Vila do Doce é enfeitada para o Natal de Ribeirão Pires

A Aciarp, através do Núcleo de Mulheres Empreendedoras, pensou em uma decoração de Natal especial, feita por artesãos da cidade

São 21 artesãos trabalhando desde setembro nessa decoração, que será bem lúdica, a cara do Natal. Toda a produção foi realizada pela artesã Silvana Luz, do Ateliê Arte Expoente e seus alunos. Que há nove anos tem a ideia de resgatar um Natal diferente através da arte e do artesanato.

A proposta deste projeto é utilizar diversos materiais, desde o reciclado como garrafas pet, madeiras descartadas e também chapas ecológicas. Todos estes materiais são transformados através das mãos dos artistas e artesãos da cidade, em figuras 3D para decoração do Natal. Dando oportunidade ao artesanato de Ribeirão Pires se destacar em um grande cenário mágico onde o público além de apreciar, poderá interagir com as obras. Esse ano pensamos o Natal como uma forma de trazer toda a expectativa que a data exige; união das pessoas, ver o Papai Noel, enfim, todos os encantos que o momento natalino traz. É uma época de muita reflexão. Tendo em vista o ano difícil que tivemos também, a Aciarp, através do Núcleo de Mulheres Empreendedoras, pensou em uma decoração de Natal especial, feita por artesãos da cidade, explica Gerardo Sauter, presidente da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Ribeirão Pires.

A intenção é atrair as cidades vizinhas para contemplar os trabalhos. Além disso, seria mais uma atração além do Festival do Chocolate, a Festa do Pilar, etc.

Essa também foi uma forma de fazer as pessoas visitarem a cidade e comprarem aqui. Temos a Campanha de Natal “Super Natal de Prêmios” que já incentiva a compra no comércio local e acredito que essa bela decoração que teremos vai trazer mais pessoas para a visitação na Vila do Doce e aumentando o número de pessoas também teremos maior consumo tanto no setor alimentício quanto nas demais lojas. O Natal é a maior data comemorativa em relação à compras e temos certeza que em Ribeirão não vai ser diferente, conclui Sauter.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.