Turismo Industrial é tema de Congresso Internacional na sede do Consórcio Intermunicipal do ABC.

turismo

O presidente do Consórcio Intermunicipal Grande ABC e prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho, defendeu nesta quinta-feira (14), a integração dos municípios da região no roteiro do turismo industrial. Durante a cerimônia de abertura do Congresso Brasileiro de Turismo Industrial, Marinho sugeriu um debate regional sobre o segmento. O evento se encerra nesta sexta-feira (15), com programação de palestras e visitas monitoradas a fábricas.

Realizado pelo Consórcio, por meio do Grupo de Trabalho Turismo, em parceria com a Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC e o Senac São Bernardo do Campo, o Congresso busca debater experiências regionais e internacionais em oportunidades do setor turístico.

“O turismo industrial é uma bela iniciativa, e os números dizem isso. Nossa expectativa é que as outras cidades passem a integrar esse processo”, afirmou Marinho. No ABC, a modalidade surgiu em 2013, em São Bernardo, contando atualmente com 12 indústrias participantes. Até junho deste ano, a iniciativa soma 3.384 visitantes. Deste total, 55% vieram de outros Estados. O município recebeu ainda grupos de outros países, como Peru, Estados Unidos, Índia e Uganda.

O presidente do Consórcio ressaltou que o turismo industrial tem como estímulo a curiosidade do público em conhecer as instalações das fábricas e sua história, assim como entrar em contato com as pessoas que atuam na produção. “Com o congresso, esperamos que outras empresas possam integrar esse grupo seleto que tem coragem de abrir suas portas para as visitações. O conhecimento que pode ser adquirido em uma visita é enorme”, afirmou.

Marinho disse ainda que os números de todas as modalidades turísticas no Brasil ainda estão ainda aquém do potencial do país. No caso do ABC, defendeu que o turismo industrial pode ser explorado em conjunto com os segmentos histórico, religioso, esportivo e o ecoturismo.

A cerimônia de abertura contou ainda com a participação do secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC, Giovanni Rocco; do gerente do Senac São Bernardo, Jurandir Santos; do diretor do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) São Bernardo e vereador do município, Mauro Miaguti; e do chefe de gabinete da Secretaria de Turismo do Estado, Gilson Hiarita.

Em seguida, os participantes assistiram à palestra magna do congresso, sobre o turismo industrial português, ministrada por Alexandra Alves, coordenadora do programa de Turismo Industrial de São João da Madeira, em Portugal. O município, referência deste segmento, sediou a 4ª edição do Congresso Europeu de Turismo Industrial. Em quatro anos, a cidade recebeu 95 mil visitantes. “São João da Madeira soube se reinventar em nível turístico e hoje está entre as cidades com maior qualidade de vida em Portugal” afirmou.

De acordo com a coordenadora, o turismo industrial tem ainda potencial educacional, pois recebe desde crianças em idade pré-escolar a idosos. No caso dos jovens, acrescentou, as visitas ajudam a aproximá-los da indústria e também podem despertar o interesse de trabalhar no setor. Em 2015, a cidade portuguesa firmou Termo de Cooperação Técnica Internacional com a Prefeitura de São Bernardo do Campo para a troca de experiências permanente nesta área. A assinatura ocorreu após visita de missão do Consórcio e da Agência ao país.

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply