Prefeitos só passam no TCM com ressalvas

Mesmo com seminários de orientações administrativas, recomendações e esclarecimentos de toda ordem, ainda é grande o número de prefeitos que tiveram problema com suas contas, quando apreciadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios. Levantamento feito pelo TCM dos julgamentos feitos do início de 2012 até a segunda passada (26), indicava que, das 247 contas de prefeituras baianas do ano passado, julgadas pelo órgão, 109 foram rejeitadas e 138 aprovadas com ressalvas (quando se identifica alguma distorção mais branda e o gestor é orientado a corrigir). Não houve uma prefeitura com contas aprovadas na íntegra, sem qualquer reparo pelo tribunal. Pela Lei da Ficha Limpa, se as câmaras de vereadores desses municípios confirmarem as rejeições do TCM, os prefeitos ficarão inelegíveis por oito anos. (Da Redação)

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.