Arquivos de Tag: Renato Foresto

Candidatos a prefeito comparecem as urnas.

votobanana
O candidato pelo PSL, Carlos Sacomani (Banana) compareceu nas primeiras horas da abertura de sua seção eleitoral na Escola Leico Akaishi no Roncon. Animado com sua campanha, espera obter boa votação nesse pleito.

votorenato

Ainda no período da manhã, o candidato Renato Foresto votou por volta das 10 horas no Colégio Felício Laurito. Acompanhado por seu vice de Chapa e do candidato a vereador Felipe Magalhães o candidato questionou a quantidade de material de campanha dentro do espaço da escola.

votogrecco

O candidato pelo PRB, Luiz Carlos Grecco votou na ETE Maria Cristina Medeiros, no Jardim Alvorada acompanhado de familiares e de seu vice Charles D’Orto, o candidato demonstrava otimismo.

dedeDedé da Folha compareceu na Escola Felício Laurito por volta das 12 horas acompanhado pela esposa Adriana, sua vice de chapa Rosi e por seu coordenador de campanha, Cezar de Carvalho. Momentos após efetuar o seu voto, Dedé, confiante exibiu um “V” de vitória.

cezarPor ironia do destino, eis que o cardeal do tucanato municipal, Cezar de Carvalho, tem como número de sua seção eleitoral o “013”. Segundo Cezar isso é uma curiosa contradição que o acompanha desde a década de 80 do século passado. “Essa é a minha seção! O fato dela coincidir com o número de legenda de um dos principais adversários do meu partido já me rendeu no passado e ainda hoje, uma charge em jornal regional. Mas levo na esportiva e brinco com o fato, disse Carvalho.

Renato Foresto lança desafio: “antes de votar, pesquisem na internet e não votem em quem tem processo na justiça”.

_dsc2066

O vereador Renato Foresto (PT), candidato ao cargo de prefeito de Ribeirão Pires, lançou um desafio aos eleitores de Ribeirão Pires.

“Sou um candidato que desde que assume o cargo de vereador nunca aceitei nenhum cargo ou mesmo aceitei algum benefício próprio. Peço a todos os eleitores que pesquisem o nome dos candidatos na internet pra ver quem tem processo na justiça. O meu eu garanto que não vão encontrar nada”.

Segundo ainda o candidato, a sua luta e compromisso é com o povo.

“Meu compromisso é com uma cidade mais justa, fraterna, desenvolvida e participativa. Ribeirão Pires vem sendo governada por um projeto que não leva em conta a essência de uma cidade: as pessoas que nela vivem. Indignados com a falta de compromisso com a população, queremos construir um novo projeto, que só terá legitimidade se houver a participação de todos os cidadãos e cidadãs na condução dos rumos da cidade”, disse o candidato.

Renato disse ainda que seu plano de governo foi elaborado com a participação popular e que conta com o apoio para realizar as mudanças necessárias na cidade.

“Construímos um programa de governo participativo, com a população das 15 regiões da cidade. Nesses encontros foram apontados os principais problemas dos bairros e da cidade e foram elencadas propostas para suas soluções. Do mesmo modo que foi construído, também será implantado de forma participativa nos quatro anos de meu mandato, norteando os caminhos que o município deverá trilhar o comprometimento com a mudança. Agora conto com o seu apoio, de sua família, colegas, amigos e parentes para que possamos juntos, construir uma cidade urbanisticamente agradável, economicamente sustentável e socialmente mais justa, que ofereça qualidade de vida para todos e todas”, concluiu.

Leo, Renato Foresto, Drª Rosana e Dedé da Folha são destaques no debate.

cats

Propostas, equilíbrio e objetividade  foram a marca dos candidatos

Renato Foresto (PT), Drª Rosana (REDE), Dedé da Folha (PPS) e Leo (PMB) foram os candidatos que melhor se posicionaram durante o debate ocorrido nesta quinta-feira (22) no Clube Kaikan. Com ideias claras e afinação ideológicas com seus programas de governo, discursaram e debateram os termas propostos com equilíbrio e respeito devido aos seus adversários não deixando o foco do debate de ideias.

Leia a versão digital do Repórter ABC | 10ª edição.

Clique na imagem abaixo e leia a versão digital do Jornal Repórter ABC

rabc10600

Eleições em Ribeirão Pires: baixaria nas redes sociais já é alvo de críticas.

fake

Em Ribeirão Pires a disputa eleitoral deste ano está mais voltada para o embate virtual do que a discussão de propostas. Soldados virtuais se voltam para criticar uns ao outro, e as propostas que os candidatos têm para o município ficam em último lugar. Essa pseudo “guerra cibernética” é clara e já vem sendo alvo de rejeição por parte dos eleitores que estão sempre conectados nas redes sociais.

Já foram alvos de “trolagem” e ataques o candidato a prefeito Renato Foresto (PT) que viu seu nome na mira de Fake’s (falso em inglês), que tramavam estratégia para denegrir a sua imagem. Dedé da Folha (PPS), também não foi poupado quando sobre uma possível desistência do candidato Saulo Benevides viu inclusive o presidente de uma agremiação compartilhar por mais de 60 vezes nas redes sociais de que Saulo apoiaria sua candidatura, fato amplamente negado por Dedé. O prefeito Saulo Benevides também entrou numa insana “metralhadora giratória” em seu desfafor com charges, vídeos…

Num caso mais recente, um vídeo cita o candidato Kiko do PSB e seu vice, Gabriel Roncon. O material com edição profissional e voz “macabra” expõe o nome de apoiadores de suas candidaturas como verdadeiros mal feitores e um suposto fatiamento de um possível governo. Boletim de Ocorrência foi registrado e representação foi feita junto ao Ministério público para possível apuração dos responsáveis.

Não é de hoje que ouvimos de alguns eleitores que esse nível de discussão política não agrada, pois ela não soma em nada e o principal foco que é o que os candidatos vão fazer caso sejam eleitos fica de fora da discussão.

A reforma política realizada ano passado trouxe algumas modificações nas leis eleitorais, e uma delas é que cada candidato principalmente ao executivo envie suas propostas de campanha ou plano de governo ao TSE, isso é muito importante, pois se o seu candidato não fala em plano de governo ou não diz o que pretende fazer, pode ter certeza que ao votar nele você estará assinando um cheque em branco, para ele fazer o que quiser. Espera-se que o debate seja feito com bases sólidas, tudo documentado para que não paire dúvidas até mesmo porque as eleições passam e o cidadão fica! Por tanto nada de brigas, baixo nível ou ofensas pessoais.

Aqui não faremos juízo de valor e tão pouco puxar a braza para a sardinha de ninguém. Mas conceitos e ânimos de muitos precisam ser revistos! O que se qualifica como situações negativas, o eleitor encara como baixaria. De certa forma, essas discussões são muito importantes para esse momento de eleições, pois o eleitor se informa sobre os candidatos disponíveis ao pleito seu passado e o que ele já fez ou deixou de fazer. Se tivermos apenas campanha positiva de todo candidato, na prática, a eleição se consagrará como uma apresentação de candidatos que ficarão ilesos aos ataques”. Mas há limites, difundir informação sem base documental ou legal é crime. A falta de um programa de governo ou a falta da discussão do que se pretende fazer faz parte da velha política no Brasil e políticos que estão fora desse quadro, mostram-se alinhado em um novo jeito de administrar as cidades. Povo bem informado é povo poderoso! Luís Carlos Nunes.

Renato Foresto lança Plano de governo.

_dsc2066 Na última terça-feira (13) o candidato a prefeito Renato Foresto (PT) apresentou o Plano de Governo para a cidade de Ribeirão Pires juntamente com Drº Cláudio – vice. O evento aconteceu na Associação Cultural Nipo Brasileira de Ribeirão Pires – KAIKAN e contou com a presença de lideranças políticas, autoridades civis, candidatos a vereador pela Coligação “Aliança com o povo de ribeirão”, além da população em geral.

Renato Foresto explicou que a base de seu Plano de Governo fundamenta-se nas necessidades da comunidade local, estando em constantes atualizações. O eleitor tem acesso ao conteúdo que está disponibilizado no site do Tribunal Regional Eleitoral no Divulgacand 2016 e também nas redes sociais, além de ganhar uma versão impressa resumida.

“Durante o período pré-eleitoral reuniões temáticas foram realizadas nos diversos bairros da cidade para desenvolver o conteúdo juntamente com especialistas em cada assunto e a comunidade. Isso mostra que essas propostas nasceram da necessidade da população. Muito já foi feito, a base está pronta, e agora é o momento de seguirmos avançando nessas ações”, disse Renato.

_dsc2074

Entre os temas: saúde, educação, trânsito, mobilidade, Turismo, cultura, esporte, gestão pública, segurança e funcionalismo. Nenhuma área deixou de ser contemplada. “Nosso plano é integrar a cidade, contemplar o cidadão em todos os aspectos. Eu e o Drº Cláudio vamos governar para todos. Assim aprendemos que deve ser e assim vamos fazer”, frisou.

Ao final, militantes e simpatizantes, atônitos prometiam empenho em busca do voto para eleger o candidato.

Candidatos ao Paço de Ribeirão Pires apresentam propostas e troca de farpas em debate organizado pela UJS.

_dsc1868

O debate organizado pela União da Juventude Socialista (UJS) com os candidatos à prefeitura da cidade Leo (PMB), Lima (PSTU), Renato Foresto (PT), Luiz Carlos Grecco (PRB), Drª Rosana Figueiredo (REDE), Kiko Teixeira (PSB) e Dedé da Folha (PPS), pelas expectativas, foi morno em relação a ataques, mas marcado pela significativa presença de propostas. Eleitores previamente inscritos tiveram a oportunidade de acompanhar o evento no auditório do Ribeirão Pires Futebol clube e também via internet com transmissão ao vivo. Foram registradas as ausências dos candidatos Saulo Benevides e Carlos Sacomani.

O debate dividido em 5 blocos teve como mediador o jornalista Raphael Ventura. Em todos os blocos, utilizando o critério do sorteio, primeiro foram feitas perguntas de candidato para candidato, no segundo representantes da imprensa fizeram perguntas de tema livre, no terceiro foi permitido questionamento livre entre candidatos previamente sorteados. Já no quarto bloco, munícipes fizeram perguntas e no ultimo bloco foi aberto para as considerações finais.

cats Surpreenderam os candidatos Renato Foresto (PT), Leo (PMB) e Luiz Carlos Grecco (PRB) que de maneira objetiva expuseram destaques de seus planos de governo argumentando e contra-argumentando seus projetos. Merece também destaque a candidata da Rede, Drª Rosana Figueiredo que apresentou sua proposta da “Cidade Colaborativa” e atenção ao ciclismo e reforma administrativa. O candidato Lima, utilizou de todos os seus espaços para contestar todos os candidatos sem mencionar de maneira clara o seu plano de Governo.

Trocando farpas

_dsc1904

De maneira previsível e esperada, a troca de farpas e ataques foi protagonizada entre os candidatos Kiko Teixeira (PSB) e Dedé da Folha (PPS). Se por um lado Dedé da Folha apontava deficiências de Kiko quando administrou a vizinha cidade de Rio Grande da Serra e também escândalos de possíveis desvios de verba na área da saúde, a exemplo de denúncia formulada pelo Ministério Público, onde Kiko é denunciado por desvio de R$ 45 milhões, Kiko por sua vez tentava se esquivar dos fatos incontestáveis tentando impingir em seu adversário, adjetivos e desqualificações. Kiko após infringir o regulamento do Debate, foi advertido verbalmente pela organização do evento para que não mais mencionasse de forma depreciativa, nomes ou pessoas que não participem da disputa eleitoral. Ainda nas considerações finais, Dedé da Folha lembrou da polêmica fala onde Kiko afirma a existência da represa Billings no bairro de Ouro Fino.

_dsc1969

Ainda que bem organizado, durante os Debates, foi registrado manifestação acintosa em favor de um candidato, integrantes de grupos adversários se manifestaram alegando de que integrantes da UJS estavam se posicionando favoráveis a candidaturas e que isso não deveria acontecer. Após conversas acaloradas os ânimos se acalmaram.

A UJS está de parabéns pela organização do Debate democrático que possibilitou a população acompanhar e avaliar os candidatos a prefeito de ribeirão Pires. Luís Carlos Nunes

UJS de Ribeirão organiza debate com candidatos a prefeito.

debate

Acontece nesta sexta-feira (09), um debate com os candidatos a prefeito de Ribeirão Pires organizado pela União da Juventude Socialista (UJS).

O evento será o primeiro debate com os candidatos do município. Segundo os organizadores, “o debate quer propiciar o crescimento e respeito à democracia dando oportunidade para todos os postulantes da cidade exporem suas propostas e ideias”.

Foi ainda informado que “foram convidados todos os participantes da eleição majoritária, sendo eles: Kiko Teixeira (PSB), Renato Foresto (PT), Luiz Carlos Grecco (PRB), Leo Moura (PMB), Saulo Benevides (PMDB), Carlos Sacomani (PSL), Dedé da Folha (PPS), Rosana Figueiredo (REDE) e José Cantídio de Lima (PSTU)”.

O evento acontecerá no auditório do Ribeirão Pires Futebol Clube e terá como mediado, o jornalista Rafael Ventura. Convite foi estendido a toda a mídia local e será transmitido ao vivo no grupo Pensar Ribeirão Pires, no Facebook.

O debate será aberto ao público que adquiriram antecipadamente convites. Perguntas e questionamentos serão recepcionados até momentos antes do debate.

Para maiores informações: (11) 97382-1493 – Thyene de Lima ou (11) 97741-0117 – Mateus Paulino ou pela página de relacionamentos da UJS Ribeirão Pires no Facebook.

Kiko despenca e Dedé da Folha empata. Grecco e Saulo seguem logo atrás, aponta pesquisa.

Sem Título-1

Pesquisa divulgada pelo DGABC Pesquisa nesta sexta-feira (02 de setembro), aponta empate técnico entre o ex-prefeito de Rio Grande da Serra, Kiko Teixeira (PSB) e o ex-vice prefeito de Ribeirão Pires, Dedé da Folha (PPS).

estimulada

Com margem de erro de 5 pontos percentuais para mais ou para menos, no quesito estimulado que é quando os nomes dos candidatos são apresentados aos entrevistados, Kiko Teixeira (PSB) aparece com 16% das intenções de voto seguido de perto por Dedé da Folha (PPS) com 12% da preferência.

Ainda no mesmo quesito, na terceira colocação da preferência do eleitorado – e não distante dos líderes, aparece o ex-prefeito Luiz Carlos Grecco (PRB) apontado por 10,5% dos entrevistados. Na quarta colocação, aparece o atual prefeito Saulo Benevides do PMDB com 8,3%.

A candidata do PMB e atual vice-prefeita, Leo foi citada por 2,8%, Carlos Sacomani (PSL), Renato Foresto (PT) e Drª Rosana (REDE) obtiveram 2 pontos percentuais cada um. Lima do PSTU tem a preferência de 0,3% do eleitorado de Ribeirão Pires.espontânea

Quando questionados, de maneira espontânea que é quando o eleitor cita a sua preferência por candidato, houve novo empate técnico, e dessa vez menor. Kiko do PSB foi lembrado por 8,5% do eleitorado e Dedé da Folha (PPS), encostado tem a preferência de 6,5%. Saulo Benevides (PMDB) e Luiz Carlos Grecco (PRB) dividem a terceira colocação com 5,3%, Renato Foresto (PT) e Leo (PMB) empatam na quarta colocação com 1,3%cada. Carlos Sacomani do PSL foi lembrado por 1% do eleitorado, Drª Rosana da Rede, 0,80% e Lima do PSTU não pontuou.

Rejeição

No cenário da rejeição, o prefeito Saulo Benevides (PMDB) teve substancial redução se comparada com levantamento anterior, Saulo aparece neste novo cenário com 47,5%. Kiko (PSB) é o segundo nome mais rejeitado, aparecendo com 10%.

Dedé da Folha (PPS) obteve 3,8%, Luiz Carlos Grecco (PRB), 3,5%, Renato Foresto (PT), 2,5%, Drª Rosana (REDE) 1,5%, Carlos Sacomani (PSL) e Lima (PSTU com 1%.

Os que não souberam responder somam 9,6%, rejeição a todos são 10,8% e os que não votariam em nenhum candidato 8%.

O levantamento ouviu 400 pessoas em Ribeirão Pires na quarta-feira, 31 de agosto. O estudo está registrado no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo nº 07115/2016.

Candidatos de Ribeirão cumprem agenda de campanha.

Os candidatos a prefeito de Ribeirão Pires deram o ponta pé inicial de suas campanhas rumo ao Paço Municipal.

14102379_1579063269057140_8998153182068546814_n

Kiko – O candidato Kiko Teixeira realizou na manhã do domingo (21) um “adesivaso” e o lançamento do comitê oficial de sua campanha.

13599824_1596078024056361_5391882358254807383_n

Rosana Figueiredo – A candidata a prefeita pela Rede Sustentabilidade, Rosana Figueiredo concentrou suas atividades no Sábado (20) no Camping, onde acompanhou as obras paralisadas no espaço público. Segundo a candidata é preciso uma resposta a sociedade e a devolução do espaço de lazer a população.

saulo

Saulo Benevides – O atual prefeito e candidato a reeleição Saulo Benevides fez na noite da última sexta-feira o lançamento oficial de sua candidatura com a presença de expressivo numero de pessoas e candidatos de sua coligação no Ribeirão Pires Futebol Clube.

renato

Renato Foresto – O candidato Renato Foresto e seu vice Dr. Cláudio cumpriram agenda na manhã do sábado no Jardim Caçula com carro de som. No período da tarde, compareceu em ato de lançamento da campanha do candidato a vereador Felipe Magalhães. No domingo (21), Renato Foresto participou de contou com a presença de aproximadamente quatrocentas pessoas.

dede

Dedé da Folha – O candidato do PPS, Dedé da Folha fez corpo-a-corpo junto ao eleitorado. Na sexta-feira, acompanhado de sua vice, Professora Rosí, participou de diversas reuniões organizadas por candidatos a vereador. No sábado (20), Dedé da Folha percorreu diversos bairros da cidade a exemplo do Jardim Alvorada, vila Suissa, Jardim Luso. No domingo percorreu o Jardim Ribeirão Pires, Roncon, Região da UPA da santa Luzia, feira do Jardim Bertoldo, Ouro Fino Paulista.

14055113_291374624553201_1359960837014076795_n

Luiz Carlos Grecco – O candidato do PRB, acompanhado de seu vice Charles D’orto, concentrou sua campanha em reuniões com grupos fechados e em visitas a bairros e na feira livre do Jardim Bertoldo.

Os candidatos Leo Moura (PMB), Lima (PSTU), Carlos Sacomani (PSL) não divulgaram suas agendas até o fechamento desta publicação.

atualizado em 22 de agosto de 2016 às 14:11

Com início do período eleitoral, Kiko e Lair são os únicos que apresentam fragilidade jurídica.

kikolair

Os candidatos a prefeito de Ribeirão Pires reúnem alguns fatores pró e contra suas candidaturas. Abaixo, o Repórter ABC, apresenta esses pontos que para que nossos leitores conheçam e reflitam sobre a situação daqueles que em 1º de janeiro poderão ser empossados como prefeito da cidade.

7Kiko Teixeira (PSB) – Em relação ao Candidato do PSB, Kiko Teixeira, político experiente que já exerceu mandato como vereador e também como prefeito por duas vezes na cidade de Rio Grande da Serra, o mesmo está envolto em grande polêmica sobre o seu domicílio eleitoral que atualmente encontra-se em investigação a pedido do Ministério Público. Pesa também contra Kiko, o processo nº 0119752-26.2008.8.26.0053 no Supremo Tribunal Federal (STF) onde Kiko pode ser condenado por crimes cometidos enquanto exercia a presidência do legislativo de Rio grande da Serra. Kiko obteve garantia de registro de candidatura graças a decisão monocrática do Ministro Edson Facchin. O referido processo aguarda agendamento para julgamento pelos 11 juízes do STF causando homérica fragilidade jurídica em sua candidatura.

2Renato Foresto (PT) – Vereador de primeiro mandato, tem exercido desde a sua a posse, forte oposição ao atual governo municipal. Articulado e inteligente, no parlamento de Ribeirão Pires tem sido forte voz na luta pela transparência. É dele o requerimento de abertura da Comissão Especial de Inquérito (CEI) que pretende apurar possíveis irregularidades no setor da saúde. Filiado ao Partido dos Trabalhadores, tem boa avaliação pessoal, restando-lhe durante esse pleito eleitoral se sobressair e apresentar projetos e personalidade que se oponham ao cenário desfavorável a seu partido em âmbito nacional.

8Dedé da Folha (PPS) – Edinaldo de Menezes, também conhecido por Dedé da Folha, foi vereador por Ribeirão Pires e vice-prefeito. Fez graduação em Letras, Jornalismo e pós-graduado em Gestão de Cidades. Enquanto exercia presidência da Câmara de vereadores sofreu processo administrativo sendo condenado a inegibilidade pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Em 25 de julho de 2016 após recurso, foi reconhecido o erro cometido e o direito político foi reconhecido para a disputa desse ano. Sem ter feito pré-campanha, Dedé da Folha tem a seu desfavor a desconhecimento por parte do eleitorado sobre a sua candidatura.

5Lima (PSTU) – José Cantídio de Sousa Lima está se candidatando ao cargo de prefeito na cidade de Ribeirão Pires. Lima é declarado candidato de esquerda de linha ideológica socialista. Defensor do estado como indutor, prega estatização dos meios de produção, saúde e educação. Seu partido tido como nanico, nunca elegeu candidatos a nenhum cargo público. Seu objetivo principal nessas eleições é ampliar diálogo com a população com o discurso do proletariado e da participação popular nos rumos da cidade.

1Saulo Benevides (PMDB) – Atual prefeito da cidade, é tido como bom articulador político. Foi vereador por cinco mandatos. Seu governo passa por grave crise financeira e administrativa. Com uma série de obras inacabados a exemplo do Teleférico e da avenida Brasil, entre todos os candidatos é o que apresenta maior rejeição. Com grande número de candidatos ao Paço, o candidato a reeleição Saulo Benevides aposta numa recondução ao posto de mandatário do município.

3Rosana Figueiredo (REDE) – Servidora pública na cidade, advogada de profissão, Rosana Figueiredo nunca concorreu a cargo eletivo. Tem como principal proposta o “Cidade Colaborativa que segundo planeja, a administração e o cidadão atuarão colaborativamente no problema e na solução, no planejamento e na gestão. O projeto se baseia na transparência e na participação popular gerando controle. Para a candidata esse projeto “Cidade Colaborativa” não se trata de objeto de poder pelo poder, mas um projeto da cidade para a cidade. Pesa ao desfavor de Rosana a falta de visibilidade e o desconhecimento de seu nome.

6Leo Moura (PMB) – Atual vice-prefeita de Ribeirão Pires, acumulou cargo na atual gestão como secretaria de Educação. Atuante na área da saúde e inclusão também foi dirigente da APRAESPI. Pesa sobre Leo, a dificuldade de interlocução com segmentos sociais e também o fato de sua companheira de chapa, Lair Moura figurar na lista de fichas sujas do Tribunal de contas do Estado de São Paulo. Segundo posicionamento do TCE, a decisão é irrecorrível e caso não consigam liminar, a vice deverá ser substituída.

4Luiz Carlos Grecco (PRB) – Ex-prefeito de Ribeirão Pires por duas vezes, sendo que na década de 80 renunciou para ser candidato a deputado estadual a pedido de Paulo Maluf. Tem a seu favor um grande apego por parte do funcionalismo público. Segundo corre no meio político, Grecco apresenta propostas que não se adequam a atualidade. Outro ponto desfavorável é a sua pouca inserção em meio a juventude.

9Carlos Sacomani (PSL) – Carlos Alberto Sacomani está se candidatando ao cargo de prefeito na cidade de Ribeirão Pires pelo PSL. Conhecido como Banana, é empresário do ramo alimentício, recentemente teve uma de suas empresas envolvidas em escândalo de merenda escolar. Ainda que tenha concorrido em licitação e vencido, a sua empresa não possuía autorização para fornecer alguns tipos de gêneros alimentícios ficando impedido de prestar os serviços para a prefeitura de Ribeirão Pires. Com pouca penetração social, levar o seu nome a parcela significativa do eleitorado é fundamental.

 

Renato Foresto cobra CEI da saúde e diz que desvio pode ser maior que os 45 milhões de Rio Grande da Serra da época de Kiko.

Na primeira sessão da câmara de vereadores, realizada nesta terça-feira, 02 de agosto, após o fim do recesso parlamentar, o vereador Renato Foresto fez um duro pronunciamento cobrando a instalação da CEI.

Segundo Foresto, autor do requerimento que pretende investigar possíveis desvios em verbas para a saúde, é preciso que se apure responsabilidades.

kiko

“Precisamos passar Ribeirão Pires a limpo e não podemos admitir esse descaso com a saúde! Em Rio Grande da Serra, o ex-prefeito Kiko e atual candidato a prefeito aqui na cidade está com seus bens indisponíveis por determinação da justiça. Se for condenado será obrigado a devolver R$ 45 milhões aos cofres públicos”.

Renato Foresto, em sua fala referiu-se ao processo movido pela justiça estadual que acusa Kiko Teixeira de dano aos cofres públicos e superfaturamento. Segundo a denúncia formulada pelo Ministério Público (MP), as fraudes cometidas por Kiko geraram prejuízo de R$ 45 milhões com consequente má qualidades de serviços em saúde para a população.

O processo encontra-se no Foro Distrital de Rio Grande da Serra desde 2010, época em que foi decretado indisponibilidade de bens dos envolvidos, mas, a partir de 2014, o caso retornou à pauta efetivamente com a chegada da juíza Juliana Moraes Corregiari Bei.

“Existem muitas similaridades dos problemas da saúde de Ribeirão Pires com o de Rio grande da Serra e isso precisa ser apurado. Defendo que cada centavo do dinheiro público seja aplicado, não abrimos mão disso”, concluiu o vereador.

PT de Ribeirão Pires define Renato Foresto candidato ao Paço.

78b3f490-d861-4ade-913a-e569dd689c3d

Aconteceu na tarde deste sábado (30), a convenção municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) que indicou como seu candidato a prefeito o atual vereador, Renato Foresto.

Na mesma convenção, o PT de Ribeirão Pires apresentou sua chapa composta por 26 candidatos a vereadores, assinando o termo de compromisso com as regras exigidas pelo partido.

O nome do vice que deverá compor a chapa majoritária será apresentado até o dia 5 de agosto, data limite conforme estabelece a legislação eleitoral.

1d3dfa4e-81ac-4f3b-b7a5-89bf49da199d

De acordo com o presidente do PT, Zé Ceará “a partir desta convenção, fica definido os candidatos que estarão disputando pelo PT. Sairemos ‘chapa pura’ e a nossa aliança é com o povo que saberá entender através de nossas propostas, que temos um projeto coletivo em favor da população, do desenvolvimento social e econômico”, disse.

Renato Foresto agradeceu o apoio filiado e militante do PT. “Quero agradecer a todos que estão do lado bem nesse momento de profunda crise que passa Ribeirão Pires e o país. Minha atuação na Câmara de vereadores sempre foi pautada pela justiça e pelo direito da classe trabalhadores. Fiz forte oposição a este governo que aí está nunca deixando me abater por pressões ou calunias. Meu nome é Renato Foresto e luto pela ética na política. Tenho certeza de que se pesquisaram a vida de todos os candidatos a prefeito, o meu nome terá destaque porque tenho um passado limpo e de muito trabalho e seriedade. Vamos juntos para o bom combate em favor dos mais necessitados, e com a ajuda de Deus sairemos vitoriosos pelo bem de nossa Ribeirão Pires. Ainda que queiram falar da gente, eles temem e respeitam o PT, porque sabem que nas ruas a nossa militância é competente e saber fazer o corpo-a-corpo”, falou.

Renato Foresto poderá ser candidato com chapa “sangue puro”.

renato foresto

Após articulação onde abriu ao de ser cabeça de chapa e sendo vice de Dedé da Folha (PPS) que fechou dobradinha com a tucana Rosí de Marco o candidato pelo PT, Renato Foresto poderá sair candidato ao Paço Municipal com chapa pura nas eleições de outubro próximo.

Em suas tratativas com o popular socialista, Foresto apresentou condição de que PSDB e DEM não participassem.

Dentro do PT, há corrente política que defende a disputa do pleito, e após a decisão formalizada de Dedé e Rosí, petista já se reúnem internamente para a escolha de um nome para a pré-candidatura a vice-prefeito. Entre os possíveis, estão os nomes de duas mulheres, sendo: Suzy Miranda e Neusa Nakano, ambas são ex- integrantes de primeiro escalão do governo de da ex-prefeita Maria Inês Soares.

Contatado, Renato Foresto disse estar decepcionado com a falta de polidez por parte de Dedé que nem ao menos deu retorno sobre sua proposta.

“Sempre tive boa relação com ele! Eu esperava que no mínimo o Dedé me ligasse comunicando a inviabilidade de uma aliança”, queixou-se.

O pré-candidato petista disse que está mantida a sua pré-candidatura e que a mesma. “Não me interessa disputar uma eleição para ser apenas mais um, para simplesmente tornar novo aquilo já conhecemos. Quero debater propostas com a sociedade e construir um projeto de mudança. Meu compromisso é de romper com os grupos econômicos que negociam, diariamente, os rumos de nossa cidade e dos cidadãos. Basta! Para tanto convoco desde já todos aqueles que sofrem nessa cidade com os descasos dessa administração para juntos rumarmos por uma cidade democrática, participativa, que invista na saúde, na educação, na mobilidade urbana, segurança e que crie políticas públicas para todos. Sou Renato Foresto, cidadão ribeirãopirense que acredita na boa política, na honestidade e no trabalho. Conto com o apoio de todos os cidadãos que acreditam na mudança para que a força do povo coloque Ribeirão Pires novamente nos trilhos do desenvolvimento”, disse Renato Foresto a nossa reportagem.

Pesquisa mostra elevado número de indecisos em Ribeirão Pires.

cats

Pesquisa eleitoral divulgada em 14 de junho revela alto número de indecisos quando o assunto é o nome do próximo prefeito da cidade. Levantamento feito pelo Instituto Perfil Pesquisas de Opinião Publica e Consultoria Ltda ME, sob encomenda pela Data News Brasil Opinião Pesquisa e Consultoria LTDA, entrevistou entre os dias 09 e 10 de junho 600 pessoas as quais deram a sua opinião.

1

No levantamento de opinião pública, ainda que não houvesse um quadro de pré-candidatos ao Paço com seus respectivos postulantes a vice e a ausência de alguns nomes que 73% do eleitorado de Ribeirão Pires não souberam informar em quem votar nas próximas eleições.

Kiko Teixeira (PSB), sendo o único a época com nome para vice, apareceu com 15%, seguido pelo atual prefeito Saulo Benevides (PMDB), com 4%. O ex-prefeito de Ribeirão Pires, Luiz Carlos Grecco (PRB) foi lembrado por 3% dos entrevistados. Charles D’orto (PTC), Renato Foresto (PT) e Rosí de Marco (PSDB) tiveram 1% das indicações cada um. Outros nomes somaram juntos 2% das respostas espontâneas.

3

Em outro questionário, quando nomes de pré-candidatos são apresentados aos entrevistados (estimulada), Kiko Teixeira (PSB) foi lembrado por 26% dos questionados.

Rosí de Marco (PSDB) 14%, Dedé da Folha (PPS) 10%, Saulo Benevides (PMDB) e Charles D’orto (PTC) 7%, Lair da APAE 6%, Renato Foresto 5% e Luiz Carlos Grecco 3%. Indecisos somaram 22%.

2

No quesito rejeição (estimulada), o prefeito Saulo Benevides liderou com 30%. As menores rejeições ficaram com Rosí de Marco (PSDB) e o vereador Renato Foresto (PT), com 2 e 3% respectivamente. Dedé da Folha e Luiz Carlos Grecco tiveram 9% cada um.

4

Questionados “Se o atual prefeito se candidatar para reeleição, 79% dos entrevistados responderam que não votariam, 12% sim e 9% não.

Das 600 pessoas ouvidas acima de 16 anos, 37,7% são da região do Centro e Centro Alto, 15,9% do Jardim aliança, 11,9% do Bairro Santa Luzia, 11,9% Ouro Fino, 9,9% Bosque Santana, 7,3% Quarta Divisão e 5,3% Represa.

Vale ressaltar que desde a realização do levantamento de Opinião Publica muita coisa aconteceu m Ribeirão Pires, onde nomes não confirmados foram apresentados, alianças foram seladas, grupos e indivíduos retiraram apoios e com o período de Convenções partidárias a pleno vapor, surpresas poderão acontecer com movimentações de siglas na tão conhecida e temida “dança das cadeiras”.

O levantamento apontou margem de erro de 4,00% para mais ou para menos. A mesma foi registrada sob o número SP05385/2016.

Renato Foresto poderá ser confirmado candidato a prefeito no sábado (30/07).

_DSC9208

Acontecerá no próximo sábado (30), na sede do PT, avenida Francisco Monteiro, 2104 a partir das 13hs. convenção municipal partidária que deverá homologar o nome de Renato Foresto a prefeito de Ribeirão Pires.

Renato Foresto é um dos mais atuantes vereadores da cidade e forte oposicionista ao governo do atual prefeito Saulo Benevides. Em seu mandato, aprovou projetos importantes para a cidade como a lei que obriga os bancos a investirem em itens de segurança nas agências.

É de sua autoria o pedido de criação de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para investigar a falta de médicos e medicamentos da UPA e UBS’s.

Além disso, Renato Foresto foi um dos vereadores que estimulou um grande debate sobre a doação de um terreno público que abriga uma escola municipal, uma biblioteca e a Fábrica de Sal, construção do século XIX, a um empreendimento comercial.

“É um erro histórico trocar a educação, cultura e um patrimônio da cidade por um shopping. Não sou contra o empreendimento. Tenho certeza que o empresário tem recursos para comprar uma área privada para montar seu negócio”, avalia.

Foresto vem construindo seu Programa de Governo de forma colaborativa. “Ferramentas como o orçamento participativo e os investimentos nas áreas sociais e nas políticas de desenvolvimento sustentável são necessárias para recolocar Ribeirão Pires no caminho certo”, concluiu.

Justiça julga improcedente a denúncia de Renato Foresto.

_DSC9020

O juiz de Direito, Walter de Oliveira Junior em decisão proferida julgou improcedente a denúncia crime feita pelo vereador Renato Foresto que acusou João Vitor Dias de tê-lo denegrido em sua honra, lhe atribuindo a pecha de corrupto, divulgando foto montagem na sua rede social Facebook, em página de discussão visitada por mais de 13.500 pessoas.

No Processo Digital nº: 1001818-85.2015.8.26.0505 o magistrado proferiu:

“…Há que se atentar, outrossim, que outras pessoas cadastradas na “Comunidade Virtual” do facebook “Pensar Ribeirão Pires” também fizeram menção à conduta do querelante… CRÍTICAS CONTRA ADMINISTRADOR PÚBLICO. AUSÊNCIA DO ELEMENTO SUBJETIVO A ENSEJAR CRIMES CONTRA A HONRA. CRÍTICAS ÁCIDAS MAS DESPIDAS DE DOLO NÃO GERAM DIREITO A INDENIZAÇÃO OU PROCEDIMENTO PENAL. RECURSO IMPRÓVIDO. TJSP – APELAÇÃO

Ante o exposto, julgo IMPROCEDENTE a ação penal e o faço para ABSOLVER o querelado João Victor Dias das imputações contidas na queixa-crime, o que faço com fundamento no art. 386, III, do Código de Processo Penal”.

Da decisão cabe recurso.

Veja abaixo a íntegra da decisão

“Não há motivo suficiente para a abertura da CEI”, diz José Nelson.

 _DSC9360

Durante sessão extraordinária convocada para acontecer no Teatro Municipal Euclides Menato nesta sexta-feira (03), em entrevista coletiva a imprensa, o presidente da Casa de Leis José Nelson de Barros disse não encontrar elementos suficientes para a abertura de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI).

_DSC9366

José Nelson durante coletiva de imprensa

“Não posso fazer da Câmara um palanque eleitoral! Como todos sabem, entre os vereadores, existem dois que concorrem a cargo majoritário nas próximas eleições.  Tenho conversado com o prefeito e acredito que devemos esperar por mais 30 dias uma vez que alguns problemas como 20% de gratificação para médicos, reposição do estoque de medicamentos já estão sendo repostos”, disse o presidente.

_DSC9206Contrapondo-se a postura de José Nelson, o autor do requerimento de abertura da CEI, vereador Renato Foresto (PT) criticou a postura do presidente da Casa. “Na reunião com os jovens ele falou que simplesmente não ia abrir a CEI”, relatou.

Estudantes ocupam Câmara de Ribeirão Pires e cobram abertura de CEI da saúde.

_DSC9066

Alunos prometem ficar na Câmara até que CPI da Saúde seja aberta

Um grupo de jovens estudantes ligados a União da Juventude Socialista (UJS) ocuparam na tarde desta terça-feira (31), a Câmara de Ribeirão Pires como forma de protesto e reivindicação de instalação de uma CEI (Comissão Especial de Inquérito) para investigar supostos desvios na gestão da Saúde no município.

Por volta das 16h30, quando o presidente em exercício, Jorge da Auto Escola (DEM), suspendeu a sessão após se sentir ofendido com xigamentos, os jovens adentraram na sala de sessões munidos de instrumentos de percussão.

“Só sairemos daqui depois de instalada a comissão de investigação”, diziam.

A Polícia Militar e a Guarda Municipal, onde a Capitão Graziela Bazili, articulou comissão de negociação junto aos estudantes para diálogo com o presidente da Casa de Leis, vereador José Nelson de Barros.

_DSC9122

Um debate acalorado marcou o encontro entre as partes na sala da presidência José Nelson afirmou que não nomeara os integrantes da CEI.

“Não vou fazer do plenário da Câmara um palanque eleitoral. Estamos amparados pela lei orgânica municipal e também pelo regimento interno da casa. A abertura de uma CEI as vésperas de uma eleição é ato político e em nada ajudará o município. Inclusive o Ministério Público já se pronunciou sobre o caso e só iremos mudar nossa posição por força de lei e imposição da justiça”, argumentou.

Participaram também das negociações, os vereadores: Jorge da Auto Escola (DEM) e Renato Foresto (PT).

_DSC9117

Cumprindo papel institucional, a Câmara de vereadores deu entrada no período da noite em pedido de reintegração de Posse, que deverá ser expedida ou não pelo poder judiciário. Não houve tentativa de retirada dos manifestantes grupo, formado por cerca de 15 manifestantes. A abertura da CPI da Saúde chegou a ser aprovada na Câmara de Ribeirão Pires em setembro do ano passado, mas até agora está apenas no papel.

_DSC9125

Os jovens pernoitaram no plenário da Câmara conforme mostra a imagem.

Câmara de Ribeirão Pires sedia sessão solene pelo Dia Municipal de Combate a Homofobia.

DSC_0222     O Grupo de Apoio a Diversidade (GAD), realizou na noite da última terça-feira (24), na Câmara de Vereadores de Ribeirão Pires, sessão solene em comemoração ao Dia Municipal de Combate a Homofobia. No evento, foram homenageados artistas, personalidades, militantes, autoridades militares e da polícia judiciária, veículos de comunicação que de alguma forma contribuíram com o movimento GLBT da região.

DSC_0322

“Foi uma noite perfeita. Com a presença de pessoas livres de preconceitos e de discriminações, que lutam e fazem dessa luta o seu dia-a-dia. Pudemos realizar uma sessão solene onde prevaleceu a igualdade”, comemorou o coordenador da entidade, Wagner Lima.

DSC_0239

A sessão solene contou com as ilustres presenças do ex-senador da República, Eduardo Suplicy, da vice-prefeita de Ribeirão Pires, Leonice Moura e foi presidida pela vereadora Berê do Posto.

Segundo o autor da lei nº 5.824/2014 que instituiu o Dia Municipal de Combate a Homofobia, vereador Eduardo Nogueira, ‘a data serve para a reflexão de que não há diferenças entre pessoas, independentemente de seus credos, ideologias e opção sexual’.

DSC_0307

“Quando propus a lei na câmara pensamos em atender a um segmento social organizado na cidade que muitas vezes é discriminada. Na nossa atualidade não cabe mais o preconceito. Os GLBT’s são pessoas inseridas nos mais diversos setores produtivos e sociais. Quero com essa minha pequena contribuição, proporcionar condições de aproximação das pessoas com mais tolerância, respeito e compreensão”, disse.

DSC_0484

O momento mais esperado foi o discurso de Eduardo Suplicy, que com sua maneira simples e didática, – sob um silêncio ensurdecedor – deu testemunhos de respeito à pessoa humana e solicitação de amor aos seus semelhantes indiscriminadamente.

DSC_0495

Suplicy interpretou – à capela – o clássico do Hip-Hop “Um homem na estrada” dos Racionais MC’s e ainda prestou homenagem ao cantor Bob Dylan pela passagem de seus 75 anos.

Pista de Skate: Saulo perde verba estadual, constrói com recursos próprios e adia inauguração.

_DSC9003

Após o anúncio previsto para o próximo dia 28 de maio, a prefeitura adiou a reinauguração da reforma e ampliação da pista de Skate localizada na  avenida Francisco Monteiro, altura do nº 700.

Segundo informações do vereador Renato Foresto (PT), o prefeito Saulo Benevides (PMDB) deixou de receber R$ 90.000,00 (noventa mil reais), fruto de indicação parlamentar.

13256418_814620075349046_6177160957511985623_n

“Esse desgoverno a cada dia mais nos surpreende. Dessa vez, sob minha solicitação a deputada estadual Ana do Carmo, o prefeito deixou de receber R$ 90.000,00 (noventa mil reais) que seriam utilizados para a reforma e ampliação da pista de Skate. Fico muito triste em saber que o serviços está sendo executado com recursos dos cofres municipais”, disse Foresto.

Segundo ainda informou o edil ‘a prefeitura em resposta a um requerimento de informações de sua autoria confirmou o descaso com os cidadãos de Ribeirão Pires.

“Na minuta resposta a prefeitura disse que os valores orçados para a reforma e ampliação são de R$ 146.938,12 (cento e quarenta e seis mil, novecentos e trinta e oito reais e doze centavos). Um verdadeiro escândalo e desrespeito com o dinheiro público se levarmos em conta de que a governo do estado de São Paulo em 31 de março de 2016 encaminhou ofício ao executivo informando a necessidade para a celebração do convênio um novo plano de trabalho com datas e valores atualizados”, esclareceu.

Renato Foresto informou ainda que já entrou em contato com a deputada Ana do Carmo e com o governo do estado para que destine os recursos para uma pista existente em Ouro Fino Paulista.

“Em momento de crise é inaceitável esse descompromisso do executivo municipal. Além desses R$ 90.000,00 (noventa mil reais), a prefeitura também deixou de receber R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais) do governo federal, valor que daria para montar um centro de diagnósticos com a aquisição de um aparelho de ultrassonografia”, concluiu.

Ribeirão Pires: CEI da Saúde tem novo capítulo polêmico.


_DSC8419

O tema Comissão Especial de Inquérito (CEI) novamente teve destaque na sessão da Câmara de vereadores realizada nesta terça-feira (18).

Da Tribuna Popular com discurso apaixonado , a jovem Raíssa Braga, líder do União da Juventude Socialista (UJS) de Ribeirão Pires, cobrou a abertura da comissão para apurar irregularidades no setor.

 _DSC8759 “A saúde está caótica e somente um processo de investigação pode por fim aos desmandos desse prefeito. Sem não houver a instalação (da CEI), vai haver ocupação”, disse Raíssa.

Cobrado, o presidente da Casa de Leis, o vereador José Nelson de Barros apresentou ofício convite para que o Ministério Público (MP) envie representante para prestar esclarecimentos à sociedade.

“Quero informar a todos que estamos convidando o MP para se posicionar aqui na Câmara acerca de fatos relatados. De minha parte estou respeitando o pronunciamento assinado pelo promotor de justiça que em documento oficial alega não haver provas de que a saúde não vai bem”.

O documento em questão foi em resposta a representação formulada pelo vereador Renato Foresto, onde o mesmo aponta irregularidades na Pasta da Saúde onde nos dias 02 e 03 de abril a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) estaria sem médicos para prestar atendimento à população, o que teria gerado grandes transtornos aos que eventualmente precisassem de auxílio médico.

No despacho o representante do MP diz: “Não se vislumbra por ora, qualquer irregularidade praticada no tocante ao declinado na representação. É cedido que problemas ocorrem, e o município solucionou da melhor maneira possível, sem gerar prejuízo a atendimentos de urgência e emergência, não se justificando responsabilização por questões que não foram gerados pelos administradores. Diante de tais fatos, indefiro a representação. Intime-se o representado para que, querendo, recorra ao Egrégio Conselho Superior do Ministério Público”.

_DSC8422Para o vereador Renato Foresto “a postura do MP é absurda uma vez que não se digna em apurar o assunto que é recorrente na imprensa local e regional e que tem grande apelo feito por parte da população que sofre na pele com os maus serviços prestados”.

Segundo informou o vereador José Nelson ‘o assunto já extrapolou a competência da Câmara’.

1986_jose nelson“Não podemos nunca, e em momento algum agir precipitadamente. Respeito às leis e jamais tomarei decisão onde até a justiça estadual já se posicionou sobre o assunto. Na verdade sempre agi com responsabilidade e não vou ceder à pressão política. Num passado recente, quando se tentou abrir investigação semelhante contra o governo da ex-prefeita Maria Inês do PT eu votei contrário dando meu voto de minerva. Hoje há grande pressão de todos os lados, mas nada está perdido! Enviei convite ao MP para que o órgão envie representante que preste esclarecimentos aqui na Câmara. Por outro lado, o processo pode ser enviado pelos interessados a instância superior e caso seja decidido pela justiça determine que a investigação deva ser feita por Comissão, não fugirei da obrigação legal de instalar a CEI”, disse o presidente.

Mauro Coelho participa de jantar em apoio a sua pré-candidatura a vereador.

 _DSC8674

Aproximadamente 300 pessoas participaram de um jantar organizado por amigos e apoiadores do pré-candidato a vereador Mauro Coelho (PT) em Ribeirão Pires. O evento aconteceu na noite desta sexta-feira (13) na Churrascaria Monteiro’s Grill.

_DSC8576

Além dos convidados que arcaram com os custos de 20 reais por pessoa, estiveram presentes diversas lideranças regionais entre vereadores, assessores parlamentares, representantes de oito sindicatos de trabalhadores.

O pré-candidato Mauro Coelho disputou as eleições no ano de 2012, alcançando a 2ª suplência com 403 votos.

_DSC8678

Mauro Coelho tem 48 anos, casado, 2 filhos, é diretor do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil (CONSTRUMOB).

Ribeirão Pires: Oposição obstrui pauta e impõe derrota ao governo.

_DSC8419

Após meses de embate, questionamentos, audiência pública e adiamento de votações, os vereadores de oposição comemoram a impossibilidade de doação da antiga Fábrica de Sal para iniciativa privada por parte do governo municipal.

Um dos principais projetos do governo Saulo Benevides – doação da área que compreende a antiga Fábrica de Sal, escola infantil e biblioteca pública – deverá ser arquivado por força de lei uma vez que o artigo 73 da Lei 9.504/97 proíbe concessão de bens públicos seis meses antes de eleições.

Junto com a concessão do espaço da Fábrica de Sal que encontrava-se obstruída por processo de Tombamento em curso pelo CONDEPHAAT, também deverão ser arquivadas outros dois projetos de iniciativa do executivo: doação de área para construção de Crematório para humanos e também o que concede espaço público para a Associação Brasileira de Apoio ao Índio e ao Meio Ambiente (ABRAIMA) para a construção da antiga aldeia indígena Piquery.

Compõe o grupo de oposição, os vereadores: Renato Foresto (PT), Eduardo Nogueira (SD), Diva do Posto (PR), Professor Flávio Gomes (PPS), Gabriel Roncon (PTB), Berê do Posto (PMN) e Rubão Fernandes (PSD).

Não é de hoje que percebe-se o enfraquecimento galopante por falta de combustível no rolo compressor do governo. Saulo que já teve esmagadora maioria no parlamento não soube conduzir o processo político por erros primários. Nos bastidores, é sabido que há grande descontentamento entre os vereadores que questionados por suas bases ante a inércia do executivo, passam a tensionar a corda por mais coerência e respeito. O momento é dos mais delicados! Caso não haja um olhar diferente, certamente este governo tende a cair sem corda no buraco em que deixou crescer por deixar de te-lo pavimentado. Luís Carlos Nunes

Vereadores podem obstruir pauta de votação até abertura da CEI da Saúde.

camararp

Os vereadores de Ribeirão Pires, podem travar a pauta dessa próxima sessão da Câmara caso a Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Saúde não seja instalada.

A CEI aprovada por todos os 17 vereadores no final de 2015, tem por objetivo investigar possíveis irregularidades no sistema de saúde no município onde o setor passa por gravíssima crise administrativa e de atendimento.

Nas redes sociais, grupos de cidadãos e militantes organizam movimento para acompanhar a sessão desta segunda-feira (25) como forma de pressionar pela abertura da comissão.

Caso a maioria dos vereadores firmem disposição de obstruir a pauta, o governo do prefeito Saulo Benevides deixará de ter apreciadas importantes pautas de seu governo.

Os vereadores que se destacam pela abertura imediata da CEI são: Diva do Posto (PR), Eduardo Nogueira (SD), Renato Foresto (PT), Professor Flávio Gomes (PPS), Rubão Fernandes (PSD) e Berê do Posto (PMN).

Protesto contra descaso na Saúde de Ribeirão Pires acontece na próxima sexta-feira (15).

manifestação

Uma manifestação contra os maus serviços de saúde prestados pela prefeitura, está marcado para esta sexta-feira, dia 08 de abril em frente à Pista de Skate as 18 horas.

A falta de remédios, exames e profissionais são as reivindicações dos munícipes que se queixam da gestão municipal.

O movimento ganhou força após o vereador Renato Foresto ter registrado Boletim de Ocorrência e apresentado denuncia junto ao Ministério Público após nesse ultimo fim de semana a UPA do Bairro Santa Luzia ter sido fechada por falta de médico.

“É inadmissível a única Unidade de pronto Atendimento 24 horas não ter médicos. Estamos vivendo um estado de guerra. Em setembro de 2015 fiz o pedido de abertura de CEI – Comissão Especial de Inquérito da Saúde, depois de muita luta e da pressão da imprensa foi aprovado por todos os vereadores, mas, infelizmente até agora não teve andamento. Por que não investigar? Por que não apontar os responsáveis pelo caos na Saúde? Depois do chamado que recebi no final de semana, constatei a falta de médico na UPA, fiz um Boletim de Ocorrência, não posso compactuar com esse descaso, vidas estão em jogo, inclusive a minha e da minha família”, disse Foresto em sua página no Facebook.

Para a vereadora Diva do Posto a situação em Ribeirão Pires inspira cuidado e atenção. “Tudo poderia ser resolvido antes que esse caos tivesse se instalado na cidade. No final de 2014, eu apresentei proposta de criação de uma frente parlamenta em defesa da Saúde. A mesma está engavetada na Câmara de vereadores e até hoje não obtive resposta. Apoio a decisão do vereador Renato, pessoal séria e correta, tanto que assinei junto com ele o pedido de instalação da Comissão Especial de Inquérito. A situação é complicada, pois até remédios básicos faltam na cidade, exames médicos não há previsão. É preciso que se dê um basta nisso tudo, afinal ainda que haja crise, todo santo mês entra dinheiro na conta da prefeitura para o atendimento da saúde”, explicou Diva do Posto.

O movimento é apartidário e organizado por populares que moram e se utilizam do sistema público de saúde de Ribeirão Pires.