Arquivos de Tag: DEM

Rodrigo Maia costura alianças e monta equipe de pré-campanha à Presidência.

Reportagem do jornal O Estado de S. Paulo mostra que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), costura o apoio de pelo menos quatro partidos e já tem estrutura de pré-campanha à Presidência da República. A agenda de Maia, nos próximos dias, inclui viagem aos Estados Unidos e ao México para encontros com a cúpula da Organização das Nações Unidas (ONU) e da Organização dos Estados Americanos (OEA), além de visitas a Santa Catarina e Espírito Santo.

Nesses estados, o presidente da Câmara tenta consolidar alianças com quatro partidos: PP, Solidariedade, PSD, PR e PRB. Ele também busca o apoio do PSDB e sonha com o senador tucano Antonio Anastasia (MG), ex-vice-governador de Aécio Neves (PSDB-MG), como vice.

Segundo o Estadão, Rodrigo Maia começou a montar uma estrutura de pré-campanha, com marqueteiro e economistas. Para ele, escrevem os jornalistas Eliane Cantanhede e Igor Gadelha, não adianta assumir posições avançadas em temas polêmicos, “porque a sociedade não aceita”. A ideia do deputado é fazer contraponto ao conservadorismo e extremismo de Jair Bolsonaro (PSC-RJ) e ao ex-presidente Lula (PT), ou quem vier a substituí-lo caso sua candidatura seja barrada pela Justiça. Veja a íntegra da reportagem

Conforme publicou este blog em 11 de julho de 2017, o ex-deputado Aldo Rebelo militante histórico do PCdoB, filiou-se ao PSB e seu nome não é descarta como vice numa provável candidatura de Maia. Ver matéria clicando aqui.

FHC questiona viabilidade de Alckmin e pode apoiar nome fora do PSDB

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso indicou, pela primeira vez, em entrevista concedida ao Estadão em 02 de janeiro de 2018 que poderá apoiar um nome de fora do PSDB na sucessão presidencial. “Se houver alguém com mais capacidade de juntar, que prove essa capacidade e que tenha princípios próximos aos nossos, temos que apoiar essa pessoa”, disse ele, aos jornalistas Alberto Bombig e Pedro Venceslau, em entrevista publicada no Estado de S. Paulo.

Esse é mais um capítulo da crise interna do PSDB, que mergulhou no abismo após liderar um golpe contra a democracia protagonizado pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG), que depois foi flagrado em esquemas de corrupção.

Na entrevista desta terça-feira, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso sinaliza que o candidato oficial da sigla, Geraldo Alckmin, não tem muitas chances de vencer. Segundo FHC, Alckmin ainda precisa provar ser capaz de aglutinar o centro do espectro político e de “transmitir uma mensagem” aos brasileiros.

FHC também reconheceu a capacidade do ex-presidente Lula de se comunicar bem com a população. “É muito importante em uma sociedade de massa que o líder fale. A sociedade nem sempre quer ouvir, mas agora está aberta porque está perplexa. É preciso que alguém toque nas cordas sensíveis à população. O Lula toca de ouvido. O candidato sem capacidade de expressão tem dificuldade de se firmar, ainda que esteja certo”, disse ele.

Sobre Bolsonaro, FHC afirmou que ele tem baixa capacidade de comunicação, ainda que expresse um sentimento de ódio. “Eu não conheço o Bolsonaro. Ele era deputado no meu tempo e não tinha uma expressão maior. Queria me fuzilar, mas nunca dei atenção. Não sei o que ele pensa sobre qualquer tema. Não sei se ele é capaz de expressar o que pensa sobre qualquer tema. Às vezes a pessoa, mesmo sem ter a capacidade de expressar, simboliza.” Veja a íntegra da entrevista

Claurício Bento é o vereador mais atuante em Rio Grande da Serra no ano de 2017.

Levantamento aponta o vereador do DEM com mais de 252 iniciativas legislativas apresentadas somente em 2017

Consulta feita junto a Câmara Municipal de Rio Grande da Serra aponta o vereador Claurício Bento (DEM) como o mais atuante no ano de 2017, com 252 iniciativas legislativas apresentadas, que incluem indicações, requerimentos, moções e projetos de lei, dentre outras. A totalização o coloca como líder no ranking entre os 13 vereadores que compõem o Legislativo Municipal.

Clauricio Bento faz gestão e garante ampliação de repasses para a UPA

Claurício Bento, durante entrevista em seu gabinete: “garanto continuar lutando por melhorias”

No dia 12 de abril de 2017, através do requerimento nº 213/2017, o vereador encaminhou solicitação ao Ministério da Saúde solicitando o aumento do repasse que é destinado a saúde do município. No documento (conforme abaixo), Clauricio alega gasto mensal de R$ 600 mil na UPA e um repasse do Ministério da Saúde de apenas R$ 100 mil. R$ 300 mil somente com folha de pagamento. Como resposta, Rio Grande da Serra teve acréscimo no valor dos repasses em 70%, passando a receber R$ 170 mil mensal totalizando R$ 2 milhões por ano.

Claurício Bento ganhou expressiva notoriedade no estado de são Paulo quando entrou com um pedido no mês de maio, solicitando o rompimento do contrato, previsto até 2034, com a Sabesp alegando que a empresa de água prejudica demais a cidade com várias obras que são feitas e até mesmo a falta de melhorias.

Segundo Clauricio Bento “é inadmissível uma empresa que se instala na cidade não desrespeitar os poderes constituídos e a população fazendo o que bem entender. Quando solicitei a quebra do contrato, eu pedi mudança na postura da empresa para com a cidade e os cidadãos que aqui moram. Até mesmo porque Rio Grande da Serra não pode ser vista somente como uma grande caixa de água que abastece outras localidades. Não aceitei e nunca vou aceitar esse tipo de situação. Rio Grande da Serra na minha visão está sempre em primeiro lugar”, disse ao Caso de Política. Em 2014, o vereador Claurício Bento liderou uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) a qual um dos principais objetivos era saber onde a Sabesp e suas terceirizadas atuaram na cidade. Quais trabalhos foram executados e quais as contrapartidas.

