Posts tagged with "deficientes"

Deficientes auditivos visitam exposição na Pinacoteca de Ribeirão Pires

Na tarde dessa quarta-feira, dia 15, deficientes auditivos atendidos pela APASMA – Associação de Pais e Amigos dos Surdos de Mauá, visitaram a exposição “O Abstrato Mora ao Lado: Expressões da matéria na Arte”, com o recém-adquirido acervo de obras doadas pelo Itaú Cultural à Pinacoteca Municipal de Ribeirão Pires, por meio do Ibram (Instituto Brasileiro de Museus). A mostra, que conta com grandes nomes da arte, entre os quais Burle Marx e Silvio Oppenhein, integra a 17ª Semana Nacional de Museus.

Até o dia 31 de maio, o público poderá conferir os quadros da exposição realizada, gratuitamente, no Centro Cultural da cidade, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (entrada pela Rua Yutaka Ishihara, 220, Jardim Pastoril). Entre os visitantes do APASMA estava Paulo Cesar da Silva Santos, 27 anos – deficiente auditivo desde o nascimento.

“Gostei muito do aprendizado. É difícil compreender a parte das técnicas utilizadas nas obras, como materiais usados. Mas achei muito bonito, colorido, e poder pensar sobre o que o autor sentiu e pensou quando fez a obra”, avaliou.

O grupo participou de visita orientada pela coordenadora da Escola Municipal de Artes Plásticas, Lilian Zampol, com a tradução em libras feita, simultaneamente, por intérpretes da ONG e da Prefeitura. Após a visitação, os participantes assistiram apresentação da Cia Dois Palito – “Alguém nos Louvre”, realizada com o apoio do Governo do Estado de São Paulo. O espetáculo de humor, dirigido por Lily Curcio, e criação acrobática de Fernando Sampaio, não faz o uso de falas, trilhas ou sons mecânicos – tendo os surdos como público-alvo.

Daniella Marques, psicóloga da ONG APASMA, falou sobre a importância da participação do grupo no evento. “Trabalhamos muito a arte como terapia. É importante para eles conhecerem novas obras, saírem do mundo deles – até mesmo por conta de limitações da deficiência. Dessa forma, eles expandem o olhar”, disse.

“A visita do grupo de Mauá representa de forma simples e muito clara a ideia da programação da Semana Nacional de Museus em Ribeirão Pires. Estamos democratizando o acesso das pessoas à arte, promovendo a inclusão social e mostrando a riqueza desse universo, em suas mais variadas formas. Do mesmo modo, valorizamos os espaços culturais da cidade, em especial, nesse período, nossos museus”, explicou o secretário de Cultura de Ribeirão Pires, Anderson Gecco.

Exposição Casa Ribeirão-pirense 2019 – A 17ª Semana Nacional de Museus em Ribeirão Pires teve início nessa segunda-feira, dia 13. A abertura da programação foi marcada por vernissage da exposição Casa Ribeirão-pirense 2019, no Centro de Exposições e História “Ricardo Nardelli” (Rua Miguel Prisco, 286 – Centro. Ter. a sex., 9h às 17h; sáb. e dom., 10h às 16h). A entrada é gratutia.

Ainda na segunda-feira, o espaço sediou pocket show da Banda CMANAU, no “Jazz no Museu”.  A vernissage foi aprovada por quem visitou o Centro de Exposições e História “Ricardo Nardelli”. “Escutei a música, fiquei curiosa e resolvi entrar. Nunca tinha vindo no Museu. Sempre passava perto, mas não entrava, e hoje tive a oportunidade. Eu não tinha noção que tinha tudo isso aqui dentro. Estou achando incrível”, disse Juliana Alves de Matos, 16 anos, moradora de Ribeirão Pires.

Sobre a exposição Casa Ribeirão-Pirense 2019:

A primeira edição da exposição Casa Ribeirão-Pirense, lançada em 2017, teve ênfase na criação de ambientes museológicos que buscam reconstituir uma típica casa de imigrante. Naquele ano, a proposta era envolver o visitante e proporcionar uma experiência de observação única, ao mesmo tempo contribuindo para a preservação da memória dos diferentes povos que ajudaram no desenvolvimento de Ribeirão Pires.

Nessa nova versão, os visitantes contarão com 19 painéis indicativos com informações sobre os ambientes da Casa – no primeiro salão, informações sobre a origem de cada cômodo, entre os quais quarto e sala de estar, destacando os objetos mais representativos do acervo; no segundo salão, dados sobre a vida em sociedade – meios de produção, relações entre classes; e em uma terceira área, a história de Ribeirão Pires desde o século XVI até o século XX.

EMEB Pinguinho de Gente aborda inclusão à pessoas com deficiência e idosos com o projeto “Ser Diferente é Legal”

A EMEB Pinguinho de Gente, da Vila Figueiredo, implantou às crianças da unidade o projeto “Ser Diferente é Legal”, que visa conscientizar os alunos sobre a inclusão social e incentivar o combate ao preconceito às pessoas com deficiência física e idosos.

Para tanto foram realizadas brincadeiras com fantoches, representados de acordo com cada deficiência: visão, audição, locomoção etc.

As crianças também puderam compreender o método braile, e perceber através da experiência como portadores de deficiência visual conhecem o mundo por meio desse sistema de comunicação.

 

Projeto que beneficia deficientes é aprovado em Ribeirão Pires

Foi aprovada em primeira e segunda votação, o Projeto de Lei (PL) nº 034/2018 de autoria do vereador Amigão D’orto (PTC), que institui na Estância Turística de Ribeirão Pires a “Campanha do Setembro Verde”.

Segundo PL, no mês de setembro de cada ano, Ribeirão Pires deverá propor ações que propiciem visibilidade à inclusão social da pessoa com deficiência.

Segundo o parlamentar, a proposta que fora aprovada vem de encontro aos cidadãos e cidadãs que necessitam de atenção diferenciada.

“Lamentavelmente este tipo de Lei é necessária em função da grande descriminação que ainda existe em nossa sociedade e essa discriminação se expressa em atitudes carregadas preconceitos e de estigmas, marginalizando e excluindo essas pessoas de espaço urbanos que impõem barreiras arquitetônicas ao convívio social limitando acesso à comunicação, à leitura e a produção da escrita, o que compromete a interação social e o ensino”, disse Amigão.

É previsto no PL aprovado que o Poder Público Municipal poderá firmar parcerias com as esferas Estadual e Federal para realizar palestras, divulgação de boas práticas de inclusão social em diversas mídias, realizar encontros comunitários, no mês de setembro efetuar iluminação e decoração com temática verde dentre outras diversas iniciativas.

“Acredito piamente que a inclusão social com deficientes mereça nossa total atenção e o Setembro Verde será um período propício para a ampliação sobre esse tema”, concluiu.

Projeto sobre cadeiras de rodas em supermercados é sancionado em Ribeirão Pires

De autoria do vereador João Lessa (PSDB), foi sancionado pelo prefeito de Ribeirão Pires, Kiko Teixeira (PSB) o Projeto de Lei que obriga supermercado e hipermercados instalados com construção superior a 800 m² da cidade a possuírem cadeiras de rodas motorizadas e não motorizadas para o uso de pessoas com deficiência física ou mobilidade reduzidas.

Segundo ainda a Lei nº 6.276, de 30 de julho de 2018  – que já está em vigor após a publicação realizada nesta sexta-feira, 17 de agosto -,  prevê que construções acima de 800 m² à 1.400 m² devem possuir uma cadeira de rodas motorizada com cesto acondicionado de compras e 2 (duas) cadeiras não motorizadas. Acima de 1.400 m² à 2.800 m² possuir duas cadeiras de rodas motorizadas com cesto acondicionado de compras e 4 (quatro) cadeiras não motorizadas e acima de 2.800 m² possuir quatro cadeiras de rodas motorizadas com cesto acondicionado de compras e 6 (seis) cadeiras não motorizadas.

“Quero agradecer aos colegas vereadores de ribeirão Pires que votaram pela aprovação deste importante Projeto de Lei de minha autoria e também pela sanção do prefeito Kiko uma vez que esta Lei vai de encontro o que diz a Constituição Federal que diz que é de competência da União Estados e Municípios a proteção e integridade social das pessoas portadoras de deficiência. Me sinto muito feliz e gratificado por poder colaborar com a dignidade e respeito com as pessoas desta cidade de Ribeirão Pires”, disse o vereador João Lessa.

O Executivo Municipal fiscalizará o cumprimento da presente lei, e em caso de não atendimento, serão sujeitos a advertência, multa de R$ 1.000,00 (mil reais) por carrinho de compra não adaptado e multa de R$ 2.000,00 (dois mil reais) por carrinho de compra não adaptado, no caso de reincidência. Os Supermercados e Hipermercados com área superior à 800 m² terão o prazo de 120 (cento e vinte) dias após a data de sua publicação.

Pessoa com deficiência pode pedir gratuidade em viagens interestaduais.

Cerca de 200 mil pessoas utilizam o Passe Livre no país; solicitação deve ser feita pela internet

O Ministério dos Transportes, Portos e Aviação lançou um portal exclusivo na internet para usuários do programa Passe Livre, que assegura a pessoas com deficiência e de baixa renda o direito de gratuidade no transporte rodoviário interestadual. O cartão que dá acesso ao benefício, em vigor há cinco anos, só podia ser solicitado mediante o envio de formulário e documentação pelos Correios.

Com a nova funcionalidade, que está adaptada aos principais padrões de acessibilidade na rede, atuais beneficiários e pessoas que têm direito à inclusão no programa também terão a possibilidade de fazer a adesão e a renovação online. O andamento dos pedidos poderá ser acompanhado no site. O serviço de inscrição com o envio de formulário pelos Correios será mantido.

Atualmente, o Passe Livre beneficia 200 mil brasileiros, mas o potencial é de atender a pelo menos 2,5 milhões de pessoas, segundo estimativas do cadastro de Benefício de Prestação Continuada (BPC) do Ministério da Previdência Social. Têm direito a solicitar a gratuidade portadores de deficiência física, mental, auditiva, visual, múltipla, com ostomia ou doença renal crônica, e cuja renda média da família seja de no máximo um salário mínimo por pessoa. O Ministério dos Transportes diz que emite cerca de 8 mil cartões do programa por mês.

Problemas

Mesmo com a nova funcionalidade, usuários do Passe Livre também reclamam de problemas para conseguir passagem. Por lei, toda empresa de transporte coletivo rodoviário interestadual é obrigada a reservar dois assentos por viagem, em veículo convencional (a exigência não vale para ônibus do tipo leito).
Segundo o Ministério dos Transportes, o usuário que se sentir lesado pela empresa deve procurar um posto da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), no próprio terminal rodoviário, ou ligar para o 166. Também é possível acionar diretamente os responsáveis pelo programa Passe Livre no ministério, por e-mail ou pelo telefone (61/3329-9098).

Rio Grande da Serra: Entidades Sociais têm até o dia 05 de fevereiro para credenciamento.

Termina no próximo dia 05 de fevereiro o prazo para que entidades sociais com ações voltadas para a política da criança e adolescente, família, idosos e pessoas portadoras de necessidades especiais façam o credenciamento para se habilitarem aos convênios junto à prefeitura.

O repasse de recursos às entidades precisa ser feito por meio de um chamamento público cujos editais estão publicados no site da prefeitura (clique aqui). Os responsáveis das entidades, neste caso, denominadas Organização da Sociedade Civil, precisam fazer o credenciamento e inscrição dos projetos que oferecem à comunidade e que serão analisados por uma Comissão de Seleção. O procedimento respeita o novo Marco Regulatório, Lei Federal que trata das ações do Poder Público com as organizações da sociedade civil.

O chamamento público 001/2018 prevê repasse mensal para convênios nas áreas:

  • 50 – Idosos – R$ 3.054,80
  • 75 – Famílias – R$ 8.954,16
  • 150 – Crianças e Adolescentes – R$ 13.372,71
  • 155 – Pessoas com Deficiências – R$ 11.473,08

Para maiores informações clique aqui.

30 doenças que dão isenção do IPI e outros impostos na aquisição de veículo zero Km.

Você que pretende comprar um carro novo pode ter direito a descontos com a isenção de impostos e talvez nem esteja sabendo. A questão é que, ao contrario do que muita gente pensa, o beneficio da isenção fiscal não abrange apenas pessoas com deficiência física, mas também, portadores de doenças que provocam algum tipo de limitação.

De acordo com Itamar Tavares Garcia, diretor comercial da Associação Brasileira da Indústria, Comércio e Serviços de Tecnologia Assistiva (Abridef), portadores dessas limitações podem requerer a isenção de impostos como IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e o IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores).

Segundo Itamar, doenças como câncer, hepatite C, Parkinson, problemas graves de coluna, Diabetes, HIV Positivo e hemofílicos, Artodese, Escoliose, Artrite Reumatoide, Hérnia de Disco, Artrose, derrame, Bursite, Tendinite e LER (Lesão por Esforço Repetitivo), estão na lista das enfermidades contempladas com o benefício.

“No total, mais de 100 milhões de brasileiros podem ter direito a comprar carro 0km com isenção de impostos”, complementa Itamar.

Para solicitar o benefício é necessário, inicialmente, dirigir-se ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e solicitar, junto a perícia médica, laudo atestando a condição de deficiente ou portador de patologia.

Com o laudo em mãos, o condutor deverá procurar, em seguida, a Receita Federal para requerer a isenção do IPI. No caso do ICMS e do IPVA, o motorista deve se dirigir a Secretaria Estadual de Tributação e pedir a isenção. O processo dura, em média 30 dias.

“Só é capaz de exercer seus direitos aquele que os conhecem” – (Felipe Alves)

Compartilhem em suas redes sociais e deem a outras pessoas oportunidade de conhecer um pouco a mais seus direitos.

Cabe lembrar que o objetivo aqui é instigar os interessados no assunto a se aprofundarem nele, visto que jamais conseguiria abranger todos os mínimos detalhes a respeito do tema e seus respectivos direitos neste pequeno informativo.

REPITO: o objetivo é instigar o aprofundamento na busca pelo conhecimento de seus direitos!

Abraços.

Veja lista completa das doenças:

Amputações

Artrite Reumatóide

Artrodese

Artrose

AVC

AVE (Acidente Vascular Encefálico)

Autismo

Alguns tipos de câncer

Doenças Degenerativas

Deficiência Visual

Deficiência Mental

Doenças Neurológicas

Encurtamento de membros e más formações

Esclerose Múltipla

Escoliose Acentuada

LER (Lesão por esforço repetitivo)

Linfomas

Lesões com sequelas físicas

Manguito rotador

Mastectomia (retirada de mama)

Nanismo (baixa estatura)

Neuropatias diabéticas

Paralisia Cerebral

Paraplegia

Parkinson

Poliomielite

Próteses internas e externas, exemplo: joelho, quadril, coluna, etc.

Problemas na coluna

Quadrantomia (Relacionada a câncer de mama)

Renal Crônico com uso de (fístula)

Síndrome do Túnel do Carpo

Talidomida

Tendinite Crônica

Tetraparesia

Tetraplegia

Fonte: portalnoar