Arquivos de Tag: Rio Grande da Serra

Concurso da Melhor Idade de Rio Grande da Serra escolhe Miss e Mister com 67 anos.

Evento realizado no domingo (20) contou com 18 candidatos e participação de 700 pessoas que se acomodaram entre as cadeiras e degraus do moderno Teatro Municipal

Banca de Jurados

Beleza não tem idade. Neuza Requeina e Francisco Izidio da Silva, ambos com 67 anos provaram isso. Eles foram os vencedores do da 15ª edição do concurso Miss e Mister Melhor Idade 2018, realizado neste domingo (20), pela Prefeitura de Rio Grande da Serra, no anfiteatro do Complexo Educacional Primeira-dama Zulmira Jardim Teixeira, localizado no centro da cidade.

 

Neuza Riqueina – Rainha da Melhor Idade 2018

Ela tem 67 anos, é solteira, é moradora do Jardim Santa Tereza, tem 04 filhos, 06 netos e 01 bisneto. Mora em Rio Grande da Serra há mais de 30 anos. Faz dança, ginástica e atletismo.

A sua comida preferida é: Churrasco.

O lugar de Rio Grande da Serra que mais gosta: Sua casa.

Seu sonho é: viajar de avião.

Sua frase favorita é: “Viva e deixe-me viver”.

Francisco Izidio da Silva – Mister Melhor Idade 2018

Ele tem 67 anos, casado, é morador da Vila Arnoud, tem 02 filhos e 06 netos, mora em Rio Grande da Serra há mais de 16 anos. Faz ginástica, caminhada e joga malha.

A sua comida preferida é: Buchada de Bode.

O lugar que mais gosta: Represa Billings pela natureza.

Seu sonho é: Ser humorista.

Sua frase favorita é: “Aproveitar a vida sempre”.

Os 18 candidatos, sendo 10 mulheres e 08 homens, vestidos em traje social, fizeram elegante desfile, onde foram avaliados por cinco jurados, com base em três quesitos: elegância, simpatia e beleza.

“Nosso objetivo é elevar a autoestima e valorizar o papel das pessoas da Melhor Idade na sociedade”, Helenice Arruda

A presidente do Fundo Social de solidariedade, Helenice Arruda, destacou o clima de animação que envolveu os candidatos e o público que lotou o espaço. “Foi um evento emocionante que reuniu as famílias dos candidatos. Com o concurso, elevamos a autoestima e valorizamos o papel das pessoas da Melhor Idade na sociedade. O Concurso de Miss e Mister Melhor Idade faz parte do calendário oficial de festividade em comemoração aos 54 anos de Rio Grande da Serra.”, ressaltou Helenice Arruda.

Escola de Samba Imperial abrilhantou o evento

Durante o evento, houve uma animada participação da Escola de Samba Grêmio Recreativo, Cultural e Social Imperial da zona leste da capital de São Paulo que com a sua bateria bem cadenciada e cheia de swing levantou a plateia que se fazia presente.

Também estiveram presentes, o prefeito Gabriel Maranhão, a vice-prefeita, Professora Marilza, a Rainha e a Princesa do Cambuci 2018, Thayane Vieira e Alexia Barros de Souza respectivamente, além da Miss Transexual, Gabriela Bueno e do secretário municipal de Esporte Maciel da Padaria.

Na ocasião, a Miss e o Mister Melhor Idade 2017, Vilma Fontes e Carlos Roberto entregaram a faixa aos novos vencedores.

“Incluir o idoso é melhorar os vínculos familiares e sociais”, prefeito Gabriel Maranhão 

“O Miss e Mister Melhor Idade de Rio Grande da Serra vêm complementar essa atenção aos idosos, que se divertem e tem sua autoestima elevada com as diversas atividades culturais, esportivas e de entretenimento. As pessoas que se enquadram na Melhor Idade, já deram importante contribuição à sociedade, seja no trabalho na educação em diversos segmentos. São pessoas cheias de conhecimento e experiência que merecem todo o nosso respeito e admiração, elas não podem mais serem vistas como pessoas velhas. Por essa razão estamos dando toda a atenção possível. Incluir o idoso é melhorar os vínculos familiares e sociais”, afirmou o prefeito Gabriel Maranhão.

Clique aqui para ver mais fotos na página do Caso de Política no Facebook

Governo Maranhão lança pedra fundamental da sede do Corpo de Bombeiros.

Em mais uma ação positiva, o prefeito Gabriel Maranhão (sem partido), lançou na manhã deste sábado (19), a pedra fundamental que marca oficialmente o início da obra da futura sede do Corpo de Bombeiros em Rio Grande da Serra.

Por volta das 11:00 horas, o prefeito Gabriel Maranhão, acompanhado do deputado federal Alex Manente (PPS), de sua vice, Professora Marilza, do Presidente Executivo da Associação Brasileira da Indústria Química (ABIQUIM), Fernando Figueiredo, da Diretora de Relações Institucionais e Sustentabilidade, Marina Rocchi Martins Mattar, representantes do deputado Estevam Galvão (DEM), vereadores e secretários municipais se dirigiram até a avenida Jean Lieutaud, bairro Santa Tereza (ao lado do Teixeirão) para oficializar o início das obras da futura sede do Corpo de Bombeiros na cidade.

As tratativas com as indústrias tiveram a iniciativa do deputado federal Alex Manente (PPS), a pedido do prefeito Gabriel Maranhão. O deputado Federal Alex Manente é membro da Frente Parlamentar da Cadeia Produtiva do Setor Químico.

“hoje estamos dando o primeiro passo para a construção da base dos bombeiros na cidade que ajudará em diversos aspectos. Desde o acidente do dia a dia da cidade e termos aqui os resgates com maior rapidez, uma vez que a unidade mais próxima dos bombeiros fica a pelo menos 15 minutos. Outro ponto importante é o barateamento do seguro das empresas o que possibilitará a vinda de novas empresas com a consequente geração de novos empregos. Temos na região do ABC, um déficit muito grande de postos de trabalho”, disse o deputado.

O prefeito Gabriel Maranhão, visivelmente emocionado, fez um agradecimento especial ao presidente da ABIQUIM, Fernando Figueiredo, a Diretora Marina Rocchi Martins Mattar e ao deputado Alex Manente.

“Nossa cidade é a única da região do ABC que não possuía um posto do Corpo de Bombeiros, e é uma reivindicação antiga da população. Após a sua implantação, irá contribuir de forma decisiva na segurança da nossa cidade. Quero agradecer a todas as empresas envolvidas no projeto e principalmente ao deputado federal Alex Manente que foi quem intermediou a construção da sede dos Bombeiros para Rio Grande da Serra”, concluiu o prefeito.

Estiveram também presentes no ato, o prefeito de São Caetano do Sul, José Auricchio Júnior, o ex-prefeito de Ribeirão Pires, Clóvis Volpi, o ex-vice-prefeito Edinaldo de Menezes (Dedé da Folha), presidente do PPS de Ribeirão Pires e Wagner Lima, presidente do PPS de Rio Grande da Serra, dentre outras autoridades e lideranças políticas.

Rio Grande da Serra abre concurso público com 664 vagas.

A prefeitura de Rio Grande da Serra está com seletivo para um total de 664 vagas em cargos de níveis alfabetizado, fundamental, médio, médio/técnico e superior. São 184 vagas imediatas e 480 para formação de cadastro de reserva. As remunerações vão de R$ 1.071,58 a R$ 3.556,20. A data da prova está prevista para o dia 24 de junho e as mesmas serão aplicadas em dois blocos um no período da manhã e outro no período da tarde, de acordo com  o cargo, ou seja, os interessados poderão se inscrever para até 2 (duas) opções, desde que seja escolhida uma opção por bloco de cargos.

Os cargos de nível superior são para analista ambiental I e II, arquiteto, assistente jurídico, assistente social, bibliotecário, biólogo, engenheiro ambiental, engenheiro civil, engenheiro de tráfego, estatístico, farmacêutico, jornalista, pedagogo, professor de educação física, terapeuta ocupacional e turismólogo.

As vagas de nível médio ou médio técnico são para agente de fiscalização sanitária, artesão, assistente de pessoal, auxiliar de farmácia, fiscal, fiscal de meio ambiente, fiscal de trânsito, fiscal de turismo, guarda municipal feminino e masculino, guia de turismo, instrutor de arte, técnico de enfermagem, técnico de odontologia, técnico de turismo e tesoureiro.

Os postos de nível fundamental são para agente de controle, agente de defesa civil, agente de serviço externo, agente de trânsito, agente de almoxarifado, agente de compras, auxiliar de educação infantil, auxiliar de odontologia, auxiliar de tesouraria, coveiro, digitador, eletricista, encanador, fotografo, instrutor de arte, instrutor de esporte, marceneiro, mecânico, operador de máquina, pedreiro, pintor.

Os postos para nível alfabetizado são para roçador e servente de serviço geral feminino e masculino.

As taxas vão de R$ 40 a R$ 65 e os candidatos podem se inscrever até o dia 04 de junho clicando aqui.

Gabriel Maranhão inaugura moderna UBS no Sítio Maria Joana.

Em solenidade realizada ao final da manhã do sábado (12), o prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão e outras autoridades inauguraram uma moderna Unidade Básica de Saúde no bairro Sítio Maria Joana. A unidade é mais um investimento da atual administração para melhorar a saúde pública municipal.

Foram investidos recursos oriundos dos governos Estadual e Federal, com apoio da deputada federal Keiko Ota e do estadual Estevam Galvão, utilizados na construção, aquisição e instalação de equipamentos.

Na inauguração, o prefeito Maranhão destacou a importância da obra para atender mais rápido a comunidade da localidade sem precisar ir até o centro da cidade ou a UPA em muitos dos casos.

“Humanizar e ampliar o atendimento à comunidade em todas as áreas é nosso objetivo”, disse.

A secretário municipal de Saúde, Suzenete Carlis, disse que a gestão do prefeito Gabriel Maranhão tem o setor de Saúde como uma das prioridades, por isso estão sendo feitos vários investimentos na estrutura, em equipamentos e no pessoal para que o atendimento seja sempre o melhor.

A UBS do Sítio Maria Joana, instalada em local de fácil acesso, foi entregue a população abastecida por medicação e diversos insumos, dispões de 3 salas de atendimento médico, sendo um para atendimento ginecológico, sala de reuniões que poderão ser utilizadas por equipe de saúde da família, copa, sala para refeições, recepção com assentos de uso e televisão instalada. Também dispõe de consultórios, salas de vacinação, sala de emergências (ambulatório) e diversas outras dependências.

Também estiveram presentes, a vice-prefeita de Rio Grande da Serra, Professora Marilza, a secretária de Educação Helenice Arruda, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Gilvan Mendonça, secretário de Administração Drº Carlos, o presidente da Câmara de vereadores de Ribeirão Pires, Rubão Fernandes e diversos vereadores da cidade.

Para ver mais imagens da inauguração da UBS, clique aqui e acesse a página do Caso de Política no Facebook.

Vereadores de Rio Grande divergem sobre saída do Consórcio.

Durante a sessão ordinária ocorrida nesta quarta-feira (09), o tema Consórcio Intermunicipal tomou grande parte dos debates entre os parlamentares de Rio Grande da Serra.

A celeuma teve início após o vereador Clauricio Bento (DEM), no uso da palavra, defender publicamente a retirada da cidade do Consórcio Intermunicipal.

“Espero que o prefeito Gabriel não ceda ao apelo do prefeito de Mauá, Atila Jacomussi para que você fique no Consórcio. O que o Consórcio fez para Rio Grande da Serra?”, disse Bento em discurso.

Contrapondo-se ao argumento de saída, o presidente da Casa de Leis, João Mineiro (PSDB), ponderou sobre a possibilidade.

“Porque o Consórcio foi constituído? O que ele nos trás e o que deveria nos trazer? Ali temos prefeito unidos e mobilizados para ver tudo aquilo que pode ser feito para as cidades. Eu penso que se a coisa não está boa, troca o presidente! Faz outra eleição ou assume o vice. Acredito que toda uma composição não pode perder! Eu vejo que o Consórcio é importante para todos nós!”, disse João Mineiro.

A mesma tese de permanência junto ao Consórcio foi defendida pelo líder do Governo, Claudinho Monteiro (PSB).

“O Orlando Morando está parando o Consórcio Intermunicipal com a sua ditadura e a sua forma de conduzir o Consórcio. Para administrar o Consórcio é preciso estar preparada e ser democrática para ouvir as opiniões. Os recursos que forma destinados para a nossa cidade aconteceram porque tinha na época um bom gestor. Se pegarmos Rio Grande, a menor cidade conseguiu recursos por competências. Infelizmente existem alguns filhos do Dória no ABC, que falam que não são políticos, mas vivem da política”, falou o líder.

Para o vereador Akira Auriani (PSB), “É preciso que se avalie o que realmente está sendo feito dentro aquela entidade em favor da cidade e da região. Recentemente foi firmado um convênio de R$ 3 milhões com Ribeirão e RGS para drenagem. É grande o histórico do Consórcio em realização de políticas públicas. O trabalho não é atender cidades, e sim o coletivo de cidades do ABC. Quem aqui não se utilizou dos serviços do Hospital Serraria e do Hospital Mário Covas? Quantos trabalhos hoje a Universidade do ABC gera na região, em termos de renda e emprego? Quantas vagas são ocupadas por alunos nessa universidade? O Consórcio tem a sua história e o que temos que lembrar é que nenhuma ação é feita do dia para a noite. Concordo que é preciso que deva ser feita uma reavaliação dos processos da gestão, até mesmo para uma redução de custo em função da crise porque passa o país. O Consórcio é importante e trás transformação na vida das pessoas todos os dias”, defendeu Akira.

O vereador Bibinho (PSDB) disse que “o Consórcio é uma ferramenta que está sendo mal utilizada. O gestor do consorcio hoje, está usando o Consórcio como uma ferramenta política. Ele está pegando o Consórcio e colocando os direitos dele acima de tudo e querendo forçar a maioria dos prefeitos a apoiar o candidato dele. Eu vejo por este lado! E vejo que ele é um gestor tão ruim, e hoje eu sou do PSDB, não tenho vergonha alguma de falar isso e o que nós conseguimos pelo Consórcio, que trouxe, foi através do Luiz Marinho do PT, que foi os R$ 41 milhões. Temos um monte de problemas e o Consórcio não ajuda em nada”.

O vereador Benedito (PT), de maneira ponderada, disse: “Eu vejo esse debate com muita cautela, porque existe uma grande divergência entre o prefeito da cidade e o Orlando Morando, e baseado nessa divergência começou um grande debate. Quero até sugerir que nós chamássemos os prefeitos para fazer um debate. Esse é um debate de grande urgência e vejo isso com grande cautela. Acho que antes de decidirmos algo temos que debater a questão”, falou.

A ideia do vereador Benedito foi endossada pelo presidente, João Mineiro. “Eu entendo a posição do Benedito, até porque a saída do município deve passar por aqui”.

Festival do Cambuci de Rio Grande da Serra é sucesso de público.

A 13º edição do Festival do Cambuci, que desde 2017 acontece no Campo do Ferrovia, terminou neste domingo (06) com sucesso de público. Segundo os organizadores, o público foi estimado em aproximadamente 15 mil pessoas nos três finais de semana. Além da noite com clima agradável que premiou os participantes no último dia de evento, foram eleitas a Princesa e a Rainha do Cambuci.

Princesa Alexia Barros de Souza e a Rainha do Cambuci, Thayane Eduarda Souza Vieira

Entre as sete concorrentes, foi eleita rainha do Cambuci, Thayane Eduarda Souza Vieira de 16 anos. A princesa eleita é Alexia Barros de Souza de 18 anos de idade.

A abertura do Festival neste domingo, que também comemora os 54 anos de emancipação de Rio Grande da Serra ficou a cargo dos sertanejos Rico & Ruan.

Bailarina da Academia Body: Graciosidade e leveza

A apresentação das bailarinas da Academia Body Feminine and Masculine foi um caso aparte. Com muita graciosidade e desenvoltura. A dançarinas arrancaram aplausos de todos os presentes.

Sampa Crew, foi a atração principal da noite do domingo

A atração mais esperada, Sampa Crew casou grande sensação no número público. Com sucessos do inicio da carreira do grupo e outras canções mais atuais, todos cantaram formando um melodioso coral no Campo do Ferrovia.

Prefeito Gabriel Maranhão entregando faixa e coroa a rainha eleita, Thayane Eduarda Vieira

O prefeito Gabriel Maranhão que esteve presente ao evento em todas as noites, recebeu visita de diversas autoridades e políticos. Ao lado do deputado federal Alex Manente, entregou a faixa e a corroa para a Rainha do Cambuci 2018.

Para ver mais fotos da noite do domingo, clique aqui e acessa a página do Caso de Política no Facebook. Abaixo imagens de autoridades e lideranças políticas que fizeram visita cortesia ao prefeito Gabriel Maranhão.

Vice-prefeita Marilza, Gabriel Maranhão com o deputado Federal Alex Manente e Dedé da Folha

Deputada Federal Renata Abreu, presidente Nacional do Podemos

Ex-prefeito de Mauá, Donisete Braga com Gabriel Maranhão e Marilza

Secretário Estadual do Emprego e Relações do Trabalho, Cícero Martinha, com o prefeito Maranhão e secretários municipais

Segunda noite do Festival do Cambuci de Rio Grande atrai grande público.

A segunda noite da 13ª edição do Festival do Cambuci de Rio Grande da Serra começou com apresentação da competente banda local, Pallas. Com covers bem executados do pop rock nacional e internacional o público presente cantou e dançou, com músicas da banda legião urbana, Raul Seixas, Rappa, Charlie Brawn Júnior e outros hits.

Banda de Rock Pallas, atração local de qualidade

Na sequência, a os sertanejos Bruno Nassy & Thiago, agitaram o Campo do Ferrovia com suas vozes potentes tocando músicas próprias e sucessos do sertanejo universitário.

Bruna Nassy & Thiago, agitaram o Campo do Ferrovia com sucessos do sertanejo universitário

Grupo de Pagode Art Popular

A grande atração da noite, o grupo de pagode Art Popular tocou os seus principais sucessos e com letras melodiosas e falando de amor, levou o público, como um imenso coral a acompanhar os cantores.

O espaço dedicado ao Festival do Cambuci ficou completamente lotado

O prefeito Gabriel Maranhão prestigiou a segunda noite do Festival do Cambuci acompanhado da vice-prefeita Professora Marilza e da Secretária de Educação e Cultura Helenice Arruda. Recebemos o Presidente da Câmara de Mauá Sr. Ademir Jacomussi, pai do Prefeito de Mauá.

Também esteve nos festejos, vereadores da cidade e demais secretários municipais. O presidente da Câmara de vereadores de Ribeirão Pires, Rubão Fernandes se fez presente com seus familiares. O encontro aconteceu no camarote da prefeitura, onde os políticos por longo período conversaram de maneira descontraída.

Para ver mais fotos, clique aqui e acesse a página do Caso de Política no Facebook.

O Festival do Cambuci de Rio Grande da Serra continua neste domingo, 06 de maio. Acompanhe abaixo a programação.

  • Abertura e Shows à partir das 14:00 horas

14:00 às 17:00 hs. – Atrativos para o público infantil Heróis e Princesas

18:00 hs. – Apresentação da Academia Body Feminine and Masculine

18:30 hs. – Show Rico & Ruan

20:00 hs. – Final do Concurso e Coroação da Rainha e Princesa do Cambuci 2018

21:00 hs. – Show Sampa Crew

Festival do Cambuci de Rio Grande teve início nesta sexta-feira (04), programação segue neste sábado (05).

Em seu mês de aniversário, Rio Grande da Serra realiza 13º edição do Festival Gastronômico e Cultural do Cambuci.

Na noite desta sexta-feira (04) o Campo do Ferrovia, na rua Prefeito Cido Franco s/n,  próximo à Estação de Trem da CPTM foi tomada por populares para acompanharem apresentação Dança Academia Body Feminino and Masculine e shows com os grupos de pagode Pura Amizade e Samba na Agulha.

A atração principal ficou por conta da banda de rock “Os Incríveis” que teve a sua primeira formação ao final dos anos de 1960 e no palco da 13ª edição do Festival do Cambuci de Rio Grande da Serra, tocaram alguns dos seus principais sucessos, como: O Milionário e Era Um Garoto Que Como Eu Amava os Beatles e os Rolling Stones.

Entre as autoridades presentes, estava o prefeito Gabriel Maranhão, a sua vice-prefeita Marilza, a secretária de Educação Helenice Arruda, o secretário de Turismo Gilvan Mendonça, vereadores e outras autoridades municipais.

Na noite desta sexta-feira beldades que concorrer ao Título de Rainha do Cambuci de Rio Grande da Serra desfilaram diante ao grande público presente demonstrando toda a beleza e graciosidade da mulher riograndense da serra. Clique aqui para ver mais fotos na página do Caso de Política no Facebook.

Na noite de quinta-feira (03), foi feita a apresentação oficial das candidatas ao título, onde na oportunidade, todos os presentes puderam degustar delicias culinárias com base no fruto do Cambuci. Para ver as fotos clique aqui.

O Festival continua, tendo como atrações neste sábado (05), o famoso grupo de pagode Art Popular, Banda Pallas e os sertanejos Bruno Nassy & Thiago. As candidatas à Rainha do Cambuci desfilaram novamente no palco do evento.

Maranhão diz não se arrepender de apoio à França e que Rio Grande está em primeiro lugar.

O prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (sem partido), afirmou que não se arrepende da declaração de apoio a reeleição do governador Márcio França. A fala aconteceu na última na última segunda-feira (1º de maio) durante Sessão Solene da Câmara municipal da cidade que ocorreu no Teatro municipal da comuna.

“Estou aqui para dizer que o meu partido é a cidade de Rio Grande da Serra, porque a população me deu, pela segunda vez, a honra de eu estar aqui administrando. Tenham certeza que até o meu último dia do mandato vou colocar os interesses de Rio Grande a frente, mesmo que isso venha ferir a minha história política”, discursou o prefeito, reafirmando o apoio ao governador Márcio França.

Em outro trecho Maranhão disse que foi critica por algumas pessoas, quando em 2014 apoiou a reeleição da presidente Dilma Roussef.

“Fui muito criticado por ter apoiado a reeleição da Dilma. Mas o meu compromisso é com Rio Grande da Serra. Foi graças ao apoio que dei a ex-presidente que hoje a cidade recebe diversos recursos do PAC através do Governo Federal,” argumentou.

Conforme publicado aqui no Caso de Política (ver aqui) o prefeito Gabriel Maranhão foi expulso pelo Presidente Estadual do PSDB, Pedro Tobias, após a sua declaração de apoio a reeleição do governador Márcio França.

O prefeito recorreu da decisão em Instância Nacional da agremiação, acusando Pedro Tobias de ter agido de forma ilícita e violando o Estatuto do PSDB ao determinar a expulsão sumária do recorrente, sem concessão do imprescindível direito de defesa.

Ainda em sua defesa enviada ao Presidente Nacional do partido, Geraldo Alckmin, Gabriel Maranhão pede a anulação imediata da expulsão e o afastamento da Direção Estadual da sigla. Isso porque sua conduta, ao determinar a expulsão de diversos filiados sem conceder sequer o constitucional direito à ampla defesa e usurpando poderes da comissão de ética e de diretórios municipais, assim como do próprio Diretório Regional, demonstra o perigo a democracia interna em nosso Partido.

Seguindo a defesa, é dito que “apenas após definição em convenção partidária é que surgiria o dever de apoiar o candidato escolhido pelo órgão competente, razão pela qual o Presidente do PSDB/SP cerceou a verdadeira organização e mobilização partidária. ‘Prévia’ não garante o direito legal ou estatutário de qualquer filiado ser candidato. Prévia não é Convenção, não obtendo a mesma extensão legal por não ter a mesma natureza jurídica”.

O vereador Bibinho (PSDB), presente a sessão Solene, em solidariedade ao alcaide. “Se expulsaram o prefeito por ele ter apoiado o governador Marcio França (PSB), terão que me expulsar também. A política tem que ser feito com seriedade e antes de tomarem essa atitude absurda, deveriam antes ter aberto o diálogo”, afirmou o tucano.

Ciclistas organizam protesto contra Porto Seco em Paranapiacaba. A concentração será no trevo de Rio Grande da Serra.

Grupos de ciclistas do ABC e da capital paulista estão se articulando para promover um grande protesto contra a construção de um centro logístico (“Porto Seco”) na região de Campo Grande, em Paranapiacaba, no município de Santo André.

A manifestação é mais uma iniciativa do movimento SOS Paranapiacaba em conjunto com a “Bicicletada ABC”, que existe desde 2008.

O evento chamado de “Massa Crítica Extraordinária: SOS Paranapiacaba”, está marcado para acontecer no dia 10 de junho, a partir das 09 horas da manhã, com concentração no trevo de Rio Grande da Serra, de onde partirão rumo a parte alta da vila.

A expectativa dos organizadores do protesto é mobilizar centenas de ciclistas que já frequentam a região da vila andreense e que são contra o “Porto Seco”. Os ciclistas também afirmam que se sentem ameaçados com a possível “invasão” de milhares de caminhões naquele trecho rodoviário.

Segundo uma carta do movimento divulgada: “A rodovia SP 122 é caminho utilizado por mais de 90% dos visitantes. Ali circulam pedestres, atletas, ciclistas, ônibus de linha, veículos particulares de famílias a passeio; mas que, com o Porto Seco, passará a receber veículos pesados, 68 caminhões a cada hora, 24 horas por dia. Dar novos usos inesperados, sem planejamento pela municipalidade, implicará em conflitos e possíveis danos para o tráfego da SP 122, onde caminhões pesados dividirão espaço com pedestres, atletas, ciclistas, famílias em veículos pequenos e ônibus de linha, oferecendo grandes riscos de acidentes fatais. Fato esse já comprovado, quando um empreendimento irregular operou por um período, permitindo que caminhões-cegonha circulassem pela SP 122, o que gerou acidentes com vítimas fatais”.

O primeiro protesto do movimento SOS Paranapiacaba foi realizado do último dia 22 de abril na estação Campo Grande, na entrada da parte baixa da Vila e reuniu centenas de moradores, ambientalistas, pesquisadores, profissionais liberais, estudantes etc. para dar um abraço simbólico na Vila e dizer não a empresa que pretende devastas enorme área na serra do mar para instalar centro logístico na região. Depois do abraço, o movimento SOS Paranapiacaba visitou a área ameaçada de devastação, os campos, córregos, rios, e por fim, terminou o ato lendo a “Carta de Paranapiacaba” em frente ao mercado da vila.

A Massa Crítica: Um carro a menos

Segundo a Wikipedia “a Massa Crítica (do inglês Critical Mass) ou Bicicletada é um evento que ocorre tradicionalmente na última sexta-feira do mês em muitas cidades pelo mundo, onde ciclistas, skatistas, patinadores e outras pessoas com veículos movidos à propulsão humana, ocupam seu espaço nas ruas. Os principais objetivos são divulgar a bicicleta como um meio de transporte, criar condições favoráveis para o uso deste veículo e tornar mais ecológicos e sustentáveis os sistemas de transporte de pessoas, principalmente no meio urbano.

Não existem líderes ou estatutos, o que leva a variações de postura e comportamento de acordo com os participantes de cada localidade ou evento. As Massas Críticas são passeios auto-organizados e independentes – geralmente apenas o local de encontro, o dia e o horário são definidos. Em algumas cidades, o trajeto, o ponto de chegada e as atividades ao longo do percurso são decididos somente quando o evento já está ocorrendo. Claramente existe um caráter de protesto nesses eventos: os participantes demonstram, se reunindo em público, as vantagens de usar a bicicleta como meio de transporte nas cidades e também alertam para as mudanças necessárias no espaço urbano para melhor acomodar os ciclistas.

Muitas Massas Críticas têm se tornado cada vez mais criativas, como a Massa Crítica da cidade de São Paulo: já há alguns anos, é visível e crescente a tendência de utilizar bom humor e ações mais duradouras para conquistar os motoristas em vez de confrontá-los, mostrando que a bicicleta é um meio de transporte viável, rápido, saudável e prazeroso, além de passar a mensagem de que os ciclistas têm direito a seu espaço nas ruas. Essa nova postura tem mais receptividade com os motorizados e se torna mais interessante à mídia não especializada, resultando em uma exposição maior do movimento e principalmente da ideia da bicicleta como meio de transporte. Em setembro de 2006, a Bicicletada paulistana promoveu, junto com outros movimentos e entidades, várias atividades relacionadas ao Dia Mundial Sem Carros, como o Desafio Intermodal e a Vaga Viva. As iniciativas se repetiram no ano seguinte e continuaram acontecendo nos anos subsequentes.

O maior mote da Massa Crítica é “um carro a menos”, usado principalmente para tentar obter um maior respeito dos veículos motorizados que trafegam nas ruas saturadas das grandes cidades.”

Em Rio Grande da Serra, Desfile Cívico em comemoração ao aniversário da cidade atrai milhares de pessoas.

Dando início as comemorações dos 54 anos de emancipação política de Rio Grande da Serra, aconteceu na manhã desta terça-feira (1º de maio) o tradicional Desfile Cívico da cidade.

Um grande número de pessoas compareceu a Avenida Dom Pedro I, no centro da cidade para prestigiar o Ato que contou com a participação de diversas escolas do município, de setores ligados à Prefeitura, de entidades assistenciais, da Polícia Militar e do Exército.

O desfile começou as 09:00 horas da manhã, onde voluntários da APAE de Rio Grande da Serra fizeram o “abre alas” seguindo com a apresentação de diversas escolas municipais, projetos culturais e esportivos. Tropa do Exército Brasileiro (Tiro de Guerra de Santo André) com 80 homens marchou pela via tomada por populares.

Estiveram presentes ao Desfile, o prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (sem partido), a sua vice, Marilza (PSD), o presidente da Câmara de vereadores, João Mineiro, diversos secretários Municipais e vereadores.

A comemorações em Rio Grande da Serra se iniciaram as 8 da manhã com hasteamentos das Bandeiras: do Brasil, do Estado de São Paulo e do município de Rio Grande da Serra. Ao final, foi servido um farto café da manhã para todos os presentes.

Durante todo o evento, equipes da secretaria de Saúde de Rio Grande da Serra, ficou a disposição da população para a vacinação contra Febre Amarela e Gripe.

Acompanhe abaixo alguns momentos, para ver mais fotos, clique aqui e acesse a página do Caso de Política no Facebook e de uma curtida (like) em nossa página.

CPTM aguarda recursos para restaurar passarela da estação de Rio Grande da Serra.

Trabalhadores atuando no corte da passarela metálica em Rio Grande da Serra: quase 30 horas de serviço

A  Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) está aguardando recursos financeiros para fazer a restauração da passarela que fica na Estação Rio Grande da Serra. A passagem está interditada desde março de 2016, por não oferecer condições de segurança aos usuários, segundo a Companhia.

Momento em que a passarela foi içada pelo guindaste

No último sábado (21), uma grande operação foi montada para a retirada da passarela que passa sob a linha férrea na estação de trem de Rio Grande da Serra. A parte final do serviço foi cortar as partes fixas que ainda prendiam a estrutura às escadas. Já havia escurecido quando, enfim, a estrutura foi erguida e retirada de seu local.

O fato foi comemorado pelos trabalhadores, que após quase trinta horas em atividade, tiveram sucesso obtido em seu serviço. Na empreitada, um grande caminhão esteve parado no local, o que indicava que a passarela metálica seria removida e transportada do local, porém; a remoção foi feita e a grande passarela foi alocado em cima dos trilhos por um grande guindaste com capacidade de movimentar 220 toneladas.

Representantes da CPTM no local, não souberam informar um prazo para o início das obras ou para a instalação da passarela restaurada, apesar de a passagem já ter sido removida.

A estação é tombada pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico), portanto, a passarela deve ser restaurada para que possa ser liberada com segurança aos usuários, em vez de ser simplesmente substituída por outra estrutura.

“O equipamento faz parte do conjunto da estação ferroviária tombado pelo Condephaat (Resolução SC-76/2011) e a Companhia aguarda disponibilidade de recursos para contratar projeto para restauração. O valor da obra será conhecido após a conclusão do projeto” – informou a CPTM, em nota ao Diário do Transporte.

Desde 2016, a travessia de pedestres na Estação Rio Grande da Serra é feita sobre a via férrea. O local conta com uma cancela e avisos sonoros para alertar os transeuntes quando o trem se aproxima.

“A CPTM está trabalhando para tornar todas as estações acessíveis. A Estação Rio Grande da Serra está inclusa no lote de 34 unidades que terão os projetos de adequação de acessibilidade iniciados”– informou também a Companhia, em nota.

Em conversa com o vereador Clauricio Bento que acompanhou boa parte dos trabalhos, ele falou que “a bom tempo, junto com o prefeito Gabriel Maranhão, estou correndo atrás desta restauração, e vamos continuar cobrando. No primeiro dia útil após o feriado entraremos em contato com deputado Estevam Galvão e com o presidente da CPTM para agilizar o quanto antes os serviços. Acredito que tudo poderia ter sido melhor planejado”, disse.

Akira confirma não participar do grupo político de Maranhão.

Pré-candidato a prefeito em Rio Grande da Serra, o vereador Akira Auriani (PSB) pode ter sinalizado a sua carreira solo e independência com relação ao atual grupo prefeito de Ribeirão Pires.

Nos bastidores, é forte o comentário e especulação de que Akira ao votar favorável ao parecer do Tribunal de Contas do Estado que pedia a rejeição das contas do prefeito Gabriel Maranhão foi ato político e demonstração de alinhamento ao atual prefeito de Ribeirão Pires e ex-mandatário de Rio Grande, Kiko Teixeira.

Analistas fazem a leitura de que, “voto contrário seria o do Benedito do PT, mas Akira pressionado a demonstrar fidelidade ao projeto de 2020 deveria votar contra o prefeito”.

Segundo ainda corre nos bastidores “Akira tem missão de articular com o PT e com o Claudinho da Geladeira que dependendo da situação de Lula e do resultado das eleições deste ano pode migrar de partido e compor uma aliança de oposição na cidade”.

Outra missão de Akira em Rio Grande é buscar insatisfeitos a atual gestão. Cléson e Guerra são alvos.

Há ainda aqueles que afirmam que Akira deu um tiro no próprio pé. Ao votar contrário as contas de Maranhão, Akira pode ter deixado de observar que existia uma imensa crise política acontecendo, e que o prefeito de Rio Grande da Serra após ser expulso do PSDB pode vir a ser seu companheiro de sigla e com isso passar a ter forte influencia no PSB.

No polêmico voto, Akira disse que apesar de não ver dolo nas contas de 2014, votava favorável ao parecer do TCE por motivos pessoais e por credo intimido de as coisas deveriam ser mudadas.

O mesmo critério não foi praticado quando o edil Akira votou favoravelmente ao direito dos vereadores receberem décimo terceiro salário.

Quanto às eleições de 2020, a certeza é que Maranhão terá candidato, mas que ainda não se sabe o nome. Outra certeza é que Kiko (PSB), em condição de ficha suja não poderá disputar reeleição e tem Akira e Ricardo Orsini como seus ungidos em Rio Grande da Serra.

Com praticamente dois anos e sete meses para as próximas eleições municipais, a Rio Grande da Serra tem um cenário político confuso e incerto. Gabriel Maranhão, segundo enquete realizada recentemente tem boa avaliação no quesito infraestrutura urbana em função das diversas intervenções que estão em curso na comuna. Por outro lado se esforça para melhorar o seu sistema de saúde redirecionando atendimentos para as UBS’s dos bairros.

No seio de sua base, há ao menos seis nomes potenciais que disputam  seu apoio. Bem ao estilo ‘Correntes Internas’, Claurício, Jhol Jhol, Helenice, professora Marilza, João Mineiro e os irmãos Mendonça se esforçam em busca de espaço político e visibilidade.

As eleições para o comando do parlamento municipal no final do ano, logo após as eleições nacionais que serão realizadas em outubro trarão um novo desenho, uma nova conjuntura. Isso é certo!

Prefeito Gabriel Maranhão concede entrevista e fala sobre sua gestão, perspectivas para a cidade e a sua expulsão do PSDB.

Nesta quinta-feira (26), o prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (sem partido), concedeu entrevista a jornalistas dos principais veículos de comunicação do ABC. Dentre os assuntos abordados, estão um paralelo entre o seu primeiro e o atual mandato, obras de infraestrutura, sistema de saúde, educação, segurança pública, turismo dentre outros diversos temas relativos a comuna de Rio Grande da Serra.

Alternando questionamentos com o blog Caso de Política, esteve o Editor Chefe da Folha de Ribeirão Pires, Wagner Lima. A sabatina ocorreu há 6 dias antes da data que comemora os 54 anos de emancipação política do município.

Demandado a traçar um comparativo de sua gestão passada com a atual e sobre o que o gestor projeta até o final de sua gestão. Maranhão em resposta, disse que em seu primeiro mandato cuidou da infraestrutura urbana, planejando, projetando, organizando e articulando questões importantes para Rio Grande da Serra e que nesse seu segundo mandato, o objetivo é cuidar da juventude citando o Projeto Guri, o teatro municipal, diversas atividades esportivas desenvolvidas, biblioteca pública, dentre outras ações em andamento e outras a serem efetivadas.

Seguindo ainda na questão da criança e juventude, foi mencionado ainda, a nova creche municipal que está sendo conclusa.

“Estaremos em breve entregando a creche da Vila São João, onde estive lá esses dias numa reunião muito emocionante e que atenderá 160 crianças dividas em dois períodos. Será uma creche modelo com adaptações para acessibilidade, elevador, espaço de lazer e uma série de inovações”.

Sobre a aprovação de contas pela Câmara Municipal na quarta-feira (25), o alcaide agradeceu aos vereadores pelo apoio. “Agradeço a aprovação pela maioria dos vereadores! Quero dizer que nem sempre a relação do prefeito com os vereadores é tão harmônica, muitas vezes é calorosa, mas eu entendo as atitudes porque o vereador tem a obrigação de ouvir a população. Quanto as contas eu tive que optar entre pagar precatórios ou realizar projetos de interesse da população. Nas contas de 2014 houve alguns apontamentos, mas em momento algum foi dito que houve dolo. Fiz o que deveria ser feito a exemplo Casa encantada e a biblioteca”.

O jornalista Wagner Lima, em sua participação, apresentou dados apurados em uma enquete recentemente realizada, em que o setor de obras aparece como ponto de maior destaque no Governo Gabriel Maranhão.

Ao longo da entrevista, o prefeito Maranhão falou ainda sobre o Festival do Cambuci, festejos do aniversário da cidade, sobre a sua polêmica expulsão do PSDB, a instalação do Corpo de Bombeiros e outros temas relevantes para o município.

Acompanhe abaixo, a íntegra da entrevista

Maranhão desembarca do PSDB e pode se filiar ao PSB. Kiko Teixeira pode ser a bola da vez.

Gabriel Maranhão, Márcio França, Atila Jacomussi e Lauro Michels. Ausência de Kiko causou surpresa

Após diversas aparições ao lado do governador Márcio França (PSB) em detrimento ao pré-candidato do PSDB, João Dória, o prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão desembarcou do ninho tucano nesta segunda-feira (23).

O fato já era esperado e mais do que previsível. Conforme tem acompanhado o blog Caso de Política e também tem repercutido analistas políticos, Maranhão já de bom tempo vem se afastando de lideranças tucanas na região e estreitando relações com cardeais do PSB.

Visto com frequência ao lado do prefeito de Mauá (PSB), vem mantendo contato constante com o Palácio dos Bandeirantes mesmo antes da efetivação de Márcio França como governador do Estado de São Paulo.

Segundo informações, a cúpula do PSDB do estado foi as turras com Maranhão e o deputado estadual e presidente estadual da sigla, Pedro Tobias elaborou pedido de expulsão do prefeito de Rio Grande da Serra.

Na região, impõe-se racha na agremiação que nas eleições municipais de 2016 elegeu quatro prefeitos e agora com a sua possível filiação ao PSB de França, Maranhão reforçara o governador que pretende se reeleger ao cargo.

Analistas políticos, já especulam que o mesmo poderá acontecer com o prefeito de Ribeirão Pires, Kiko Teixeira (PSB). Kiko vem de longa data afinado com o ex-prefeito de São Paulo, e pré-candidato ao governo estadual. Em agosto de 2017, Kiko fez parte da comitiva de João Dória (PSDB), para Palmas no estado do Tocantins. João Dória será adversário de Márcio França rumo ao Palácio dos Bandeirantes.

“O prefeito Kiko Teixeira pode ser vitimado com a sua expulsão do PSB, tudo no mesmo critério com que foi utilizado com Maranhão”, analisam.

Um outro dado que possivelmente explica a proximidade de Maranhão à Márcio França e que vai além da pura infidelidade partidária, é a ligação de João Dória ao prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, atual presidente do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC. Segundo os bastidores, Morando vem com mão de ferro se omitindo ao debate de políticas públicas para a região prejudicando a microrregião o que já levou Diadema, administrada pelo prefeito Lauro Michels a retirar o município do Consórcio. Morando vem sendo apontado como centralizador e aglutinador de benesses para o eixo São Bernardo-Santo André. Recentemente, foi apresentada emenda de autoria do vereador de São Caetano do Sul que objetiva suprimir trecho do texto legal que autoriza repasse de 1,2 milhão para o Consórcio Intermunicipal.

Existe expectativa de que Rio Grande da Serra  e Mauá venham nos próximos dias a não mais fazer parte da entidade regional o que na prática inviabilizaria a manutenção política e administrativa do órgão.

“Orlando Morando deixa a desejar e Consórcio do ABC pode se fragmentar” diz Claudinho Monteiro.

O líder do Governo Maranhão, Claudinho Monteiro (PSB), fez duras críticas a gestão do prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando à frente do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC.

Segundo a fala de Monteiro durante sessão da Câmara de Rio Grande da Serra nesta quarta-feira (18), “o coordenador do Consórcio está deixando muito, mas muito a desejar”.

“A minha fala é preocupante, mas temos que cada vez mais estar discutindo a questão regional, precisamos estar discutindo a microrregião. É o que estamos fazendo aqui no dia a dia. Porque não pode chegar em Santo André e parar quando tem Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra”.

Um parlamentar fez ainda um questionamento, “o que foi feito na questão regional? Existe a contribuição de todos os municípios o que não é surpresa para ninguém”.

Em outro momento Monteiro disse compreender os motivos da retida do prefeito de Diadema do consórcio e que também é preciso abrir o olho do prefeito Gabriel Maranhão para a gravidade do problema.

Uma fala interessante feita pelo líder do Governo, ainda de que forma indireta, é que São Caetano do Sul poderia sair do Consórcio. Fato que praticamente se concretizou na manhã desta quinta-feira (19), quando uma emenda de autoria do vereador sãocaetanense, Parra que suprime o trecho do texto legal que corresponde ao repasse de 1,2 milhão para o Consórcio Intermunicipal. O projeto retornou à Comissão de Justiça e Redação da Casa para que se faça a supressão do inciso, e, posteriormente, retorne ao plenário para apreciação da redação final.

Se a leitura política de Claudinho Monteiro estiver correta, Mauá e Rio Grande da Serra sairão do da entidade regional o que inviabilizará a manutenção política do Consórcio Intermunicipal com a perca de sua representatividade e a sustentação financeira do órgão.

Acompanhe abaixo o discurso do vereador Claudinho Monteiro

Rio Grande da Serra oferece frutas da época no cardápio da merenda escolar da rede pública.

Abacate, ameixa, banana-maçã, caqui, mamão, tangerina e uva são algumas das frutas que em abril compõem o Cardápio da Merenda Escolar da rede pública municipal de Rio Grande da Serra.

De acordo com a nutricionista responsável da Prefeitura, Tamiris Cristina de Oliveira – CRN 36687, a utilização de frutas da época traz benefícios nutritivos. “É uma recomendação do Conselho Regional de Nutrição, o consumo de  frutas da época, já que estas frutas estão plenas em nutrientes, porque estão na época correta de serem colhidas”, pontuou.

Tamiris explica ainda que o cardápio das creches, Emeb´s – Escolas Municipais de Ensino Básico e dos integrantes do EJA (Educação de Jovens e Adultos) de Rio Grande da Serra tem por objetivo oferecer uma alimentação saudável e balanceada a todos os alunos e que, as refeições são elaboradas, de acordo com a idade e, com o tempo de permanência nas unidades de ensino.

Os cardápios contam com legumes, verduras e frutas frescas, além de leite integral, enriquecido com ferro, carne bovina, macarrão, frango, variados tipos de pães e biscoitos, sucos, achocolatado e gelatina.

Cardápios diferenciados

ODepartamento de Alimentação Escolar (DAE) também tem preocupação especial com relação às crianças que precisam de alimentação específica, como por exemplo, as com intolerância a lactose e as diabéticas que recebem cardápios personalizados.  Para estes casos, é elaborado pela nutricionista responsável, um cardápio específico com base em recomendações médicas e nutricionais.

Na internet

Os pais e interessados que quiserem acompanhar, diariamente, o que é servido nas escolas da rede municipal podem acessar o site da Prefeitura clicando aqui.

e ter acesso ao cardápio da merenda detalhado por faixa etária. O cardápio referente ao mês de abril já está disponível na rede.

Secretaria de Saúde de Rio Grande abre processo seletivo para contratar Agentes Comunitários de Saúde.

A prefeitura de Rio Grande da Serra, através da Secretaria Municipal de saúde está com inscrições abertas para processo seletivo simplificado para agentes comunitários de saúde.

Segundo informa a prefeitura, “o processo seletivo se dará através de prova objetiva e o candidato concorrerá com uma única vaga correspondente a área abrangida pela Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua residência”.
No total, são 34 vagas sendo:

  • 06 para a Vila Conde
    04 na Vila Lopes;
    04 na Vila Santa Tereza;
    04 para a UBS do Centro;
    03 para a Vila São João;
    04 para a Sítio Maria Joana;
    04 para a Vila Niwa e
    05 para o Parque América

Os interessados em concorrer para as vagas, deveram fazer as suas inscrições nos dias 16 e 17 de abril. Para maiores informações, clique aqui.

Zé Carlos assume vaga de vereador na câmara de Rio Grande da Serra.

Zé Carlos (PR) foi empossado como vereador de Rio Grande da Serra nesta quarta-feira (11) durante sessão da câmara.

Jose Carlos Pereira dos Anjos tem 44 anos, é nascido e criado em Rio Grande da Serra, bacharel em direito, possui expressiva experiência política onde já exerceu cargo de assessor parlamentar na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo entre os anos de 1994 e 1998, trabalhou no setor administrativo da secretaria de saúde de Rio Grande e foi chefe do setor de ambulâncias. Trabalhou na secretaria de Ação Social do município, foi diretor por duas vezes da câmara municipal de Rio Grande da Serra.

Nas eleições de 2016, concorrendo a uma cadeira no parlamento municipal, Zé Carlos obteve 500 votos ficando na primeira suplência. Com o pedido de Licença do vereador Maciel da Padaria que assumiu o comando da secretaria de Esportes, Zé Carlos foi investido no cargo de vereador.

Da tribuna, em seu discurso de posse, o edil renovou o seu compromisso com o desenvolvimento da cidade ao mesmo tempo em que colocou o seu mandato a disposição da população de Rio Grande da Serra.

Acompanhe abaixo, o pronunciamento do vereador Zé Carlos.

Jhol Jhol admite ser dono de página que denegria Maranhão em período eleitoral.

Um fato lastimável ocorreu durante a sessão na Câmara de vereadores de Rio Grande da Serra nesta quarta-feira (12).

O vereador Jonathan Rago (PSD), popular Jhol Jhol, no uso da Tribuna, visivelmente contrariado com proposta apresentada pelo vereador Clauricio Bento (DEM) que pretende criar no município o dia do jornalista e dos profissionais de imprensa, visivelmente desequilibrado, disparou duras palavras contra representantes da imprensa.

Jhol Jhol, antecipando o seu voto, por se sentir perseguido e se colocando na condição de vítima de Fake News (notícia falsa) por parte de jornalistas que  disse que não votaria favorável ao projeto e que não apoiaria politicagem apresentando emenda de R$ 250 mil enviada pelo deputado Federal Goulart e que também foi o autor de solicitação de emenda de mais de R$ 1 milhão de reais na cidade.

O vereador Clauricio Bento, ocupou a tribuna ao mesmo tempo em que o presidente da Casa João Mineiro solicitou para que Jhol Jhol, na condição de vice-presidente assumisse a condução da sessão. O que foi feito.

Clauricio iniciou sua fala lamentando a postura de Jhol Jhol. E apresentou versão sobre a origem da emenda de mais de R$ 1 milhão que está sendo utilizada para serviços em vielas do município.

“Lamentável, uma fala de um jovem vereador neste sentido! Lamentável um vereador se apropriar de uma verba de R$ 1 milhão que foi assinado na legislatura passada e esse vereador nem estava aqui e ele fala que foi mandado a ele!”

Jhol Jhol sem o menor trato parlamentar, tentou interromper a fala do orador

“Eu tenho documento”, disse o presidente em exercício.

Cobrando respeito e com o dedo em ‘riste’, Clauricio disse: “Eu quero que o senhor não me interrompa”.

A discussão se instalou com falas de ambos os lados.

Jhol Jhol foi chamado de burro ao demonstrar desconhecimento do regimento interno ao não apresentar o tempo previsto a que tem direito um parlamentar na tribuna. Ele ainda aos gritos exaltava a sua condição de presidente tentando impor censura a fala de Clauricio.

No debate acalorado, Jhol Jhol assumiu a titularidade da página do Facebook “Boca no Trombone” que durante todo o período eleitoral de 2016, anonimamente disseminou duros ataques ao prefeito Gabriel Maranhão.

O tema “fake news” é objeto de intensos debates no meio acadêmico e jurídico nacional e está sendo tratado com muito afinco no Tribunal Superior Eleitoral na busca de coibir e criminalizar os práticas de veiculação de notícias falsas nas redes sociais.

Acompanhe abaixo o episódio

Palestra na ETEC de Rio Grande debateu as minorias sociais no mercado de trabalho.

ETEC de Rio Grande da Serra debateu debateu as minorias sociais no mercado de trabalho

Ministrada pelo jornalista e militante do Grupo de Apoio a Diversidade (GAD), Wagner Lima, a ETEC de Rio Grande da Serra recebeu na noite desta segunda-feira a palestra “Minorias Sociais no mercado de Trabalho.

No auditório, que teve boa presença de alunos da unidade de ensino, o palestrante explicou o que são minorias sociais, as razões e motivos da exclusão, além de apresentar dados sobre grupos étnicos, religiosos, de gênero, de sexualidade, linguísticos, físicos e culturais.

“As minorias recebem quase sempre um tratamento discriminatório por parte da maioria e que de algum modo e em algum setor das relações sociais se encontra numa situação de dependência ou desvantagem em relação a um outro grupo”, disse Lima.

Na palestra, com base em levantamento feito por diversos órgãos governamentais e Ong´s respeitadas, foi apresentado na oportunidade a realidade de mulheres, negros e GLBT’s diante o mercado de trabalho.

“Mesmo representando 52,3% da população em idade ativa, as mulheres são apenas 43,3% da população economicamente ativa. A taxa de formalização (com carteira assinada) é mais baixa para as mulheres (71,1%) do que para os homens (76,8%)”, argumentou. Na continuidade Wagner Lima disse que os negros ocupam apenas 6,3% de cargos na gerência e 4,7% no quadro executivo, embora representem mais da metade da população brasileira. Mulheres negras, em comparação aos homens, preenchem apenas 1,6% das posições na gerência e 0,4% no quadro executivo. Em 2015, um negro passou a ganhar pouco mais da metade dos rendimentos de um branco (59%)”.

Com relação ao LGBT’s, o ativista expôs que “quase 20% das empresas brasileiras, pesquisadas pelo IBGE disseram ter restrições na contratação de LGBT’s. 61% dos profissionais LGBT brasileiros escondem sua orientação no trabalho e que aproximadamente 82% das mulheres transexuais e travestis abandonam o ensino médio entre os 14 e os 18 anos em função da discriminação na escola e da falta de apoio familiar”.

Alguns questionamentos foram propostos durante a palestra.

Quais os motivos que levam essa parcela da população sofrer discriminação?

O que fazer para mudar toda essa realidade?

Segundo Wagner Lima, “A única saída para este tipo de exclusão e injustiça, é incluir, respeitar, igualar direitos e combater o preconceito”.

O professor de Ética na ETEC de Rio Grande da Serra, Amaury Dias em sua página nas redes sociais parabenizou pela realização da palestra.

“Hoje tive o prazer de receber na ETEC de Rio Grande da Serra para ministrar a palestra MINORIAS SOCIAIS NO MERCADO DE TRABALHO meu amigo Wagner Lima. Agradeço em nome da direção e de toda a comunidade escolar por ter aceito nosso convite prontamente. Tenho certeza que a palestra ministrada irá contribuir e muito para o crescimento profissional dos alunos e os tornarem melhores cidadãos. Muito obrigado!”

Polícia Militar de Rio Grande prende mulher com farta quantidade de drogas nesta terça-feira (03).

A Polícia Militar de Rio Grande da Serra em trabalho incessante na luta contra o tráfico de drogas, prendeu na tarde desta terça-feira (03) uma mulher com grande quantidade de drogas.

Policiais enquanto realizavam patrulhamento de rotina pela avenida Cido Franco, região central da cidade, avistou uma mulher com uma mochila nas costas, a mesma demonstrou nervosismo ao perceber a aproximação da equipe, foi abordada e dentro da mochila foi encontrado 160 pinos de cocaína, 80 trouxinha de maconha grande, 220 trouxinhas de maconha pequena, 1.000 pedras de crack e 40 vidros de lança perfume.

Diante do flagrante delito, os policiais militares deram voz de prisão e conduziram a meliante para a delegacia para abertura de Boletim de Ocorrência.

Gabriel Maranhão assina convênio com o CDHU para a construção de 200 casas.

O prefeito Gabriel Maranhão (PSDB) assinou nesta terça-feira (03), no Palácio dos Bandeirantes um convênio com a Companhia de Desenvolvimentos Habitacional e Urbano (CDHU) para a construção de 200 unidades habitacionais em Rio Grande da Serra.

O convênio assinado, é o primeiro em toda a história da cidade.

“Acabo de assinar com a secretaria de habitação um projeto com o CDHU para a construção de 200 unidades habitacionais que vão atender a pessoas em situação de vulnerabilidade social e que hoje vivem em áreas de riscos ou públicas”, disse o prefeito.

Abaixo o vídeo

Rio Grande: Inscrições para o Concurso Gastronômico do Cambuci vão até dia 15.

Para estimular os munícipes de Rio Grande da Serra a desenvolverem novos pratos e bebidas, que utilizem o fruto Cambuci como ingrediente principal, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turístico abre as inscrições para o Concurso Gastronômico do Cambuci. A disputa tem por objetivo premiar as melhores receitas nas categorias pratos doces, salgados e bebidas, sendo que, os vencedores serão definidos por uma comissão julgadora.

O Concurso Gastronômico do Cambuci faz parte do XIII Festival Gastronômico e Cultural do Cambuci importante evento anual, que acontece no mês de maio em Rio Grande da Serra e, que integra o calendário oficial de festividades pelo aniversário do município, celebrado em 03 de maio. Além disso, o Festival faz parte de uma Rota Gastronômica em que participam outros 15 municípios, sempre com destaque para o fruto Cambuci. Este ano, o evento, em Rio Grande da Serra, acontecerá, nos dias 04,05 e 06 de maio.

Divulgação

De acordo com o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turístico, Gilvan Mendonça, entre outros aspectos, “o concurso tem por objetivo incentivar o desenvolvimento de receitas a base de Cambuci, propiciando a experimentação, divulgação e ampliando o acesso ao fruto por parte dos moradores e empreendedores da cidade”. Inscrições Os interessados em se inscrever para participar do Concurso Gastronômico do Cambuci devem comparecer à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turístico, que fica na Rua Progresso, 700 – bloco D, no Centro, até o dia 15 de Abril.

Rio Grande da Serra recebe 1ª Mostra de Dança do ABC no dia 25 de março.

Encontro visa o intercâmbio de informações entre as escolas e tem como foco principal a divulgação da cultura e da arte da dança à população local

O espetáculo acontece, no próximo domingo, dia 25, das 13h às 18h, no Anfiteatro do Complexo Educacional Primeira-dama Zulmira Jardim Teixeira, com a participação de diversas escolas e companhias de danças da região do Grande ABC.

Organizado pelo Espaço de Dança Vanessa Ribeiro, o encontro visa o intercâmbio de informações entre as escolas e tem como foco principal a divulgação da cultura e da arte da dança à população local.

Os ingressos para as apresentações custam R$ 10,00 e podem ser adquiridos por meio do telefone (11) 94109 -9714 ou pelo e-mail: vr_973@hotmail.com. A classificação etária é livre.

De autoria do vereador Akira Auriane “Projeto Aluno Nota Dez” é aprovado na Câmara de Rio Grande.

Na Sessão realizada na última quarta-feira, 21 de março, foi aprovado o Projeto de Lei nº 002/2018 de autoria do Vereador Akira Auriane (PSB) que institui a premiação Aluno Nota Dez para os estudantes das redes municipal e estadual de ensino do município de Rio Grande da Serra. Com a aprovação unanime, o projeto segue para ser sancionado pelo Prefeito Municipal Gabriel Maranhão.

O “Aluno Nota Dez” consiste na premiação anual dos estudantes que estão cursando do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º a 3º ano do Ensino Médio da Rede Pública de Ensino que obtiverem no boletim, ao final do ano letivo, a maior média anual.

Serão selecionados dois alunos de cada escola e a premiação será realizada através de solenidade, presentes várias autoridades, membros da comunidade escolar e demais interessados, quando os alunos serão homenageados, com a entrega de um Diploma.

Estudantes das escolas particulares poderão participar através de adesão das respectivas unidades de ensino.

Segundo o Vereador Akira, autor do projeto, o objetivo é “reconhecer o desempenho dos alunos que se destacarem durante o período letivo e incentivar os demais estudantes na melhoria da aprendizagem”.

Ressalta que “trata-se de um projeto de estímulo ao processo de ensino e aprendizagem que valoriza o esforço e a dedicação dos alunos no seu processo educativo e a participação contínua dos pais no rendimento escolar dos filhos”.

Após a sanção, “o próximo passo será promover a divulgação do projeto nas escolas, já que o objetivo é que no final deste ano já seja realizada a primeira premiação, com a homenagem dos alunos nota dez do ano de 2018”.

“Esse Lei tem como principal objetivo valorizar os melhores alunos do ensino fundamental e médio do nosso município. Não será levada em consideração apenas as suas notas, mas suas atitudes como cidadão. Precisamos incentivar as todos o poder da educação. Com ela aprendemos, conhecemos um novo mundo, sonhamos e adquirimos ferramentas para conquistar esses sonhos”, justificou o parlamentar.

O vereador em nota divulgada nas redes sociais, fez questão de agradecer ao apoio que recebeu no tocante ao projeto.

“Um agradecimento especial aos amigos e autor da lei em Ribeirão Pires, Eduardo Nogueira e Wagner Lima. Vocês fazem parte dessa história, parabéns. Obrigado aos vereadores pelo apoio e por votarem junto comigo neste importante projeto. Vocês estão escrevendo uma nova história pra Rio Grande da Serra. Agora é lutar por quem tanto se dedica a esses alunos, os professores da nossa cidade. Já dizia o grande líder Sul-Africano, Nelson Mandela, “a maior arma que temos para mudar o mundo, e a educação”, concluiu.