Veja abaixo os números de 2017

No ano de 2017 (até 12/12) foram apresentados pelos 13 vereadores na Câmara Municipal um total de 654 requerimentos. Clauricio Bento, somente neste período apresentou individualmente 129 requerimentos, 20% do total.

252 Ofício foram registrados na Casa de Lei, sendo que 120 (47%),foram de autoria do vereador Clauricio bento. Já no item Projeto de Lei, o vereador apresentou 25%, sendo registrados na Câmara Legislativa um total de 12.

Segundo informado pela assessoria do parlamentar Clauricio “no ano de 2017, foram registrados 1.080 atendimentos no gabinete.

Fiscalizando

Em análise das matérias propostas, mostra que Claurício Bento não foi somente um vereador de gabinete, mas esteve sempre nas ruas ouvindo as reivindicações das pessoas, que foram traduzidas em reivindicações na defesa de obras, programas e serviços para inúmeros bairros da cidade. O vereador tem atuado pela melhoria de todas as áreas que integram a administração pública municipal sem se esquecer de também cumprir a função fiscalizadora que é própria do vereador, acompanhando a gestão e aplicação dos recursos públicos. “O mandato deve ser feito com o componente popular, Vereador, servidores e cidadãos juntos, resultam na soma de esforços pelo desenvolvimento e progresso constante da cidade”, considera Claurício Bento.

Comissões

Presidente da Comissão de Redação e Justiça e membro da Comissão de Finanças e Orçamento, Claurício Bento adotou como prioridade o desenvolvimento local, sempre enfatizando questões ligadas a infraestrutura, desenvolvimento social e econômico, geração de emprego e renda, o turismo, educação e segurança pública.

“Nosso propósito é a defesa de políticas que assegurem a sustentabilidade dos setores emergentes e produtivos da cidade sem se esquecer do cidadão comum que sofre seus efeitos diretamente na ponta”, garante o vereador.

Avaliação

Para o vereador Claurício Bento, o trabalho intenso desenvolvido neste primeiro ano de mandato representa aquilo que se propôs a fazer durante a campanha eleitoral. “Hoje o grande desafio do homem público não é apresentar os problemas, mas sim propor soluções que sejam possíveis de serem executadas”, diz. “Ninguém suporta mais demagogia e discurso mentiroso”, acrescenta.

“Nosso trabalho vai continuar com a mesma intensidade. Continuarei com minhas andanças nos gabinetes de deputados e órgão público das outras esferas de poder buscando recursos e soluções para Rio Grande da Serra. A cidade hoje tem um projeto arrojado e visionário sob o comando do prefeito Gabriel Maranhão na área da infraestrutura. Nesse sentido coloco o meu mandato a disposição para ajudar no que for possível. Sei das limitações que são impostas, mas quero fazer a minha parte colaborando com a segurança pública, a saúde, o esporte, a preservação do meio ambiente. O desafio é grande onde ruas precisam ser urbanizadas, de forma a garantir melhor fluidez ao trânsito e garantir segurança à população e visitantes”, afirmou Claurício Bento.

Reconhecimento e parceria com seus pares

“A saúde pública continua sendo nossa preocupação e precisa ser encarada sem demagogias e com a responsabilidade que a vida humana merece. Enfim, a segurança pública municipal precisa ser implantada com vigor. São inúmeras as demandas e os desafios que Rio Grande da Serra exige de nós homens públicos, reforçou o vereador que embora tenha sido o parlamentar que mais apresentou matérias em plenário, fez questão de reconhecer e exaltar também o trabalho e o empenho de cada um dos outros 12 vereadores de Rio Grande da Serra.

Deputados aprovam projeto de terceirização, enterram a CLT e destroem de vez o INSS.

Deputados aprovaram, nesta quarta-feira (22), o substitutivo do Senado ao projeto de lei (PL 4302/98) que regulamenta a terceirização e o trabalho temporário no Brasil. O texto foi enviado ao Congresso pelo Executivo e permite o uso do sistema em todas as atividades de uma empresa. Diante da obstrução feita por parlamentares da oposição, o plenário da Câmara votou, por duas vezes, pedidos de retirada de pauta. Ambos foram rejeitados pela maioria. Parte dos congressistas avaliou que as mudanças geram insegurança ao trabalhador. A sessão que aprovou o teor do PL que tramitava no Congresso há 19 anos durou mais de nove horas. Ao final da discussão, 231 deputados votaram a favor do texto, 188 contra e 8 abstenções.

Pouco antes da votação, membros da oposição fizeram manifestação contrária à proposta. Eles levantaram diversos patos infláveis afirmando que, em caso de aprovação do texto, “a população que vai pagar o pato”. Neste momento, pessoas que acompanhavam a discussão da galeria também reagiram e gritaram: “Não, não, não! Não à terceirização”.

De acordo com matéria assinada pelo jornalista Raphael Di Cunto no site do jornal Valor Econômico, o projeto de terceirização aprovado pela Câmara não tem dispositivos para impedir a chamada “pejotização”, ou seja, a demissão de trabalhadores no regime CLT para contratação como pessoas jurídicas (PJ).

Isso pode detonar de vez a Previdência Social, como explica Laura Carvalho, economista e professora da FEA-USP: “Sustentar a Previdência passa necessariamente por manter altos níveis de emprego e formalização. A prioridade parece não ser nenhuma das duas coisas. Aprovaram agora o PL da terceirização: imaginem um mundo de trabalhadores contratados como Empreendedores Individuais, contribuindo apenas 5% sobre o salário mínimo para a Previdência. E o empregador, nada. Em meio a todo esse debate, um PL que pode reduzir a base de arrecadação do sistema e elevar o tal rombo na Previdência no curto prazo. Interessante”.

