Arquivos de Tag: Rodrigo Maia

Rodrigo Maia costura alianças e monta equipe de pré-campanha à Presidência.

Reportagem do jornal O Estado de S. Paulo mostra que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), costura o apoio de pelo menos quatro partidos e já tem estrutura de pré-campanha à Presidência da República. A agenda de Maia, nos próximos dias, inclui viagem

Votação da reforma da Previdência será em 19 de fevereiro.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), confirmou nesta quinta-feira (14) o adiamento da discussão sobre a reforma da Previdência para 2018. O assunto só voltará a ser tratado pelos deputados em fevereiro, após o recesso parlamentar. A leitura do

Câmara discute a destruição das Leis Trabalhistas.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, abriu nesta tarde a ordem do dia da Casa para discutir e votar o projeto de lei (PL 6787/2016), que trata da reforma trabalhista; a matéria é a única que consta na pauta do

Deputados aprovam projeto de terceirização, enterram a CLT e destroem de vez o INSS.

Deputados aprovaram, nesta quarta-feira (22), o substitutivo do Senado ao projeto de lei (PL 4302/98) que regulamenta a terceirização e o trabalho temporário no Brasil. O texto foi enviado ao Congresso pelo Executivo e permite o uso do sistema em

Rodrigo Maia é eleito presidente da câmara.

Depois de recorrer ao Supremo Tribunal Federal para poder participar da disputa, uma vez que assumiu um mandato “tampão” depois do afastamento de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi reeleito ao cargo nesta quinta-feira 2 para o biênio

Povo e seus líderes: eles se merecem entre si!

Eunício e Maia: só gente fina! Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Eunício Oliveira (PMDB-CE) são os candidatos do Governo às presidências da Câmara e do Senado, respectivamente. Se eleitos compõem a linha sucessória da Presidência da República. Isto é: em qualquer

Câmara e Senado articulam emenda para blindar seus presidentes de processos no Supremo.

Caciques da Câmara e do Senado articulam uma emenda à Constituição para blindar os presidentes das duas Casas. A ideia é deixar claro que, se eles ficam impedidos de exercer a Presidência da República quando se tornam réus, também devem