Posts tagged with "UPA"

Rompimento de contrato de R$ 10 milhões entre prefeitura e CEM é questionado por vereadores.

A situação do atendimento da saúde em Ribeirão Pires, foi pautado mais uma vez na Câmara de Vereadores da cidade. A sessão foi realizada na tarde desta quinta-feira (14).

Durante a sessão, foram votados dois requerimentos, no qual os vereadores Amaury Dias (PV) e Amigão D’orto (PTC) pedem explicações ao Governo Kiko Teixeira (PSB), entre elas, o motivo do rompimento do contrato com o Centro Hospitalar de Atenção e emergências Médicas – CEM.

Por meio dos requerimentos, os vereadores ainda questionam sobre as medidas que estão sendo tomadas em relação às irregularidades apontadas no período de administração da empresa.

“É importante que saibamos se foi aberto alguma investigação interna em face do Inquérito Civil instaurado pelo Ministério Público relativo ao gerenciamento, operacionalização e execução das ações e serviços da saúde, bem como se a prefeitura municipal já tem alguma empresa objetivando substituir a empresa investigada. E também se atualmente o quadro de pessoal possui mão de obra suficiente na área da saúde para manter o funcionamento adequado no sistema de saúde do município,” justificou a vereador Amigão D’orto.

Já o vereador Amaury Dias, em função de inúmeros questionamentos de servidores, munícipes.

“É preciso que se saiba o motivo, justificativa e por parte de quem partiu a rescisão do contrato”, argumentou Amaury Dias em seu requerimento de informações.

Segundo a denúncia feita pelo Ministério Público Estadual, o processo licitatório vencido pelo Centro Hospitalar de Atenção e emergências Médicas – CEM teria sido fraudado com possível direcionamento, o que levou o MP a cobrar esclarecimentos e a Prefeitura a intervir no contrato do Instituto CEM.

No último dia 11 de junho, o Diário Oficial Eletrônico de Ribeirão Pires – sem maiores detalhes -, trouxe a rescisão unilateral do contrato de Gestão n.º 063/2018, que tem por objeto o Gerenciamento, Operacionalização e Execução das Ações e Serviços de Saúde de Gestão e Administração da Rede de Urgência e Emergência (Upa) e Central de Transporte de Ribeirão Pires.

A denúncia protocolada em 20 de fevereiro relata que a organização social, vencedora do lote II, da Chamada Pública 001/2017, teria sido beneficiada pelo Paço. O contrato era de R$ 10 milhões anual.

“Desde então (abertura da licitação)… estamos sofrendo grande pressão para que a entidade CEM fosse a ganhadora da licitação”, retrata um dos denunciantes.

Ainda na denúncia, é salientado que sócios da organização vencedora teriam laços estreitos com a secretária de Saúde e Higiene, Patrícia de Freitas, e que o contrato de “cartas marcadas” seria para quitar dívidas de campanha do atual prefeito, Kiko Teixeira (PSB), com pessoas ligadas a entidade. O MP instaurou o Inquérito Civil 14.0407.0000230/2018, visando apurar os fatos relatados.

A decisão do Ministério Público obrigou o prefeito Kiko Teixeira à determinar intervenção no contrato de gestão da entidade, a decisão foi publicada no Diário Oficial de 18 de abril: “Em apuração preliminar constatou-se possível inconsistência nos dados cadastrais do Presidente do Conselho de Administração, causando dúvidas quanto a identidade da vencedora do contrato”, diz o decreto.

O nome que consta na presidência do Conselho informa os denunciantes, seria de uma pessoa próxima da secretária, o que levaria a direcionamento do certame.

No último dia 5, a Prefeitura revogou decreto de 16/11/2017, que tornava o instituto CEM de Utilidade Pública e, ontem, publicou a rescisão contratual.

Prefeitura confirma mudança do local do atendimento pediátrico em Ribeirão Pires.

A prefeitura de Ribeirão Pires confirmou no final da manhã desta segunda-feira (20), que já está sacramentada a mudança nos atendimentos pediátrico, saindo do Hospital são Lucas para a UPA santa Luzia.

Segundo a prefeitura através da secretária Patrícia Freitas “Conforme portarias ministeriais a UPA 24h é um serviço que deve prestar atendimento de urgência e emergência em clínica médica e pediatria. Desta forma, a UPA Santa Luzia passará a dar atendimento tanto para adultos na clínica médica como na pediatria”.

Segundo ainda informou o texto “para que o atendimento pediátrico retorne à UPA, foram realizadas adequações estruturais na Unidade, que terá uma sala de observação pediátrica para receber os pacientes que precisarem ser observados pelo período de até 24 horas. A Unidade de Pronto Atendimento Santa Luzia recebe, por dia, cerca e 250 adultos. A expectativa é que a UPA receba diariamente, em média, até 450 pacientes. No Hospital e Maternidade São Lucas, em 2016, foram realizados em média 40 atendimentos pediátricos de urgência e emergência por dia”.

No período da manhã os vereadores Amaury dias e Amigão D’orto estiveram no Hospital São Lucas acompanhando comitiva de mães que protestavam contra a mudança do local de atendimento sob a alegação que que a UPA não dispõe de “infraestrutura adequada, linha de ônibus, calçada e iluminação” .

Ribeirão Pires: Teto da UPA não resiste e desaba após fortes chuvas.

upa

Após as fortes chuvas que caíram durante a manhã desta segunda-feira (14), as calhas da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Bairro Santa Luzia em Ribeirão Pires se sobrecarregaram o que fizeram com que parte do teto desabassem.

Pelo chão, no hall de entrada era possível ver estilhaços de gesso e parte de metal da estrutura que sustentava o forro.

tetoupa

Uma equipe da Defesa Civil de Ribeirão Pires foi destacada para o local que imediatamente interditou parte da unidade de saúde.

“A Defesa Civil interditou o local para preservar a segurança dos usuários, mas já está tudo sendo resolvido. O local permanece interditado até que os reparos necessários sejam feitos”, argumentou o Comandante Luís Miguel Filho.

Na última quinta-feira (10), por conta de queda de energia por problemas no gerador a UPA ficou as escuras.

Motorista perde o controle e ônibus se envolve em acidente no Jardim Iramaia.

13406823_1051526214882608_2792448829614502014_n

Um ônibus da Empresa de Ônibus Rigras se envolveu num acidente no início da tarde desta quarta-feira (15) quando o motorista perdeu o controle do coletivo quando seguia por uma descida e acabou caindo na vegetação da estrada a baixo.

13413499_1051526324882597_1934015649599828821_n

O acidente aconteceu na estrada do Iramaia, esquina com a rua Agostinho dos Santos deixando nove vítimas, entre elas um menor de idade. Equipes da Guarda Civil, Defesa Civil, ambulância municipal e trânsito se deslocaram em socorro ao local para prestar os primeiro socorros conduzindo os vitimados para o Hospital Nardine localizado na cidade vizinha de Mauá e para a Unidade de Pronto Atendimento do bairro Santa Luzia em Ribeirão Pires.

13442223_1051526264882603_4094016682675129766_n

Todos passam bem, sendo que o caso mais grave é de um jovem com suspeita de fratura no fêmur.

Idosa é atropelada na faixa de pedestre no centro de Ribeirão Pires.

13307251_1044249585610271_7361615304447823026_n

Uma senhora foi atropelada na rua João Domingues de Oliveira ao tentar atravessar na faixa de pedestres por volta do meio dia, próximo a sede da Guarda Municipal.

Segundo informações um Fiat Uno de cor vermelha não parou na faixa e a idosa sou atropelada sofrendo um pequeno ferimento na cabeça e leves escoriações.

Uma equipe da Defesa Civil fez os primeiros socorros com a vítima em estado de consciência até a fechada de uma ambulância que a levou para uma unidade de pronto atendimento.