Como cada deputado votou na proposta que amplia a terceirização

Polêmica, proposta aprovada esta noite (22) pela Câmara regulamenta a terceirização e o trabalho temporário no país. O texto foi aprovado, sob protesto da oposição, por 231 votos a 188. Foram registradas 8 abstenções. Entre outras coisas, o projeto de lei (PL 4302/98) permite a terceirização até da atividade-fim de uma empresa. Ou seja, uma escola poderá terceirizar não apenas o serviço de limpeza, mas a contratação de seus professores, por exemplo. Ainda falta a análise de destaques que podem alterar pontualmente a proposição apoiada pelo governo.

Veja como cada deputado votou:

Deputado                         Partido Voto

Roraima (RR)

Abel Mesquita Jr.            DEM      Sim

Edio Lopes                        PR          Sim

Hiran Gonçalves              PP          Sim

Jhonatan de Jesus          PRB        Sim

Maria Helena                  PSB        Sim

Remídio Monai               PR          Sim

Shéridan                           PSDB     Sim

Total Roraima: 7

 

Amapá (AP)

André Abdon                    PP          Sim

Janete Capiberibe           PSB        Não

Jozi Araújo                       PTN       Sim

Marcos Reategui             PSD        Sim

Professora Marcivania  PCdoB  Não

Total Amapá: 5

 

Pará (PA)

Arnaldo Jordy                   PPS        Não

Beto Faro                           PT           Não

Beto Salame                      PP          Não

Edmilson Rodrigues       PSOL     Não

Francisco Chapadinha   PTN       Sim

Hélio Leite                        DEM      Sim

Joaquim Passarinho       PSD        Sim

José Priante                      PMDB   Sim

Josué Bengtson               PTB        Sim

Júlia Marinho                  PSC        Sim

Lúcio Vale                         PR          Sim

Nilson Pinto                     PSDB     Sim

Simone Morgado            PMDB   Não

Wladimir Costa                 SD          Sim

Zé Geraldo                         PT           Não

Total Pará: 15

 

Amazonas (AM)

Alfredo Nascimento        PR          Não

Arthur Virgílio Bisneto   PSDB     Não

Átila Lins                           PSD        Sim

Conceição Sampaio         PP          Não

Hissa Abrahão                  PDT        Não

Pauderney Avelino         DEM      Sim

Sabino Castelo Branco  PTB        Sim

Silas Câmara                    PRB        Sim

Total Amazonas: 8

 

Rondônia (RO)

Expedito Netto                 PSD        Não

Lindomar Garçon            PRB        Sim

Marcos Rogério                DEM      Não

Mariana Carvalho            PSDB     Não

Marinha Raupp                PMDB   Sim

Nilton Capixaba               PTB        Sim

Total Rondônia: 6

 

Acre (AC)

Alan Rick                             PRB        Não

Angelim                               PT           Não

César Messias                   PSB        Sim

Flaviano Melo                   PMDB   Sim

Jéssica Sales                      PMDB   Não

Leo de Brito                       PT           Não

Moisés Diniz                      PCdoB  Não

Rocha                                  PSDB     Não

Total Acre: 8

 

Tocantins (TO)

Carlos Henrique Gaguim              PTN       Sim

César Halum                                      PRB        Sim

Irajá Abreu                                        PSD        Sim

Josi Nunes                                         PMDB   Não

Lázaro Botelho                                PP          Sim

Profª Dorinha Seabra Rezende DEM      Não

Vicentinho Júnior                            PR          Sim

Total Tocantins: 7

 

Maranhão (MA)

Aluisio Mendes                                               PTN       Sim

Cleber Verde                                    PRB        Sim

Eliziane Gama                                  PPS        Não

Hildo Rocha                                       PMDB   Sim

João Marcelo Souza                       PMDB   Sim

José Reinaldo                                   PSB        Sim

Julião Amin Castro                          PDT        Não

Junior Marreca                                PEN       Sim

Juscelino Filho                                 DEM      Sim

Pedro Fernandes                            PTB        Sim

Rubens Pereira Júnior                   PCdoB  Não

Victor Mendes                                PSD        Sim

Waldir Maranhão                            PP          Não

Weverton Rocha                             PDT        Não

Zé Carlos                                            PT           Não

Total Maranhão: 15

 

Ceará (CE)

Adail Carneiro                                  PP          Sim

André Figueiredo                            PDT        Não

Aníbal Gomes                                  PMDB   Sim

Cabo Sabino                                     PR          Não

Chico Lopes                                      PCdoB  Não

Domingos Neto                                              PSD        Sim

Genecias Noronha                         SD          Sim

Gorete Pereira                                PR          Sim

José Airton Cirilo                             PT           Não

José Guimarães                                               PT           Não

Leônidas Cristino                             PDT        Não

Luizianne Lins                                   PT           Não

Moses Rodrigues                            PMDB   Não

Odorico Monteiro                           PROS     Não

Paulo Henrique Lustosa                               PP          Sim

Ronaldo Martins                              PRB        Não

Vaidon Oliveira                                DEM      Sim

Total Ceará: 17

 

Piauí (PI)

Assis Carvalho                                  PT           Não

Átila Lira                                             PSB        Sim

Iracema Portella                              PP          Sim

Júlio Cesar                                         PSD        Sim

Maia Filho                                          PP          Sim

Paes Landim                                     PTB        Sim

Rodrigo Martins                               PSB        Sim

Silas Freire                                         PR          Sim

Total Piauí: 8

 

Rio Grande do Norte (RN)

Antônio Jácome                              PTN       Abstenção

Fábio Faria                                         PSD        Sim

Felipe Maia                                       DEM      Sim

Rafael Motta                                    PSB        Não

Rogério Marinho                             PSDB     Sim

Walter Alves                                     PMDB   Não

Zenaide Maia                                   PR          Não

Total Rio Grande do Norte: 7

 

Paraíba (PB)

Aguinaldo Ribeiro                           PP          Sim

André Amaral                                  PMDB   Sim

Benjamin Maranhão                      SD          Sim

Damião Feliciano                             PDT        Não

Luiz Couto                                         PT           Não

Pedro Cunha Lima                          PSDB     Sim

Rômulo Gouveia                             PSD        Sim

Veneziano Vital do Rêgo             PMDB   Não

Wilson Filho                                      PTB        Não

Total Paraíba: 9

 

Pernambuco (PE)

André de Paula                                PSD        Sim

Augusto Coutinho                          SD          Sim

Betinho Gomes                                              PSDB     Não

Carlos Eduardo Cadoca                 PDT        Sim

Creuza Pereira                                 PSB        Não

Daniel Coelho                                  PSDB     Não

Danilo Cabral                                    PSB        Não

Eduardo da Fonte                           PP          Sim

Fernando Monteiro                       PP          Sim

Guilherme Coelho                          PSDB     Sim

Jarbas Vasconcelos                        PMDB   Sim

Jorge Côrte Real                              PTB        Sim

Luciana Santos                                 PCdoB  Não

Marinaldo Rosendo                       PSB        Sim

Pastor Eurico                                    PHS        Sim

Ricardo Teobaldo                            PTN       Sim

Severino Ninho                                               PSB        Não

Silvio Costa                                        PTdoB   Não

Wolney Queiroz                              PDT        Não

Zeca Cavalcanti                                PTB        Sim

Total Pernambuco: 20

 

Alagoas (AL)

Arthur Lira                                         PP          Sim

Cícero Almeida                                PMDB   Sim

Givaldo Carimbão                           PHS        Não

Nivaldo Albuquerque                    PRP        Sim

Paulão                                                 PT           Não

Pedro Vilela                                      PSDB     Não

Rosinha da Adefal                           PTdoB   Sim

Total Alagoas: 7

 

Sergipe (SE)

Adelson Barreto                              PR          Não

Andre Moura                                   PSC        Sim

Fábio Mitidieri                                 PSD        Não

Fabio Reis                                          PMDB   Não

João Daniel                                       PT           Não

Jony Marcos                                     PRB        Não

Laercio Oliveira                                SD          Sim

Total Sergipe: 7

 

Bahia (BA)

Afonso Florence                              PT           Não

Alice Portugal                                   PCdoB  Não

Arthur Oliveira Maia                      PPS        Sim

Bacelar                                                PTN       Não

Benito Gama                                    PTB        Sim

Cacá Leão                                          PP          Sim

Caetano                                             PT           Não

Claudio Cajado                                DEM      Sim

Daniel Almeida                                PCdoB  Não

Davidson Magalhães                     PCdoB  Não

Elmar Nascimento                          DEM      Sim

Félix Mendonça Júnior                 PDT        Não

Irmão Lazaro                                    PSC        Não

João Carlos Bacelar                         PR          Sim

João Gualberto                                PSDB     Sim

José Carlos Aleluia                          DEM      Sim

José Carlos Araújo                          PR          Sim

José Nunes                                       PSD        Sim

José Rocha                                        PR          Sim

Jutahy Junior                                    PSDB     Sim

Márcio Marinho                               PRB        Sim

Mário Negromonte Jr.                  PP          Sim

Nelson Pellegrino                           PT           Não

Paulo Azi                                            DEM      Sim

Paulo Magalhães                             PSD        Sim

Pr. Luciano Braga                             PRB        Abstenção

Roberto Britto                                 PP          Sim

Robinson Almeida                          PT           Não

Ronaldo Carletto                             PP          Sim

Sérgio Brito                                       PSD        Sim

Uldurico Junior                                PV          Não

Valmir Assunção                              PT           Não

Waldenor Pereira                           PT           Não

Total Bahia: 33

 

Minas Gerais (MG)

Adelmo Carneiro Leão                  PT           Não

Ademir Camilo                                 PTN       Não

Bilac Pinto                                          PR          Sim

Caio Narcio                                        PSDB     Sim

Carlos Melles                                   DEM      Sim

Dâmina Pereira                                PSL         Não

Delegado Edson Moreira             PR          Sim

Diego Andrade                                PSD        Sim

Dimas Fabiano                                 PP          Sim

Domingos Sávio                               PSDB     Sim

Eduardo Barbosa                             PSDB     Sim

Eros Biondini                                    PROS     Não

Fábio Ramalho                                 PMDB   Sim

Franklin Lima                                    PP          Sim

George Hilton                                  PSB        Não

Jô Moraes                                         PCdoB  Não

Júlio Delgado                                    PSB        Não

Leonardo Monteiro                       PT           Não

Leonardo Quintão                          PMDB   Sim

Lincoln Portela                                 PRB        Não

Luis Tibé                                             PTdoB   Sim

Luiz Fernando Faria                        PP          Sim

Marcelo Álvaro Antônio               PR          Sim

Marcos Montes                                              PSD        Sim

Marcus Pestana                               PSDB     Sim

Margarida Salomão                        PT           Não

Mário Heringer                                PDT        Não

Mauro Lopes                                    PMDB   Sim

Misael Varella                                  DEM      Abstenção

Padre João                                        PT           Não

Patrus Ananias                                PT           Não

Paulo Abi-Ackel                                              PSDB     Sim

Raquel Muniz                                   PSD        Sim

Reginaldo Lopes                              PT           Não

Renato Andrade                              PP          Sim

Renzo Braz                                        PP          Sim

Rodrigo de Castro                           PSDB     Sim

Rodrigo Pacheco                             PMDB   Sim

Saraiva Felipe                                   PMDB   Sim

Stefano Aguiar                                PSD        Não

Subtenente Gonzaga                    PDT        Não

Tenente Lúcio                                  PSB        Sim

Toninho Pinheiro                            PP          Sim

Weliton Prado                                 PMB      Não

Zé Silva                                                SD          Não

Total Minas Gerais: 45

 

Espírito Santo (ES)

Carlos Manato                                 SD          Sim

Dr. Jorge Silva                                  PHS        Não

Evair Vieira de Melo                       PV          Não

Givaldo Vieira                                  PT           Não

Helder Salomão                               PT           Não

Lelo Coimbra                                    PMDB   Sim

Marcus Vicente                                              PP          Sim

Sergio Vidigal                                   PDT        Não

Total Espírito Santo: 8

 

Rio de Janeiro (RJ)

Alessandro Molon                          REDE     Não

Alexandre Valle                                               PR          Não

Arolde de Oliveira                           PSC        Sim

Aureo                                                  SD          Não

Benedita da Silva                             PT           Não

Cabo Daciolo                                    PTdoB   Não

Celso Jacob                                       PMDB   Abstenção

Celso Pansera                                  PMDB   Não

Chico Alencar                                   PSOL     Não

Chico D Angelo                                PT           Não

Deley                                                   PTB        Não

Ezequiel Teixeira                             PTN       Sim

Felipe Bornier                                  PROS     Sim

Francisco Floriano                           DEM      Não

Glauber Braga                                  PSOL     Não

Jair Bolsonaro                                  PSC        Abstenção

Jandira Feghali                                 PCdoB  Não

Jean Wyllys                                       PSOL     Não

Julio Lopes                                        PP          Sim

Laura Carneiro                                 PMDB   Sim

Luiz Carlos Ramos                           PTN       Não

Luiz Sérgio                                         PT           Não

Marcelo Delaroli                              PR          Não

Marcelo Matos                                PHS        Não

Marco Antônio Cabral                   PMDB   Sim

Marcos Soares                                 DEM      Abstenção

Miro Teixeira                                    REDE     Não

Otavio Leite                                      PSDB     Sim

Paulo Feijó                                        PR          Sim

Pedro Paulo                                      PMDB   Sim

Roberto Sales                                  PRB        Sim

Rodrigo Maia                                    DEM      Art. 17

Sergio Zveiter                                  PMDB   Sim

Simão Sessim                                   PP          Sim

Soraya Santos                                  PMDB   Sim

Wadih Damous                                PT           Não

Walney Rocha                                  PEN       Sim

Wilson Beserra                                PMDB   Sim

Zé Augusto Nalin                             PMDB   Sim

Total Rio de Janeiro: 39

 

São Paulo (SP)

Adérmis Marini                                PSDB     Sim

Alex Manente                                 PPS        Não

Alexandre Leite                                              DEM      Sim

Ana Perugini                                     PT           Não

Andres Sanchez                                              PT           Não

Antonio Bulhões                             PRB        Sim

Antonio Carlos Mendes Thame                PV          Sim

Arlindo Chinaglia                             PT           Não

Arnaldo Faria de Sá                        PTB        Não

Beto Mansur                                    PRB        Sim

Bruna Furlan                                     PSDB     Sim

Capitão Augusto                              PR          Sim

Carlos Zarattini                                PT           Não

Celso Russomanno                         PRB        Sim

Dr. Sinval Malheiros                       PTN       Sim

Eduardo Bolsonaro                         PSC        Sim

Eduardo Cury                                   PSDB     Sim

Eli Corrêa Filho                                 DEM      Não

Evandro Gussi                                  PV          Sim

Fausto Pinato                                   PP          Sim

Flavinho                                              PSB        Não

Guilherme Mussi                            PP          Sim

Herculano Passos                            PSD        Sim

Ivan Valente                                     PSOL     Não

Izaque Silva                                       PSDB     Não

Jorge Tadeu Mudalen                   DEM      Sim

Lobbe Neto                                      PSDB     Não

Luiz Lauro Filho                                PSB        Sim

Luiza Erundina                                 PSOL     Não

Major Olimpio                                 SD          Sim

Mara Gabrilli                                     PSDB     Não

Marcelo Aguiar                                DEM      Não

Marcelo Squassoni                         PRB        Sim

Marcio Alvino                                   PR          Sim

Miguel Haddad                                PSDB     Sim

Miguel Lombardi                             PR          Sim

Missionário José Olimpio             DEM      Não

Nelson Marquezelli                        PTB        Sim

Nilto Tatto                                         PT           Não

Orlando Silva                                    PCdoB  Não

Paulo Freire                                      PR          Não

Paulo Pereira da Silva                    SD          Não

Paulo Teixeira                                  PT           Não

Pollyana Gama                                PPS        Não

Pr. Marco Feliciano                         PSC        Abstenção

Renata Abreu                                  PTN       Sim

Ricardo Izar                                       PP          Sim

Ricardo Tripoli                                  PSDB     Sim

Roberto Alves                                  PRB        Sim

Roberto de Lucena                         PV          Não

Sérgio Reis                                        PRB        Sim

Silvio Torres                                      PSDB     Sim

Tiririca                                                  PR          Não

Valmir Prascidelli                             PT           Não

Vanderlei Macris                             PSDB     Sim

Vicente Candido                              PT           Não

Vicentinho                                        PT           Não

Vinicius Carvalho                             PRB        Sim

Vitor Lippi                                          PSDB     Sim

Total São Paulo: 59

 

Mato Grosso (MT)

Adilton Sachetti                               PSB        Sim

Carlos Bezerra                                 PMDB   Sim

Ezequiel Fonseca                            PP          Sim

Nilson Leitão                                    PSDB     Sim

Professor Victório Galli                 PSC        Sim

Ságuas Moraes                                PT           Não

Valtenir Pereira                                              PMDB   Sim

Total Mato Grosso: 7

 

Distrito Federal (DF)

Alberto Fraga                                   DEM      Sim

Augusto Carvalho                           SD          Não

Izalci Lucas                                         PSDB     Sim

Laerte Bessa                                     PR          Sim

Rogério Rosso                                  PSD        Não

Ronaldo Fonseca                             PROS     Não

Rôney Nemer                                  PP          Não

Total Distrito Federal: 7

 

Goiás (GO)

Alexandre Baldy                              PTN       Sim

Célio Silveira                                     PSDB     Não

Daniel Vilela                                      PMDB   Sim

Delegado Waldir                              PR          Não

Fábio Sousa                                      PSDB     Sim

Flávia Morais                                    PDT        Não

Giuseppe Vecci                                               PSDB     Sim

Heuler Cruvinel                                               PSD        Não

João Campos                                    PRB        Sim

Lucas Vergilio                                   SD          Não

Magda Mofatto                                               PR          Sim

Marcos Abrão                                  PPS        Sim

Rubens Otoni                                   PT           Não

Thiago Peixoto                                PSD        Sim

Total Goiás: 14

 

Mato Grosso do Sul (MS)

Dagoberto Nogueira                      PDT        Não

Elizeu Dionizio                                  PSDB     Sim

Geraldo Resende                            PSDB     Sim

Mandetta                                          DEM      Não

Tereza Cristina                                 PSB        Sim

Vander Loubet                                PT           Não

Zeca do PT                                         PT           Não

Total Mato Grosso do Sul: 7

 

Paraná (PR)

Alex Canziani                                    PTB        Sim

Alfredo Kaefer                                PSL         Sim

Aliel Machado                                  REDE     Não

Assis do Couto                                 PDT        Não

Christiane de Souza Yared          PR          Não

Dilceu Sperafico                               PP          Sim

Edmar Arruda                                  PSD        Sim

Enio Verri                                           PT           Não

Evandro Roman                               PSD        Sim

Hermes Parcianello                        PMDB   Não

Leandre                                              PV          Não

Leopoldo Meyer                             PSB        Sim

Luciano Ducci                                   PSB        Sim

Luiz Carlos Hauly                              PSDB     Sim

Luiz Nishimori                                  PR          Sim

Nelson Meurer                                 PP          Sim

Nelson Padovani                             PSDB     Sim

Osmar Bertoldi                                 DEM      Sim

Reinhold Stephanes                      PSD        Sim

Rubens Bueno                                  PPS        Sim

Sandro Alex                                       PSD        Sim

Sergio Souza                                      PMDB   Sim

Toninho Wandscheer                    PROS     Sim

Zeca Dirceu                                        PT           Não

Total Paraná: 24

 

Santa Catarina (SC)

Carmen Zanotto                              PPS        Não

Celso Maldaner                                               PMDB   Sim

Cesar Souza                                       PSD        Abstenção

Décio Lima                                          PT           Não

Esperidião Amin                              PP          Não

Geovania de Sá                                                PSDB     Não

João Paulo Kleinübing                   PSD        Sim

João Rodrigues                                 PSD        Não

Jorge Boeira                                      PP          Não

Marco Tebaldi                                   PSDB     Sim

Pedro Uczai                                       PT           Não

Rogério Peninha                              PMDB   Sim

Valdir Colatto                                    PMDB   Sim

Total Santa Catarina: 13

 

Rio Grande do Sul (RS)

Afonso Hamm                                  PP          Não

Afonso Motta                                   PDT        Não

Alceu Moreira                                   PMDB   Sim

Assis Melo                                          PCdoB  Não

Bohn Gass                                          PT           Não

Cajar Nardes                                     PR          Sim

Carlos Gomes                                   PRB        Sim

Danrlei de Deus                               PSD        Sim

Darcísio Perondi                              PMDB   Sim

Henrique Fontana                          PT           Não

Jerônimo Goergen                         PP          Sim

João Derly                                          REDE     Não

Jones Martins                                   PMDB   Sim

José Fogaça                                       PMDB   Não

Jose Stédile                                       PSB        Não

Luis Carlos Heinze                           PP          Sim

Marco Maia                                       PT           Não

Marcon                                                               PT           Não

Maria do Rosário                             PT           Não

Mauro Pereira                                  PMDB   Sim

Paulo Pimenta                                  PT           Não

Pepe Vargas                                      PT           Não

Pompeo de Mattos                        PDT        Não

Renato Molling                                 PP          Sim

Sérgio Moraes                                  PTB        Não

Yeda Crusius                                      PSDB     Sim

Total Rio Grande do Sul: 26

Rodrigo Maia é eleito presidente da câmara.

Depois de recorrer ao Supremo Tribunal Federal para poder participar da disputa, uma vez que assumiu um mandato “tampão” depois do afastamento de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi reeleito ao cargo nesta quinta-feira 2 para o biênio 2017-2018, com 293 votos; o bloco que apoiou seu nome, formado por PMDB, PSDB, PP, PR, PSD, PSB, DEM, PRB, PTN, PPS, PHS, PV e PTdoB, tem cerca de 300 deputados; após a eleição de Eunício Oliveira (PMDB-CE) na noite desta quarta à presidência do Senado, governo de Michel Temer continuará com o apoio do Congresso no comando das duas Casas

O deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) acaba de ser eleito presidente da Câmara dos Deputados para o biênio 2017-2018, com 293 votos.

Candidato do bloco PMDB, PSDB, PP, PR, PSD, PSB, DEM, PRB, PTN, PPS, PHS, PV e PTdoB, Maia preside a Câmara desde julho do ano passado, em substituição ao ex-deputado Eduardo Cunha, que havia sido eleito para o biênio 2015-2016.

O deputado Jovair Arantes (PTB-GO) – candidato do bloco PTB, SD, Pros e PSL – obteve 105 votos.

Já o candidato do bloco PT, PDT, PCdoB, André Figueiredo (PDT-CE), teve 59 votos; a deputada Luiza Erundina (Psol-SP), 10; o deputado Júlio Delgado (PSB-MG), 28; e o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), 4 votos.

Agora, o presidente assumirá os trabalhos e prosseguirá a apuração da eleição dos outros integrantes da Mesa Diretora.

Vereador de RGS declara apoio à pré-candidatura de Guto Volpi em Ribeirão Pires.

Claurício Bento (DEM) foi secretário adjunto da SEJEL, pasta administrada por Guto Volpi nos últimos anos da Gestão de Clóvis, e hoje é vereador em Rio Grande da Serra.

Claurício Bento (DEM) foi secretário adjunto da SEJEL, pasta administrada por Guto Volpi nos últimos anos da Gestão de Clóvis, e hoje é vereador em Rio Grande da Serra.

O vereador de Rio Grande da Serra, Claurício Bento (DEM), foi o mais bem votado na história de Rio Grande da Serra e hoje é o vereador mais atuante da região do Grande ABC. No início do mês, declarou apoio à pré-candidatura a vereador de Guto Volpi (PR), em Ribeirão Pires. Claurício foi secretário adjunto da SEJEL – Secretaria de Juventude, Esporte, Lazer, Cultura e Turismo de Ribeirão Pires quando a pasta era administrada por Guto Volpi.

“Tenho ótimas lembranças daquela época, aprendi muito trabalhando com o Volpi e com toda a equipe da SEJEL”, afirma o vereador da cidade vizinha. “Trouxe para Rio Grande da Serra muitas das experiências e projetos que criamos na SEJEL, quero que a população da minha cidade tenha acesso à todas as coisas boas que a SEJEL trouxe a Ribeirão Pires”, continua.

Para Volpi, este apoio é extremamente importante à sua pré-candidatura a vereador. “A SEJEL foi uma experiência única e nos deu visão do que é o trabalho público, e hoje consigo ter noção do que mais pode ser feito pela cidade, quais foram nossos erros e como corrigi-los, focando mais na necessidade dos munícipes”, explica Volpi. “Agradeço muito o apoio do Claurício, afinal trouxemos da SEJEL, além da experiência, uma amizade e parceria”, finaliza Volpi.

Câmara de Mauá vai apurar denúncia de assedio contra Manoel Lopes.

Manoel-Lopes-DEM

Durante sessão realizada nesta terça-feira (14), após sinalização positiva dos demais integrantes da Mesa Diretora, o presidente da Câmara de Mauá, Marcelo Oliveira (PT), decidiu abrir uma sindicância para apurar denúncia contra o vereador Manoel Lopes (DEM) acusado de ter assediado uma funcionária pública.

A sindicância não tem prazo para encerrar os trabalhos, e será composta por três funcionários efetivos e dois comissionados. A indicação dos nomes ocorrerá até a próxima terça-feira (21).

A função da sindicância será ouvir todos os envolvidos no caso e algumas testemunhas. Manoel não quis se posicionar sobre a abertura de sindicância.

A mesma denúncia foi arquivada no ano de 2014. Recentemente o vereador Luiz Alfredo Simão (PTdoB) solicitou o desarquivamento do caso. A denúncia também corre em segredo na Justiça sendo que o vereador ganhou o processo em primeira instância.

PHS de Ribeirão Pires tem nova presidência e reafirma apoio a Professora Rosí.

1981766_1713213775566245_8144814325384085704_n

Após uma suposta retirada do Partido Humanista da Solidariedade (PHS), com depoimento exclusivo feito por Marcos Vilela ao blog Caso de Política” para apoio de uma outra candidatura, uma virada de mesa marca capítulo na dança das cadeira rumo ao Paço municipal em Ribeirão Pires. Já está definido que o PHS apoiará a candidatura da Professora Rosí de Marco. Com a destituição de Marcos Vilela por infidelidade partidária, assume o comando da agremiação Pedro do Carmo, popular Pedrinho.

Segundo informou Cezar de Carvalho, presidente do PSDB na cidade e um dos principais coordenadores pró Rosí, o processo é depurador. “Acreditamos no potencial eleitoral da ex-secretária de Educação, Professora Rosí de Marco. Ela tem tendo bom desempenho e pleno crescimento nos diversos levantamentos de intenção que estão sendo realizados internamente e a menor rejeição entre todos os postulantes”, disse Carvalho.

Sobre a saída de Marcos Vilela, o líder tucano argumentou que Rosí terá uma campanha limpa e sem ataques. “Infelizmente algumas pessoas agem por interesses próprios se deixando seduzir por vantagens pessoais. Não estamos entrando na disputa para vencer a todo custo! Vamos fazer uma disputa limpa e baseada na ética e nos bons princípios com partidos que realmente tem compromisso com a mudança. Nada me preocupa se existem grupos inchados. Tudo não passa de uma grande bolha onde promessas feitas, ao final -com grande número de candidatos a vereador- não passaram de palavras não cumpridas”, concluiu.

O PSDB de Rosí de Marco, hoje conta com pré-aliança com o PR e o PHS.

Documentos da Odebrecht listam mais de 200 políticos e valores recebidos.

Agentes da PF na sede de São Paulo da Odebrecht, na fase Acarajé

Documentos apreendidos pela Polícia Federal listam possíveis repasses da Odebrecht para mais de 200 políticos de 18 partidos políticos. É o mais completo acervo do que pode ser a contabilidade paralela descoberta e revelada ontem (22.mar.2016) pela força-tarefa da Operação Lava Jato.

As planilhas estavam com Benedicto Barbosa Silva Júnior, presidente da Odebrecht Infraestrutura, e conhecido no mundo empresarial como “BJ”. Foram apreendidas na 23ª fase da operação Lava Jato, batizada de “Acarajé”, realizada no dia 22.fev.2016.

Como eram de uma operação de 1 mês atrás e só foram divulgados públicos ontem (22.mar) pelo juiz federal Sérgio Moro, os documentos acabaram não sendo mencionados no noticiário sobre a Lava Jato.

As planilhas são riquíssimas em detalhes –embora os nomes dos políticos e os valores relacionados não devam ser automaticamente ser considerados como prova de que houve dinheiro de caixa 2 da empreiteira para os citados. São indícios que serão esclarecidos no curso das investigações da Lava Jato.

Os documentos relacionam nomes da oposição e do governo: são mencionados, por exemplo, Aécio Neves (PSDB-MG), Romero Jucá (PMDB-RR), Humberto Costa (PT-PE) e Eduardo Campos (PSB), morto em 2014, entre vários outros.

A apuração é dos repórteres do UOL André Shalders e Mateus Netzel. Eis exemplos de planilhas apreendidas (clique nas imagens para ampliar):

tabela-benedicto

Uma das tabelas de Benedicto Barbosa Jr, o BJ, da Odebrecht

Planilha-BJ-Odebrecht

Na planilha, Renan é “atleta”; Eduardo Paes, “nervosinho”; Sérgio Cabral, “próximus”.

A maior parte do material é formada por tabelas com menções a políticos e a partidos.

Várias dessas planilhas trazem nomes, cargos, partidos, valores recebidos e até apelidos atribuídos aos políticos.

Algumas tabelas parecem fazer menção a doações de campanha registradas no TSE. Há CNPJs e números de contas usadas pelos partidos em 2010, por exemplo.

Parte significativa da contabilidade se refere à campanha eleitoral de 2012, quando foram eleitos prefeitos e vereadores. As informações declaradas no SPCE (Sistema de Prestação de Contas Eleitorais, do TSE) desse ano não correspondem às dispostas nas tabelas. Na planilha acima, por exemplo, as siglas OTP e FOZ aparecem assinaladas ao lado de diversos candidatos, mas nem Odebrecht TransPort nem Odebrecht Ambiental (Foz do Brasil) realizaram doações registradas naquela eleição.

Em 2012, a Construtora Norberto Odebrecht doou R$ 25.490.000 para partidos e comitês de campanha e apenas R$50 mil para uma candidatura em particular –a de Luiz Marinho, candidato do PT à prefeitura de São Bernardo do Campo (SP).

Em 2014, a soma de doações da construtora foi de R$ 48.478.100, divididos entre candidaturas individuais e comitês dos partidos. Em 2010, o total foi de R$ 5,9 milhões, apenas para partidos e comitês de campanha.

APELIDOS
Eis alguns apelidos atribuídos aos políticos nos documentos da Odebrecht, vários com conteúdo derrogatório:
Jaques Wagner: Passivo
Eduardo Cunha: Carangueijo
Renan (Calheiros): Atleta
José Sarney: Escritor
Eduardo Paes: Nervosinho
Humberto Costa: Drácula
Lindbergh Farias: Lindinho
Manuela D’Ávila: Avião

print-1

O material da Odebrecht é farto em nomes da oposição

COPA E LEBLON
A papelada que serve de base para este post foi apreendida por 4 equipes da PF em 2 endereços ligados a Benedicto Barbosa Jr. no Rio de Janeiro nos bairros do Leblon e de Copacabana.

Além das tabelas, há dezenas de bilhetes manuscritos, comprovantes bancários e textos impressos. Alguns dos bilhetes fazem menção a obras públicas, como a Linha 3 do Metrô do Rio.

Um dos textos refere-se, de forma cifrada, às regras internas de funcionamento do cartel de empreiteiras da Lava Jato. O grupo é chamado de “Sport Club Unidos Venceremos”.

O juiz federal Sérgio Moro liberou ontem (22.mar.2016) o acesso ao material apreendido com outros alvos da Acarajé. São públicos os documentos apreendidos com Mônica Moura, mulher do publicitário João Santana, e com o doleiro Zwi Skornicki, entre outros.

ÍNTEGRA DOS DOCUMENTOS
Clique aqui para saber em qual documento e página cada político é mencionado. Depois, escolha o arquivo correspondente na lista abaixo:

Arquivo 1

Arquivo 2

Arquivo 3

Arquivo 4

Arquivo 5

Arquivo 6

Arquivo 7

Arquivo 8

Arquivo 9

Arquivo 10

Arquivo 11

Arquivo 12

OUTRO LADO
A Odebrecht foi procurada pelo Blog. Nesta 4ª (23.mar.2016), a assessoria da empreiteira enviou esta nota: “A empresa e seus integrantes têm prestado todo o auxílio às autoridades nas investigações em curso, colaborando com os esclarecimentos necessários”.

Todos os políticos citados, já procurados por causa de outras reportagens, negam ter recebido doações ilegais em suas campanhas.

Jorge da Autoescola bate o pé e direciona DEM para Kiko.

12108079_1162635050413578_3230873955407309924_n

Na tarde desta terça-feira (22), na Assembleia Legislativa de São Paulo uma ampla comitiva de políticos de Ribeirão Pires se reuniu com o deputado estadual Estevam Galvão, um dos caciques do partido “Democratas” DEM para tratar dos rumos do partido em Ribeirão Pires nas próximas eleições de 2016.

Ao que tudo indica o vereador Jorge da Auto Escola logrou êxito em seu pleito e confirmou apoio a candidatura do ex-prefeito de Rio Grande da Serra, Kiko Teixeira (PSB) e seu futuro vice de chapa, o atual vereador de Ribeirão Pires, Gabriel Roncon que recentemente migrou do PR para o PTB.

Em sua página pessoal no Facebook, Estevam Galvão sentencia: “Ribeirão Pires foi representada hoje em meu gabinete na ALESP pelo vereador Jorginho e amigos Sidney Paixão, Drº Laércio Lemos, vereador Gabriel, Celso, Beto e Edvandro, além do ex-prefeito de Rio Grande da Serra, Kiko. Estamos destinando recursos, através de emenda parlamentar, para aquisição de academia ao ar livre e aquisição de equipamentos para instituições sociais daquela cidade”.

Jorge da Autoescola, que orgulhosamente expõe afinação ideologicamente ao DEM desde os tempos do extinto Partido da Frente Liberal (PFL), durante a última sessão realizada na sessão da câmara de Ribeirão Pires, bradou da Tribuna indignado argumentando que a decisão do “Pedrinho” era isolada no berço municipal e que iria recorrer ao Estevam Galvão e cobrar posição.

A presidência do DEM até então, havia declarado apoio a tucana Professora Rosí de Marco, pré-candidata ao Paço Municipal.

Roriz e Arruda são condenados na Operação Caixa de Pandora.

images-cms-image-000482912

Os ex-governadores do Distrito Federal José Roberto Arruda e Joaquim Roriz, além de mais quatro pessoas, entre elas o ex-conselheiro do Tribunal de Contas do DF Domingos Lamoglia, foram condenados nesta segunda-feira, 22, por improbidade administrativa, na ação penal oriundo da Operação Caixa de Pandora, que também ficou conhecido como mensalão do DEM.

Os condenados perdem os direitos políticos por dez anos, terão que devolver juntos R$ 250 mil aos cofres públicos e pagar multa no valor de R$ 2 milhões.