Arquivos de Tag: Jhol Jhol

João diz que pode desistir de reeleição à presidência da Câmara

O atual presidente da Câmara de Vereadores de Rio Grande da Serra, vereador João Mineiro (PSDB), disse ao Repórter ABC que poderá desistir de disputar a sua reeleição no comando da Casa de Lei.

Segundo disse o parlamentar, a política é um ambiente que muito lhe agrada mas ao mesmo tempo que a função de chefe do legislativo lhe consome muito tempo e lhe impõe muitas responsabilidades.

“Estou a aproximadamente cinco meses do término de meu mandato como presidente. Durante a minha gestão, foram muitos os aprendizados e realizações. Ao final de 2016, pudemos devolver aos cofres da prefeitura R$ 567 mil frutos de uma gestão séria e comprometida com os recursos públicos. Quando assumi a presidência, cortei o ralo do desperdício, principalmente com o consumo de combustível para os veículos oficiais”, disse Mineiro.

Sobre o seu futuro político, João Mineiro disse estar avalizando as suas decisões pessoais.

Eu estou no meu terceiro mandato, e sempre aumentando a minha votação. Já sou um homem maduro e experiente na vida. Quero poder ter mais tempo para minha família e amigos. Ultimamente ando pensativo sobre muitas coisas e sinto que ainda é muito cedo para tomar decisões. No mais, continuo no meu mandato ao qual fui eleito até o fim.

No parlamento municipal, o vereador João Mineiro mantém boas relações com os demais parlamentares. Sempre receptivo e aberta ao diálogo. Caso João Mineiro confirme a sua disposição em não mais disputar uma recondução a presidência, um possível favorecido, talvez seja Bibinho, seu colega de partido, que por diversas vezes já declarou pré-candidato ao comando da Câmara municipal. Outros possíveis candidatos são: os estreantes Jonathan Rago (PSD) e Akira Ono (PSB) e também Benedito Araújo do PT.

Jhol Jhol lança oficialmente a sua pré-candidatura a deputado estadual

Levantando as bandeiras da saúde, educação e juventude, valorização do serviço público, renovação dos quadros políticos do Estado e aprimoramento do sistema de segurança pública estadual, o atual vereador de Rio Grande da Serra, Jonathan Amora Rago, popular Jhol Jhol, 35 anos, lançou a sua pré-candidatura a deputado estadual pelo PSD – Partido Social Democrático.

O pré-candidato, vem trabalhando em prol de suas ideologias e sempre buscando construir um ideal humanitário que sempre foque a região do ABC com um olhar mais amplo.

Ao se apresentar como opção, Jhol Jhol comentou que, “o eleitor quer mudança e renovação. É com essa perspectiva que me coloco a disposição do eleitorado. A proposta não é só mudar as pessoas, mas também a postura, acabando com o velho jeito de fazer política que, definitivamente, não contribui para o desenvolvimento de São Paulo e do ABC”.

 

​Em Convenção do PSD na última terça-feira (28), Jhol Jhol esteve com o presidente nacional Gilberto Kassab e correligionários no Centro de Convenções Barra Funda em São Paulo

​Para Jhol Jhol, um bom mandato na Assembleia Legislativa depende do conhecimento da exata noção das atribuições da função legislativa. “O mandato não pode ser do deputado, mas do povo. O objetivo de minha candidatura, não é fazer falsas promessas, mas sim, mover todas as minhas forças para elaborar políticas públicas e normas que colaborem para a efetiva melhoria das condições de vida das pessoas,” concluiu.

Akira confirma não participar do grupo político de Maranhão.

Pré-candidato a prefeito em Rio Grande da Serra, o vereador Akira Auriani (PSB) pode ter sinalizado a sua carreira solo e independência com relação ao atual grupo prefeito de Ribeirão Pires.

Nos bastidores, é forte o comentário e especulação de que Akira ao votar favorável ao parecer do Tribunal de Contas do Estado que pedia a rejeição das contas do prefeito Gabriel Maranhão foi ato político e demonstração de alinhamento ao atual prefeito de Ribeirão Pires e ex-mandatário de Rio Grande, Kiko Teixeira.

Analistas fazem a leitura de que, “voto contrário seria o do Benedito do PT, mas Akira pressionado a demonstrar fidelidade ao projeto de 2020 deveria votar contra o prefeito”.

Segundo ainda corre nos bastidores “Akira tem missão de articular com o PT e com o Claudinho da Geladeira que dependendo da situação de Lula e do resultado das eleições deste ano pode migrar de partido e compor uma aliança de oposição na cidade”.

Outra missão de Akira em Rio Grande é buscar insatisfeitos a atual gestão. Cléson e Guerra são alvos.

Há ainda aqueles que afirmam que Akira deu um tiro no próprio pé. Ao votar contrário as contas de Maranhão, Akira pode ter deixado de observar que existia uma imensa crise política acontecendo, e que o prefeito de Rio Grande da Serra após ser expulso do PSDB pode vir a ser seu companheiro de sigla e com isso passar a ter forte influencia no PSB.

No polêmico voto, Akira disse que apesar de não ver dolo nas contas de 2014, votava favorável ao parecer do TCE por motivos pessoais e por credo intimido de as coisas deveriam ser mudadas.

O mesmo critério não foi praticado quando o edil Akira votou favoravelmente ao direito dos vereadores receberem décimo terceiro salário.

Quanto às eleições de 2020, a certeza é que Maranhão terá candidato, mas que ainda não se sabe o nome. Outra certeza é que Kiko (PSB), em condição de ficha suja não poderá disputar reeleição e tem Akira e Ricardo Orsini como seus ungidos em Rio Grande da Serra.

Com praticamente dois anos e sete meses para as próximas eleições municipais, a Rio Grande da Serra tem um cenário político confuso e incerto. Gabriel Maranhão, segundo enquete realizada recentemente tem boa avaliação no quesito infraestrutura urbana em função das diversas intervenções que estão em curso na comuna. Por outro lado se esforça para melhorar o seu sistema de saúde redirecionando atendimentos para as UBS’s dos bairros.

No seio de sua base, há ao menos seis nomes potenciais que disputam  seu apoio. Bem ao estilo ‘Correntes Internas’, Claurício, Jhol Jhol, Helenice, professora Marilza, João Mineiro e os irmãos Mendonça se esforçam em busca de espaço político e visibilidade.

As eleições para o comando do parlamento municipal no final do ano, logo após as eleições nacionais que serão realizadas em outubro trarão um novo desenho, uma nova conjuntura. Isso é certo!

Nota de repúdio: O blog Caso de Política repudia a ameaça de morte contra jornalista.

O blog Caso de Política vem manifestar publicamente o seu profundo repúdio à ameaça de morte em que sofreu o jornalista Rogério Júnior do site RP de Fato na madrugada desta sexta-feira (13), através de um perfil do Facebook.

Para o blog Caso de Política, a ameaça se constituir em crime grave contra a liberdade individual e ao direito da informação. Episódios como esse representam um atentado à vida humana, ao jornalismo, ao direito de informar, de receber informação e à sociedade como um todo.

Casos como estes não são raros, assim como já foi registrado por este veículo. Ver aqui e aqui

Portanto, o blog Caso de Política vem se solidarizar com o colega Rogério Júnior e reafirmar publicamente a defesa incondicional do direito à informação livre, comprometendo-se sempre em envidar esforços contra este e qualquer outro tipo de violência.

 

Luís Carlos Nunes

Blog Caso de Política

Jhol Jhol admite ser dono de página que denegria Maranhão em período eleitoral.

Um fato lastimável ocorreu durante a sessão na Câmara de vereadores de Rio Grande da Serra nesta quarta-feira (12).

O vereador Jonathan Rago (PSD), popular Jhol Jhol, no uso da Tribuna, visivelmente contrariado com proposta apresentada pelo vereador Clauricio Bento (DEM) que pretende criar no município o dia do jornalista e dos profissionais de imprensa, visivelmente desequilibrado, disparou duras palavras contra representantes da imprensa.

Jhol Jhol, antecipando o seu voto, por se sentir perseguido e se colocando na condição de vítima de Fake News (notícia falsa) por parte de jornalistas que  disse que não votaria favorável ao projeto e que não apoiaria politicagem apresentando emenda de R$ 250 mil enviada pelo deputado Federal Goulart e que também foi o autor de solicitação de emenda de mais de R$ 1 milhão de reais na cidade.

O vereador Clauricio Bento, ocupou a tribuna ao mesmo tempo em que o presidente da Casa João Mineiro solicitou para que Jhol Jhol, na condição de vice-presidente assumisse a condução da sessão. O que foi feito.

Clauricio iniciou sua fala lamentando a postura de Jhol Jhol. E apresentou versão sobre a origem da emenda de mais de R$ 1 milhão que está sendo utilizada para serviços em vielas do município.

“Lamentável, uma fala de um jovem vereador neste sentido! Lamentável um vereador se apropriar de uma verba de R$ 1 milhão que foi assinado na legislatura passada e esse vereador nem estava aqui e ele fala que foi mandado a ele!”

Jhol Jhol sem o menor trato parlamentar, tentou interromper a fala do orador

“Eu tenho documento”, disse o presidente em exercício.

Cobrando respeito e com o dedo em ‘riste’, Clauricio disse: “Eu quero que o senhor não me interrompa”.

A discussão se instalou com falas de ambos os lados.

Jhol Jhol foi chamado de burro ao demonstrar desconhecimento do regimento interno ao não apresentar o tempo previsto a que tem direito um parlamentar na tribuna. Ele ainda aos gritos exaltava a sua condição de presidente tentando impor censura a fala de Clauricio.

No debate acalorado, Jhol Jhol assumiu a titularidade da página do Facebook “Boca no Trombone” que durante todo o período eleitoral de 2016, anonimamente disseminou duros ataques ao prefeito Gabriel Maranhão.

O tema “fake news” é objeto de intensos debates no meio acadêmico e jurídico nacional e está sendo tratado com muito afinco no Tribunal Superior Eleitoral na busca de coibir e criminalizar os práticas de veiculação de notícias falsas nas redes sociais.

Acompanhe abaixo o episódio

Jonathan Rago lança pré-candidatura para Prefeito de Rio Grande da Serra.

O vereador Jonathan Rago (PSD), popular Jhol Jhol, lançou neste domingo (25), a sua pré-candidatura a prefeito de Rio Grande da Serra.

Em sua página pessoal no Facebook, o parlamentar disse:

“Estou lançando a pré-candidatura a Prefeito a pedido de uma grande massa da população da cidade, pois em trabalho corpo a corpo sentimos a necessidade de uma nova opção para pleitear o Executivo da cidade com uma visão ousada e sem medo de represálias”.

Segundo informou Jhol Jhol ao blog Caso de Política, “uma reunião foi realizada no sábado (24), onde aliados e populares defenderam o seu nome”.

“Terei o maior prazer em combater os contras que tentam de alguma forma atrapalhar seu trabalho, e agregar com os que forem em favoráveis”.

Com o anúncio, Jhol Jhol que no parlamento municipal ocupa o posto de vice-presidente, é o terceiro vereador da cidade a confirmar publicamente o desejo em pleitear a cadeira de prefeito em Rio Grande da Serra nas eleições municipais de 2020.

Além de Jhol, o presidente da Casa de Leis João Mineiro (PSDB) se colocou a disposição e também Clauricio Bento (DEM) que disputa para ser o candidato indicado pelo Paço com as bênçãos do atual prefeito Gabriel Maranhão. Outro nome, é Benedito Araújo (PT).

Vereador Jhol Jhol participa de sessão solene em Ribeirão Pires.

O vereador Jonathan Rago (PSD), popular Johol Jhol, esteve na última quinta-feira (15) na cidade de Ribeirão Pires. O vereador na oportunidade fez visita ao secretário Municipal de Segurança, Coronel José Luiz Navarro, onde buscou informações sobre os trabalhos na área de segurança e sobre a atuação da Guarda Civil Metropolitana (GCM).

Ainda na agenda, o edil participou de sessão solene em homenagem a Força de Segurança local, que diante de diversas ações empreendidas, ganhou notoriedade nacional.

Convidado a se sentar pelo presidente da Casa de Leis de Ribeirão Pires, Rubão Fernandes (PSD), junto aos vereadores da cidade, Jhol Jhol usou da palavra ao visitante.

Jhol Jhol, falou sobre a sua expectativa para a implantação da GCM em Rio Grande da Serra e lembrou dos esforços de seu mandato com os vereadores Clauricio Bento e Maciel da Padaria que garantiram recursos financeiros para a construção da 1ª Base da Guarda que será implantada em Rio Grande da Serra.

Veja abaixo o vídeo.

Rio Grande da Serra: Vereadores conquistam recursos com o deputado Estevam para construção da base da Guarda Municipal.

Foi assinado nesta quarta-feira (17) na sede da secretaria Estadual de Planejamento uma emenda parlamentar no valor de R$ 150 mil para a construção da primeira Base da Guarda Municipal de Rio Grande da Serra. Os recursos garantirão a estrutura necessária para que os guardas, agentes de trânsito e defesa civil atuem na cidade.

O pedido partiu dos vereadores Claurício Bento, Jonathan Amora, Ricardo Akira e Maciel da Padaria que não se fez presente, mas de forma efetiva contribui para esta conquista. O prefeito Gabriel Fernandes, que esteve presente para assinar o convênio na Secretaria Estadual de Planejamento, agradeceu o deputado por mais este investimento: “O deputado Estevam Galvão sempre foi um grande parceiro da nossa cidade. Este investimento marcará o início do trabalho da guarda municipal em Rio Grande da Serra”, disse.

Em 30 de novembro de 2017, a Câmara Municipal aprovou o projeto de lei nº 046/2017 de autoria do Executivo Municipal que cria a Guarda Municipal. “É um marco para a população, não contamos ainda com este serviço. Mais uma vez o deputado Estevam nos ajuda a avançar e garantir mais segurança e qualidade de vida para os moradores”, afirmou o vereador Claurício.

Na avaliação do vereador Akira Auriani a emenda parlamentar concedida pelo deputado Estevam Galvão vai de encontro aos anseios da população que cobra maior efetividade no setor da segurança pública. “Essa demanda é muito importante para a população e foi apontada no início do meu mandato através do projeto Fala Rio Grande. O deputado Estevam é um forte aliado de Rio Grande da Serra, sempre contribuindo nos pleitos e solicitações”, disse o edil.

Presente no ato de assinatura, o vereador Jhol Jhol comemora os R$ 150 mil reais conquistados através da emenda. “A criação da guarda municipal é uma reivindicação da população. Com certeza esses recursos em muito ajudaram ao município. Espero que o quanto antes a guarda já esteja em operação e realizando patrulhamento no perímetro da cidade”, argumentou o parlamentar.

Os recursos deverão ser disponibilizados ainda neste mês, permitindo que a Prefeitura realize o processo licitatório e dê início às obras. “Estamos sempre à disposição para trabalhar por Rio Grande da Serra e região”, garantiu o deputado Estevam Galvão.