Vergonha: Pena de Demóstenes será aposentadoria de R$ 22 mil

Com voto favorável de Roberto Gurgel, o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) considera ex-senador membro vitalício do Ministério Público e pena máxima que poderá ser aplicada ao amigo do bicheiro Carlinhos Cachoeira é a aposentadoria compulsória com benefício de pomposos R$ 22 mil. Demissão do procurador do MP-GO só poderá ocorrer pela via judicial, após o trânsito em julgado e esgotados todos os recursos. Contra o voto da relatoria, conselheiros entenderam que a vitaliciedade é garantia da sociedade brasileira, e não prerrogativa do membro individual do MP. O CNMP também prorrogou afastamento das atividades de promotor do distinto senhor Demóstenes Torres por mais 60 dias.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.