Arquivos de Tag: tráfico

Aviãozinho do tráfico é preso em Ouro Fino Paulista

Após denúncia anônima recebida de que no Bairro Rancho Alegre em Ouro Fino Paulista estaria havendo movimentação estranha de pessoas aparentemente usuárias de drogas, as equipes A e B da Romu de Ribeirão Pires se dirigiu ao local nesta segunda-feira (23) e prendeu um jovem que realizava venda de drogas.

Em uma rua, próximo a um matagal, os guardas abordaram um indivíduo e após buscas pessoais, foi encontrado a quantia de R$74,00 e uma sacola contendo 63 envelopes plásticos de cocaína, 107 ependorfs de Crack, 57 invólucros de maconha que foram constatados posteriormente como drogas através de perícia realizada pelo Instituto de Criminalística (IC).

Segundo informa a GCM, em entrevista com o suspeito, o mesmo confessou que estaria praticando o comércio de drogas ilícitas no local.

Foi proferida voz de prisão e o mesmo foi conduzido à delegacia de polícia, onde foi apresentado à autoridade de plantão, que após tomar ciência dos fatos ratificou a voz de prisão.

O indivíduo foi recolhido a carceragem e responderá pelo crime previsto no Art. 33 da lei 11.343, tráfico de drogas.

Traficante é preso perto de escola infantil no bairro Santa Luzia

Guarda Civil Municipal fez a prisão no bairro Santa Luzia

Um homem de 44 anos foi preso em flagrante por tráfico de drogas no fim da tarde desta terça-feira (24), no bairro Santa Luzia, em Ribeirão Pires. De acordo com a Guarda Civil Municipal, a apreensão foi feita perto da Creche Municipal Yoshihiko Narita, localizada no bairro.

Os guardas da Romu, em patrulhamento pelo bairro, avistaram um indivíduo em atitude suspeita em frente a Creche. Diante de tirocínio policial, os GCM’s se posicionaram em um local onde era possível avistar o suspeito e observar a sua atividade onde foi constatado que o suspeito estaria praticando o comércio ilícito de drogas.

Reforço foi solicitado e em função da região conter região de mata, um cerco foi montado e abordagem feita onde foram encontrados 110 Pinos de crack, 28 papelotes de cocaína e 12 trouxinhas de maconha dentro de uma sacola.

Indagado sobre a sua permanência no local, o suspeito confessou a prática de tráfico de drogas. Voz de prisão em flagrante foi proferida e o acusado conduzido à Delegacia de Polícia onde foi recolhido a carceragem ficando à disposição da justiça.

Polícia Militar de Rio Grande prende mulher com farta quantidade de drogas nesta terça-feira (03).

A Polícia Militar de Rio Grande da Serra em trabalho incessante na luta contra o tráfico de drogas, prendeu na tarde desta terça-feira (03) uma mulher com grande quantidade de drogas.

Policiais enquanto realizavam patrulhamento de rotina pela avenida Cido Franco, região central da cidade, avistou uma mulher com uma mochila nas costas, a mesma demonstrou nervosismo ao perceber a aproximação da equipe, foi abordada e dentro da mochila foi encontrado 160 pinos de cocaína, 80 trouxinha de maconha grande, 220 trouxinhas de maconha pequena, 1.000 pedras de crack e 40 vidros de lança perfume.

Diante do flagrante delito, os policiais militares deram voz de prisão e conduziram a meliante para a delegacia para abertura de Boletim de Ocorrência.

ROCAM prende traficante em Mauá.

Policiais Militares da ROCAM (Rondas Ostensivas Com Apoio de Motocicletas) do 30º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, na cidade de Mauá, durante o patrulhamento, prenderam hoje (27) no Jardim Zaira, um indivíduo por tráfico de drogas.
No local, a equipe desconfiou da atitude suspeita do indivíduo, o qual saiu correndo, mas logo foi detido. A equipe prosseguiu na abordagem, e na busca pessoal foram localizadas  803 porções de maconha, 618 pedras de crack, seis pinos de cocaína, cinco rádios e um caderno com anotações sobre o tráfico de drogas.
Ele recebeu voz de prisão por tráfico de drogas e foi encaminhado para o 4º Distrito Policial de Mauá, onde permaneceu à disposição da Justiça.

Ribeirão Pires: Traficante é preso com farta quantidade de drogas.

trafico

Equipe da ROMU deu voz em flagrante ao jovem Victor Gabriel de Souza Motta ao encontrar com o mesmo grande quantidades de entorpecentes.

A ocorrência se deu no ultimo dia 27 nas da vila Marquesa em Ribeirão Pires quando após abordagem Victor assumiu operações para o tráfico sendo encontrado sob a posse do mesmo 41 pinos grandes contendo cocaína, 41 saquinhos contendo cocaína, 185 pinos pequenos contendo crack, 28 trouxinhas de maconha, 65 tabletes de maconha.

O meliante já possui passagens anteriores pela Fundação Casa (antiga FEBEM) por diversos crimes, incluindo roubo a mão armada.

Outro indivíduo ainda não identificado adentrou em um matagal logrando êxito em sua fuga. Diante dos fatos, foi proferida voz de prisão e o mesmo conduzido à delegacia onde foi lavrado Boletim de Ocorrência onde a autoridade de plantão ratificou a voz de prisão contra o jovem e o mesmo recolhido à carceragem permanecendo à disposição da justiça.

Moradores do Parque das Fontes queixam-se de falta de segurança e de espaço de lazer.

 _DSC8314

Moradores do Parque das Fontes, Ribeirão Pires reclamam da falta de atenção e atendimento por parte da prefeitura nos quesitos segurança pública e também pela demora em inaugurar o centro esportivo.

Moradores que solicitaram anonimato afirmam que por conta da falta de iluminação no futuro centro esportivo, localizado na rua Paraíba o local torna-se inseguro.

“Essa obra já tem mais de quatro anos e durante a noite nós percebemos movimentação estranha no local, o que nos causa grande insegurança. Muito raramente é vista por aqui uma viatura da Guarda Municipal e também da Polícia Militar. A noite aqui fica tudo escuro não sabemos a quem recorrer”, disse um dos moradores.

_DSC8312

Outra queixa apresentada refere-se a uma antiga promessa de instalação de uma academia ao ar livre no bairro.

“A prefeitura prometeu a bom tempo instalar uma academia ao ar livre. Solicitamos por diversas vezes que a mesma seja instalada aqui na praça José Achetta, mas querem instalar o equipamento esportivo em um local pouco adequado”, disseram.

Segundo ainda disseram os moradores do bairro, “a praça José Achetta vive cheia de mato e se não fossem os mesmos estaria abandonada por falta de manutenção da prefeitura”.

Observando o espaço (bem projetado e vistoso), pudemos constatar que falta muito pouco para a conclusão do serviço. Na casa (possível futura sede administrativa da unidade), falta a parte de eletrificação interna e ligação a rede. O que se deve perguntar é: Qual a razão pela demora em entrega do espaço para a população? Será que isso vai ficar para o espaço exato, culminante e junto de algum momento especial de ano de 2016? Luís Carlos Nunes