Wagner articula aliança com ACM Neto


Confirmando uma possível futura aliança política do governador Jaques Wagner (PT) com o Prefeito ACM Neto (DEM), o próprio governador admitiu que não só mantém a porta aberta para conversas políticas, como vai trabalhar para que o democrata apoie seu candidato á eleição estadual e a reeleição de Dilma Rousseff.

“Se depender de algum esforço meu para que ele venha apoiar a Dilma e até apoiar eventualmente o nosso candidato aqui no Estado, ou pelo menos a Dilma a nível federal, não tenha dúvida de que eu vou trabalhar. Eu não vou brincar com eleição”, explicou.  Wagner negou que a senadora Lídice da Mata seja sua principal opção e desconversou quando perguntado sobre o nome de Rui Costa, apesar de confirmar a sua candidatura a deputado federal e a do vice-governador, Otto Alencar, ao Senado.
“O plano A está na minha cabeça e eu não revelo para ninguém, senão estraga tudo”, argumentou. “Não dá para encaixar em três vagas dez, oito ou sete pretensões. Alguém terá que entender que é possível ceder. E eu sou um cara que não fica com medo da sombra”, completou. O gestor adiantou também que não colocará seu nome para as eleições presidenciais de 2018 e não descartou a ideia de apoiar Eduardo Campos (PSB). “O PT, depois de 16 anos sentado na cadeira da Presidência da República, tem que arejar e ver a possibilidade de ter nomes dentro dos partidos da coligação”, declarou em entrevista recente.
You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply