Arquivos de Tag: São Paulo

Doria não ganha de adversários na cidade em que governou, mostra Ibope

É destaque no jornal Valor Econômico desta terça (03) que João Doria Jr (PSDB) perde para Paulo Skaf (MDB), Márcio França (PSB) e empata com Luiz Marinho (PT) numa simulação de segundo turno eleitoral feita pelo Ibope, considerando apenas os votos da capital que o tucano governou durante 1 ano e 4 meses. Isso mostra, segundo o portal, a “dificuldade” que Doria terá na disputa pelo governo do Estado.
Segundo a pesquisa Ibope, Doria tem 19% das intenções de voto na simulação de primeiro turno para a corrida estadual (votos em todo o Estado). Tecnicamente, está empatado com Skaf, que tem a preferência de 17%. A margem de erro é de 3 pontos percentuais.
No primeiro turno, observados apenas os votos da cidade de São Paulo, Doria e Skaf empatam com 18% cada. No segundo turno, contudo, a situação fica pior. Doria perde para Skaf por grande diferença: 22% do tucano contra 40% do adversário.
Se o confronto no segundo turno fosse entre Doria e Márcio França (PSB), ainda assim, na capital, Doria perderia por 27% a 34%.
Quando o adversário é Luiz Marinho, candidato do PT, Doria consegue um empate: 31% para cada lado, no cenário de segundo turno na capital.
A cidade de São Paulo representa 27% do eleitorado do Estado.
Pesa contra Doria o fato de que ele é o candidato na disputa estadual mais conhecido. Apenas 18% afirmaram ao Ibope que não conhecem o tucano. Já França e Marinho são desconhecidos por 54% e 52% dos eleitores, respectivamente. Skaf não é conhecido por 22%.

Melhor no interior

“Doria vai notadamente melhor entre os eleitores do interior e entre os que o Ibope chama de periferia – municípios do entorno da capital. É esse desempenho que lhe garante vantagem global na pesquisa contra Márcio França (34% a 25%) e Luiz Marinho (36% a 23%). Mesmo assim, ele aparece atrás de Skaf em todo o Estado na simulação de segundo turno: 33% para o emedebista ante 29% para o ex-prefeito”, assinalou o Valor.
A pesquisa Ibope foi feita entre 23 e 26 de junho, e divulgada no dia 29.
Leia a matéria completa aqui.

As notícias curiosas e suas coincidência.

João Doria demite Soninha em vídeo público.

Sempre inovando, o prefeito de são Paulo, João Doria despachou Soninha Francine de volta à Câmara dos Vereadores, encerrando sua participação em seu governo. O prefeito quer “colocar um pouco mais de força na gestão“ e que, após uma conversa “produtiva, altiva, elevada e de muito sentimento“, demitiu a secretária de suas funções.

Soninha Francine ocupava a cadeira da Secretaria de Assistência Social. No vîdeo, Doria diz que “ambos“ chegaram à conclusão de que ela deve voltar à Câmara, para que ele coloque alguém que coloque um “pouco mais de força na gestão administrativa dessa secretaria, o que é mais pesado um pouco“, diz ele, “é construção, obra, implementação de novos CTAS, espaços vida“. E coroou com “tudo isso exige uma demanda que não está dentro do espírito da Sonia“.

Soninha não respondeu no vídeo, mas usou sua página no Facebook para dar seu recado, dizendo que, apesar de andar rápido, não correspondeu ao ritmo do prefeito. Veja o vídeo abaixo.

Sistema Cantareira atinge maior nível de água para o período desde 2012.

Sistema Cantareira

O Sistema Cantareira passou por um a crise hídrica recente que provocou racionamento em diversas cidades da Grande São PauloDivulgação Sabesp

O Sistema Cantareira, um dos responsáveis pelo abastecimento da Grande São Paulo, tem hoje (30) quase quatro vezes mais água no seu volume útil do que há um ano. O índice é o melhor para o período desde 2012. A elevação dos níveis dos reservatórios foi possível graças a grande ocorrência de chuvas na região, que acumulou desde o início do mês 377,5 milímetros de precipitação, enquanto a média histórica para janeiro é de 262,6 milímetros.

Segundo a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), o sistema tem atualmente 59,7% do volume útil (586,4 bilhões de litros). Em 30 de janeiro de 2016, o nível era de apenas 15,9% (156,5 bilhões de litros), refletindo a crise hídrica recente que provocou racionamento de água em diversas cidades abastecidas pelo Cantareira.

Em 2014, com a falta de chuvas, os reservatórios do sistema começaram a operar em níveis críticos, sendo necessário o uso das reservas técnicas, o chamado “volume morto”. Associada a medidas de racionamento, a captação dessa água extra, com instalação de equipamentos adicionais, impediu o colapso completo do abastecimento da Região Metropolitana de São Paulo.

O problema foi declarado como superado pelo governador Geraldo Alckmin em março de 2016. À época, no entanto, ainda havia reclamações de falta d´água em cidades como Mauá e Santo André.Sistema Cantareira

Secretaria de Educação de São Paulo chama 1,2 mil professores da região aprovados em concurso.

2015-11-10-09-52-53-educacao

A Secretaria da Educação de São Paulo definiu as datas para escolha de vagas de 1,2 mil professores do ABC remanescentes do concurso PEBII (Ensino Fundamental – Anos Finais e Ensino Médio). A partir do próximo dia 6 de dezembro, os convocados devem comparecer às Diretorias de Ensino de acordo com o cronograma publicado na edição de 29 de novembro do Diário Oficial do Estado. A autorização da convocação foi anunciada em outubro pelo governador Geraldo Alckmin.

A escolha de vagas e chamada são regionalizadas, divididas por disciplinas e contemplam as 91 Diretorias de Ensino. Além das datas, o edital traz também o horário e endereço. A seleção foi feita com base no desempenho dos candidatos e na classificação final. Outras 4,6 mil vagas devem ser preenchidas após a próxima chamada para a escolha de vagas, que deve ocorrer antes do início do próximo ano letivo.

Os novos docentes se somam aos outros 38 mil já nomeados nos últimos dois anos. Realizado em 2013, o concurso foi o maior do magistério paulista e prevê a contração de 59 mil. Na época, o certame registrou recorde com 322,7 mil inscrições. O concurso é voltado a educadores das disciplinas de Arte, Biologia, Ciências Físicas e Biológicas, Educação Física, Física, Filosofia, Geografia, História, Língua Espanhola, Língua Inglesa, Língua Portuguesa, Matemática, Química, Sociologia ou para atuar nas áreas da Educação Especial.

Polícia Militar abre concurso para 2.293 vagas de soldado.

edital-concurso-pmsp

Foi oficialmente aberto o concurso público de edital nº DP-2/321/2016 da PM-SP (Polícia Militar do Estado de São Paulo). Por meio do certame, serão convocados 2.293 profissionais que tenham no mínimo ensino médio completo.

As inscrições para o cargo de Soldado PM de 2ª Classe iniciam no dia 16 de novembro e serão encerradas no dia 15 de dezembro de 2016, por meio do portal: www.vunesp.com.br e com o custo de R$ 50,00.

Além de ter ensino médio, também será exigido do candidato ter idade entre 17 e 30 anos, altura mínima de 155 cm no caso das mulheres e mínimo de 160 cm no caso dos homens. O salário será de R$ 2.992,54.

Os candidatos aprovados e convocados vão ingressar no Curso Superior de Técnico de Polícia Ostensiva e Preservação da Ordem Pública (Curso de Formação de Soldados – CFSd).

O certame será executado pela Fundação VUNESP e contará com a realização das seguintes etapas: Prova objetiva, Prova dissertativa, Exames de aptidão física, Exames de saúde, Avaliação da conduta social, de reputação e da idoneidade e Análise de documentos.

Estima-se que os primeiros testes do concurso sejam aplicados nos municípios de Araçatuba, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Piracicaba, Ribeirão Preto, Santos, São José dos Campos, São José do Rio Preto, São Paulo e Sorocaba, no dia 5 de fevereiro de 2017.

O resultado final do certame será válido pelo período de 90 dias, sendo possível ocorrer prorrogação pelo mesmo prazo.

Para ter acesso ao edital completo do Concurso PM-SP – 2016 clique aqui.

Leia a versão digital do Repórter ABC | 6ª edição.

Clique na imagem abaixo e leia a versão digital do Jornal Repórter ABC.

600RABC6

Nos oito pés a quadrão. Autor: Assis Coimbra.

capa cordel

Eu canto todos os dias

Louvando as Santas Marias,

Pois tenho nas cantorias

A minha “santa” missão.

E pulsando o coração

Assim vou cantando tanto,

Na rua ou em qualquer canto…

NOS OITO PÉS A QUADRÃO.

*

Eu canto pra realeza

E também para a pobreza,

Que só me causa tristeza

Me levando a comoção!

Por isso eu não canto em vão

E faço a todos saber,

Que eu tenho muito a dizer…

NOS OITO PÊS A QUADRÃO.

*

Pra você que é covarde

E vou lhe capar mais tarde,

Peço apenas que me aguarde

Pois não darei meu perdão!

E teus comparsas verão,

Que eu nunca mando recado.

Pois o que é teu tá guardado…

NOS OITO PÉS A QUADRÃO!

*

Pra você que é mau político

Vou lhe deixar “paralitico”,

Pois o que eu digo pratico

Ou que tu queiras ou não!

Pois cabra que fala em vão

Tem um jeito de “fuleiro”!

E além disso é caloteiro…

NOS OITO PÉS A QUADRÃO.

*

Sei que você não me atura

Por saber que a cultura,

Faz parte da criatura

E dela eu não abro a mão!

Pois sou igual um rojão,

Quando explode no terreiro,

No rabo de um trapaceiro…

NOS OITO PÉS A QUADRÃO!

*

Pra você que é Baba-ovo

Aqui lhe digo de novo

O seu nome é Chupa-ovo

E capacho de ladrão!

Mas tu serve de padrão

Pra aquele que quer ser corno!

Que faz do chifre um adorno…

NOS OITOS PÉS A QUADRÃO!

Direitos autorais protegidos pela lei 9.610 de 19/02/1998

Faço cordéis por encomenda.

Contatos:Assis_coimbra@yahoo.com

Fone e WhatsApp : (11}9.4213. 7976

visite o blog do Poeta clicando aqui

Escassez de água pode reduzir crescimento econômico em 6%, diz Banco Mundial.

seca

Algumas regiões do mundo poderão ver as suas taxas de crescimento cair até 6% do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todas as riquezas produzidas por um país – até 2050, caso nada seja feito para melhorar as políticas de gestão da água, alertou o Banco Mundial.

Num relatório intitulado High and Dry: Climate Change, Water and the Economy, o banco escreve que as alterações climáticas terão impacto, em primeiro lugar, no ciclo da água, com consequências na alimentação, energia, sistemas urbanos e ambientais.

O crescimento das populações, com maiores rendimentos e em cidades cada vez maiores, irá resultar num aumento exponencial das necessidades de água, mas a água disponível será mais errática e incerta, antecipa o relatório.

A redução da água doce disponível e a competição por parte de setores como a energia ou a agricultura poderão deixar as cidades em 2050 com até menos dois terços da água que tinham em 2015.

Segundo o Banco Mundial, se as políticas de gestão da água se mantiverem como estão e se os modelos climáticos se confirmarem, a escassez de água irá se estender a regiões onde atualmente não existe, como a África central e a Ásia oriental – e piorar gravemente onde já é uma realidade, como o Oriente Médio e o Sahel, na África.

Crescimento ameaçado

Estas regiões, prevê o relatório agora divulgado, poderão ver as suas taxas de crescimento econômico cairem em até 6% do Produto Interno Bruto até 2050, devido aos efeitos da escassez de água na agricultura, na saúde e nos rendimentos.

A boa notícia, revela o Banco Mundial, é que embora as más políticas possam exacerbar o impacto econômico negativo das alterações climáticas, as boas políticas podem ajudar a neutralizá-lo.

Algumas regiões poderão ver as suas taxas de crescimento aumentar até 6% com melhores práticas de gestão dos recursos aquáticos. Os autores do relatório recordam que os impactos da má gestão da água são particularmente sentidos pelos mais pobres, que têm maior probabilidade de depender da agricultura alimentada pela chuva e de viver em zonas mais suscetíveis a inundações, estando também mais vulneráveis ao risco de águas contaminadas e saneamento desadequado.

As mudanças na disponibilidade da água podem também induzir as migrações e incendiar conflitos civis, devido ao impacto que têm nos preços dos alimentos e no crescimento econômico, diz o estudo.

“É por isso que a gestão da água será crucial para o mundo alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e as aspirações a uma redução da pobreza e a uma maior prosperidade partilhada”, ressalta o relatório,

“A água é a moeda comum que liga quase todos os ODS”, acrescenta o documento, numa referência aos objetivos definidos em 2015 pela comunidade internacional.

