Posts tagged with "influenza"

Rio Grande da Serra disponibiliza vacinação contra a gripe para toda a população

A vacina contra a Influenza (Gripe) já está liberada em todas as UBS – Unidades Básicas de Saúde – de Rio Grande da Serra para toda a população, dessa vez sem exclusividade para os grupos prioritários, dos quais 7411 pessoas foram imunizadas até o momento. A campanha de vacinação segue até se esgotarem os estoques das doses.

É muito importante que todos se vacinem, pois, apesar de a gripe geralmente ser uma condição passageira, em alguns casos pode causar graves complicações à saúde, podendo levar à morte. Pessoas com o sistema imunológico comprometido – seja pelo uso de remédios, pela condição de saúde ou pela própria idade – estão mais sujeitas às gravidades decorrentes da gripe.

A vacina desta campanha protege contra os três subtipos do vírus que mais circulam no Hemisfério Sul, incluindo o H1N1, principal responsável pelas mortes no Brasil.

Vacinação contra a influenza segue até 31 de maio em Ribeirão Pires

Até o final desse mês, a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Ribeirão Pires promove a Campanha de Vacinação contra a Influenza. De segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, todas as Unidades Básicas de Saúde e Unidades de Saúde da Família disponibilizam, gratuitamente, doses da vacina aos moradores que integram os grupos prioritários.

Desde o início da Campanha, no dia 10 de abril, até o presente momento, 18.710 pessoas foram imunizadas contra a influenza (53,99% da população-alvo). A meta é vacinar 90% dos moradores dos grupos prioritários – crianças (de seis meses a menores de seis anos), gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde, professores, povos indígenas, pessoas acima de 60 anos e portadores de doenças crônicas.

Objetivo da vacinação – Reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da influenza na população-alvo para a vacinação e atualizar a situação vacinal de crianças, gestantes e puérperas.

Unidades de Saúde:

UBS CENTRAL

Rua Dr. Virgilio Gola, 24 – Centro

UBS CENTRO ALTO

Rua Aurora, 61 – Centro Alto

USF GUANABARA

Rua Fermino G. Pereira, 398 – Vila Gomes

USF JD. LUSO

Rua Julio Prestes, 22 – Jardim Luso

USF JD. VALENTINA

Rua Francisco Tometich, 905 – Jardim Valentina

USF JD. CAÇULA

Rua Fagundes Varela, 08 – Jardim Caçula

USF OURO FINO

Rodovia Índio Tibiriçá s/n, ao lado 2753 – Centro – Ouro Fino Paulista

USF QUARTA DIVISÃO

Estrada do Sapopemba, 5000 – Quarta Divisão

UBS SANTA LUZIA

Rua Prof. Antonio Nunes, 551- Santa Luzia

USF VILA SUELI

Rua Antonio Zampol, 221 – Vila Sueli

Rio Grande vacina 651 pessoas no dia “D” contra a Influenza

No último sábado (4) aconteceu o Dia D da campanha de vacinação contra a Influenza (Gripe) em Rio Grande da Serra. Na ocasião, todas as Unidades Básicas de Saúde do Município estiveram abertas para a aplicação das vacinas nos grupos prioritários. Receberam a dose da vacina somente nesse dia 651 pessoas.
Foram registradas até o último sábado, incluindo os números do Dia D, 3608 vacinações no Município, sendo que 8.867 pessoas fazem parte dos grupos para quem a vacina é recomendada. 5.259 pessoas de Rio Grande da Serra ainda precisam ser vacinadas.
Os dados foram obtidos através de levantamento realizado pelo DATASUS, do Ministério da Saúde, junto à Secretária de Saúde de Rio Grande.
Campanha
Do dia 6 a 10 de maio também serão vacinadas as pessoas portadores de doenças crônicas (diabetes, hipertensão, entre outras), portadores de Síndrome de Down e outras trissomias.

Rio Grande inicia vacinação contra Influenza a grupos prioritários no dia 22 de abril

Na próxima segunda-feira (22 de abril), as UBS – Unidades Básicas de Saúde – de Rio Grande da Serra vão iniciar a segunda fase da vacinação contra Influenza (Gripe), desta vez para pessoas dos grupos considerados prioritários da campanha.

Na primeira fase, que se iniciou no dia 10 de abril e segue até o dia 18 de abril, estão sendo priorizadas crianças com idade de 6 meses até 6 anos (incompletos), grávidas em qualquer período gestacional e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto).

A partir do dia 22 de abril, todo o público-alvo da campanha vai ter direito à vacina. Além dos já mencionados, estão incluídos:

  • Trabalhadores da saúde
  • Povos indígenas
  • Idosos
  • Professores de escolas públicas e privadas
  • Pessoas com doenças crônicas ou imunidade baixa
  • Jovens sob medidas socioeducativas
  • Funcionários do sistema prisional
  • Pessoas privadas de liberdade

Ribeirão Pires: Casos confirmados de H1N1 somam 12.

H1N1

O novo levantamento, acompanhado pela Sala de Situação Regional do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, aponta 3 óbitos de moradores na cidade de Ribeirão Pires em decorrência da gripe influenza ‘A’ causada pelo vírus H1N1. O total de casos confirmados de gripe A atingiu 47, segundo dados dos municípios repassados ao Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE7), da Secretaria da Saúde do Estado.

No levantamento mais recente, que considera somente números relativos de residentes no ABCDMRR, São Bernardo do Campo totaliza 333 casos suspeitos de SRAG, seguido de Santo André (248), Diadema (111), Mauá (92), São Caetano do Sul (61), Ribeirão Pires (47) e Rio Grande da Serra (5).

Segundo o balanço, foram confirmados 99 casos de gripe A em São Bernardo, 62 em Santo André, 23 em Diadema, 21 em Mauá, 16 em São Caetano do Sul, 12 em Ribeirão Pires e um em Rio Grande da Serra. Os dados apontam 15 mortes em decorrência do Influenza ‘A’ (H1N1) em Santo André, 12 em São Bernardo, cinco em Diadema, cinco em Mauá, três em Ribeirão Pires, uma em Rio Grande da Serra e uma em São Caetano.

A Sala de Situação Regional que monitora os casos de gripe A/H1N1 tem a coordenação do Grupo de Trabalho Saúde do Consórcio.

Eduardo Nogueira pede atenção especial para Idosos e crianças no combate ao H1N1.

Eduardo Nogueira IPTU

Através de requerimento o vereador Eduardo Nogueira indicou ou executivo municipal atendimento especial aos Idosos e crianças assistidos em abrigos do município.

“Ambas as faixas etárias são as mais vulneráveis e suscetíveis ao Influenza H1N1 (gripe Suína), para tanto indico que seja feito atendimento e vacinação dentro do cronograma nacional nas unidades de abrigos infantis e de idosos de Ribeirão Pires por motivos de dificuldade de acessibilidade e locomoção”, argumentou o vereador Eduardo Nogueira.