“Vou manter a minha coerência”, afirma Diva do Posto.

“Não vou votar em projetos que venham a trazer prejuízos a população. Desde que tomei posse, assumi compromisso de atuação em favor da população e não com governo”, com está fala, a vereadora oposicionista ao governo de Saulo Benevides,  Diva do Posto (PR), justificou os seus votos em sessão polêmica desta terça-feira (28) que tratou de remanejamento de verba para o gabinete do prefeito e também o requerimento apresentado pelo Sindicato dos Professores de Ribeirão Pires.

DSC1116

“Esse remanejamento no valor de 8.970.000,00 foi feito de maneira totalmente irregular. O regimento interno da Câmara foi ferido uma vez que uma proposta substitutiva precisa ser apresentada com 24 horas de antecedência do horário da sessão, obter parecer do setor jurídico do Legislativo antes de ir ao plenário. O projeto foi protocolado na terça-feira, mesmo dia da sessão em que foi votada”, disse a vereadora diva do Posto.

Sobre o processo de cassação do prefeito Saulo Benevides, a vereadora foi objetiva. “É inadmissível aceitar que gestor descumpra o que determina a lei e simplesmente não concedendo a reposição inflacionária aos professores. Saulo tem ainda o agravante de ter sido o autor do projeto de lei municipal que reconhece o direito dos profissionais. Esse governo se caracteriza pela falta de planejamento e descaso com a população. Sob esse ponto dediquei meu voto aos pais e mãe do Aprazível que se encontram nesse momento preocupados com o fechamento de uma unidade escolar. Espero que isso seja resolvido o quanto antes com a revisão da decisão do prefeito em fechar a creche ou decisão que compense a medida a meu ver absurda”, concluiu.

Deixe uma resposta