Arquivos de Tag: impeachment

Temer testa a saúde de sua base na votação da segunda denúncia.

A Câmara dos Deputados caminha nesta quarta-feira para barrar, pela segunda vez consecutiva, a abertura de um processo criminal contra o presidente Michel Temer (PMDB). Acusado pelo Ministério Público pelos crimes de obstrução de Justiça e formação de organização criminosa, Temer deverá ter ao menos 240

02 de agosto, “O Dia da Vergonha”. Deputados rejeitam denúncia contra Temer.

A Câmara dos Deputados rejeitou nesta quarta-feira (2) a denúncia da Procuradoria Geral da República contra o presidente Michel Temer por corrupção passiva. Com isso, a acusação contra Temer ficará parada no Supremo Tribunal Federal. Dos 70 deputados Federais de

Edson Fachin envia denúncia contra Temer direto para a Câmara.

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu na tarde desta quarta-feira (28) enviar diretamente para a Câmara dos Deputados a denúncia contra o presidente Michel Temer para que os parlamentares decidam se autorizam ou não o julgamento

Temer já pode ser cassado. Odebrechet delata R$ 21 milhões ao TSE.

O Tribunal Superior Eleitoral já tem elementos suficientes para tirar Michel Temer da presidência da República. Isso porque, em depoimento ao ministro Herman Benjamin, o ex-diretor da empreiteira, Alexandrino Alencar, disse que a chapa Dilma-Temer recebeu R$ 21 milhões em

Janaína Paschoal vira “inspetora de banheiros” na gestão Doria.

Coautora do pedido de impeachment de Dilma, professora da USP afirma que vai “trabalhar de graça” para a prefeitura de São Paulo. Advogada diz que vai inspecionar os banheiros do Ibirapuera e informar o novo prefeito sobre a situação deles

Dilma Rousseff perde o mandato de presidente da República, mas mantém direitos políticos.

Com informações da Agência Senado e 247Brasil, Imagens: fotospublicas.com Após seis dias de sessão e mais de 60 horas de trabalho, o Senado Federal decidiu nesta quarta-feira (31), por 61 votos a 20, condenar Dilma Rousseff e retirar o mandato

Sessão da Câmara que aprovou Impeachment de Dilma é anulada.

O presidente em exercício da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PMDB-MA), anulou nesta segunda-feira (9), a sessão que autorizou o impeachment na Casa, realizada no dia 17 de abril, um domingo. O parlamentar atendeu a um pedido da Advocacia-Geral da

Renan inicia tramitação do Impeachment no Senado.

O ofício com a autorização da Câmara dos Deputados para a abertura de processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff foi lido no plenário do Senado, cumprindo assim o primeiro passo do trâmite do impeachment na Casa. O presidente

Sob pressão, Cunha recua e votação do impeachment começará por deputados do Norte.

O presidente da Câmara dos Deputados, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), voltou atrás na decisão anunciada ontem (13) sobre a ordem de chamada de votação para o processo do impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Pressionado por aliados do governo, Cunha recuou e

A inacreditável ficha corrida do impeachment.

Os 65 deputados federais que integram a Comissão Especial do Impeachment votaram, nesta segunda-feira (11), o parecer que na última quarta (8) orientou a abertura do processo de afastamento contra a presidente Dilma Rousseff. No entanto, é preciso ressaltar que

Comissão aprova processo de cassação contra a presidente Dilma.

Como já era esperado tanto pelo governo quanto pela oposição, a maioria dos deputados membros da comissão especial do impeachment na Câmara votou nesta segunda-feira (11) a favor do parecer do relator Jovair Arantes (PTB-GO), que defende a abertura do

Jornalista Samuel Boss, joga ácido e analisa processo de impeachment.

O jornalista Samuel Boss, titular do satírico “Quarta Ordinária” desenha análise curiosa sobre o processo de impeachment em curso onde deputados federais debatem o destino da presidente Dilma Rousseff. Em seu post bem a seu estilo humor-ácido e inteligente, Boss diz:

Resistência ao golpe dá oxigênio ao governo Dilma.

A semana que começou com uma derrota para o governo, na terça-feira em que o PMDB anunciou o rompimento, termina com uma conjugação de fatos que avisam ao outro lado: O jogo ainda não acabou. As manifestações de ontem foram

Ruptura do PMDB com governo foi “uma burrada” de Temer, avaliam caciques.

Os menos de três minutos em que o Diretório Nacional do PMDB aprovou, por aclamação, e não por votos, a ruptura do partido com o governo federal podem ter um efeito negativo prolongado para o vice-presidente Michel Temer, principal articular

Oposição afirma ter 346 deputados pró-impeachment.

O coordenador do Movimento Parlamentar Pró-Impeachment, deputado federal André Moura (PSC/SE), reuniu-se com os demais líderes do grupo nesta quinta-feira (31) para contabilizar os votos a favor do impedimento da presidente Dilma Rousseff. Segundo ele, o mapeamento identificou 346 deputados

PMDB racha e três ministros continuam com o governo.

Três dos seis ministros do PMDB devem continuar no governo Dilma Rousseff. De todos, o único que já anunciou publicamente que não sairá do governo e não deixará o partido – o que confronta com a deliberação do diretório nacional –

Jornalista compara PMDB a “ariranha”.

O decano jornalista gaúcho radicado no oeste baiano – um dos maiores formadores de opinião e lido naquelas terras de algodão e soja – Carlos Alberto Sampaio redigiu em seu blog “OExpresso” uma curiosa comparação entre o PMDB e o mamífero aquático

Mesmo com PMDB, oposição não tem números para depor Dilma do governo.

O jornalista Rodrigo Vianna do Portal Forum, produziu texto intrigante que traça um horizonte com uma guerra psicológica que foi iniciada nesta terça-feira (29) com a saída do PMDB da base aliada e também do governo da presidente Dilma. Segundo

“Se Dilma cair Temer também cai”, diz Ciro Gomes

Em entrevista ao programa da jornalista Mariana Godoy, o político Ciro Gomes (PDT) afirmou que o vice-presidente Michel Temer (PMDB) não assumirá a Presidência da República “Não vai porque eu não vou deixar” disse Ciro Gomes. Aos 48 segundos do vídeo: “O capitão do golpe

Temer e Renan selam acordo para deixar o governo Dilma.

O vice-presidente Michel Temer e o presidente do Senado, Renan Calheiros, fecharam posição sobre o desembarque do governo Dilma Rousseff. O PMDB vai oficializar a saída nesta terça-feira (29), por aclamação. A tendência é que o partido aprove ainda o

Sem apoio de advogados e em meio a tumulto, OAB protocola novo pedido de impeachment na Câmara.

O Salão Verde da Câmara dos Deputados foi palco, na tarde de hoje (28), de manifestações contrárias e favoráveis ao impeachment da presidenta Dilma Rousseff, com troca de palavras de ordem envolvendo as duas partes. A mobilização foi motivada pelo

STF decide sobre rito de impeachment de Dilma.

Por 9 votos a 2, o Supremo Tribunal Federal (STF) manteve hoje (16) decisão da Corte que, em dezembro do ano passado, definiu as regras de tramitação do rito do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff que tramita na

Aécio e Alckmin são vaiados e chamados de ladrão em ato contra o governo na Paulista.

Dois presidenciáveis tucanos, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o governador Geraldo Alckmin, que esperavam ser aclamados pela população neste domingo, foram surpreendidos com a reação hostil dos manifestantes. Ambos foram recebidos com vaias, sendo chamados de corruptos e ladrões

Imprensa internacional ressalta frustração política nas manifestações.

O clima de frustração que leva centenas de milhares de brasileiros a protestarem contra o governo Dilma Rousseff neste domingo foi amplamente repercutido na imprensa internacional. Entre jornais, sites de revistas e redes de TV, um dos assuntos mais falados

Políticos de Ribeirão Pires presentes em protestos contra Dilma.

O ato da avenida paulista, apontado pelo Instituto Datafolha como a maior aglomeração de protesto da história de São Paulo contou com a presença de dois pré-candidatos a prefeito na cidade. A tucana professora Rosí de Marco, animada com recente

Sérgio Moro pede que seja ouvida a voz das ruas.

Num email enviado à jornalista Cristiana Lobo, da Globonews, o juiz Sergio Moro, que conduz a Operação Lava Jato, pediu que as forças políticas “ouçam a voz das ruas”. Ele sugeriu ainda que essas mesmas forças sejam capazes de cortar