Arquivos de Tag: vacinação

No mundo real, indústria corta, famílias sofrem com carestia e crianças ficam sem vacina

A situação do país é tão dramática que o mundo da economia e da vida real das pessoas começa a furar a narrativa da grande mídia que inventou um “conto de fadas” do golpe, desfeito em um verdadeiro pesadelo nacional. As manchetes desta terça dos três jornalões que promoveram o golpe de Estado em 2016 são sintomáticas. Elas admitem que o golpe arruinou a economia das empresas, as contas das famílias e, ainda mais dramaticamente, está sacrificando a vida de bebês e crianças pobres.

As manchetes a seguir. Estado de S.Paulo: “Com PIB baixo e incertezas, indústria corta investimentos”. O Globo: “Energia sobe 33% contra inflação de 19%”. Folha de S.Paulo: “Vacinação de bebês e crianças tem menor alcance em 16 anos”.

A reportagem do “Estadão” faz um esforço pra culpar os caminhoneiros pelo fracasso da política econômica do golpe, mas é desmentida pelas pesquisas que ela própria divulga, pois a trava nas empresas já acontecia antes da greve. Relatam as repórteres Márcia de Chiara e Cleide Silva:

“Duas pesquisas revelam que, nas últimas semanas, os empresários ficaram receosos em prosseguir com investimentos que gerassem aumento de produção, diante de uma ociosidade entre 25% e 30% nas fábricas. Na semana passada, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) cortou a projeção de investimento do setor para este ano. Em março, a expectativa, baseada na consulta a 442 empresas, era de que seria investido 1,2% mais do que em 2017. Agora, a estimativa é de queda de 0,4% ou R$ 503 milhões a menos. Com isso, o aporte total deve ser de R$ 117,3 bilhões. ‘O grande problema foi a redução da projeção do PIB e a greve’, afirma o presidente em exercício da Fiesp, José Ricardo Roriz Coelho.

Outra pesquisa mostra que os empresários da indústria começaram a segurar os investimentos antes mesmo da greve. O Indicador de Intenção de Investimentos da Indústria do segundo trimestre, apurado pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da FGV com cerca de 700 empresas em abril e maio, caiu 7,6 pontos em relação ao primeiro trimestre. O resultado é quase o mesmo do fim de 2017 e está abaixo da média registrada antes da recessão de 2014. ‘É um sinal preocupante porque 95% das indústrias foram consultadas antes da greve, que adicionou mais incertezas’, diz o superintendente de Estatísticas Públicas da FGV/Ibre, Aloisio Campelo Jr.. Se a apuração tivesse ocorrido na época da greve, ele acredita que o resultado seria pior.”

Leia aqui a íntegra da reportagem do Estado de S.Paulo.

Rio Grande da Serra: 1º dia da vacinação fracionada contra a febre amarela é tranquilo.

O primeiro dia de campanha de vacinação com dose fracionada da febre amarela imunizou diversas pessoas na cidade de Rio Grande da Serra.

As oito Unidades Básicas de Saúde (UBS´s) da cidade funcionaram em esquema de plantão e, em muitos locais, nem filas foram formadas. Coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde, as vacinas foram acondicionadas em locais apropriados e mantidas em temperaturas adequadas conforme determina o Ministério da Saúde e a Anvisa.

Em Rio Grande da Serra, até o dia 17 de fevereiro, todas as UBS´s estarão aplicando a vacina, das 8h às 17h. Também haverá vacinação especial, nos chamados ‘Dia D’ que acontecerão nos dias 03 e 17 (sábados) e dia 04 (domingo).

Saiba mais sobre a Febre amarela

Rio Grande da Serra antecipa campanha de vacinação contra febre amarela para o dia 25.

A Prefeitura de Rio Grande da Serra informa que, de acordo com o cronograma da Secretaria Estadual de Saúde do Governo de São Paulo, a Campanha de Vacinação Contra a Febre Amarela foi antecipada para o dia 25 de janeiro no município. O Estado encaminhará 50 mil doses para cidade, com a meta de vacinar toda a população.

No dia 25, todas as UBS (Unidades Básicas de Saúde) estarão abertas, aplicando a vacina, no período das 7h às 20h. Além disso, no sábado (03) e no domingo (04), todas às unidades também funcionarão, devido à vacinação, no horário das 8h às 17h. Nos demais dias, até dia 24 de fevereiro, a campanha de vacinação acontece também em todas as UBS da cidade, mas no horário normal de funcionamento, que é das 8h às 17h.

A Secretária Municipal de Saúde, Suzenete Carlis, considera importante esclarecer que se trata de uma ação preventiva, já que no município, até agora, não foi registrado nenhum caso. “Estamos apenas nos precavendo, temos que ter cuidado com o mosquito, já que o mesmo que transmite Dengue, transmite a Febre Amarela, por isso, não deixar água parada em pratinhos de vasos de plantas, pneus, garrafas ou outros recipientes e nem lixo acumulado é fundamental para afastar a Febre Amarela daqui”, afirmou.

Desde o dia 05 de janeiro, de acordo com o Departamento de Vigilância Sanitária, a Prefeitura de Rio Grande da Serra vacinou 2.060 pessoas, sendo 1.145 somente nesta última sexta-feira (19).

Grande ABC tem “Dia D” contra febre amarela em 3 de fevereiro.

Campanha inédita se estenderá até o dia 24 do próximo mês com dose fracionada da vacina em seis cidades da região

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo realiza, a partir do próximo mês, uma campanha inédita de imunização contra a febre amarela no território paulista, incluindo o Grande ABC.

Entre os dias 3 e 24 de fevereiro, o governo do Estado pretende vacinar 6,3 milhões de pessoas que residem em áreas ainda não alcançados pelo vírus, mas que estão receptivas, pois integram os corredores ecológicos. Somente na Baixada, cerca de 870 mil de pessoas deverão ser imunizadas.

A finalidade é proteger a população preventivamente. A campanha começa em um sábado, “Dia D”, quando os postos de saúde dos municípios envolvidos estarão abertos em regime especial para atender a população.

Das 53 cidades paulistas alcançadas no Estado, estão inclusas seis do Grande ABC (confira abaixo a lista de municípios). As outras 47 estão nas regiões da Baixada Santista, do Vale do Paraíba e Litoral Norte.

Em duas cidades da região – e outros 38 municípios de SP –, a vacina será ofertada para a população total, devido à alta concentração de mata. Os outros quatro municípios do Grande ABC – e mais nove do Estado – terão vacinação parcial para moradores de bairros com maior vulnerabilidade. Todos os recortes foram definidos por critérios epidemiológicos após análises técnicas e de campo feitas pelo CVE (Centro de Vigilância Epidemiológica/Divisão de Zoonoses) e Sucen (Superintendência de Controle de Endemias) em locais de concentração de mata.

A campanha será realizada com dose fracionada da vacina, conforme diretriz do Ministério da Saúde. O frasco convencionalmente utilizado na rede pública poderá ser subdividido em até cinco partes, sendo aplicado assim 0,1 mL da vacina. Estudos evidenciam que a vacina fracionada tem eficácia comprovada de pelo menos oito anos. Estudos em andamento continuarão a avaliar a proteção posterior a esse período. As carteiras de vacinação terão um selo especial para informar que a dose aplicada foi a fracionada.

Em todo o Estado, mais de 4,8 milhões de doses da vacina fracionada serão disponibilizadas para as pessoas ainda não imunizadas que residirem nos locais definidos pela campanha.

Quem já tomou uma dose da vacina, mesmo se fizer parte destes municípios incluídos na campanha, não precisará se vacinar novamente.  A vacina aplicada até o momento (dose padrão) tem validade para a vida toda, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde).

“Vamos reforçar nossas estratégias para proteger a população contra a febre amarela, antecipando a imunização ao levar as vacinas para locais onde ainda não há circulação do vírus. A campanha complementa um trabalho incessante de monitoramento e prevenção que temos desenvolvido nos dois últimos anos”, destaca o secretário de Estado da Saúde, David Uip.

A campanha também prevê a oferta de 1,5 milhão de doses convencionais, que serão disponibilizadas para crianças com idade entre nove meses e dois anos incompletos, pessoas que viajarão para países com exigência da vacina, grávidas residentes em áreas de riscoe portadores de doenças crônicas – como diabéticos, cardiopatas e renais crônicos, por exemplo.

Deverão consultar o médico sobre a necessidade da vacina os portadores de HIV positivo, pacientes com tratamento quimioterápico concluído, transplantados, hemofílicos ou pessoas com doenças do sangue e de doença falciforme.

Não há indicação de imunização para grávidas que morem em locais sem recomendação para vacina, mulheres amamentando crianças com até 6 meses e imunodeprimidos, como pacientes em tratamento quimioterápico, radioterápico ou com corticoides em doses elevadas (como por exemplo Lúpus e Artrite Reumatoide). Em caso de dúvida, é fundamental consultar o médico.

Nas demais áreas do Estado de São Paulo onde já há vacinação em razão da circulação do vírus a imunização seguirá com a vacina plena.

Municípios com vacinação total do território

Município População-alvo
RIBEIRÃO PIRES 114.312
RIO GRANDE DA SERRA 44.959

Municípios com vacinação parcial do território

Município População-alvo
DIADEMA 120.000
MAUÁ 127.000
SANTO ANDRÉ 204.000
SÃO BERNARDO DO CAMPO 259.000

Ribeirão Pires promove Campanha de Vacinação Antirrábica de cães e gatos.

De 7 a 26 de agosto, Secretaria de Saúde e Higiene imunizará animais em mais de 60 pontos espalhados pela cidade

A Secretaria de Saúde e Higiene de Ribeirão Pires promoverá de 7 a 26 de agosto a Campanha de Vacinação Antirrábica para cães e gatos. As equipes da Vigilância à Saúde aplicarão as doses da vacina em mais de 60 pontos que irão circular pela cidade em datas e horários pré-estabelecidos, inclusive aos sábados e domingos (cronograma abaixo). A imunização também será feita durante todo o período, de segunda a sexta, das 8h às 17h, no Centro de Controle de Zoonoses (Rua Catharina Rios Giachelo, 185 – Centro).

A raiva é uma zoonose viral, que se caracteriza como uma encefalite progressiva aguda e letal. Todos os mamíferos são suscetíveis ao vírus da raiva e, portanto, podem transmiti-la. A doença apresenta dois principais ciclos de transmissão: urbano e silvestre, sendo o urbano passível de eliminação, por se dispor de medidas eficientes de prevenção, tanto em relação ao ser humano, quanto à fonte de infecção (Ministério da Saúde).

Em Ribeirão Pires, de acordo com estimativa do Governo do Estado, há cerca de 20 mil cães e cerca de 6 mil gatos.

Confira abaixo cronograma da vacinação:

07 de agosto – Segunda-feira

9h às 12h e 14h às 16h – Praça José Bonifácio – Rua Hishiro Hidaka S/N – Pq. Aliança

9h às 12h – Quadra de areia Jd. Serrana – Esquina da Av. Cel. Oliveira Lima C/ Rua Olímpio de Lima – Jd. Serrano

14h às 16h – Em. Manoel Batista Da Silva – Rua Adélia Renzeti – Jd. Esperança

08 de agosto – Terça-feira

9h às 12h – Casas Próprias – Rua Agnaldo Bandone Filho – Jd. Valentina

9h às 12h – EE. Marli Raia Reis – Av. Santa Clara nº 140 – Jd. Santa Rosa

14h às 16h – Em. Mabel Cunha – Av. Indianápolis C/ Rua João Carpinelli – Jd. Valentina

14h às 16h – Em. Maria Siqueira de Paula – Av. Santa Clara nº 1885 – Pilar Velho

09 de agosto – Quarta-feira

9h às 12h – Casa de Ração do Carlinhos – Rua Dos Eucaliptos nº 514 – Jd dos Eucaliptos – Ouro Fino

9h às 12h – Bar do Mauro – Av. Florida. Jd. Santista – Ouro Fino

12h às 16h – EE. Prof. Leico Akaish – Rua Paulo Cândido nº 200 – B. Santana

12h às 16h – Bar do Mauro ll – Rua Itatiaia – Jd. Bandeirantes – Ouro Fino

10 de agosto – Quinta-feira 

9h às 12h – Sítio do Francês – Rua Lorena/Portaria – Sítio do Francês

09h às 12h – Jd. Caçula – Próximo ao Campinho – Rua Casemiro de Abreu nº 150 – Jd. Caçula

14h às 16h – Balneário Palmira – Rua Osvaldo Bartolo Caio/Praça da Capelinha – Balneário Palmira

14h às 16h – Jd. Caçula – Esquina da Rua Graça Aranha c/ Rua Guimarães Rosa – Jd. Caçula

11 de agosto – Sexta-feira 

9h às 12h – EE. Afonso Arinos – Final da Rua Pedro Ripoli S/N – Barro Branco

9h às 12h – EE. João Roncon – Rua Guilhermino Roncon nº 26 – Jd. Luzo

14h às 16h – Barro Branco – Em frente a Adecon – Rua Pedro Ripoli nº 900 – Barro Branco

14h às 16h – EE. Nayme Cardim – Rua Manoel Simões n° 264 – Vila Nova/ Jd. Francisco

12 de agosto – Sábado

9h às 12h e 14h às 16h – EE. Casemiro da Rocha – Rua Camilo Ledo Vasques – Ao lado da UBS Ouro Fino

9h às 12h e 14h às 16h – EE. João Gaudêncio Mainine – Av. Ver. Aroldo A. Neves C/ Rua Antônio Peixoto Augusto – Ouro Fino

13 de agosto – Domingo 

9h às 12h e 14h às 16h – EE. Farid Eid – Rua Fagundes Varela nº 25 – Jd. Caçula

9h às 12h e 14h às 16h – EE. Di Cavalcante – Estrada do Caçula nº 100 – Jd Caçula

14 de agosto – Segunda-feira 

9h às 12h e 14h às 16h – EE. Francisco Arnoni/Praça da Capela – Rua Brigadeiro José Vicente de Faria Lima – Vila Sueli

9h às 12h – Próximo da Padaria Monte Verde/Amaral – Rua Dos Aliados – Planalto Bela Vista

14h às 16h – Bar do Basílio – Rua Goiânia n° 160 – Jd. Santa Inês

15 de agosto – Terça-feira 

9h às 12h e 14h às 16h – Em.de Música Alfredo Della Ricca – Praça Ramos de Azevedo – Vila Aurora

09h às 12h – Campo da Vila Suissa – Rua Caetano Luppi nº 270 – Vila Suissa

14h às 16h – Praça da Matriz – Rua Dr. Jorge Tibiriçá – Centro Alto

16 de agosto – Quarta-feira 

9h às 12h – Praça do Jd. Petrópolis – Rua José Rabelo da Cunha – Jd. Petrópolis

9h às 12h – Bar do Oto – Estrada do Taquaral S/N – Ouro Fino

14h às 16h – Castelo do Robson Miguel – Rua do Castelo – Quarta Divisão

14h às 16h – Bar do Valdir – Estrada do Pouso Alegre S/N – Ouro Fino

17 de agosto – Quinta-feira 

9h às 12h – Pracinha – Vila Conceição – Rua Raposo Tavares C/ Rua Otávio David – Vila Conceição

9h às 12h – Bar dos Amigos – Rua Pedro José do Nascimento – Vila Rica – Quarta Divisão

14h às 16h – Praça Adolfo Almeida/Padaria Vila Conceição – Rua dos Imigrantes C/ Rua Bastos – Vila Conceição

14h às 16h – Bar da Turca – Rua Manoel Augusto de Barros – Vila Bonita – Quarta Divisão

18 de agosto – Sexta-feira

9h às 12h e 14h às 16h – EE. Álvaro de Souza – Rua Aladim C/ Av. Princesa Isabel nº 484 – Vila Gomes

9h às 12h – Bar do Brito – Rua das Aleluias nº 126 – Jd. Serrano

14h às 16h – Campo próximo ao Lar Frederico Ozanan – Rua Salvador Mano S/N – Vila Belmiro

19 de agosto – Sábado 

9h às 12h e 14h às 16h – EE. Judith Ferreira Piva – Esquina da Av. Miro Atílio Peduzzi C/ Rua Santarém – Quarta Divisão

9h às 12h e 14h às 16h – EE. Marisa Afonso Salero – Rua Gralia nº 90 – Quarta Divisão

20 de agosto – Domingo 

9h às 12h e 14h às 16h – Praça Alan Moreira da Silva – Rua Salvador Ripoli C/ Rua Copacabana – Vale do Sol – Santa Luzia

9h às 12h e 14h às 16h – EE. Prof. Maria Pastana Menato – Rua Prof Antonio Nunes nº 249 – Santa Luzia

21 de agosto – Segunda-feira 

9h às 12h – Praça – Jd. São Francisco – Rua Antonieta Colalilo Cordeiro C/ Rua São João – Jd. Francisco

9h às 12h – EE. Vila Marquesa de Santos – Rua Elias Eid nº 600 – Vila Marquesa

14h às 16h – Em. Fiorindo Roncon – Rua Eugênio Roncon nº 2253 – Jd. Ribeirão Pires

14h às 16h – Próximo da Padaria – Rua Alfredo Mendes C/ Rua Major Cardim – Estância Noblesse

22 de agosto – Terça-feira 

9h às 12h – EE. Dom José Gaspar – Rua Isidoro Fontes S/N – Vila Aurora

9h às 12h – Etec Ribeirão Pires – Rua Bélgica nº 88 – Jd Alvorada

14h às 16h – Em. Neusa Luiz Sanches – Rua Papa João XXIII – Vila Suissa

14h às 16h – Daniel da Geladeira – Rua Luis Betega S/N – Vila Aparecida

23 de agosto – Quarta-feira 

9h às 12h – Bar do Santos – Rua Pedro Barbosa de Lima nº 03 – Jd Vista Linda

9h às 12h – Campo da Rua Augusta – Rua Augusta em frente ao nº 142 – Vila Suissa

14h às 16h – Bar da Leda – Rua Primo Bertoldo – Jd. Vista Linda

24 de agosto – Quinta-feira 

9h às 12h e 14h às 16h – EE. Francisco Prisco – Rua Diadema nº 135 – Pq. Das Fontes

9h às 12h – Antiga Padaria do Bosque – Rua Nazareno Romaldini nº 270 – Bosque Santana

14h às 16h – Portal do Iramaia – Rua Dalva de Oliveira – Jd. Iramaia

25 de agosto – Sexta-feira 

9h às 12h – Praça da Antiga Associação – Rua Jerônimo Veiga Garcia S/N – Rancho Alegre – Ouro Fino

9h às 12h – Jd. Aprazivel – Rua Javaré – Jd. Aprazivel – Ouro Fino

14h ás 16h – Bar do Japonês – Estrada da Varginha – Ouro Fino

14h às 16h – Cruzeiro – Estrada do Caracu C/ Estrada do Simeão – Ouro Fino

26 de agosto – Sábado 

9h às 14h – Palco Vila do Doce – Vila do Doce – Centro

Campanha de Multivacinação para as crianças vai até sexta-feira (30/09).

campanha-nacional-de-vacinacao-1

A campanha nacional de “multivacinação” está incluindo pela primeira vez, todas as vacinas disponíveis pelo SUS para crianças de 0 até 4 anos e 11 meses e ainda para crianças e adolescentes entre 9 e 15 anos incompletos, incluindo a imunização contra HPV para meninas. O esforço de vacinação vai até o dia 30 de setembro.

Para realizar as imunizações, o Ministério da Saúde enviou 19,2 milhões de doses extras das 14 vacinas para os postos de saúde de todo o país. Em Ribeirão Pires, as 10 Unidades Básicas de Saúde estarão abertas nos 12 dias de mobilização.

Lembrando de que é fundamental a apresentação da caderneta de vacinação para atualização do esquema vacinal,já que o Calendário de Vacinação é complexo e é necessário a avaliação de um profissional da saúde. O objetivo principal da campanha é estimular que os pais levem os filhos para pôr em dia a carteira de vacinação.

Confira os endereços das Unidades Básicas de Saúde mais próxima de sua residência

Unidades de saúde (de segunda a sexta-feira):

UBS CENTRAL (8h às 17h)
R. Dr. Virgilio Gola, 24 – Centro
Telefone: 4828-1458

UBS OURO FINO (7h às 16h)
Rodovia Índio Tibiriçá s/n ao lado nº 2753 – Centro – Ouro Fino Paulista
Telefone: 4827-0476

UBS SANTA LUZIA (7h às 16h)
R. Prof. Antonio Nunes, 551- Santa Luzia
Telefone: 4825-5109

USF QUARTA DIVISÃO (7h às 16h)
Estrada do Sapopemba nº 5000 – IV Divisão
Telefone: 4827-9085

USF JARDIM LUSO (7h às 16h)
R. Julio Prestes, 22 – Jardim Luso
Telefone: 4828-4503

USF JD. VALENTINA (7h às 16h)
R. Francisco Tometich, 274 – Jd Valentina
Telefone: 4828-4794

USF JD. CAÇULA (7h às 16h)
R. Fagundes Varela, 08 – Jd Caçula
Telefone: 4828-1874

UBS VILA SUELI (7h às 16h)
R. Antonio Zampol, 221 – Vila Sueli
Telefone: 4828-3732

UBS GUANABARA (7h às 16h)
R. Fermino G. Pereira, 398 – Vila Gomes
Telefone: 4828-1466

UBS CENTRO ALTO (7h às 16h)
Rua Aurora, 61 – Centro Alto

Veja as 14 vacinas da campanha:
– Hepatite A
– VIP
– Meningocócica C
– Rotavírus
– HPV
– Pneumo 10
– Febre amarela
– Varicela
– Pentavalente
– Tetraviral
– Dupla adulto
– DTP
– Tríplice viral
– VOP (poliomielite)

Vacinação contra raiva em Ribeirão Pires será na Praça Central neste sábado (20).

vacinação

A Prefeitura Ribeirão Pires promoverá no sábado, dia 20 de agosto, das 9h às 16h vacinação de cães e gatos na Praça Central. Cães e gatos acima de três meses deverão receber a dose anual.

Fatal para os animais e para os seres humanos, a raiva é a doença que mais preocupa a saúde pública. A campanha de vacinação realizada pela Prefeitura sobre coordenação do CCZ tem como meta vacinar 80% da população canina e felina da cidade. A repetição anual deste procedimento resulta num percentual muito elevado de animais vacinados, o que evita a transmissão da raiva para os humanos.

Durante todo o mês de agosto ou até a duração do estoque, a vacinação estará disponível no CCZ de segunda à sexta-feira das 9h às 11h e das 13h às 16h na Rua Catarina Rios Giachello, 185, Jardim Boa Sorte.

Para outras informações, o Centro de Controle Zoonoses disponibiliza telefone para contato: 4824-3748.

Eduardo Nogueira pede atenção especial para Idosos e crianças no combate ao H1N1.

Eduardo Nogueira IPTU

Através de requerimento o vereador Eduardo Nogueira indicou ou executivo municipal atendimento especial aos Idosos e crianças assistidos em abrigos do município.

“Ambas as faixas etárias são as mais vulneráveis e suscetíveis ao Influenza H1N1 (gripe Suína), para tanto indico que seja feito atendimento e vacinação dentro do cronograma nacional nas unidades de abrigos infantis e de idosos de Ribeirão Pires por motivos de dificuldade de acessibilidade e locomoção”, argumentou o vereador Eduardo Nogueira.