades atreladas, entrelaças. Uma acontece em função da outra”, finaliza.

O curso gratuito de Escrita Criativa foi realizado em todas as terças-feiras do mês de novembro, em uma parceria entre a Secretaria de Cultura do Governo do Estado e o Instituto Poiesis e a Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires.

Rio Grande da Serra será sediará o 14º Congresso de História.

“O Grande ABC que o ABC desconhece’’ é o tema do 14º Congresso de História e de Estudos Regionais do Grande ABC, que acontece entre 10 e 12 de novembro, em Rio Grande da Serra. O evento conta com o apoio do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, com o objetivo de estimular a reflexão em torno da preservação da memória regional e de valorizar a riqueza histórica.

As reuniões preparatórias começaram em junho do ano passado e contaram com a participação de memorialistas, pesquisadores, estudantes e munícipes que puderam contribuir com ideias para o evento. Município mais jovem do ABC, com 53 anos, Rio Grande da Serra sedia o Congresso pela segunda vez. Em 2002, a cidade já havia sido palco do encontro regional.

Entre temas que serão discutidos estão: “O ABC no imaginário artístico e literário nacional”, “Patrimônio: diálogos intermunicipais e regionais”, “Arqueologia das águas”, “Região: Para onde vamos? Que futuro teremos?”, “Memória e Patrimônio Religioso”, “Turismo Regional”, “Paisagem Industrial”, “Mapa dos caminhos ao longo do Vale do Rio Grande” e “Movimentos populares: a memória de quem faz história”.

Além de palestras e debates, o Congresso contará com performances artísticas, passeio turístico pelo município e outras atividades. Durante os três dias de evento, haverá a presença de historiadores, filósofos, jornalistas, professores, memorialistas e grandes nomes do meio acadêmico e histórico da região do ABC. O encontro é aberto a todos os cidadãos interessados em participar.

Clique aqui para se inscrever.

Pensar Ribeirão Pires promove debate neste sábado na Câmara de vereadores.

Saindo do mundo virtual e partindo para uma importante ação concreta, o importante grupo do Facebook, “Pensar Ribeirão Pires”, convida toda a sociedade civil para o “1º Encontro Pensar Ribeirão Pires: O Patrimônio em Debate”.

O evento acontece neste sábado, 30/09, às 09:30 no plenário da Câmara Municipal de Ribeirão Pires com a presença de especialista do setor.

Com mais de 46.000 membros, a página é um destacado meio de comunicação e informação na cidade, onde cidadãos livremente diariamente se expressam, buscam informação, entretenimento, apresentam queixas e sugestões.

O blog Caso de Política é frequente usuários da página e apoia a iniciativa ao mesmo tempo em que reforça o convite estendendo a todos os leitores. Luís Carlos Nunes

Miruna Genoino lança o livro “Felicidade Fechada” na Câmara de Ribeirão Pires.

FELICIDADE FECHADA, livro de Miruna Genoino narra, a partir dos relatos e memórias afetivas da filha, a trajetória do pai, o ex-presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) e militante de esquerda José Genoino, desde a condenação em 2005 à liberdade em 2014.

A 1ª edição lançada em março de 2017, arrecadou coletivamente, pela plataforma digital Catarse, R$ 90 mil em menos de 11 dias. “Ninguém notou. Ninguém morou na dor que era o seu mal. A dor da gente não sai no jornal”: os versos do compositor e cantor Chico Buarque de Holanda, podem ser associados livremente como poesia musical do livro Felicidade Fechada de Miruna Genoino, se a leitura for considerada como um ato de escuta do outro.

Com lançamento prevista em Ribeirão Pires em 01 de setembro, o título transcende a condição de livro com teor jornalístico e factual ao expor um relato sensível e humano da filha de José Genoino, que assumiu para si a tarefa em ser a “expressão pública da família”, durante o processo e a condução do julgamento de seu pai na Ação Penal 470, conhecida popularmente como “Mensalão”.

A força de expressão narrativa de Felicidade Fechada encontra-se na consanguinidade existente entre a memória afetiva e a memória material concreta de uma filha que tece, recordando-se do pai na sua dimensão de força e fraqueza, coragem e fragilidade, como cidadão anônimo e político. Em suma, como “um humano, demasiadamente humano”, contornando aquilo que condiciona, no sentido positivo, a ação política: os laços de fraternidade e solidariedade.