Otimizar a utilização da água através de melhor planejamento e incentivos, expandir a quantidade e disponibilidade de água, sempre que possível e reduzir o impacto dos extremos, da variabilidade e incerteza são as propostas do Banco Mundial para melhor gerir a água no futuro.

Sabesp anuncia reajuste de 8,45% a partir de 12 de maio.

unnamed

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) anunciou nesta segunda-feira que irá reajustar em 8,4478 por cento as tarifas a partir do dia 12 de maio. O reajuste foi aprovado pela Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp), disse a Sabesp em fato relevante.

“Nós confiamos em Aécio Neves”, diz governador Alckmin.

images-cms-image-000486987

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), defendeu nesta quarta-feira, 16, o presidente do seu partido, senador Aécio Neves, que foi acusado pelo senador Delcídio do Amaral de ser beneficiário de um “grande esquema de corrupção” na estatal Furnas, cujo produto da propina seria guardado em uma conta secreta no principado de Liechtenstein (leia mais).

“Ele já refutou essas alegações. Nós confiamos no Aécio Neves. Para todas as pessoas vale a Justiça. Ela que vai investigar e decidir”, disse o governador Geraldo Alckmin, durante solenidade relacionada a moradias populares.

Apesar do discurso contemporizador de Alckmin, dentro do PSDB a avaliação é que a delação do senador Delcídio do Amaral atinge o partido “como um todo” (leia mais).

Alckmin também minimizou o fato de ter sido vaiado junto com Aécio e outros políticos de oposição, durante participação nas manifestações de domingo, 13. “É absolutamente natural num evento tão grande ter alguém que não concorde. Mas cumpri o meu dever. Quero enaltecer que foi uma manifestação pacífica”, disse.

Diva do Posto corre atrás de recursos para o trânsito de Ribeirão Pires.

 12799388_920378161413019_5001897486262564493_n

Assessoria de Comunicação da vereadora Diva do Posto

Aproveitando o início do ano, período em que deputados estaduais e federais se organizam e destinam suas emendas parlamentares, a vereadora Diva do Posto (PR) articula e mantêm contatos políticos em busca de receitas para Ribeirão Pires.

Na manhã desta quarta-feira (02) a vereadora ribeirãopisense se reuniu com o deputado estadual Luiz Fernando (PT) e através do ofício 0066-03-2016 solicitou ao parlamentar uma emenda para a compra de um veículo para o departamento de Trânsito do município de Ribeirão Pires.

“A frota do departamento de Trânsito do município está ultrapassada e não atende as atuais necessidades para um bom desempenho dos servidores. Precisamos apoiar nossa cidade e independentemente de sigla partidária ou posição política estarei sempre em busca de melhorias”, disse Diva do Posto (PR).

O deputado Luiz Fernando (PT) se prontificou em ajudar e assim que resolver questões burocráticas encaminhará a Câmara de Vereadores de Ribeirão um documento oficializando o pleito da vereadora Diva.

Segundo a vereadora Diva do Posto (PR) em breve novas reuniões com políticos de outras esferas acontecerão em busca de novas emendas.

stt diva do posto

Vice-presidente do Facebook na América Latina é preso em São Paulo.

Diego Dzodan facebook

A Polícia Federal prendeu preventivamente na manhã de hoje (1º)  vice-presidente do Facebook na América Latina, Diego Dzodan. Ele foi preso enquanto ia para o trabalho, no bairro Itaim Bibi, zona sul da capital paulista.

Segundo a PF, a rede social descumpriu ordens judiciais que exigiam a liberação de informações presentes na página. Os dados seriam usados na produção de provas de investigações ligadas ao crime organizado e ao tráfico de drogas, que tramitam em segredo de justiça no Juízo Criminal da Comarca de Lagarto, em Sergipe. O pedido de prisão foi feito pelo juiz Marcel Maia Montalvão.

Diego Dzodan é argentino e mora no Brasil. Ele prestou depoimento na Superintendência da Polícia Federal em São Paulo, onde permanecerá preso à disposição da Justiça.

Atenção senhores “Fakes” que depois dessa a coisa pode se complicar. Nossos hermano, com certeza depois de ver o sol nascer quadrado no abrigo de mal feitores jamais pensará em reincidir no grave erro de desrespeitar a justiça brasileira. Com isso os covardes que se julgam imunes diante suas calúnias e difamações devem botar as suas barbas de molho. Luís Carlos Nunes

Movimento pela CPI da merenda pressiona deputados em São Paulo.

cpidamerenda90340

Da agência Brasil – Movimentos sociais fizeram hoje (23) um protesto na Assembleia Legislativa de São Paulo para pressionar os deputados a aprovarem a abertura de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) para apurar denúncias de desvio de verbas da merenda escolar da rede estadual de ensino.

As denúncias de pagamento de propinas a gestores do governo paulista para fechamento de contratos com creches e escolas públicas de 19 cidades estão sendo investigadas pela Operação Alba Branca, deflagrada no último dia 19. As irregularidades estariam ocorrendo há pelo menos dois anos.

Professores, estudantes, sindicalistas e integrantes de movimentos de moradia, lotaram as galerias da Assembleia Legislativa.

O presidente da Assembleia Legislativa, Fernando Capez (PSDB), e o ex-chefe de gabinete da Casa Civil do governo estadual Luiz Roberto dos Santos, conhecido como Moita, estão entre os investigados pela Polícia Civil e pelo Ministério Público Estadual de São Paulo. No dia 16, o desembargador Sérgio Rui da Fonseca, do Tribunal de Justiça de São Paulo, decretou a quebra dos sigilos bancário e fiscal de Capez. Em reunião fechada na capital paulista, também na semana passada, o Conselho de Ética do PSDB paulista decidiu instaurar um procedimento disciplinar interno para apurar a conduta de Santos.

Segundo o líder do PT na Assembleia, João Paulo Rillo, 22 deputados já assinaram o pedido de abertura da CPI, inclusive Capez, mas são necessárias 32 adesões. “O que chama a atenção é que o presidente assinou, ele é citado na história e demonstra interesse em esclarecer. O que é estranho é ele assinar e ninguém mais assinar junto”, afirmou Rillo. Ele criticou o fato de os trabalhos da assembleia estarem paralisados desde que a denúncia veio à tona. “A Casa tem obrigação pública de investigar e, como não quer, está fugindo do debate. Mas uma hora isso tem que acabar, temos que votar projetos”, afirmou.

A presidenta União Paulista de Estudantes Secundaristas (Upes), Ângela Meyer, disse que a CPI será importante para abrir o debate com a sociedade. “Para gerar o debate público e para que todo mundo possa participar aqui na Casa.”

Enquanto parte do público ocupava a galeria, estudantes aguardavam liberação para acessar o plenário. O fato de a polícia ter impedido a entrada dos manifestantes gerou tumulto na entrada da galeria, o que foi resolvido com a intervenção de deputados da oposição que, em diálogo com os policiais, autorizaram a entrada do grupo.

Operação Alba Branca

Na Operação Alba Branca, foram cumpridos 24 mandados de busca e apreensão em sedes de 16 prefeituras, na sede da Cooperativa Orgânica Agrícola Familiar (Coaf) e nas casas de suspeitos, além de seis mandados de prisão expedidos pela Justiça contra integrantes da cooperativa, com sede em Bebedouro (SP). Conforme as investigações, a empresa liderava o esquema e fornecia produtos advindos de pequenos agricultores rurais em produção familiar.

De acordo com o MP, a Coaf liderava o esquema de pagamento de propina. A cooperativa mantinha contratos com diversas prefeituras, com valores superiores a R$ 1 milhão, e um contrato com o governo estadual. A empresa também é investigada por fraudar a modalidade de compra “chamada pública”, que pressupõe a aquisição de produtos de pequenos produtores agrícolas. A empresa cadastrou cerca de mil pequenos produtores, mas comprava de apenas 30 ou 40 deles e adquiria também de grandes produtores e na central de abastecimento do estado, informou o MP.

A Secretaria Estadual de Educação manifestou interesse na investigação, dizendo que é preciso identificar os culpados e que se sente tão lesada quantos os alunos em relação ao desvio de recursos. Sobre a qualidade da merenda, a secretaria ressaltou que seriam necessárias provas sobre tais críticas, tendo em vista que o programa de merenda escolar da rede estadual é formulada por nutricionistas e contém 30% produtos orgânicos.

A assessoria do deputado Fernando Capez informou, por volta das 17h30, que ele ainda não havia decidido se falaria com a imprensa.