Posts tagged with "Guto Volpi"

Ribeirão Pires: Prefeitura remove Cavalo de Ferro e o leva para o Pilar Velho.

Uma operação da prefeitura de Ribeirão Pires na manhã desta sexta-feira está causando intensos debates na cidade. A administração municipal removeu o famoso Cavalo de Ferro, exposto na Praça Manuel Velilla Suarez (próximo a ponte da Vila Suely) a pouco mais de 6 anos e o fixou no Bairro Pilar.

A obra foi encomendada ao artista plástico Rodrigo Bittencourt, pesa aproximadamente 6 toneladas, fazia parte do acervo do projeto Museu à Céu Aberto de Ribeirão Pires e tinha como objetivo a memória de tropeiros que no início do século XIX reuniam para assegurar mudança de tropas e continuar suas viagens ao planalto paulista com cargas de tropas e outros itens indispensáveis à época.

O artista plástico Rodrigo Bittencourt posando para foto sob o Cavalo de Ferro

O cavalo de Ferro era um grande ponto de referência para aqueles que chegavam ou passavam pela cidade.

Segundo o prefeito em exercício, Gabriel Roncon presente a remoção do “ginete”, “o Cavalo não consta do acervo municipal e a mudança de local atende a pedido do Clube de Cavaleiros de Ribeirão Pires que anualmente realizam uma festa na localidade e tem a autorização do Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Ribeirão Pires. Entendo que uma obra de arte não serve para ser apenas um ponto de referência. Ela deve ser observada e analisada não apenas uma referência”. Em um vídeo postagem nas redes sociais Roncon disse, “Essa obra de arte não combinava com a entrada da cidade, não ornava!”

Recentemente, conforme publicação oficial do Paço, o referido Conselho tinha a sua “1ª reunião do ano marcada para 20 de janeiro de 2018, por falta de quórum, e convoca a todos os membros titulares e suplentes nomeados pelo Decreto Municipal n.º 6.768, de 05 de outubro de 2017, para a 1ª Reunião Ordinária, a ser realizada no dia 29 de janeiro de 2018, às 16h00, em sua sede, localizada no Centro de Exposições e História Ricardo Nardelli, 2ª andar, sala I da Torre do Relógio, à Rua Miguel Prisco, 286, Centro, neste Município”.

Nota Oficial da Prefeitura

A obra “Cavalo” foi feita pelo artista plástico Lúcio Bittencourt, em homenagem ao Clube dos Cavaleiros de Ribeirão Pires, grupo responsável pela realização das cavalgadas, principalmente durante os eventos religiosos que acontecessem na Estância, como a tradicional Festa de Nossa Senhora do Pilar. Por isso, estamos deslocando esta importante obra de arte contemporânea para a Igreja do Pilar. A obra faz parte do acervo do Museu Aberto de Arte Contemporânea do município, sob o Patrimônio n° 43699, e promove a integração entre o patrimônio cultural material, por meio do contato com a arte e estética, e o patrimônio natural e paisagístico do município. Quem visita a Igreja do Pilar (importante ponto turístico de Ribeirão Pires) poderá, a partir de hoje, contemplar esta obra de perto. Administramos a cidade com carinho e muito respeito pela história, sempre buscando crescimento e fortalecimento do nosso potencial turístico.

Reações brotaram!

O ex-prefeito Clóvis Volpi demonstrou a sua desaprovação onde em texto fala do simbolismo da obra. Leia abaixo

“O CAVALO E A BANDEIRA

Que ironia!!!!!

Enquanto se tem a preocupação em remover o cavalo de ferro, escultura que fora fixada a entrada da cidade para relembrar que no início do século 19 era por ali que os cavaleiros se reuniam para assegurar mudança de tropas e continuar suas viagens ao planalto paulista, a bandeira brasileira no morro Sto. Antônio tremula esfarrapada como se não houvesse nenhum código de conduta de como se deve apresentar a bandeira brasileira. O Cavalo onde estava, servia ainda, para direcionar caminhos a seguir. Era um ponto de referência na cidade. A Bandeira, coitada, toda esfarrapada pede socorro. Quantas incoerências e ações desnecessárias. O que nos parece e que as esculturas serão o teleférico da administração Kiko/Gabriel.”

O ex-prefeito da cidade, Edinaldo de Menezes também se posicionou

“Juro que tentei não me manifestar!! Mas não dá!!!

O que esperar de uma Administração (Kiko/Gabriel Roncon) que na falta de apresentar melhorias para Ribeirão Pires, retiram da entrada da cidade a estátua do Cavalo (na foto sendo transportada). Meus filhos adoravam!!! E ainda usam como argumento o fato da obra de arte não “ornar” com o local. Ao invés de se preocuparem em melhorar a infraestrutura da cidade, se preocupam em mudar de local uma obra de arte que servia como referência para nossa Estância Turística. E agora, qual o próximo passo? Mudar o São José de local?! Falta do que mostrar!!!! Vamos trabalhar gente!!! Ribeirão Pires está andando para trás em passos largos, como galope de um cavalo!!”

Uma moradora do Pilar Velho analisou o benefício da mudança

“Já que o assunto é cavalo kkk Uma coisa nós moradores do Pilar Velho ficamos felizes … Pelo menos a prefeitura cortou o mato da escadaria do pilar por causa desse bendito cavalo. Estava com tanto mato que era impossível subir na missa aos domingos pela escadaria … Independentemente de onde o cavalo estiver, acho que isso não tem muita importância… Um bairro que só é lembrado no fim de abril na época da “festa” do pilar, pelo menos esse ano de 2018 será lembrado duas vezes rs”

Guto Volpi reúne jornalistas de Ribeirão Pires.

guto volpi

O pré-candidato a vereador, Guto Volpi, se reuniu com os profissionais dos veículos de comunicação da cidade para um bate-papo sobre Ribeirão Pires. Em ação inédita, Volpi decidiu ouvir os jornalistas para identificar a visão destes profissionais sobre a atual situação da cidade. “Decidi ouví-los, pois estes profissionais circulam pela cidade toda, ouvem e vêem as demandas da população e podem nos dar soluções práticas e eficazes”, explicou Volpi.

Cerca de dez profissionais participara do encontro e expuseram os problemas e possíveis soluções que enxergam para a cidade. O Jornal Repórter ABC e os demais profissionais parabenizam o pré-candidato pela iniciativa e agradece o convite.

Vereador de RGS declara apoio à pré-candidatura de Guto Volpi em Ribeirão Pires.

Claurício Bento (DEM) foi secretário adjunto da SEJEL, pasta administrada por Guto Volpi nos últimos anos da Gestão de Clóvis, e hoje é vereador em Rio Grande da Serra.

Claurício Bento (DEM) foi secretário adjunto da SEJEL, pasta administrada por Guto Volpi nos últimos anos da Gestão de Clóvis, e hoje é vereador em Rio Grande da Serra.

O vereador de Rio Grande da Serra, Claurício Bento (DEM), foi o mais bem votado na história de Rio Grande da Serra e hoje é o vereador mais atuante da região do Grande ABC. No início do mês, declarou apoio à pré-candidatura a vereador de Guto Volpi (PR), em Ribeirão Pires. Claurício foi secretário adjunto da SEJEL – Secretaria de Juventude, Esporte, Lazer, Cultura e Turismo de Ribeirão Pires quando a pasta era administrada por Guto Volpi.

“Tenho ótimas lembranças daquela época, aprendi muito trabalhando com o Volpi e com toda a equipe da SEJEL”, afirma o vereador da cidade vizinha. “Trouxe para Rio Grande da Serra muitas das experiências e projetos que criamos na SEJEL, quero que a população da minha cidade tenha acesso à todas as coisas boas que a SEJEL trouxe a Ribeirão Pires”, continua.

Para Volpi, este apoio é extremamente importante à sua pré-candidatura a vereador. “A SEJEL foi uma experiência única e nos deu visão do que é o trabalho público, e hoje consigo ter noção do que mais pode ser feito pela cidade, quais foram nossos erros e como corrigi-los, focando mais na necessidade dos munícipes”, explica Volpi. “Agradeço muito o apoio do Claurício, afinal trouxemos da SEJEL, além da experiência, uma amizade e parceria”, finaliza Volpi.

Guto Volpi recebe apoio de Ricardo Tripoli.

Em conversa realizada com o deputado federal Ricardo Tripoli (PSDB), Guto Volpi , pré-candidato a vereador em Ribeirão Pires, conseguiu apoio para projetos voltados à causa animal.

“Este assunto é pouco defendido politicamente no município e merece muita atenção, fui buscar apoio de quem já tem experiência e muitos projetos voltados ao assunto”, explica Volpi.
tripoli_guto

Desde o último dia 6, o deputado é o novo coordenador da Frente Parlamentar Ambientalista do Congresso Nacional. “Tripoli é um nome muito importante e com grande força em projetos de Defesa Animal, o que pode trazer avanços sobre o assunto para a cidade de Ribeirão Pires”, declara Guto Volpi. “O apoio dele é fundamental para que, ao entrar na Câmara de Vereadores, eu possa trazer novidades e projetos voltados à causa”, completa.

No encontro, o deputado Ricardo Tripoli apresentou proposta para a criação de um hospital público veterinário para cães e gatos e Ribeirão Pires. “O modelo de Centro de Zoonoses não funciona mais, o Hospital Veterinário gratuito, voltado ao atendimento de animais cujos donos possuem baixa renda, é a melhor opção”, explica.

A defesa da causa animal é um dos temas defendidos e trabalhados pelo pré-candidato Guto Volpi. “Ribeirão Pires não precisa de construções faraônicas, o vereador deve trabalhar para o bom funcionamento da cidade e buscar projetos que tragam um real desenvolvimento à Estância”, finaliza. Com informações de Amanda Sakumoto

Guto Volpi confirma pré-candidatura em Ribeirão Pires.

Degusta+º+úo Chocolate 2012 (228)

Luiz Gustavo Pinheiro Volpi, mais conhecido como Guto Volpi (PR), decide seguir os passos do pai, o ex-prefeito da Estância, Clóvis Volpi (PSDB) e confirma seu nome como pré-candidato à vereador em Ribeirão Pires.

Graduado e pós-graduado em Administração, pelo IMES, Guto Volpi (PR) colocou em prática suas habilidades político-administrativas quando foi secretário da SEJEL – Secretaria de Juventude, Esporte, Lazer, Cultura e Turismo de Ribeirão Pires, durante a última gestão de Clóvis Volpi (PSDB), que atualmente concorrerá ao Executivo de Mauá.

Na época, Guto Volpi transformou a SEJEL em uma marca na cidade. “Os funcionários tinham orgulho em vestir os uniformes da secretaria pois o trabalho era elogiado pela população”, afirma. “Fomos uma grande equipe, com foco e determinação, trabalhando pela cidade”, define.

Guto Volpi

Quanto à seguir os passos do pai, Guto Volpi define Clóvis como um “grande transformador” da cidade. “Eu consigo enxergar todos os acertos e todas as falhas do meu pai, faço as correções necessárias e vou dar continuidade a projetos que não foram finalizados, afinal tem muita coisa boa. Pretendo seguir o legado dele sim, acho isso importante”, afirma o pré-candidato.

Para Guto, uma mudança na Câmara de Vereadores é totalmente necessária nos dias de hoje, os protestos realizados pela população ribeirãopirense nos últimos tempos mostra a insatisfação que existe entre os eleitores. “A impressão que eu tenho hoje é que há falta de fiscalização”.

Um dos fatores que levaram a isso pode ser um pacto de governabilidade: os vereadores fazem bancada governista e permitem que a cidade seja administrada desse jeito. Eu vejo rejeição ao Legislativo por conta disso, porque todo progresso da cidade passa pelos vereadores, explica.

Guto Volpi deixou o PTB no fim de 2015 com mais outros 20 integrantes, hoje o pré-candidato integra a coligação (PR, PSDB e PHS) em que está à pré-candidata à prefeita Rosí de Marco (PSDB), ex-secretária de Educação na gestão Clóvis.