Tribunal de Justiça da Bahia abre 1.383 vagas para as delegações de notas e registros

O Tribunal de Justiça do Estado da Bahia – TJBA divulgou o edital ° 01/2013 de concurso público que se destina ao provimento de 1.383 vagas de outorga das delegações de notas e registros. Os interessados deverão ser bacharéis em Direito ou ter exercido, por dez anos, função em serviços notariais ou de registros. Parte das vagas (5%) está sendo reservada aos candidatos portadores de deficiência.

Será admita inscrição somente via internet, no endereço eletrônico do Cespe/UnB, organizadora escolhida (clique aqui), solicitada no período entre 10 horas do dia 14 de agosto e 23 horas e 59 minutos do dia 12 de setembro de 2013, observado o horário oficial de Brasília/DF. A taxa é de R$ 200,00 para cada opção feita pelo candidato, por critério de delegação. O certame será executado pelo Cespe/UnB e pelo TJ/BA. Todas as etapas serão realizadas em Salvador (BA).
A prova objetiva de seleção (primeira etapa) terá a duração de cinco horas e será aplicada na data provável de 20 de outubro de 2013, no turno da manhã para os candidatos à outorga por provimento e no turno da tarde para os candidatos a outorga por remoção. Os locais e os horários de realização da prova objetiva de seleção serão conhecidos a partir da data provável de 9 de outubro de 2013, por meio da página do Cespe/UnB.
Os gabaritos oficiais preliminares dessa prova objetiva serão divulgados a partir das 19 horas da data provável de 22 de outubro de 2013, observado o horário oficial de Brasília/DF. Já o resultado final da prova objetiva de seleção e a convocação para a prova escrita e prática serão divulgados provavelmente em 25 de novembro de 2013.
A prova escrita e prática (segunda etapa) terá a duração de cinco horas e será aplicada na data provável de 1º de dezembro de 2013, no turno da manhã para os candidatos à outorga por provimento e no turno da tarde para os candidatos a outorga por remoção.
Além dessas duas primeiras etapas, o concurso realizará outras quatro, a saber: comprovação de requisitos para outorga das delegações (terceira etapa); exame psicotécnico e entrega do laudo neurológico e do laudo psiquiátrico, entrevista pessoal; análise da vida pregressa (quarta); prova oral (quinta); e avaliação de títulos (sexta etapa).
You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply