Posts tagged with "vivo"

Vereador Akira mente sobre preços controlados pela ANATEL

O vereador Akira tentou iludir a população com Fake News

O vereador e pré-candidato a prefeito em Rio Grande da Serra, Akira Ono (PSB) mostrou todo o seu despreparo e divulgou nesta terça-feira (23) uma notícia falsa (Fake News) em sua página do Facebook.

Segundo a postagem feita por Akira – que ignorou o seu dever de verificar a informação – , disse: “Um dos papéis principais do vereador é fiscalizar os atos do Prefeito e como ele gasta o dinheiro público, por isso, vamos solicitar esse contrato e fazer uma análise detalhada de cada parte dele!, disse na postagem”

Logo abaixo divulgou demonstrando total desconhecimento sobre o assunto mentiu sobre o assunto:

“Hoje, me deparei com a notícia de que a Prefeitura de Rio Grande da Serra contratou uma empresa de telefonia durante 6 meses por mais de meio MILHÃO de reais. O valor exato é de R$ 631.164,00. Estou de olho em como e com o quê gastam o dinheiro público,” cravou.

De pronto recebeu a resposta constrangedora que desmentiu a acusação feita. Na verdade, o contrato realizado no ano de 2014 e custará mensalmente para atende todos os departamento da prefeitura a cifra de R$ 52.597,00,  conforme print abaixo, – desmentindo a informação de Akira – o contrato é anual e não semestral.

Akira, vereador de primeiro mandato, deveria pela informação falsa, deveria vir a público desfazer a mentira e pedir desculpas a população. Sua atitude desesperada somente demonstra o seu total despreparo e incapacidade política.

Temer fica sem aposentadoria por não provar que está vivo.

Temer se aposentou aos 58 anos. Sua aposentadoria em outubro passou de R$ 45 mil. Com abate-teto, valor líquido ficou acima de R$ 22 mil

O presidente Michel Temer não recebeu sua aposentadoria referente aos meses de novembro e dezembro do ano passado por não ter feito o recadastramento anual obrigatório. A chamada prova de vida deve ser realizada por todo beneficiário no mês de seu aniversário. As informações são de O Globo e foram confirmadas pela própria Presidência. Aposentado como procurador do estado de São Paulo desde 1998, quando tinha 58 anos, Temer completou 77 anos em 23 de setembro de 2017.

A situação inusitada ocorre no momento em que o presidente faz ofensiva no Congresso e na mídia para aprovar a reforma da Previdência. Segundo a reportagem, a São Paulo Previdência (SPPrev), responsável por administrar a folha de pagamento das pensões e aposentadorias do governo paulista, o benefício é automaticamente suspenso quando não é feita a prova de vida e sai da folha de pagamento da instituição.

De acordo com a SPPrev, a situação de Temer “já está sendo regularizada”. Ele terá de fazer o recadastramento comparecendo a uma agência do Banco do Brasil ou em uma unidade de atendimento da São Paulo Previdência. O Palácio do Planalto atribuiu o corte do benefício à “falta de tempo” do presidente e informou que ele vai se recadastrar “assim que possível”.

Segundo o Globo, o portal da transparência do governo de São Paulo mostra que o valor a aposentadoria de Temer foi de R$ 45.050. Após o abatimento do teto previsto para o cargo, seu rendimento final ficou em R$ 22,1 mil naquele mês.

Temer tem defendido uma idade mínima de 65 anos e a equiparação do teto do funcionalismo público ao dos demais trabalhadores, hoje fixado em R$ 5.645,00 , pelo INSS, como medidas para reduzir o rombo do deficit previdenciário. Segundo ele, a reforma pretende atacar quem tem privilégios. Veja a reportagem do Globo