Como salienta José Genoino no Posfácio da edição: ‘Este livro de Miruna é o contato vivo com a memória, olhando o presente e o futuro de uma maneira muito concreta”.

A publicação ainda conta com prefácio do vereador eleito Eduardo Suplicy, amigo da família.

O evento em Ribeirão Pires tem o apoio do Coletivo de formação do PT.

Prefeito de Ribeirão Pires fecha a Casa do Hip Hop e deixa integrantes indignados.

Integrantes do Fórum do Hip Hop de Ribeirão divulgaram nesta quinta-feira (24), manifesto onde contestam a decisão da Prefeitura Municipal em extinguir a Casa do Hip Hop.

Segue abaixo a íntegra do manifesto (sem revisões)

Prefeito de Ribeirão Pires Adler KIKO fecha Casa do Hip Hop

Por: Comissão Executiva Fórum do Hip Hop de Ribeirão Pires

Na quarta feira do dia 22 de agosto de 2017, em Reunião entre o Fórum do Hip Hop de Ribeirão Pires e representantes da Prefeitura Municipal. O Poder Público nesta agenda representada pela Secretaria de Participação, Acessibilidade e Inclusão Social que tem sob o comando da Pasta a Professora Elza Carlos (Elzinha), informou a todos que a Prefeitura de Ribeirão Pires irá extinguir o Projeto da Casa do Hip Hop, e o local que foi uma conquista de luta deste movimento por mais de 15 anos, se tornará apenas Casa da Juventude, e que a decisão do Prefeito Adler Kiko é final e irrevogável.

O que surpreende este comunicado final são as inúmeras contradições de fala e postura do Prefeito KIKO bem como os encaminhamentos dados pela Secretaria referida sobre os motivos que levaram a tal decisão. O Prefeito disse querer suprimir o Projeto da Casa do Hip Hop para criar outra iniciativa para abrigar outras linguagens e movimentos.

O que cria estranheza a todos, é o fato do Prefeito excluir a participação de um movimento com a justificativa que isso é condição para incluir outros, sendo que atuação do Hip Hop é legitima, existente e atuante na cidade a mais de 20 anos. A pouco mais de 60 dias o Prefeito havia orientado a Secretaria a fazer uma reunião com as lideranças do hip hop e demais interessados, buscando assim um diálogo e alternativas convergentes para as partes, mas isso não ocorreu de forma que a decisão de fechar a Casa do Hip Hop foi unilateral pelo chefe do executivo.

Tirar apenas o termo HIP HOP da nomenclatura mantendo CASA DA JUVENTUDE (o nome anterior era Casa do Hip Hop e Juventude), deixa em evidencia que a atual gestão apenas quer excluir o hip hop por motivos de preconceito e desconhecimento sobre o que o movimento e o Projeto Casa do Hip Hop representa em termos sociais, culturais e de política pública.

A Casa do Hip Hop foi inaugurada em 18 de março de 2012 na Gestão Clóvis Volpi, teve sua continuidade na gestão Saulo Benevides, e será extinta na gestão Adler Kiko.Quanto ao Movimento Hip Hop da Cidade de Ribeirão Pires, fica o registro de repúdio quando a decisão da atual Prefeitura, e a certeza que o Hip Hop continuará sua incansável atuação, pois o Movimento é ativo e assim sempre foi de forma permanente, ao contrário dos governos que estão apenas de passagem.

Inscrições para cursos de Artes e Dança acontecem entre os dias 24 e 28 de julho.

A Prefeitura de Ribeirão Pires abrirá inscrições para os cursos gratuitos das Escolas Municipais de Artes e Dança, para o segundo semestre deste ano. Dentre as opções disponíveis para artes plásticas estão Desenho de Moda, Desenho de Mangá, Tricô e Crochê. Para dança, algumas das opções são Afro (a partir dos 12 anos), Cigana (a partir dos 12 anos) e Expressiva (a partir dos 50 anos).

As inscrições serão realizadas no período de 24 a 28 de julho. Os interessados devem comparecer, das 8h às 17h, no Centro Cultural – Rua Dr. Yutaka Ishihara, 220 – Jardim Pastoril. No ato da inscrição é necessário levar cópia do comprovante de residência e do RG, e duas fotos 3×4. Mais informações pelo telefone 4824-1781.

Brasil está entre os países mais ignorantes do mundo, diz pesquisa.

Desigualdade, imigração, taxas de obesidade. Pessoas sustentam pontos de vista bastante fortes a respeito de assuntos populares e polêmicos como estes. No entanto, apesar de opinar, a grande maioria de nós não sabe realmente nem mesmo os fatos mais básicos a respeito de cada um deles dentro dos nossos próprios países.

A pesquisa ‘Perils of Perception‘ (Perigos da Percepção, em português) foi realizada pela Ipsos MORI e publicada na última quarta-feira (2). O resultado pode ser algo bastante desconfortável de se ler por alguns. Uma das perguntas colocadas indagou pessoas de diversas partes do mundo a respeito da demografia de seus países”. O México é o país cuja população é a mais ‘desinformada’, seguido por Índia e Brasil. Coréia do Sul, Polônia e Irlanda são os que se saíram melhor.

Entre os 33 países do estudo, cada grupo apresenta muitas constatações erradas”, comentou Bobby Duffy, diretor do instituto de pesquisa social. “Nós superestimamos o que nos preocupa”, completou.

Os participantes demonstraram acreditar que uma em cada quatro pessoas ao redor deles são imigrantes, enquanto o número real da média mundial é de apenas uma pessoa entre dez. Argentinos, por exemplo, acreditam que 30% das pessoas do país são imigrantes, enquanto o número real chega a apenas 5%.

Já, quando o assunto é desigualdade, a grande maioria acredita que o 1% dos mais ricos detém metade da receita de seus países, mas, na realidade, a quantidade concentrada chega próxima a um terço. Os países dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e africa do Sul), por exemplo, acreditam em sua maioria que a concentração de renda está duas vezes mais nas mãos de 1% da população do que realmente está.

Levando em conta questões de idade, o total dos entrevistados acredita que média de idade no mundo é de 50 ano, enquanto na verdade é de apenas 31. Em contraste, no entanto, obesidade é um problema que parece ser subestimado. Enquanto 52,5% da população apresenta este problema, acredita-se que apenas 40% são obesos.

Infelizmente, o Brasil está entre os primeiros dez colocados na listagem do ‘Index da Ignorância’, como foi chamada. De acordo com a pesquisa, assim como a Índia, nós temos bastante dificuldade de identificar corretamente os problemas de desigualdade social. Além disso, também superestimamos o número de ateus, agnósticos e imigrantes no país.

Confira a lista dos países mais ‘ignorantes’ em relação a própria cultura em todo o mundo:

 ‘Index Da Ignorância’
 Ranking País
 1 México  Mais ignorantes
 2  Índia
 3  Brasil
 4  Peru
 5  Nova Zelândia
 6  Colômbia
 7  Bélgica
 8  África do Sul
 9  Argentina
 10  Itália
 11  Rússia
 12  Chile
 13  Grã Bretanha
 14  Israel
 15  Austrália
 16  Japão
 17  Canadá
 18  Alemanha
 19  Holanda
 20  Espanha
 21  Noruega
 22  França
 23  Suécia
 24  Estados Unidos
 25  China
 26  Polônia
 27  Irlanda  
 28  Coreia do Sul Menos Ignorantes

Acesse a íntegra da pesquisa clicando aqui

Concurso nacional seleciona novos poetas.

Prêmio Sarau Brasil 2017 receberá poesias de todo o País para compor livro e cada autor pode se inscrever no concurso com até duas poesias

Sabe aquela poesia escrita num guardanapo de bar, ou então aquela que resiste na última folha do caderno da faculdade, ou aqueles versos esquecidos no fundo de uma gaveta? Está na hora desses textos virem a público. A Editora Vivara abriu inscrições para o Concurso Nacional Novos Poetas, Prêmio Sarau 2017.

O concurso é aberto para poetas de todo o País, basta que seja brasileiro ou naturalizado, e tenha acima de 16 anos. Cada candidato pode inscrever-se com até dois poemas de sua autoria, com texto em língua portuguesa. O tema é livre, assim como o gênero lírico escolhido. O único critério é que a poesia seja inédita, ou seja, que não tenha sido publicada em nenhum livro ou até mesmo em blogs.

Serão 250 poemas classificados. A classificação dos poemas resultará no livro, Prêmio Sarau Brasil 2017. Antologia Poética. Além disso, os três primeiros lugares ganharão medalhas. De acordo com os organizadores, essa é uma chance importante para que novos autores mostrem seu trabalho. É uma maneira de divulgar e primover a produção independente de poesias no País.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site do concurso.

Ribeirão Pires abre vagas para monitores culturais.

As inscrições para o processo seletivo para as vagas de Monitores bolsistas das Escolas de Artes, Dança, Música, Teatro e Museu Municipal serão realizadas nos dias 20 e 21 de fevereiro de 2017, das 8h às 17h. Os interessados nas vagas de Monitor de Artes, Teatro e Dança devem comparecer ao Centro Cultural do Município, localizado na Rua Dr. Yurtaka Ishihara, 220 – Jardim Pastoril, das 8h às 17h. Informações pelo telefone 4824-1781.

Os interessados em se inscrever no processo seletivo de Monitor de Música devem comparecer à sede da Escola Municipal de Música “Maestro Alfredo Della Ricca”, na Praça Ramos de Azevedo, 12 – Vila Aurora. Mais informações pelo telefone 4824-5521.

Para os candidatos a Monitor do Museu Municipal “Família Pires”, as inscrições serão realizadas na sede do Museu, na Rua Miguel Prisco ao lado do Paço Municipal. Informações pelo número 4825-9049.

As aulas dos cursos gratuitos de Artes, Dança, Teatro e Música tem início no dia 06 de março de 2017.

Para ler o “Edital Chamamento de Monitores” clique aqui

Paranapiacaba recebe inscrições para Feira de Artes e Antiguidades.

A Feira de Artes e Antiguidades de Paranapiacaba está com inscrições abertas para expositores interessados em participar da atividade. Para se inscrever, basta enviar uma mensagem para o endereço eletrônico turismo@santoandre.sp.gov.br, e informar o nome completo, telefone para contato e dados do produto a ser exposto, além de duas fotos do mesmo. As inscrições gratuitas podem ser feitas até 31 de março somente pelo e-mail.

Segundo os organizadores, podem se inscrever antiquaristas, artistas plásticos, artesãos, restauradores de móveis e equipamentos, vendedores de livros e discos de vinil, entre outros produtos. Não podem participar produtos 100% industrializados ou itens de revenda, como cosméticos, bijuterias, peças religiosas, decorativas, utilitários e brinquedos. Para participar da feira o expositor tem de participar de no mínimo algum dos processos de produção da peça.

A Feira de Artes e Antiguidades de Paranapiacaba é realizada sempre no segundo domingo de cada mês, das 10h às 17h, no Clube União Lyra-Serrano, na parte baixa da Vila.

Inscrições para cursos de cultura em Ribeirão Pires encerram nesta semana.

As inscrições para os cursos gratuitos das Escolas Municipais de Artes, Dança, Teatro e Música tiveram início nesta segunda-feira (30). Os interessados em frequentar as aulas deverão comparecer até a próxima sexta-feira, 03 de fevereiro, das 8h às 17h, no Centro Cultural – Rua Dr. Yutaka Ishihara, 220 – Jardim Pastoril.

No ato da inscrição é necessário levar cópia do comprovante de residência e do RG, e duas fotos 3×4. Dentre os cursos disponíveis estão ballet e teatro (a partir de 7 anos); desenho mangá (a partir de 11 anos); desenho artístico e pintura em tela (ambos a partir de 15 anos), entre outras opções.

Fotógrafo registra as reações de mulheres ao serem chamadas de bonitas.

elogio_interna

Enquanto alguns trabalhos fotográficos exigem produções milionárias, premissas elaboradas, conceitos profundos ou celebridades em poses sedutoras, as imagens do fotógrafo turco Mehmet Genç precisam somente de palavras e da reação das pessoas para acontecer e provocar os mais intensos e deliciosos sentimentos em quem as vê. Mais precisamente, de um elogio – gratuito, simples, porém claramente poderoso.

O nome do projeto não poderia ser mais claro e direto: You Are So Beautiful (Você é tão linda).

elogio10

 Mehmet primeiro fotografa suas personagens em um retrato normal, para em seguida simplesmente lhes dizer: você é linda – e aí que a mágica de seu trabalho realmente acontece. Após o elogio o fotógrafo segue clicando, para capturar o gracioso e inesperado instante em que reagimos a um elogio. Desarmadas, surpresas, alegres, tímidas ou espalhafatosas, as reações ilustram a renovadora força que uma palavra elogiosa pode ter.

youbeautiful

youbeautiful1

youbeautiful2

O trabalho de Mehmet, conhecido pela alcunha de Rotasis Seyyah (que em turco quer dizer “nômade sem rota”) ilustra a clara certeza de que todos são belos à sua maneira. Pessoas do mundo inteiro, com origens e histórias diversas, mas unidas enquanto seres humanos, dignas da verdade profunda de tal elogio: são todas lindas de fato. Basta abrir os olhos e se deixar levar pelo encantamento alheio para receber em troca, desarmado e infinito, um sorriso.

elogio7

elogio8

elogio6

elogio5

elogio4

elogio9

elogio3

elogio2

elogio1

Todas as fotos © Mehmet Genç

Mostra Nacional de Cinema está com inscrições abertas.

Estão abertas as inscrições para a Mostra Sesc de Cinema 2016/2017. Até 15 de janeiro de 2017, cineastas independentes podem inscrever seus trabalhos no site oficial da Mostra. O objetivo é promover a difusão da produção cinematográfica brasileira que não chega ao circuito comercial de exibição, contribuindo, assim, para a promoção e o lançamento de artistas de todo o País.

A mostra avaliará obras já prontas, curtas e longas-metragens de produtores nacionais, permitindo a divulgação dos trabalhos em todo o Brasil e incentivando a propagação de iniciativas culturais.

A seleção dos trabalhos é dividida em duas fases: a primeira vai exibir os filmes selecionados de cada estado e definir aqueles que concorrerão na segunda etapa de seleção, para participar da Mostra Nacional, que será composta por 30 filmes, sendo dois longa metragens e quatro curta metragens de cada região do País.

Prêmio

Como prêmio, os indicados para a segunda fase assinam um contrato de licenciamento para exibição pública nos projetos do Sesc, em âmbito estadual e os escolhidos para a Mostra Nacional assinam um contrato de licenciamento para exibição pública em todo o Brasil, ampliando sua visibilidade nacionalmente.

A avaliação será feita por uma comissão formada por profissionais e especialistas das áreas de cultura e de cinema. Além de escolher os melhores trabalhos, a Mostra Sesc de Cinema vai eleger os destaques por categoria: melhor roteiro, filme, direção de fotografia, desenho de som, direção de arte, direção de elenco, montagem, atriz e ator.

Inscrições

Para participar da Mostra Sesc de Cinema – edição 2016/2017 é necessário fazer a inscrição via formulário on-line, até 15 de janeiro de 2017, por meio do site do Sesc clicando aqui.

Ribeirão Pires recebe peças teatrais neste fim de semana com entradas gratuitas.

a-revolta-dos-brinquedos

O Teatro Euclides Menato em Ribeirão Pires está apresentando uma série de peças teatrais dentro da 19ª Mostra de Teatro que irá até 20 de novembro com entrada é franca, com convite para doação de 1 quilo de alimento.

Nesta sexta-feira (4), às 20 horas, haverá a apresentação do espetáculo “Histórias da Moloca”, com o ator Robson Scobar, com faixa etária livre.

O sábado começa com a peça “Tá na Hora de Mudar”, às 11 horas e segue às 15 horas com a apresentação de “A Farsa do Mestre Pathelin”. A noite, 20 horas, “A Revolta dos Brinquedos” fecha as apresentações.

No domingo, 15 horas, volta a se apresentar a peça “A Farsa do Mestre Pathelin” e às 20 horas, é a vez do “Marido Gaiudo e o Urubu Sabichão”.

Candidatos já podem consultar locais de prova do Enem 2016.

consultar-local-de-prova-enem-2016

Os candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 já podem consultar o local onde farão as provas, marcadas para os dias 5 e 6 de novembro. O acesso ao cartão de confirmação de inscrição foi liberado hoje (19), às 15h, e está disponível pela internet e também no aplicativo do Enem, nas plataformas Android, iOS e Windows Phone.

Para evitar os já famosos atrasos, a recomendação é que os candidatos façam o caminho de casa até o local de prova antes da data do exame para conhecer o trajeto e evitar imprevistos. No dia da prova, a orientação é chegar com antecedência ao local – os portões abrem uma hora antes do início do exame.

O cartão de confirmação, além do local, data e horário de prova, traz o número de inscrição do estudante, a opção de língua estrangeira e, quando for o caso, a indicação de atendimento especializado e específico e a solicitação de certificação do ensino médio.

Para obter o cartão, o participante deve acessar o site do Enem na área destinada ao participante. É preciso informar CPF e senha.

Enem 2016

Mais de 8,6 milhões de candidatos se inscreveram no Enem neste ano. Nos dois dias de prova, os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h, no horário de Brasília. Os estudantes devem ficar atentos ao horário de verão e verificar na localidade onde moram o horário exato do exame. As provas começam a ser aplicadas às 13h30.

No primeiro dia, serão realizadas as provas de ciências humanas e de ciências da natureza, com duração de quatro horas e meia. No segundo dia, os participantes terão cinco horas e meia para resolver questões de linguagens e códigos, redação e matemática.

A nota do Enem é usada na seleção para vagas em instituições públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu); bolsas na educação superior privada, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni); além de ser requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Para pessoas maiores de 18 anos, o Enem pode ser usado como certificação do ensino médio.

Ribeirão Pires recebe a 20ª edição do “Brincança”.

Neste domingo (16), as crianças de Ribeirão Pires e região terão diversão garantida no evento promovido em parceria com a Prefeitura de Ribeirão Pires, XX Brincança – O Retorno. Em sua 20ª edição, o evento é idealizado por Sérgio Neris do Nascimento e  coordenação geral de Ana Lúcia Vasconcelos a entrada e atrações são gratuitas e acontece no Complexo Ayrton Senna das 9h até às 16 com distribuição de lanches, refrigerantes, doces, além de apresentações de teatro, exibição de filmes, brinquedos infláveis, esportes radicais, Casa do Terror, atrações musicais e doação de animais. O evento conta com o apoio das Secretarias de Trânsito, Defesa Civil, Educação, Cultura, Saúde e Esporte.

Com o objetivo de reunir a família em um momento de diversão e descontração, o Brincança conta com área destinada para os pais.

Cabeleireiros, manicures, jogos e uma exposição de carros rebaixados que prometem entreter a todos. O local ainda contará com a presença de dentistas que estarão realizando atendimentos gratuitos.

A entrada para o evento acontecerá pela rua dos Autonomistas, ao lado da Escola Municipal Valberto Fusari. O evento conta com a coordenação de Ariane Oliveira, Alan Vasconcelos, Alaina Sousa, Lucas Azevedo, Renata Liporoni e Tiago Oliveira.

Ribeirão Pires sedia a 1ª Mostra Fotográfica Olhares do Grande ABC.

capture-20160919-162525

Entre os dias 19 e 25 de setembro, acontece no Centro de Exposições e História Ricardo Valeriano Nardelli em Ribeirão Pires, a 1ª Mostra Fotográfica Olhares do Grande ABC. No total serão oito expositores, entre eles Pedro Ladeira e João Paulo Cerezoli de Ribeirão Pires; André Caparroz, Luana Lorenço, Israel Lopes, Ailton Castro, Marco Arroyo e Jéssica Mantovani, todos fotógrafos do ABC, representando Rio Grande da Serra, Mauá, Santo André, Diadema, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul, respectivamente.

O Centro de Exposições e História Ricardo Valeriano Nardelli fica na rua Miguel Prisco, nº 286 – Centro, em frente ao Paço Municipal. O evento é uma iniciativa da Secretaria de Meio Ambiente.

Grecco quer Fábrica de Cultura ao invés de Shopping Center.

luiz-carlos-grecco

O ex-prefeito e candidato à Prefeitura de Ribeirão Pires pelo PRB, Luiz Carlos Grecco pretende a implantação a Fábrica de Cultura no terreno onde está localizada a antiga Fábrica de Sal, no Centro Alto.

Para Grecco, o espaço é amplo e no local é possível ainda a construção de uma creche. Segundo o prefeiturável, a obra seria custeada integralmente pelo governo estadual. “Tenho o objetivo de preservar a todo custo a Fábrica de Sal, restaurar o que for possível e implantar a Fábrica de Cultura, que é administrada pelo governo do Estado. No equipamento terá atividades culturais, esportivas e teatro. Para isso precisaremos de apenas 7.000 metros quadrados de área, então terão salas de aula e até biblioteca para atender jovens e idosos. É possível fazer com que aquela área, inclusive, receba uma creche. É uma área próxima a estação de trem, que vai facilitar às mães que trabalham deixarem seus filhos lá”, se comprometeu Grecco.

Projetada pela Secretaria de Cultura do Estado para ser erguida em bairros da Capital aonde há maior vulnerabilidade social, a Fábrica de Cultura se expandiu e a primeira unidade fora de São Paulo será justamente no Grande ABC: em Diadema, onde é erguida na região central.

Prefeito de Ribeirão Pires por duas vezes (1977-1982 e 1989- 1992), Luiz Carlos Grecco se apresenta como um gestor atualizado. “Quando terminou meu segundo mandato, há 24 anos, fui chamado para fazer parte da gestão da prefeitura de São Paulo onde fiquei por dois anos na assessoria de gabinete e também fiquei dois anos como diretores do estádio Pacaembu. Retornando depois ao gabinete do ex-prefeito paulistano Celso Pita, aonde eu pude acompanhar o que se faz na Capital. Logo após fiz uma pós-graduação ainda no ano de 1999 na USP (Universidade de São Paulo), o que me permitiu ter mais conhecimentos da política estratégica.”

Grecco em seus dois governos em Ribeirão Pires teve forte atuação nas áreas da Saúde, onde construiu o Hospital São Lucas e criou a Guarda Municipal Feminina, a primeira Creche 24 horas do Brasil, a primeira escola municipal, implantação da Defesa Civil, Escola de Dança e uma usina de asfalto própria da prefeitura.

Caso eleito, Grecco promete buscar recursos junto ao governo do Estado para terminar o hospital municipal e apoiar a Guarda Municipal para oportunizar um trabalho mais eficiente.

Grecco é graduado em Biologia pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) e Pedagogia pela UNIFRAN, fez pós graduação em Políticas Estratégicas pela USPADESG (Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra).

Defensores da Fábrica de Sal querem espaço para cultura e lazer.

fabrica-de-sal

O Coletivo Sal da Terra protocolaram no dia 06 de setembro um pedido de tombamento municipal da Fábrica de Sal, incluindo todos os equipamentos públicos do Centro Educacional Ibrahim Alves de Lima como seu entorno. O pedido será agora encaminhado ao Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Cultural e Natural (CMDPCN) de Ribeirão Pires para que o colegiado decida pelo tombamento do prédio público.

Segundo os organizados do movimento “quem quiser entregar seu abaixo assinado, petição ou carta de apoio é só levá-los ao protocolo da Prefeitura Municipal de Ribeirão Pires e pedir para anexá-los ao PROCESSO 5366/2016”.

Agora os conselheiros da sociedade civil no Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Cultural e Natural contam com forte apoio da população de Ribeirão Pires e região para realizar o tombamento da Fábrica de Sal.

Membros da cultura Hip-Hop de Ribeirão Pires organizam fórum.

hip-hop ribeirão pires

Comissão composta por oito Integrantes do movimento cultural de Hip-Hop de Ribeirão Pires lançaram carta que base estrutural de Fórum.

O evento que terá data e local definidos em reunião que acontecerá entre os dias 12 e 13 de outubro têm como objetivo contribuir nas discussões e ações entre o Hip-Hop e demais segmentos da área cultural e social, bem como ajudar nas relações de participação e atuação junto às iniciativas públicas e privadas, além de garantir que as ações do movimento Hip-Hop já existentes sejam preservadas, atuantes e ampliadas.

“O Fórum do Hip-Hop de Ribeirão Pires, é um espaço de participação e diálogos entre os atuantes no cenário local e regional do movimento Hip-Hop, acolhendo discussões e vivencias que venham a trazer contribuições e fomento, com ações especificas de fortalecimento do movimento Hip-Hop e das culturas urbanas”, disse Pedro Lúcio, um dos ativistas do movimento.

Segundo ainda Pedro Lúcio “todo indivíduo atuante no Hip-Hop pode se integrar aos grupos e coletivos do segmento já existentes na cidade e pertencentes ao Fórum, ou procurar os membros do Fórum para obter mais informações. Os encontros do Fórum são periódicos e divulgados amplamente nos meios de comunicação e redes sociais”, concluiu.

Falta de cultura ambiental prejudica o ABC, dizem especialistas.

REPRESA BILLINGS 01

Grande parte das áreas das cidades do ABC é de mananciais. Há diversas ocupações ilegais e falta de conscientização de como preservar o meio ambiente ao redor de rios e represas. Em Santo André e São Bernardo, por exemplo, mais de 50% dos territórios são de proteção aos mananciais. Segundo a agente ambiental do Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André (Semasa), Rafaela de França, falta mais conscientização sobre a importância desses espaços para fortalecer a cultura ambiental na região.

“É muito importante termos em mente que as áreas de mananciais precisam ser preservadas. Que a ocupação e construção nesses locais são complicadas”, explica a agente ambiental, que fará palestra sobre o assunto na Semana Senac de Sustentabilidade. O evento acontecerá nas dependências das unidades do Senac de Santo André e São Bernardo, nos dias 22 a 27 de agosto.

De acordo com Rafaela de França, eventos como esse são oportunidades de disseminar informações sobre a preservação desses espaços e a importância do cidadão ter uma postura mais responsável com relação à sustentabilidade. “Queremos que as pessoas sejam agentes multiplicadores, que passem adiante a ideia de um mundo sustentável e uma sociedade comprometida”, diz.

Outra profissional, que também participará do evento, será a bióloga Caroline De Bianchi Tocchet, docente do Senac. Ela é responsável pela oficina “Reutilizando Materiais Improváveis”. Os presentes serão convidados a criar objetos utilizando cápsulas de café usadas. “Temos que fazer de tudo para que as pessoas passem a ter novo olhar diante dos materiais, aquilo que é considerado lixo por muitos pode ser reutilizado”, explica.

Segundo a bióloga, o ABC precisa ter mais políticas públicas que visem a preservação ambiental e incentivem a sustentabilidade. “Há necessidade de um consumo mais consciente; a pessoa tem que pensar: ‘Preciso disso?’, ‘De onde vem isso?’”, afirma.

O tema do evento promovido pelo Senac é “Transformando Nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável”. Para participar o interessado deve se inscrever gratuitamente no Portal Senac (www.sp.senac.br/semanadesustentabilidade) ou diretamente na unidade escolhida.

Projeto do executivo para concessão da Fábrica de Sal entra na pauta da Câmara nesta terça-feira (23).

fábrica de sal

O prefeito Saulo Benevides (PMDB), reencaminhou para apreciação dos vereadores, o projeto de Lei que autoriza concessão do espaço da antiga Fábrica de Sal. O Projeto de Lei (PL) sob o nº 039/2016 pretendendo conceder de forma onerosa área de 12.896,87 m² para a instalação de um Shopping Center. A área é avaliada em aproximadamente R$ 20.000.000,00 (vinte milhões de reais).

Para ser aprovado, o mínimo de 12 vereadores devem votar favoráveis. A votação deve acontecer durante a sessão desta terça-feira (23) a partir das 14 horas na câmara de vereadores.

O tema tem despertado na cidade movimentações apaixonadas entre os que apoiam e os que são contrários. Os que concordam, tem como principal argumentação de que um Shopping Center na cidade aqueceria a economia local e geraria aproximadamente 1.000 empregos diretos e indiretos. Os contrários ao empreendimento defendem o tombamento da antiga Fábrica de Sal como patrimônio histórico, a criação no local de espaço público na área de cultura e laser bem como não concordam com a concessão do espaço por 99 anos avaliado em aproximadamente 20 milhões de reais para a iniciativa privada. Os contrários afirmam ainda que o Shopping Center possa prejudicar o comercio local com o fechamento dos mesmos e a perda dos atuais postos de trabalho.

Na última sessão da Câmara realizada no dia 16 de agosto, o executivo retirou o item da pauta de votação ao pressentir que não conseguiria número suficiente de votos.