Vergonha: Pena de Demóstenes será aposentadoria de R$ 22 mil

Com voto favorável de Roberto Gurgel, o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) considera ex-senador membro vitalício do Ministério Público e pena máxima que poderá ser aplicada ao amigo do bicheiro Carlinhos Cachoeira é a aposentadoria compulsória com benefício de pomposos R$ 22 mil. Demissão do procurador do MP-GO só poderá ocorrer pela via judicial, após o trânsito em julgado e esgotados todos os recursos. Contra o voto da relatoria, conselheiros entenderam que a vitaliciedade é garantia da sociedade brasileira, e não prerrogativa do membro individual do MP. O CNMP também prorrogou afastamento das atividades de promotor do distinto senhor Demóstenes Torres por mais 60 dias.
You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply